Oiê! \o/

Finalmente a próxima dose de Addicted, heim? XD hahaha


Tem algum visitante do blog que saiba/goste de desenhar? Se alguém tiver feito ou fizer alguma arte inspirada em qualquer uma das novels e queira compartilhar conosco, sinta-se a vontade para nos mandar a imagem por email. Seria muito legal poder mostrar as fanarts de vocês junto com um capítulo da respectiva história, já que só encontramos fanarts de pessoas de outros países. ^u^/

Beijos~             
Lena.
_____________________________________________________


Cap. 194: O arrependimento repentino de Jiang Yuan



Naquela tarde, o carro de Gu Wei Ting foi estacionado na frente da delegacia de polícia.
Apenas um segundo após a chegada dele, o Chefe de Polícia saiu apressado para cumprimenta-lo. “General Gu, por que você não nos disse com antecedência que viria? Eu poderia ter mandado um carro para busca-lo!”
Dando um rápido olhar de reconhecimento ao homem ansioso, Gu Wei Ting prontamente se dirigiu para dentro da estação com uma expressão destituída de animação. Seguindo logo atrás dele, o Chefe de Polícia instruiu um subordinado para servir uma xícara de chá para Gu Wei Ting.
Parecendo um pouco perturbado, Gu Wei Ting acenou a mão em recusa e disse ‘não precisa’ quase incoerentemente. Então, olhando diretamente para o homem diante dele, ele recorreu a não dar voltas e perguntou sem rodeios, “Aquilo que mencionou para você da última vez, como está indo?”
“Nós temos mantido vigilância naquilo o tempo inteiro. Por favor, espere um minuto, eu vou buscar os dados.”
Em apenas um curto momento, o Chefe de Polícia arranjou meticulosamente todos os dados estatísticos antes de entrega-los a Gu Wei Ting.
Aquilo era todo o histórico de chamadas recentes coletadas do número de telefone de Bai Han Qi. A principal razão de ele não ter incomodado Bai Han Qi por informação foi para que ele pudesse realizar este plano calmamente do seu próprio jeito. Se ele fosse marchar até a casa de Bai Han Qi, ele temia que a perturbação, inadvertidamente, fosse alertá-lo.
“Nós organizamos os dados de acordo com a frequência de cada ligação, de longa a curta distância. Em geral, os números de telefone que tiveram uma alta frequência de ligações foram, geralmente, de dentro de Pequim. No todo, não foram muitos de fora da província. No mais, a maioria dessas ligações foram feitas apenas uma vez e, cada vez, duraram menos de dez segundos. Nós concluímos que essas devem ter sido feitas para números errados.”
Gu Wei Ting examinou cuidadosamente os números de cima a baixo até ele focar seus olhos penetrantemente no quinto número de telefone.
“De que área veio esse número?” Gu Wei Ting perguntou, mantendo a mente aberta para qualquer lacuna.
O Chefe de Polícia deu uma olhada nele, “Oh, este é de Qingdao, Shandong. É considerado uma das cidades que tem ligações muito frequentes dentro da província.”
Gu Wei Ting estreitou os olhos em contemplação enquanto raios brilhantes de luz dispararam silenciosamente pelos olhos dele, carregando com eles uma noção de medo que deixaria qualquer um em pedaços.
__
Mais uma vez, Gu Yang foi chamado por Gu Wei Ting à base militar.
“Você está ocupado ultimamente?” Gu Wei Ting perguntou com um tom consideravelmente suave.
Ouvindo aquilo, Gu Yang respondeu fracamente, “Tem sido bom. Eu tenho algumas pessoas para me ajudar com projetos específicos, então eu só preciso juntar e reportar os materiais coletados.”
“Tem um pequeno assunto com o qual quero lhe perturbar, mas não tenho certeza se é conveniente para você ou não.”
“Hehe. Tio, não precisa ser tão educado comigo.”
Gu Wei Ting sorriu e disse, “Você é um adulto agora. É apenas normal que eu também tenha que ser cortes quando falo com você. Além disso, você já tem sua própria carreira. Eu não posso tirar vantagem de você convenientemente só porque somos parentes. Nem posso gastar seu tempo aleatoriamente!”
