E aí, pessoal?! (❛ᗜ❛)/`

Como estão? Como foi a segunda-feira de vocês até agora? Espero que tenha sido boa; se não foi, esse capítulo vai fazer vocês esquecerem disso. huahauhauhauahu

Finalmente uma atualização de CA!!! Já estava morrendo de saudade deles. Nem lembrava mais o quanto Chi Cheng e Wu Suowei são diferentes dos outros personagens da Chai Jidan. hahaha Vamos torcer para a próxima atualização não demorar tanto, né? E... que capítulo difícil de traduzir, minha gente! XD

Agora vão ler-- Ah. Já ia esquecendo:

AVISO: Conteúdo SMUT!!! Risco de sangramento nasal e fangirliness excessivo.

Beijos~          
Lena.

_____________________________________________________________



Cap. 67: Não me decepcione.



Depois de comer e beber até estarem cheios, Chi Cheng saiu para tomar um banho.
Wu Suowei esperou desajeitadamente do lado de fora. Ele se sentou e, por um longo tempo, encarou a porta, pouco à vontade, o coração questionando. Devo ir embora? Exatamente naquele momento, bem ao lado da mão dele, o celular de Chi Cheng começou a tocar. Curiosamente, Chi Cheng não havia adicionado Yue Yue a sua lista de contatos. Ela apareceu como um simples número de telefone sem qualquer título, mas Wu Suowei o reconheceu imediatamente.
Como se movido por uma força misteriosa, a mão dele apertou no “atender”.
“Meu marido...”
E, simplesmente assim, aquelas duas palavras pisaram sete anos de amor profundo de Wu Suowei.
Nos dias em que ele era incondicionalmente fiel e gentil com Yue Yue, o único termo carinhoso que ela usava com ele era “Wu Panzi [1]”. E agora, lá estava ela, chamando adoravelmente esse cara arrogante, desdenhoso, duas-caras, libertino de “marido”.
[N/T1: algo como “gordo/gorducho Wu”.]
Só então Chi Cheng saiu, nu.
“Quem ligou?”
Wu Suowei, boquiaberto, deixou seu olhar varrer o corpo alto e forte de Chi Cheng de pé à frente dele. Com seu perfeito triângulo invertido, músculos bem definidos e belos contornos masculinos, ele [o corpo] parecia pertencer a uma divindade arrogante de tempos antigos, elevando-se gloriosamente acima do alcance dos mortais. Wu Suowei sentiu-se agudamente invejoso.
O homem hétero, malmente consciente, tocou nele cobiçosamente.
“Como eu faço isso?”
Com isso, o Divino Chi levou-o com luta para a cama e pessoalmente o iniciou no Caminho da Carne.
A mão de Chi Cheng tomou seu tempo acariciando e apalpando a lombar de Wu Suowei, até que cada cabelo no corpo de Wu Suowei ficou arrepiado.
“Você é sensível lá?” Chi Cheng perguntou.
Wu Suowei podia responder isso confiantemente.
“Não. Eu brinco assim desde que era pequeno. Eu não tenho medo.”
Wu Suowei não estava fazendo alarde. Desde que era pequeno, ele era imune a cócegas. De todas as crianças felizes rolando pela cama, ele era o único que sempre era capaz de permanecer parado como uma estátua. Desista! Só arranha! Bom Deus, ele nem mesmo pisca!
Como resultado, Chi Cheng começou a colocar mais esforço nisso, mas levemente, ‘como a libélula toca na água’ [2]. O corpo de Wu Suowei respondeu como se tocado por eletricidade, ficando dormente e mole. As cócegas fizeram seus ombros estremecerem, fez ele incapaz de formar uma frase coerente.
[N/T2: ditado chinês que significa “leve carícia’.]
Porra! Como isso aconteceu? Wu Suowei sem sentidos.
Chi Cheng tocou todas as áreas que Wu Suowei pensava que fossem sem importância: orelhas, pescoço, clavícula, pomo-de-adão... lugares que ele pensou serem insensíveis e não terem sentido em ser tocados. Então por que agora, com aquela mão, ele não podia evitar de enlouquecer?
