Oi gente! o/

Como estão todos? Bem, espero. =)

E temos mais um capítulo de Addicted pra hoje!! Yay!!! \(●⁰౪⁰●\)(//●⁰౪⁰●)//  No capítulo de hoje, Gu Hai fazendo leseira de novo. kkkkkkkkk Vamos ler!

Beijos~        
Lena.
______________________________________________



Cap. 196: O conflito interno dos dois jovens



 Nas ruas, Gu Hai desviou e virou o carro diversas vezes. Enquanto ele fazia curvas rápidas e fechadas em várias esquinas evitando outros carros ao longo do caminho, ele também estava engendrado com uma confusão que o deixava meio atordoado. Enquanto isso, a bela mulher continuava calma e quieta no banco detrás. Uma vez que Gu Hai sentiu que as áreas em volta eram seguras, ele virou o carro lentamente de volta para a rua principal por onde ele passara antes.
“Vire no semáforo à frente.” A mulher abriu a boca repentinamente para falar, o tom dela nem um pouco perturbado.
Apesar de Gu Hai sentir-se grato por essa mudança de acontecimentos, foi só quando ela falou que ele lembrou que realmente tinha alguém sentado ali.
“Eu estava sendo cercado por um grupo de homens. Se você não estivesse lá por acaso, teria sido difícil de escapar.” Enquanto ele dizia, havia um fraco sorriso discernível no canto dos lábios de Gu Hai. Agora totalmente ciente da outra pessoa, ele olhou de relance para ela pelo espelho retrovisor.
A voz da mulher estava gentil quando ela finalmente falou de novo, “Eu percebi.”
Aparentemente surpreso com a resposta, Gu Hai perguntou, “Você percebeu?”
“Eu soube que você estava com problemas no momento que você me assediou rudemente.”
Essa foi a primeira vez que Gu Hai tinha ouvido uma garota falar a palavra ‘assediar’ tantas vezes. Ele pensou:
Como pode uma garota jovem e bonita assim, que dirige um carro relativamente extravagante como esse, também ter um comportamento tão atrevido e sem constrangimento? Ela não é aquele tipo de pessoa, é?
“Você não está com medo que eu vá sequestra-la e vende-la?” Gu Hai perguntou tentando conseguir algumas respostas.
Enquanto uma das sobrancelhas dela levantou, a mulher riu, expondo o que poderia ser descrito como um simples, mas contente, par de covinhas.
“Você não é esse tipo de pessoa.”
“Você também pode perceber algo assim?” Gu Hai se virou e deu outra olhada rápida nela.
Sorrindo ligeiramente, ela assentiu com a cabeça, “Intuição.”
Sentindo-se apático, Gu Hai não tinha mais nada o que dizer. No começo, ele queria encontrar um posto de gasolina para encher o tanque como agradecimento pelo gesto amável dela, mas quando ele pegou nos bolsos, ele lembrou que todo seu dinheiro já se fora. No fim, tudo o que ele pode dar a ela foi um pedido de desculpas.
“Você é residente de Pequim?” Ela perguntou.
“Sim.”
“Não me admira, seu sotaque soou tão familiar! Você está aqui de viagem ou visitando parentes?”
“Visitando parentes. Você é daqui?”
“Meus pais estão em Qingdao, mas estou frequentando uma universidade em Pequim por enquanto. Ei, você também está estudando, certo? Pela sua aparência, você não parece ter mais de 20 anos.”
Gu Hai riu, “Você é a primeira pessoa a dizer que sou novo. Minha esposa sempre diz que sou velho.”
Pega de surpresa por essas palavras ditas de maneira tão natural, os olhos da mulher cavaram o rosto dele. Em apenas segundos, as sobrancelhas dela subiram para indicar uma pergunta próxima, “Você já tem uma esposa?”
“Sim, eu me casei cedo!!” Gu Hai disse com um sorriso brilhante esticado de orelha a orelha.
“......” Sem palavras, a mulher não encontrou mais nada para dizer.
Quando ele estava apenas uma rua de distância do apartamento, Gu Hai parou o carro lentamente e expressou sua gratidão uma última vez.
Ainda um pouco surpresa com a declaração anterior, a mulher tomou a iniciativa de falar primeiro, “Me dê seu número de telefone para que possamos sempre manter contato.”
“Meu número muda sempre, então não adiantaria mesmo que você soubesse.” Com um ar despreocupado, Gu Hai abriu a porta do carro e saiu.