“Está tudo bem, não estou ocupado. Apenas seja direto com o que você tem a dizer,” Gu Yang respondeu.
Notando a atitude relaxada de Gu Yang, a compleição de Gu Wei Ting mudou ligeiramente enquanto um ar estranho de complicação se enraizou em seu olhar.
“Você teve algum contato com Gu Hai?”
“Não,” Gu Yang respondeu seriamente.
Gu Wei Ting assentiu com a cabeça, “Okay, então. Já que você não está ocupado, me ajude a procurar Gu Hai e trazê-lo de volta. Eu não quero usar meu poder pessoal para procurá-lo por todo o país. Seria uma desvantagem para minha reputação se isso vazasse, e pior, esse tipo de situação é completamente inaceitável no exército.” [Lena: Mas enfiar o filho num buraco debaixo do seu quarto é totalmente aceitável. Vamos anotar. -_-“]
“Onde, supostamente, devo encontra-lo? Ele já cortou todo contato conosco. A esse ponto, procurar por eles é como tentar encontrar uma agulha em um palheiro.”
“Eu vou lhe dar uma pista. Eles estão em Qingdao, Shandong.”
Depois de ouvir essas palavras, Gu Yang ainda foi capaz de disfarçar perfeitamente a surpresa que ameaçava atirar de dentro dos olhos dele. “Como você sabe que eles estão em Qingdao?” Gu Yang perguntou fingindo-se desconhecedor.
“Através de investigação.” Gu Wei Ting respondeu com naturalidade.
O silêncio dominou Gu Yang.
“Se eu continuar com essa investigação, definitivamente serei capaz de descobrir a localização exata deles, mas eu não quero lidar pessoalmente com esse assunto. Não me pergunte o motivo. Estou me sentindo muito desconfortável no momento. Em resumo, eu tenho confiança em você e quero confiar-lhe a tarefa de lidar com essa extenuante provação.
Um sentimento de culpa se espremeu para dentro da consciência de Gu Yang enquanto esse observava a inquietação marcando o rosto de Gu Wei Ting.
“Mesmo ele tendo feito algo assim, você ainda o reconhece como seu filho?”
“Se eu reconhecer, ele é. Se não, então ele não é. [1]
[N/T1: 认则有,不认则无 Reconhecer algo significa que ele existe. Não reconhecer algo significa que ele não existe.]
Enquanto Gu Yang continuava ponderando sobre aquela frase, Gu Wei Ting já tinha saído do quarto.
“General!”
A pessoa de pé na frente de Gu Wei Ting era um homem chamado Hua Yun Hui, um subordinado que ele havia alistado pessoalmente para receber treinamento das forças especiais. Normalmente, Gu Wei Ting não o chama para assistência. A única exceção para isso seria quando Sun Jingwei estava muito ocupado, nesse caso Gu Wei Ting passaria a missão para Hua Yun Hui.
“Eu tenho uma missão para você.”
Parado perfeitamente reto, Hua Yun Hui focou toda sua atenção em seu general de comando antes de falar com uma voz aparentemente monótona. “Sim, General. Estou a seu serviço.”
“Você pode relaxar um pouco.” A mão grande de Gu Wei Ting pressionou o ombro de Hua Yun Hui, “Essa missão envolve meus assuntos familiares, então não há necessidade de ficar tão sério.”
“Assuntos familiares?” Hua Yun Hui perguntou com curiosidade, “Não é Sun Jingwei quem sempre é responsável por seus assuntos pessoais?”
“Ele está muito ocupado ultimamente.”
Na verdade, Gu Wei Ting não confiava mais inteiramente em Sun Jingwei. [Lena: Porque ele tentou salvar seu filho de você? ¬_¬]
“Tem uma pessoa em quem eu quero que você fique de olho. Não importa qual método você use, você deve manter vigilância sobre o paradeiro dele 24/7. Não o deixe fora de sua vista.”
Os nervos de Hua Yun Hui ficaram tensos imediatamente, “Quem?”
“Meu sobrinho, Gu Yang.”
__
Quando Sun Jingwei viu Gu Wei Ting voltar, ele se apressou até ele e perguntou, “General, aonde você estava agora a pouco?”
O olhar sério de Gu Wei Ting se moveu para ele imediatamente, “O que aconteceu?”