“Você me drogou?!!” Ele perguntou rispidamente, parecendo ofendido.
Chi Cheng riu alto. “Não invente desculpas para sua própria lascívia.”
“Ei, quem você tá chamando de lascivo? Bem, espera um minuto, nós...”
Os lábios de Chi Cheng envolveram a orelha de Wu Suowei, mordendo e chupando ternamente. A ponta da língua dele, macia e delgada, delineou cada contorno em cada direção até, pelo comprimento, ela mergulhar caprichosamente. Wu Suowei instantaneamente teve um zunido no ouvido, o um som audível sendo de seus próprios arquejos para respirar.
Assustador... Como pode a sensação ser assim?
Chi Cheng beijou Wu Suowei, seus dedos ásperos movendo sobre a camiseta dele, esfregando nos mamilos dele.
A testa de Wu Suowei instantaneamente pingou de suor, os músculos de sua panturrilha se contraíram, duas sobrancelhas curvas se contraíram juntas em um nó apertado. Como o mestre da cama que ele era, Chi Cheng parou a mão quando viu o rosto de Wu Suowei.
“O que está acontecendo?”
Wu Suowei, respirando erraticamente, disse, “Isso é legal pra caralho.”
Chi Cheng riu involuntariamente, “Assim?”
Então dizendo, ele enrolou a camiseta para cima e usou a língua para desenhar um círculo no peito esquerdo, espiralando para dentro lentamente e incessantemente até alcançar o cume do mamilo e pincela-lo com os dentes. Ali, ele ajustou o ritmo de sua língua para igualar com os arquejos trêmulos de Wu Suowei por ar. Depois da língua, ele usou de novo seus dentes para beliscar e morder levemente, e finalmente usou a força afiada de seus dois lábios para mordiscar, acariciar e, por fim, chupar vigorosamente a protuberância crepitante.
As pernas de Wu Suowei estavam firmemente presas sob os quadris de Chi Cheng. Ele dolorosamente sufocou um gemido.
“Não brinque assim comigo.”
Chi Cheng já havia se decidido de brincar daquele jeito e, tendo terminado de brincar desse lado, pretendia brincar do outro.
Estou morrendo... Wu Suowei estava perdido em prazer, olhos tão grandes quanto a bunda de uma garota grande, se contorcendo como se estivesse desesperado para gozar.
“Toque aquilo,” Wu Suowei disse.
Chi Cheng fingiu não entender. “Onde?”
“Lá.”
“Onde?”
“Lá.”
“Onde?”
Wu Suowei, “......!!”
A mão perversa de Chi Cheng foi até os jeans de Wu Suowei, trilhando as unhas levemente ao longo da sensível parte interna da coxa. Ele reprimiu uma risada e perguntou novamente, “Onde?”
Wu Suowei, através de uma pequena brecha entre seus dentes cerrados, expulsou duas letras, “JJ [3].”
[N/T3: sigla textual para jiji, um jeito imaturo de dizer jibi ou pênis.]
Wu Suowei deixou a mão grande de Chi Cheng passar pela sua selva para agarrar o pequeno pássaro que estava tão carente de atenção. Afagando e friccionando até ele estar completamente ereto, ele deu uma olhada mais de perto. Ele não era pequeno! Ele era claro e lustroso com uma forma integral, exatamente do jeito que Chi Chen gostava deles. Então ele puxou para baixo a roupa íntima dele expondo toda sua zona privada.
O olhar fixo de Chi Cheng deixou Wu Suowei apreensivo. Ele tentou cobri-lo com a mão e falou rigidamente.
“Por que está olhando?”
