Oi pessoal!!! ^^/

Esses dias eu vou ter que viajar e provavelmente não vou poder levar meu pc, então vou ficar um tempo sem traduzir. No entanto, vou continuar postando o que o pessoal me enviar, ok? =) E vou tentar traduzir mais um capítulo de AD antes de ir. XD

Sem mais, vamos de AB. ^0^/

Beijos~        
Lena.
________________________________________________________




Capítulo 98 - Que bom garoto você é.

 Tradução: Gabi

Yuan Zong levou Xia Yao para dentro e depois colocou um grande balde na frente dele, um que ele havia pegado atrás da casa.
Xia Yao amassou o rosto dele, “Você não tem banheiro?”
“Não tem aquecedor no banheiro, só faz aqui mesmo.”
Por estar apertado por muito tempo, Xia Yao não parecia mais ligar para isso enquanto tirava as calças, tremendo. Mas como seus dedos estavam congelados e o zíper era difícil de abrir, por mais que ele tentasse as calças não desciam. Então, ele teve que fazer uma carinha de pena para Yuan Zong, pedindo ajuda. [Lena: Típico. Tá virando clichê. Kkkkkkk]
“Me ajuda a tirar isso. Rápido, por favor. Não consigo mais segurar.”
Yuan Zong colocou os dedos no cós da calça e a puxou pra baixo. Seus dedos entraram em contato com o traseiro de Xia Yao, que estava todo molhado de suor, encharcando a cueca dele.
Talvez fosse porque ele estava se segurando há muito tempo, ou por causa do olhar do homem ao seu lado, mas Xia Yao não conseguia fazer a “água” sair de jeito nenhum.
Yuan Zong alcançou a frente e usou sua mão.
“Ssssssss...”
Xia Yao estava segurando seu “pássaro” enquanto a mão de Yuan Zong estava apoiando a sua, quatro olhos observadores testemunharam aquela cachoeira jorrar com vigor.
“Tão viril.” Yuan Zong comentou. [Gabi: Mds eu morro no quanto o YZ eh aleatório quem faz esse tipo de comentário enquanto a outra pessoa tá mijando???]
A face de Xia Yao ficou imensamente corada, desfrutando do conforto, ao mesmo tempo em que estava se sentindo um pouco envergonhado. Especialmente no momento que Yuan Zong estava usando sua mão para apertar a cabeça do “pássaro” para ajuda-lo a fazer xixi, ele honestamente não sabia em que buraco podia se esconder.
Depois da “reunião emocionante”, Xia Yao tirou os sapatos e as calças encharcadas e foi urgentemente em direção à cama quente, fazendo um ninho com os cobertores e se estabelecendo ali.
“Venha secar o cabelo antes de se enfiar nos cobertores.”
As palavras de Yuan Zong entraram em um ouvido e saíram pelo outro, atualmente, a única coisa que dominava a mente dele era frio, frio, frio. Ele rolou pela cama até que os cobertores estivessem o cobrindo como um casulo, e então permaneceu tremendo incontrolavelmente ali dentro.
Yuan Zong trouxe um grande secador de cabelo para o quarto; sua mão grande levantou a cabeça de Xia Yao, trazendo-a para perto, e secou cada centímetro de cabelo dele. Lentamente, Xia Yao foi recuperando sua temperatura enquanto afundava sua cabeça no corpo de Yuan Zong, olhos fechados, obedientemente seguindo cada movimento do ar quente, e com uma expressão cansada gravada em seu rosto.
Yuan Zong o assistia com olhos sérios, seu coração se partindo em milhões de pedaços, coração esse que ele tinha certeza que iria perdê-lo para sempre.
“Sabia que a temperatura de hoje foi a mais baixa? Você teve sorte de encontrar a casa, por que teve que vir pra cá?”
Xia Yao respondeu, “Eu também não vim aqui especialmente pra te ver, consegui alguns dias de folga, então resolvi vir para passear. Se eu soubesse que o clima que vocês têm aqui é horrível, não teria vindo.” Yuan Zong não respondeu nada enquanto levantava e tirava o secador de cabelo.
Xia Yao forçou seus olhos a abrirem uma pequena brecha e viu Yuan Zong levando seu balde de “mijar” pra fora.
“Isso...” Xia Yao fez uma cara desconfortável, “Está descartando isso por mim?”
“Se não for eu, então quem vai?”
Xia Yao calou a boca, sua brilhante cara de beterraba se prendeu na parede, secretamente sorrindo de orelha a orelha.
Ele esperou até que Yuan Zong voltasse para o quarto com um balde de água quente.
“Venha se lavar com água quente. Vai te ajudar a se esquentar.”