A mulher seguiu. Assim que ela pode dar uma boa olhada em Gu Hai, os olhos dela ficaram cheios de ondulações que ressoavam de um lado para o outro com as palavras ‘não seja assim’.
“Eu lhe ajudei com um assunto tão grande e você não quer nem me dar seu número? Você não está apenas sendo mesquinho demais com isso? Olhe, eu nem mesmo exigi nenhum dinheiro para a gasolina também,” disse a mulher em um tom de voz desdenhoso. [Lena: Colega, sai daê. Ele não tem interesse em você. =P]
Pensando nas circunstâncias, Gu Hai já estava inchando de ansiedade. Pior ainda, a força em sua perna afetada ainda não voltara. Tudo o que ele podia pensar era em voltar urgentemente para Bai Luo Yin. Ele não queria continuar e nem tinha o tempo para perder lidando com provocações desnecessárias.
“O telefone já foi levado por aquelas pessoas. Eu realmente tenho que trocar o número.”
Ouvindo aquilo, a mulher não tornou dificultou, nem tornou as coisas estranhas para ele de novo. Depois, ela meramente acenou a mão, “Então, vamos nos encontrar de novo se for destinado.”
Depois de dizer isso, ela puxou um pequeno vidro de perfume, encarou as costas de Gu Hai e espirrou ferozmente algumas vezes nele.
Quando Gu Hai se afastou, ele estava bem intrigado com a atitude dela. Tanto que ele levantou o braço e cheirou suas próprias roupas.
Estou fedendo ou algo assim? Por que diabos ela espirrou perfume em mim?...... Que seja, eu tenho que voltar rápido para o Yin Zi!
Quando Bai Luo Yin não conseguiu entrar em contato com Gu Hai, ele foi compelido pela necessidade urgente de fazer uma ligação para Gu Yang. Assim que conectou, Gu Yang disse a ele que Gu Hai não tinha comparecido ao encontro deles. Algum momento de silêncio depois, Bai Luo Yin contou a situação em mãos para Gu Yang e, depois de entender tudo completamente, Gu Yang o alertou repetidamente para não sair imprudentemente.
Palavra nenhuma poderia ser dita para acalmar a mente preocupada de Bai Luo Yin. Mesmo depois de desligar a ligação, ele continuou esperando no quarto cheio de trepidação, como se estivesse sentado sobre agulhas e alfinetes.
Depois do que pareceu uma eternidade, finalmente teve uma batida na porta.
Levantando-se, Bai Luo Yin saiu apressado para abri-la e encontrou Gu Hai parado do lado de fora, fazendo uma careta de dor.
“O que aconteceu?” Sem demora, Bai Luo Yin estendeu os braços para dar apoio a ele.
Na verdade, nesse momento, a perna de Gu Hai já estava mais ou menos melhor. No entanto, assim que ele viu a profunda preocupação marcando intensamente os olhos de Bai Luo Yin, até sua perna boa foi perfurada pela dor.
Com o braço descansando sobre os ombros de Bai Luo Yin por apoio, eles entraram na sala. O caminho inteiro, ele choramingou ‘ai’ e ‘merda’ como se ele estivesse em dor extrema e jorrando sangue.
“O que aconteceu exatamente?” Bai Luo Yin perguntou de novo.
Obedecendo à insistência preocupada de Bai Luo Yin, Gu Hai começou a contar a situação pela qual ele havia passado. A única diferença foi que ele mudou a bela mulher para um homem jovem. No começo, essa narrativa já tinha um traço de drama misturado nela. Agora que estava combinada com a eloquência dilapidada e expressões faciais nada confiáveis de Gu Hai, Bai Luo Yin não só não demonstrou nenhuma simpatia, como também havia dúvida espalhada no rosto dele. [Lena: Kkkkkk GH e sua mania de dramatizar as coisas só deixa o BLY desconfiado da verdade. XD]
“Por que isso está parecendo com um filme?”
“Sério!” Gu Hai explicou ansiosamente, “Eu realmente fui atacado! Se você não acredita em mim, só olhe aqui. Minha perna também foi atingida por uma bala!” Enquanto falava, ele enrolou a calça para mostrar a ele, mas, acabou que, com exceção de alguns fios de cabelo, não havia indicação de mais nada.
Só olhando, o nariz de Bai Luo Yin inspirou uma fragrância intensa. Não é que ele estivesse sendo sensível, mas porque esse perfume era extremamente forte. Verdade seja dita, ele havia sentido esse cheiro no momento que ele abriu a porta e, no começo, tinha pensado que era um aroma persistente vindo do corredor, mas agora ele descobriu que não era. A fonte desse cheiro era, na realidade, as roupas de uma certa pessoa.