Chi Cheng agarrou firmemente as mãos de Wu Suowei restringindo-as sobre os lençóis. Colocando habilmente todos os cincos dedos em volta do pênis de Wu Suowei, ele procedeu suavemente para provocar e brincar com ele. As ásperas pontas dos dedos alisavam e giravam em volta da sensível cabeça macia. A fricção de sua palma ardente criava uma descarga elétrica enquanto migrava pelo comprimento até a base, onde ele se concentrou em brincar obscenamente com os dois grandes ovos que ele admirava há tanto tempo. Movendo-se mais para baixo, ele perversamente se ocupou em tapear [4] até estabelecer um ritmo que se tornou mais rápido e mais duro e continuou fortemente pela parte interna da coxa dele.
Os quadris de Wu Suowei, ressoando com a corrente elétrica, nunca tinham recebido esse tipo de tratamento antes. Ele nunca soube que masturbar podia ser tão incrivelmente bom.
Em cinco minutos, Wu Suowei começou a bloquear o braço de Chi Cheng, colocando grande resistência.
Ele não queria gozar na frente de Chi Cheng.
Chi Cheng, por outro lado, não estava aceitando nenhuma desculpa. Seus dedos continuaram a se mover para baixo e em volta do avatar como se ele fosse acender um fogo esfregando varetas.
Wu Suowei realmente não podia aguentar por muito mais tempo. Apertando suas pernas juntas, ele rolou com suas costas para Chi Cheng, escondendo seu pênis.
Chi Cheng, não tolerando interferências, virou o corpo de Wu Suowei de volta e tomou o pênis dele, habilmente bombeando para cima e para baixo com uma mão enquanto fechava a outra em um punho e a pressionava contra o períneo dele. Como se para facilitar para Chi Cheng, Wu Suowei inconscientemente abriu as pernas.
“Eu vou morrer...”
Wu Suowei estava evadindo e sofrendo: cada corrida para as nuvens era frustrada por um duro recuo, de modo que ele mal podia se concentrar em sua respiração irregular. Então, aquelas grandes mãos perversas trabalhavam ainda mais ferozmente e as ondas de prazer rodopiavam ainda mais rapidamente, deixando Wu Suowei atordoado.
Ele queria chorar, explodir em xingamentos, queria açoitar um certo alguém.....
Vendo Wu Suowei desesperado para explodir, Chi Cheng, em vez disso, diminuiu o ritmo. A paciência de Wu Suowei não era suficiente para parar o movimento na parte debaixo do seu corpo, mas ele foi firmemente contido por Chi Cheng. Ele queria que Wu Suowei gozasse lentamente. Ele queria saborear a expressão de Wu Suowei enquanto ele ejaculava, do começo ao fim.
Finalmente, um jato de nebulosidade branca disparou. O pescoço de Wu Suowei estava escarlate e as veias tufadas com esforço enquanto ele fazia caretas e gemia incontrolavelmente.
Chi Cheng não soltou, mas continuou o movimento para cima lentamente. Com um tremor violento da parte inferior do corpo, um segundo jato disparou. A bunda inteira de Wu Suowei estava suando, encharcando os lençóis.
Então um terceiro e um quarto esguicho....... depois dos disparos, o timbre dos gemidos de Wu Suowei mudou.
Por fim, Chi Cheng usou as duas mãos juntas e, em uma demonstração impressionante de ambidestria, acendeu na virilha Suowei um último grupo de chamas que queimaram o estado mental de Wu Suowei à insanidade, completamente desprovido de força de vontade; queimou a bunda dele para fora das cobertas, os quadris bombeando como uma onda de alta frequência; queimou as pupilas dele de modo que elas não focavam mais, a voz dele naquele momento murmurando roucamente......
Demorou um tempo antes dele se recuperar lentamente.
“Você realmente gozou um bocado.” Chi Cheng estendeu a mão deliberadamente diante de Wu Suowei.
Wu Suowei olhou distraidamente por um momento. Seu pênis palpitou duas vezes e ainda assim permaneceu ereto.