“Ainda agora, sua esposa veio procurando por você.”
“Jiang Yuan?” As sobrancelhas de Gu Wei Ting se franziram levemente, “Quando ela veio aqui?”
“Ela acabou de sair um momento atrás. Eu disse que ela podia esperar no quarto, mas, assim que ela viu que você não estava aqui, ela saiu imediatamente. General, você deveria se preocupar mais com ela. Quando alguma coisa dessa natureza acontece, é apenas normal que todos achem difícil lidar com isso. Depois que tudo é dito e feito, ela ainda é uma mulher. Psicologicamente, ela não será capaz de lidar com certas coisas tão bem quanto você. Quando eu a vi um momento atrás, eu posso dizer que o estado mental dela não parece muito bom.” [Lena: t()_/¯]
Desviando o olhar, Gu Wei Ting não disse mais nada. Ele continuou ocupando seu tempo com trabalho até tarde da noite antes de, eventualmente, instruir o motorista a leva-lo para casa.
Mesmo enquanto a escuridão rolava no céu noturno, Jiang Yuan ainda não tinha sido tomada pelo sono. Ela estava sentada sozinha à mesa de jantar perdida em pensamentos.
Quando ela ouviu a porta abrindo, ela levantou a cabeça lentamente para olhar.
Enquanto Gu Wei Ting entrava, ele casualmente virou a cabeça para uma olhada e viu Jiang Yuan sentada não muito longe. A iluminação difusa sobre a forma dela revelava a palidez que mascarava seu rosto delicado. Jiang Yuan se levantou e andou lentamente na direção de Gu Wei Ting, a aparência dela estava doentia e cansada, diferente de eu geralmente vivaz.
“Você comeu? Se não, eu vou preparar alguma coisa.” Ela perguntou como fazia todos os dias.
Quando Jiang Yuan estava prestes a se virar, Gu Wei Ting pegou a mão dela, “Não se preocupe, eu comi.”
A única palavra que saiu da boca de Jiang Yuan então foi “oh.”
No passado, Jiang Yuan sempre ansiava que Gu Wei Ting voltasse para casa o mais rápido possível, exatamente como uma concubina imperial ansiando que o Imperador fosse pessoalmente até ela. Toda noite, ela se deitava na cama e esperava por um dia em que, se ela acordasse no meio da noite, o travesseiro ao lado dela estaria inesperadamente ocupado por outra pessoa. No entanto, apesar de Gu Wei Ting estar silenciosamente ao lado dela agora, ela ainda não sentia nada além de vazio.
“Já está bem tarde. Por que você ainda não está dormindo?” Gu Wei Ting perguntou enquanto absorvia os detalhes do rosto dela.
Mostrando um sorriso fraco, Jiang Yuan disse quase incoerentemente, “Não consigo dormir.”
A Jiang Yuan na mente de Gu Wei Ting era sempre cheia de vida e energia. Simplificando, ela era direta, franca e rápida em verbalizar seus pensamentos quando necessário. Quando ela se sente desconfortável com alguma coisa, ranger os dentes e fumegar de raiva são algumas de suas muitas ações, mas quando ela está consumida por felicidade, ela dança por aí. Em geral, algumas vezes ela pode ser rancorosa e outra vezes amável..... então era bem raro vê-la tão quieta desta forma.
Gu Wei Ting segurou a mão de Jiang Yuan e perguntou em um tom calmante, “Por que você não consegue dormir?”
“Sinto falta do meu filho.” Jiang Yuan respondeu honestamente.
Gu Wei Ting fechou os olhos lentamente e fez seus batimentos cardíacos desacelerarem à raiva que parecia crescer dentro dele. Nos últimos dias, as palavras dele foram duras demais quando ele explodia de raiva aleatoriamente. Pensando em suas próprias ações anteriores agora, de repente ele começou a odiar aqueles tipos de interação.
“Você não foi ver Bai Han Qi?”
Jiang Yuan balançou a cabeça.
Gu Wei Ting ficou meio surpreso. Baseando-se na personalidade de Jiang Yuan, não teria sido uma surpresa se ela tivesse ido à casa dos Bai e causado uma completa confusão.
“Por que você não foi?”