Bai Luo Yin deixou seus olhos de demorarem um pouco mais sobre Gu Hai. O tom que ele usou estava misturado com zombaria quando ele falou, “Os corpos daqueles bandidos estavam borrifados com muito perfume heim!”
A compleição de Gu Hai estava envolvida com desatenção. Foi só então que ele entendeu a intenção daquela mulher.
Você realmente não pode envenenar o coração de uma mulher casada!
“Ah, isso não é daqueles bandidos. É a fragrância da sala. Você sabe o tipo de pessoa que meu irmão é. Ele gosta de usar a porra dessas coisas chamativas. Diga, mesmo que ele tenha reservado uma sala privada, por que ele tinha que reservar uma com tema? Um romântico com flores e......” [Lena: Oh Deus... tá cavando a própria cova. kkkkkk]
“Você não disse um momento atrás que não tinha entrado no hotel?” Bai Luo Yin interrompeu a ladainha de Gu Hai.
Gu Hai, por sua vez, ficou surpreso, “Eu disso isso ainda agora?”
“Que absurdo!!” Os olhos de Bai Luo Yin imediatamente irromperam em frieza.
Notando a mudança no clima, Gu Hai se apressou em explicar, “É assim. Essa perna não foi atingida por uma bala? Por que essa bala não deixou uma cicatriz para trás ãh? Eu lembrei que ela se quebrou quando atingiu minha perna e esse cheiro foi dispersado dela.” [Lena: GH, essa tua cova já tá funda o suficiente, pode parar de cavar.  (*≧▽≦)]
Bai Luo Yin riu com frieza, “Você mesmo inventou isso!”
Tendo dito isso, ele balançou a mão em descaso para sair, mas Gu Hai rapidamente pegou a mão dele e segurou com firmeza.
“Solta!” Bai Luo Yin gritou com um tom sério.
Gu Hai ficou ansioso, “Você não sabe como se sentir um pouco mais penalizado ou preocupado comigo? Até aquela mulher bonita que encontrei acidentalmente na rua foi melhor do que você. Pelo menos ela soube me ajudar!” [Lena: KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK É mto lesado! Entrou na cova, deitou e ainda pediu pra jogarem a terra em cima! ٩̋(́˃˂̀)]
Uma lugubridade escura e sinistra surgiu no rosto cabisbaixo de Bai Luo Yin; era o tipo de olhar terrível que assustaria qualquer um que o encontrasse.
Vendo o rosto dele, Gu Hai finalmente percebeu o que ele tinha acabado de resmungar descuidadamente.
Sem olhar para ele uma segunda vez, Bai Luo Yin voltou para o quarto. De repente, a porta foi batida com tanta força que até a terra tremeu!
Quando chegou a hora de dormir, a porta do quarto ainda estava firmemente fechada e Gu Hai teve que se ajeitar desconfortavelmente no sofá. Quanto mais ele pensava, mais mágoa ele sentia.
Que diabos..... por acaso foi fácil para mim escapar hoje, heim? Se ninguém me ajudasse, eu já teria sido capturado há tempos e mandado de volta para Pequim. Aí então você não teria ninguém de quem sentir porra de raiva! Você ficaria feliz se alguma coisa acontecesse comigo? Eu tenho que perder metade da minha vida para você realmente saber como sentir penalizado e arrependido comigo? Porra!!
Esquentado, Gu Hai pegou o celular de Bai Luo Yin, encontrou o número de Gu Yang e discou.
“Você é o caralho do culpado por tudo isso! Você não estava bem em Pequim? Por que você correu pra cá? Se meu velho pediu sua ajuda, você tinha mesmo que ajuda-lo, heim? E você ainda tem a coragem fodida de me recusar?”
Gu Yang só respondeu com três palavras, “Você está doido?”
“Olha só na porra de confusão que você causou hoje! Mesmo que você tenha vindo pra cá, por que diabos você tinha que me ligar?”
Sem dizer mais nada, Gu Hai encerrou a ligação, mas, mesmo então, ainda tinha uma chama queimando dentro do coração dele. De repente, como se lembrasse de alguma coisa, ele pegou o celular de novo para outra olhada. Essa olhada apenas agitou a chama e invocou uma raiva furiosa nele.
“Bai Luo Yin, venha aqui fora agora!” Houve um ‘bang’ alto quando ele chutou a porta.