Isso realmente era além das expectativas de Chi Cheng. Ele não pode conter uma risada feliz enquanto agarrava forçadamente o pescoço vermelho vivo de Wu Suowei e disse brincando, “Okay, ah, disparar uma arma é bom, mas é ainda melhor quando é uma metralhadora.”
Uma vez que os apetites animais de um homem são estimulados, então sua máscara hipócrita pode ser arrancada expondo seus instintos naturais rudes e selvagens. Wu Suowei nunca havia experimentado tal prazer e, refletindo sobre isso, viu que isso era totalmente luxúria, isso fez sua excitação ascender. Ali na frente dele estava um autêntico deus, om músculos sedutores, uma bunda firme, dura, uma expressão encharcada com atraente sex appeal........
Wu Suowei estendeu a mão.
Chi Cheng riu provocativamente, “Ainda quer mais?”
Bem quando ele terminou a pergunta, aquele traseiro firme foi beliscado. Os olhos de Wu Suowei estavam cheios de intenção devassa enquanto ele olhava de relance, dedos destemidos apertando firmemente a bunda de Chi Cheng. Pensando apenas em seu desejo, ele continuou apertando movendo mais para o meio até chegar na divisão da bunda.
Essa foi a primeira vez que alguém foi descarado o suficiente para fazer isso com Chi Cheng na cama.
Você se atreve a brincar com a bunda do papai? Você está cansado de viver?
“Me deixa foder você.” Wu Suowei de repente abriu a boca.
As pupilas de Chi Cheng, de repente, ficaram dilatadas, terríveis olhos de tigre ferozmente encarando Wu Suowei. “O que você disse?”
Wu Suowei falou, sua voz rouca, áspera. “É só que você já fodeu tantas pessoas que você não vai realmente sentir minha falta e eu nunca fiz isso com um cara. Deixa eu me divertir com você [5].”
“Comigo – se – divertir?”
Da boca de Chi Cheng caíram essas três palavras, cada uma reverberando infinitamente, como um eco.
Wu Suowei falou seriamente, brincando de forma alguma. “Sua bunda parece ser bem dura para mim, então isso não deveria ser um problema. Para dizer a verdade, você é o primeiro homem com quem eu já quis fazer isso. Não me decepcione.”
_____________________________
Notas de Tradução:
       Deixei as notas com explicações maiores pra cá, assim não interrompe tanto o fluxo da leitura. ^^
[4] “Tapeando”: Calma, gente. Nada de SM (pelo menos não ainda O.o). A palavra chinesa é 拍打 (pāidǎ) - técnica usada na medicina chinesa para melhorar o fluxo de chi pelos meridianos; também é potente preliminar sexual descrita em antigos textos taoístas, como o Su Nu Ching do Imperador Amarelo e Os Segredos do Aposento de Jade. Não sei se está correto usar o termo ‘tapeando’, mas não encontrei a tradução para isso no sentido sexual da coisa, por isso escolhi deixar assim pois em inglês usaram a palavra “slapping” que significa “dar tapas”. XD
[5] “Me divertir com você”: em inglês estava escrito “to get my kicks with you”. A tradução ao pé da letra seria “conseguir meus chutes com você”, porém “to get kicks” ou “to get one’s kicks (from someone or something)” significa “conseguir prazer de alguém ou de alguma coisa”, sendo que esse ‘prazer’ pode ser no sentido de ‘se divertir’ (o exemplo dado pelo dicionário era nesse sentido, de se divertir muito), por isso decidi colocar como está. =)
       Socorro, gente! Wu Suowei acabou de assinar seu atestado de óbito!!!(`〇Д〇) Esse é corajoso! Tem amor à vida não, meu filho? XD huahauhauahuahua
       Acredito que as partes desse capítulo estão nesse vídeo, entre 2:44 e 3:38 (apesar de achar que ficou uma cena bem ruinzinha, principalmente se comparada com o capítulo. kkkkkkkkkkk)