Olhando de relance para ele com olhos delicados, Jiang Yuan respondeu suavemente, “Nós últimos dias, eu estive pensando nas palavras que Lao Bai disse. Ele disse que o fato de Bai Luo Yin ter sentimentos por outro homem é porque ele tem uma mãe que o negligenciou, o que, em retorno, fez ele começar a rejeitar mulheres.”
“Isso é um grande absurdo!” Gu Wei Ting disse irritado. “Que tipo de raciocínio objetivo é esse? A verdade está lá, só tem um motivo. Eles dois são bastardos!”
Jiang Yuan manteve seu silêncio.
Acalmando-se, Gu Wei Ting acendeu um cigarro e fumou lentamente.
Sem qualquer aviso, Jiang Yuan começou a soluçar espasmodicamente.
Gu Wei Ting virou a cabeça para ter um vislumbre enquanto suas sobrancelhas se uniam ligeiramente.
“Olhe só pra você, por que está chorando? Você já é uma adulta... venha aqui. Não chore mais...” disse Gu Wei Ting enquanto pegava um lenço e enxugava as lágrimas de Jiang Yuan.
Mesmo então, Jiang Yuan continuou soluçando esporadicamente enquanto dizia, “De repente eu sinto tanta pena do meu filho. Antes, quando ele era sensível, eu nunca, nenhuma vez, pensei que ele fosse lamentável. Mas agora que ele fez algo assim, de repente me sinto especialmente pesarosa e arrependida. Toda noite eu sonho com ele. E nos sonhos, ele está fora no mundo, sozinho e faminto. Ele tem só 18 anos... outras crianças da idade dele ainda estão nos braços de seus pais, pedindo alguma coisa para comer e beber. Mas meu filho de 18 anos está vagando sozinho. Mesmo que ele tenha uma casa, ele não pode voltar para ela.”
O coração de Gu Wei Ting suavizou, no entanto seu tom ainda era tão severo quanto sempre.
“Eles atraíram isso para si mesmos. Vale mesmo a pena você sentir muito e estar arrependida?”
Jiang Yuan virou seu rosto manchado de lágrimas para Gu Wei Ting, “Lao Gu, alguma vez você pensou porque o relacionamento de nossos filhos ficou assim? Isso não tem uma relação direta com nosso casamento?” [Lena: Heh. De certa forma, sim! ><]
“O que você está tentando dizer?” Os olhos de Gu Wei Ting afundaram gradualmente, “Nós somos casados. Faz algum sentido você dizer essas coisas agora?”
“Eu não me arrependo de ter casado com você. Eu estive pensando em porque Xiao Hai passou a gostar de Luo Yin e porque Luo Yin também passou a gostar de Xiao Hai. Enquanto eu pensava nisso, só encontrei uma possibilidade. Isso é, esses dois garotos não tinham amor maternal. Para Xiao Hai, a mãe dele faleceu e Luo Yin não esteve comigo desde pequeno. Então, quando eles estão juntos, eles devem ter sentido um pouco de simpatia um pelo outro.” [Lena: oohhh Pontos pra ela. XD]
“Existem muitas pessoas por aí sem amor maternal. Quantos deles realmente fariam uma coisa daquele tipo?”
Com um vazio tingindo seus olhos, Jiang Yuan pegou um travesseiro e segurou contra o peito.
“Lao Gu, você sabe porque Gu Hai mudou de repente a atitude dele com você?”
Gu Wei Ting sempre teve algumas suspeitas com relação a esse assunto. No começo, ele queria perguntar, mas conforme o tempo foi passando, ele pensou que isso era supérfluo, então em vez de mencionar aquilo de novo ele meramente tomou isso como tendo acontecido porque seu filho finalmente havia superado aquilo.
“É porque Luo Yin descobriu a verdade sobre a morte da mão de Gu Hai.”
O corpo de Gu Wei Ting tremeu de choque quando ele olhou para ela com incredulidade. De repente, as pupilas dele pareceram ter sido partidas, abrindo caminho para uma forte luz ser disparada em direção ao rosto de Jiang Yuan.
“O que você disse?”
Jiang Yuan engasgou entre soluços enquanto falava, “Sun Jingwei não queria que eu lhe dissesse. Ele temia que você ficaria chateado e sofreria de novo. E... Eu não queria lhe dizer também porque eu temia que você ficaria pensando nela. Mas agora, eu tenho ainda mais medo que meu filho sofra. Ele é a única pessoa nesse mundo que tem meu sangue.”
*****