Como não teve resposta da pessoa do lado de dentro do quarto, Gu Hai chutou a porta de novo.
“Você tem a porra da cara de pau pra me dizer aquilo!! Vem aqui!! Hoje, nós dois temos que ter uma boa conversa!!”
“Não seja um idiota!”
A porta foi aberta de repente, revelando o rosto frio e sombrio de Bai Luo Yin.
Com um semblante escurecido como se ele tivesse emergido de uma perversa disputa mortal, Gu Hai levantou o telefone e disse irritado, “Por que meu irmão sabe seu número de telefone?”
“Eu fiz uma ligação para ele uma vez. Ele não saberia meu número então?”
“Por que você ligou pra ele?” Gu Hai rugiu de raiva.
Franzindo ligeiramente o cenho para a acusação, Bai Luo Yin também rosnou, “Eu não conseguia entrar em contato com você. Pra quem mais eu ligaria senão pra ele?”
“Esse não é ponto principal!” Gu Hai retorquiu severamente, indisposto a ouvir qualquer desculpa, “Nós já deletamos nossas listas de contato completamente. Como você sabe o número do telefone dele?”
“Eu sei de cor, tem algum problema com isso?”
Com uma pausa entre cada palavra, Gu Hai perguntou, “Você lembrou do número do telefone dele de cor?”
[Lena: Uma curiosidade: Saber/lembrar de cor em inglês é “remember by heart”, ou seja, “lembrar de coração”. Não sei se em chinês é da mesma forma, mas se for, seria ainda mais raiva pro GH. hahaha]
“É!” Uma explosão de vermelho disparou dos olhos de Bai Luo Yin. “Quando você foi pra América... você ficou fora por mais de quinze dias. Deixa eu lhe dizer, eu encarei a porra daquele número todos os dias. Até quando eu sonhava aquele número aparecia. Se fosse você, você teria esquecido?”
Um momento depois, a sala mergulhou numa quietude mortal enquanto a aura tirânica de Gu Hai era engolida pouco a pouco. Bem quanto Bai Luo Yin se virou com vontade de sair, Gu Hai puxou ele pela cintura para um abraço. Resistindo, Bai Luo Yin começou a apertar e puxar ferozmente as roupas de Gu Hai. Porém, Gu Hai apertou seu abraço e continuou abraçando-o, recusando-se a soltar ou desistir mesmo que sua vida dependesse disso.
Depois de um longo tempo, Gu Hai começou a falar; a atitude anterior dele estava fortemente revestida de ternura.
“Você não pode ficar com raiva de mim!”
Ouvindo essas palavras, Bai Luo Yin ficou ainda mais assolado de raiva. Raiva pra caralho!
Você voltou com seu corpo inteiramente infestado com aquele cheiro, depois gritou comigo a torto e a direito. Agora você está me ordenando a não ficar com raiva de você?!
“Na verdade, o homem jovem deveria ser substituído por uma mulher. Eu não me atrevi a lhe contar porque eu temia que você ficasse irritado.” Gu Hai disse sinceramente, abrindo-se enquanto apertava seu abraço ainda mais.
Fumegando de raiva, Bai Luo Yin disse por entre dentes cerrados, “Você acha que eu sou você?”
Gu Hai acariciou gentilmente as costas de Bai Luo Yin e pediu numa voz baixa e suave, “Não fique com raiva de mim. Agora é um momento crucial. Estamos lutando numa batalha um ao lado do outro. Como podemos estar brigando um com o outro?”
Bai Luo Yin perguntou friamente, “Quem foi o idiota que ficou com raiva e começou a agir como um tolo primeiro?”
“Fui eu, fui eu.”
“Você confessa?”
Gu Hai assentiu prontamente, “Eu confesso absolutamente.”
Estreitando os olhos, Bai Luo Yin bufou antes de um sorrisinho puxar os cantos dos lábios dele, “Eu lembro que nós chegamos a um acordo um tempo atrás em que se você agisse como um tolo de novo, suas calças seriam arrancadas imediatamente.” [Lena: AAhhh! Ele te pegou! huahuahuahua]
Ouvindo isso, os olhos de Gu Hai alargaram ligeiramente e o rosto dele ficou tenso. Ele deliberadamente fingiu estar confuso. “Eu acho que não?”
“Como eu posso esquecer um assunto tão importante, hmm? Naquela hora, alguém até me convidou gentilmente a fodê-lo até a morte!”
“Você definitivamente lembrou errado.” Gu Hai ridicularizou enquanto desviava o olhar.
“Xiao HAI ZI!! Hoje você tem que se comportar e aceitar essa punição!!!”
*****
Lena: Huahuahuahauhau Gu Hai se lascou! XD