Entretanto, ele continuou na cama, sem se mover um centímetro. Xia Yao tinha acabado de tirar as roupas e estava começando a se esquentar, ele preferia morrer do que sair dessa cama agora.
Yuan Zong só conseguiu responder, “Eu vou te ajudar a se limpar lá embaixo então.”
“Não precisa.”
Yuan Zong enfiou uma toalha de rosto dentro da água quente, tirou o excesso de água e a levou para onde Xia Yao estava deitado. O resultado? Os pés de Xia Yao quiseram brincar de esconde-esconde e, mesmo quando Yuan Zong conseguia segura-los, ele não conseguia tira-los do cobertor... Yuan Zong não podia usar um pouco mais de força que Xia Yao chorava de dor, tornando impossível para ele levantar um dedo contra o mais novo.
Deixa pra lá, a toalha tinha ficado fria de qualquer forma, então ele a jogou para um canto e rastejou pra dentro dos cobertores.
Esse era o momento que Xia Yao esteve esperando. Mesmo que a cama estivesse quente, era incomparável ao calor do peito especial daquela pessoa.
Surpreendentemente, Yuan Zong não se apressou para abraçá-lo, ao invés disso, ele tentou alcançar algo com a mão debaixo do edredom, “Pés?”
Xia Yao respondeu, “Já estão escondidos.”
“Escute-me, me dê seus pés.”
Xia Yao obedientemente colocou seus dois pés congelados dentro das mãos estendidas de Yuan Zong.
Intermináveis ondas de calor consecutivamente invadiam o coração de Xia Yao, contornando a “Antártica”, suas duas mãos eram a fonte de um calor impagável.
Sentindo que os pés dele não estavam aquecendo o suficiente, Yuan Zong continuou a usar fricção.
Os pés de Xia Yao lentamente recuperaram a sensibilidade e começaram a coçar devido à fricção.
“Ha ha ha... Pare de fazer cócegas... Ha ha...” – tosse tosse.
Xia Yao riu e tossiu ao mesmo tempo, seu rosto estava corado e quente e sua voz estava ficando rouca.
Yuan Zong colocou a mão na testa dele para verificar, tomando nota de seu aumento de temperatura.
“Você está ficando mais quente, não está? Que tal irmos até a enfermaria local?” Xia Yao violentamente balançou a cabeça em negação, “Não quero me incomodar.”
Yuan Zong o respondeu, “Vou pedir para o médico vir até aqui, então.”
Xia Yao resmungou em voz baixa, “Nunca tive que tomar remédio quando fico doente, eu melhoro sozinho.”
Para falar a verdade, aquilo era exatamente o que Yuan Zong normalmente fazia, a não ser que fosse incurável; mas seu jeito normal de pensar nunca tem funcionado nas circunstâncias de Xia Yao, tem?
Xia Yao viu a expressão pensativa de Yuan Zong, então rapidamente envolveu o pescoço do mais velho com os braços, dizendo, “O vento está entrando nos cobertores.”
Yuan Zong imediatamente aumentou mais seu aperto envolta do corpo de Xia Yao, abraçando-o, “Continua entrando?”
“Uhm, vento frio continua entrando.”
Yuan Zong sabia que não só o corpo de Xia Yao estava congelado, mas sua mente também. Com seu coração doendo, ele puxou o corpo todo do mais novo pra baixo, e então usou o cobertor para embrulhá-lo, selando qualquer abertura com seus longos braços.
“Que tal agora?”
Sonolento, Xia Yao assentiu com a cabeça e entrou em um estado inconsciente.
Entretanto, Yuan Zong não conseguiu dormir. Xia Yao estava sempre murmurando sobre estar com frio, fazendo com que a geralmente dura e resistente mentalidade de Yuan Zong não conseguisse evitar em se sentir preocupada, ansiosa e encarecida. Xia Yao ficou se contorcendo na cama até meia-noite, somente a partir daí que sua temperatura começou a abaixar. Suor surgiu em sua pele, tornando-a pegajosa, e ele começou a chutar seu cobertor humano.
“Tá quente... Me solta...”
Yuan Zong não somente não o soltou, como também o abraçou com mais força. Ar quente foi derramado no ouvido de Xia Yao.
“Escute-me, aguente só mais um pouco. Deixe o suor sair e você se sentirá melhor pela manhã.”
Xia Yao cessou todos os movimentos para que quando ele acordasse pela amanhã, sua saúde tenha melhorado e sua mente tenha clareado para aguentar o carvalho quente e vermelho de Yuan Zong. Ele irá suportar. [Lena: O_O’’’’’’ É mesmo o que eu tô pensando ou tô com a mente suja demais? XD]