12 Comentários

  1. O pai do Gu Hai é um maluco com mania de grandeza 😠😠

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, se acha A razão em forma de gente. -_-

      Excluir
  2. Eu estou desesperadamente ansiosa pelo amor de deus poste logo. Será que é tao difícil deles entenderem que eles se amam? Poxa vida

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Esse pai do Gu Hai sem comentários que ódio vlw Lena 😘

    ResponderExcluir
  5. Será que Gu Wei Ting não tem nada melhor para fazer da vida do que caçar o Gu Hai como se ele fosse um criminoso?!!
    Até a Jiang Yuan está se mostrando mais humana do que esse general cruel...
    Não entendo, Gu Wei Ting sempre foi um pai ausente e agora que ele poderia só ignorar o filho, ele fica o perseguindo e querendo que o Gu Hai faço o que ele quer como se ele fosse um subordinado e não seu filho. ~revoltada~
    Ele deveria se orgulhar por ter um filho com um coração tão bom como o Gu Hai que não hesitou em salvar a vida de alguém, como no cap. passado...
    Obrigada Lena 💜

    ResponderExcluir
  6. Alguém toca fogo nesses dois, namoral!! Deixa os meninos pra lá GUpai infeliz!!!!

    ResponderExcluir
  7. Espero que este general de merd@ um dia caia na real e se arrependa de ser tão babaca, muito revoltada com este idiota que se acha um pai.

    ResponderExcluir
  8. Esses hipócritas inconsequentes. Pelo menos finalmente, ela realmente viu a luz, e reconheceu seus erros ao admitir. Mas esse general fdp como sempre nunca dá o braço a torcer, pq ele se acha o imperador do planeta onde tudo e todos tem que girar ao seu redor, dançar o ritmo da música que ele manda. é bom que ele leve uma surra e seja enfiado naquele buraco por um tempo pra esfriar a cabeça. >.<

    ResponderExcluir
  9. A gente te,esse capítulo é bem emocionante. A mãe do Yin não é uma santa. Mas tem horas que dá dó dela. Agora esse papi do Gu Hai tá precisando de uma surra!

    - Estava com saudades de ler Addicted aqui Lena. Obg!

    ResponderExcluir
  10. Fico tão triste em sentir esse 1% do preconceito e homofobia da China. O ser humano é tão egoísta. Não consegue aceitar as diferenças.

    ResponderExcluir
  11. capítulo tosco.. falar sobre a mamae Bai e o papai Gu é muito chato.. próximo

    ResponderExcluir