22 Comentários

  1. Kkkkk será q era uma rastreador 🤔
    Eita q o Gu Hai vai rodar 😂😉😏

    ResponderExcluir
  2. kkkkkkkkkkkkk será que finalmente teremos outra cena hot? Eu sinto que faz tempo que n tem uma cena dessas descrita nos miiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiinimos detalhes. kkkk
    E eu bem que disse que alguem ia se ferrar em casa, hahaha.
    Só espero que o gu hai aceite a punição, pq faz tempo que yinzi n fica por cima nessa relação. kkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que faz tempo mesmo. Também, com toda essa tensão XD hahaha

      Ai dele se não aceitar. kkkkkkkkkk

      Excluir
  3. Cavou a própria sepultura kkkkkk, esses dois é de matar kkkk, essa vadia desgraçada pq estou com a impressão que no futuro eles vão acabar se encontrando e ela causando mais problemas, espero que seja só da minha cabeça🙏🙏 odiei essa mulher desde do momento que Gu Hai a beijou, vlw Lena

    ResponderExcluir
  4. Kkkkkk amo yin zi com ciumes😂😃😃

    ResponderExcluir
  5. Realmente o Da Hai procurou a própria cova. Hehe
    Outra coisa, não acho ciúmes uma prova de amor ou algo bom. Mas vê o Yin ficar bravo assim é muito fofo!