De manhã cedo, Xia Ren Zhong trouxe um balde de esperança com ele no avião.
Antes do avião decolar, seu celular tocou.
“Senhor Xia, seu celular.”
Xia Ren Zhong olhou para a tela, era o “cupido” – a pessoa que tinha arranjado o encontro de Xia Yao com a outra garota.
“Senhora Chen ah!” Xia Ren Zhong riu estrondosamente, “Como está indo seu ano novo?”
“Muito bem, e o seu?”
“Extremamente bem.”
A senhora Chen hesitou por um momento, “Senhor Xia, preciso perguntar algo a você.”
“Por favor, sinta-se à vontade.”
A senhora Chen riu desconfortavelmente, “Só queria perguntar-lhe, quando as crianças poderão se encontrar...?” O riso na face de Xia Ren Zhong rapidamente se congelou, “O que você disse?”
“Eu disse, quando as crianças poderão se encontrar? A menina está realmente incerta sobre esse negócio de encontro às cegas, não sei o que você está planejando fazer?”
Xia Ren Zhong ficou desconcertado, “Eles não se encontraram ontem?”
“Ontem? Ela foi muito persistente em me encontrar ontem!” A senhora Chen aumentou sua voz, “Xia Yao aceitou ir a um encontro às cegas com outra pessoa? Senhor Xia! É melhor me dizer a verdade, seu filho já está interessado em outra pessoa...?”
Xia Ren Zhong encerrou a chamada abruptamente, flexionou seus músculos e rosnou com raiva.
“Que bom garoto você é.”
Enquanto isso, em casa, a senhora Xia desconhecia totalmente a situação atual, e quando Xuan Da Yu veio procurando por Xia Yao, ela respondeu alegremente, “Meu Xia Yao passou a noite na casa de uma menina, você não deveria saber sobre esse tipo de coisa?”
“Passou a noite?” Uma franzida de sobrancelhas surgiu entre os olhos de Xuan Da Yu, “Com quem?"
A senhora Xia disse, “O pai dele ligou pra uma ‘casamenteira’ para arrumar um encontro às cegas entre ele e uma senhorita, eles estiveram fora a noite toda e não voltaram até agora.”
Xuan Da Yu dirigiu para longe com uma cara assustadora, seus sentimentos estavam uma grande bagunça, como uma salada de frutas com muitos sabores. Xia Yao realmente não imaginou muita coisa daquela noite, era ele quem estava pensando demais. De maneira alguma passaria pela mente de Xuan Da Yu que Xia Yao daria um passo a mais para procurar por sinais de relações sexuais, porque em seu coração, homem nenhum poderia tocar seu Xia Yao.
Xuan Da Yu nunca revelou seus verdadeiros sentimentos para Xia Yao por medo de estragar a amizade, e até mesmo, perdê-la.
Depois de um cigarro, Xuan Da Yu, junto com seu coração dolorido, se juntou às fileiras do tráfego que lentamente seguiam em frente.
Infelizmente, aquilo parecia ser um engarrafamento devido a alguma razão desconhecida, o fluxo do tráfego congelou no lugar. Xuan Da Yu saiu de seu carro e foi puxado por uma força invisível para dentro da multidão até descobrir uma feira ali por perto.
Fazia muito desde a última vez que Xuan Da Yu havia visitado uma feira de Pequim. A mais recente foi uma no ensino médio, quando ele e Xia Yao foram juntos, eles até mesmo roubaram uma perna de pau do circo.
As memórias vieram até ele e fizeram Xuan Da Yu sentir saudades dos velhos tempos. As pernas dele andaram para dentro da feira como se tivessem vontade própria.
Os trabalhos à mão de Pequim eram sem dúvidas muito bem feitos, todos os tipos de iguarias do sul e do norte podiam ser compradas aqui; também estavam a venda uma variedade de joias e brinquedos de todas as regiões... Xuan Da Yu caminhou pelo terreno da feira. Uma fraca música melódica viajou até seus ouvidos, algum tipo de performance estava acontecendo. Ele caminhou nessa direção.
“Senhoras e senhores, por favor, uma salva de palmas para o Grande Mo Dou. O Mestre Mo Dou é um homem talentoso com mãos mágicas, ele pode fazer qualquer coisa que você desejar aparecer na sua frente.”
Algumas palmas aleatórias foram ouvidas e um homem vestindo uma fantasia estranha entrou no palco.
Xuan Da Yu parou afastado do palco e ouviu algumas pessoas sussurrarem.
“Por que tem um véu fino cobrindo o rosto desse Mo Dou?”
Xuan Da Yu focalizou seu olhar no mágico parado no palco.
*****