20 Comentários

  1. Kkkkkkkkkkkkkkkkk, ai socorro, eu não sei se eu riu ou choro. Melhor smut ever.
    Eles são otimos juntos.
    E esse atestado de obito aí no final? Kkkkkk
    ___
    Obg Lena!:)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode ser chorar de rir também. hahahaha
      De nada! ^^ Bjssss

      Excluir
  2. Obrigado Lena! Adorei o capitulo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De nada! Que bom que gostou. Eu também adorei .=D
      bjinsss

      Excluir
  3. Ai meu deus eu quase tive um troço aqui... Acho que vou começar a armazenar umas bolsas de sangue aqui em casa... Vou precisar... Esse capitulo me deixou louco... Estou muito feliz com a surpresa e hj tava sendo meu pior dia em messes... Obg lena...
    Nossa ansioso pelos próximos capítulos...
    Eu to tendo um troço aqui...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Crise de nosebleed? hahahaha
      Fico muito feliz que isso tenha aliviado sua cabeça do estresse! Nesses dias, lembre-se de respirar fundo. ;) Por nada. ^^/
      Eu também tô ansiosa!!!! Tomara que eles consigam traduzir um pouco mais rápido, né? >w<
      Bjsss

      Excluir
  4. Cara que Pervo amei por d+,Obrigada Lena Adorei!!

    ResponderExcluir
  5. Se o Wu quer morrer é melhor ele pular do predio do que falar isso pro Chi, muito ousado, ele não tem noção do perigo \(//∇//)\

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK Ele não tem MESMO! Doidinho, doidinho. Já tô louca pra saber como ele vai se sair dessa. >w<

      Excluir
  6. Uaaa!!! Que capítulo! o.o

    Enquanto lia eu só conseguia pensar: Vai Chi Cheng! Vai Chi Cheng!

    kkkkkkk

    Tadinho do Wu Suowei! Ele é tão inocente nisso que nem tem noção do perigo em que se meteu ao falar isso pro Chi Cheng!

    Morri aqui com o " Você se atreve a brincar com a bunda do papai?" rsrsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK Chi Cheng ganhou até torcida!!! huahauhauahua

      Acho que isso aí não foi inocência, não. Foi confiança demais. kkkkkkkkkkkkkk Ele é danado! XD

      Excluir
  7. estou abismada e feliz com a atualização e wu fio HOMI DE CORAGEM VC porém quem duvida que chi cheng vá deixar o wu fazer isso?! eu nao duvido ate pq os dois estão descobrindo muito um com o outro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu duvido. o/ hahahahaha Não sei se ele permite tanta intimidade, não. hahaha Pelo que deu a entender, o Chi Cheng se relaciona com homens há um bom tempo, mas sempre como top. Mas nunca se sabe, né? XD

      Excluir
  8. Meu Gu Hai q me desculpe, mas o Chi Cheng é o melhor seme da Chai Jidan, morro de rir dele todo macho, inflexível, ouvindo do crush q quer traçar ele... E o ator q interpretou ele na novel, encarnou ele de maneira perfeita, ele é o próprio Cheng, sem dúvidas... Amo muito essa novel, acho q a química dos dois atores qndo vi a série me encantou, ver os bastidores me fez perceber q eles tem um carinho muito lindo um com o outro e meu lado romântica incorrigível já imaginou eles juntinhos e apaixonados... Será?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim! Chi Cheng é mais mesmo (nesse sentido, pelo menos hahaha). O ator interpretou ele super bem, né? Você percebe o quanto o cara atuou bem quando vê como ele é fora do papel - todo sorridente e brincalhão. Acho super legal ver atores assim!
      Eu também!!! Super shippo Wang Qing com Feng Jianyu (ou Baba e Dayu, apelidos deles. hahaha). Acho que eles são uma casal maravilhoso. E sim... pra mim eles são um casal de verdade. hahahaha

      Excluir
  9. Kkkkkkkjkj gente! Esses dois são sempre uma surpresa! Fico admirada, pela autora escrever esses personagens tão interessantes! Ele tem coisas únicas, mas, ainda assim, nos aproximam deles xd quero outro logo xd tive q voltar e ler capítulos anteriores jkkkkkk e na verdade quero saber a resposta do Chin kkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tbmmmm!!!! *reza todo dia pra sair logo o próximo capítulo* hahahaha Mal posso esperar!

      Excluir
  10. eu li duas vezes, porque né!! hahahhahah...Pra mim melhor que heroin haha(pelo menos a serie, novel não li ainda)

    ResponderExcluir
  11. kkkkkk rindo litros com a proposta aqui......muito corajoso
    anciosa pelo próximo...Parabéns!

    ResponderExcluir