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Essa é a primeira vez que eu comento aqui no blog, mas eu já acompanho essa novel desde o comecinho.
    Não comentei antes por motivos de não tem motivos e.e
    Mas só queria dizer que ela só fica cada vez melhor e te agradecer Lena, por me dar a sorte de lê-la.
    Todo dia eu olho se tem att aqui e.e (não só de ad, mas de todas as outras...)
    ~por falar em outras, tenho uma dúvida, você sabe de algum site ou blog que vá legendar advance? Tô louca pra assistir e não acho em lugar nenhum... :/~
    Mais uma vez, obrigada <3

    ResponderExcluir
  8. Que coisa mais fofa Gohan e yin za com ciúme tanto um como outro muito fofo eles dois cada dia me apaixono mais Lena obrigado por mais um capítulo beijo te adoro

    ResponderExcluir
  9. Lenaaa me diz q o próximo capítulo tem sacanagem por favorrrr...

    ResponderExcluir
  10. ESTE GU HAI..QUEM PRECISA DE INIMIGO? ELE MESMO É SEU PRÓPRIO CARRASCO...JUIZ, TESTEMUNHA OCULAR(FOFOQUEIRO AINDA POR CIMA)JÚRI E EXECUTOR...AFF!!! O INTERESSANTE É QUE ELE NEM PERCEBE QUE ESTA SE ENFORCANDO SOZINHO..QUANDO VÊ JÁ ERA!!!KKKKK

    ResponderExcluir
  11. Addicted tá sendo uma mistura de tensão pura e ao mesmo tempo explosão de risos... Não tem como não rir desses dois juntos. Mas confesso estou com saudades do You Qi com o Meng Meng..

    ResponderExcluir
  12. Aí meu Deus Gu hai deitou na cova kkkkk cenas hot será?

    ResponderExcluir
  13. https://chat.whatsapp.com/6NbIa62zIi0HUOrkmmEunU. Link para o grupo VIÚVAS DE HEROIN

    ResponderExcluir
  14. Amo esses dois 😁 GH cavou sua própria cova kkkkkkkkk BLY com ciumes!? to loka pelo próximo cap!!!
    Lena obg pelas traduções 😘

    ResponderExcluir
  15. Kkkkkk eu tava esperando diligente por essa vinganca de Yin Zi em Gu Hai! Agora ele vai saber!!! Kkkk A hora chegou!!!

    ResponderExcluir
  16. Esse final foi muito engraçado. Bailu ciumento haha. Pra falar a verdade esse casal não é versátil. O Guhai é o típico machão au au, seme, que só se satisfaz em 'comer' e não ser 'comido', prova disso é o capítulo quando ele aceita ser fodido pela 'esposinha' e, obviamente, só o fez para satisfazer Bailu, e não satisfazer a si próprio. É complicado essa situação de você querer forçar alguém a fazer o que você quer, quando você não quer. Eu mesma que sou bissexual não faço 'certas' coisas com homens porque não gosto e não tenho tesão. Eu acho que eles deveriam amadurecer mais esse assunto pra não ficar aquela coisa forçada e sem tesão. Ver Guhai sendo comido e não sentindo prazer algum não dá tesão pra ninguém. Sem falar que Bailu não tem atitudes de um seme de verdade, e até cheguei a pensar como era a iniciativa dele quando ele tinha namorada. 'Eu gosto de garotas que flertem comigo' (aaaiii que donzelo). Guhai não esperar ser flertado. Ele é proativo e é por isso que eu não vejo esse casal como um casal versátil. Bailu, admite que vc adora sentar no quibe do Guhai kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  17. Os ciúmes do GuHai:é externo
    Os ciúmes do Bailu:é interno

    ResponderExcluir
  18. PS;tem uma coisa que amo de paixão no meio desses capítulos,é os comentários da Lena.kkkkkkkkkk sério ela é GuHai me matam de rir.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, eu tb gosto dos emoticons dela.. queria copiar todos, mas o blog não da opção pra copiar ='(

      Excluir