15 Comentários

  1. Já até imagino que o mágico é aquele que roubou ele né? kkkkkkkkk Muito obrigada, vocês arrasam traduzindo essas histórias pra nós. Só queria muito mais de XY e YZ <3

    ResponderExcluir
  2. Mas uma vez chai está comprometendo minha mente com essas comparaçoes grande Carvalho vermelho kkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  3. Lena, minha mente tb tá suja,pensando no carvalho quente e vermelho do YZ, vai ter Hot logo...hehehehe, boa viagem Lena bjsssss !!!

    ResponderExcluir
  4. Ai ai ta chegando a hora Por favor Yua zong nao seja tao estupido como o Che cheng.Nao estrague tudo de novo CGD.😓😓😓😓😓

    ResponderExcluir
  5. Lena ... otimo trabalho.
    Parabens Gabi. Bem vinda .

    Novamente o arco desse cara chato com o ladrão ? Putz ... enquanto isso Peng Ze e Le Zhen Zhen so fazem participação especial ? Detesto esse "casal ... o maluco e o ladrão " chatissimos.

    XY e Zong fofos como sempre ...

    ResponderExcluir
  6. 🙌😍😍😍eles São muito fofo💓💓💓💓

    ResponderExcluir
  7. Talvez seja só eu mas eu shippo XDY e seu ladrão. Diferente das outras novel espero que Advance mostre coisas mais quentes de casais segunda rios.

    ResponderExcluir
  8. Obg Lena por mais esse cap! Depois de addicted essa tem sido minha novel predileta😍
    Boa viagem e aguardo ansiosa suas postagens😉😘

    ResponderExcluir
  9. Ansioso para o próximo cap ♡.♡

    ResponderExcluir
  10. Essas partes com esse negoço de xixi dá é vergonha alheia kkkkk nao entendi esses fetiches da Chai Ji Dan kkk

    ResponderExcluir
  11. Fico imaginando a carinha fofa de XY todo meloso embaixo do cobertor esperando ser aquecido pelo seu amor. Bom, com ou sem carvalho vermelho em ação, estou amando esse reencontro tão lindo. Beijos Lena.

    ResponderExcluir