Continuando...

Vou deixar as notas para o fim. ;D

Lena.
Socorro! E esse fanart mega fofo comofaz?!
______________________________________________________



Cap. 200: As fantasias selvagens de Gu Hai



Quando Gu Hai voltou um minuto depois, os olhos intoxicados de Bai Luo Yin arderam na direção dele e das coisas que ele estava segurando. Ele ficou instantaneamente sem palavras.
Bai Luo Yin realmente pensou que Gu Hai traria um vibrador extravagante, afrodisíaco perfumado ou alguma coisa desse tipo. Em vez disso, o que ele trouxe foram dois conjuntos de roupas que ele estava segurando firmemente nas mãos dele. Ele os balançava de um lado para o outro enquanto se aproximava. A coisa é que faria mais sentido se as roupas fossem transparentes ou tivessem design mais recortado. Mas elas não eram. Em vez disso, essas drogas de roupas eram do tipo que cobriam e abraçavam o corpo de forma bem justa! [Lena: LOL]
Com olhos que sorriam brilhantemente como se ele estivesse apresentando um tesouro precioso, Gu Hai sacudiu as roupas na frente de Bai Luo Yin.
Depois de olhar mais de perto, Bai Luo Yin viu que o que Gu Hai segurava eram, na verdade: um uniforme militar dos anos 60 com os punhos de algodão dobrados expondo o design interior; e uma jaqueta acolchoada de algodão vermelha da mesma década. Tinham duas peônias totalmente floridas coloridas vivamente bordadas belamente sobre elas, emitindo um forte cheiro da terra nativa da pessoa.
Mesmo bêbado como ele estava, a inteligência inata de Bai Luo Yin – QI – permaneceu inalterada.
Dessa vez, ele não seria facilmente enganado! Dando outra olhada rápida em Gu Hai, ele rapidamente segurou as duas orelhas de Gu Hai e puxou-as com firmeza. Todo o tempo, ele mantinha uma expressão que alertava o outro de que ele lutaria contra esse esquema de idiota mesmo que sua vida dependesse disso.
“Você já viu alguém usar um uniforme militar e uma jaqueta acolchoada com flores nelas como brinquedos sexuais antes?!!”
PORRA! Não admira que ele não conseguisse encontrar nada. Os “brinquedos sexuais” estavam, na verdade, diante dos olhos dele o tempo inteiro. Só que ele não sabia o que eram. Naquele momento, ele tinha confundido aquilo com o dote da avó do senhorio que teria sido deixado lá!
Notando o olhar azedo no rosto não impressionado de Bai Luo Yin, Gu Hai rapidamente resgatou as próprias orelhas, esfregando-as para aliviar a dor persistente. Logo depois, ele explicou, “Estas são para a encenação.”
“Encenação?” Os olhos impacientes de Bai Luo Yin se estreitaram ligeiramente e foram para Gu Hai, questionando-o, “Que papéis vamos encenar?”
“Eu vou...” Gu Hai apontou para si mesmo, “atuar como o chefe da vila!”
“Você.....” Como se contemplasse, Gu Hai parou por um momento.
Bastante curioso, Bai Luo Yin esperou seriamente.
“Você atuará como uma esposa de um homem fraco e covarde!”
A mão de Bai Luo Yin voou para ele, mas, antes que ele pudesse fazer qualquer coisa, Gu Hai já tinha protegido suas próprias orelhas de serem atacadas por aqueles dedos obstinados.
“Por que diabos eu tenho que atuar como a esposa de um homem fraco e covarde? Por que você não faz esse papel?”
“Shhh! Não discuta comigo!” Gu Hai levantou severamente o dedo indicador perto dos lábios dele enquanto uma expressão dissimulada amenizava o rosto dele. “Só pra lhe dizer, essa jaqueta é pequena demais para mim. Meus ombros são largos demais para caber nela, então não posso vesti-la.” [Lena: E quem comprou ela desse tamanho foi...? ¬u¬]
“Você acha que sou idiota?” Bai Luo Yin zombou enquanto suas sobrancelhas levantavam, “Todas as nossas roupas são do mesmo tamanho!”
“Se não acredita em mim, então vou vesti-la para lhe mostrar!”
Tendo dito isso, Gu Hai pegou a jaqueta de Bai Luo Yin. Primeiro, ele inseriu direito um braço na manga, então revirou a outra manga antes de colocá-la. Desse jeito, a costa da jaqueta ficou torcida em uma volta, o que dificultou que ele passasse o braço por ela completamente. Seria um milagre se ele pudesse realmente vestir essa jaqueta sem desconforto.
“Vê, eu nem consigo passar meu braço pela manga.” Gu Hai fingiu a miséria enquanto olhava impotente para os olhos descrentes de Bai Luo Yin.
Bai Luo Yin o encarou fixamente por um longo tempo, provavelmente pensando que era ridículo ver Gu Hai vestindo essa jaqueta acolchoada com flores impressas. Finalmente, explodiu estupidamente em gargalhadas. Ao mesmo tempo, ele também assentia incessantemente com a cabeça em concordância sem nunca pensar em tirar um momento para olhar a costa da jaqueta a procura de qualquer esquema desonesto.
“Você realmente não pode vesti-la!”
“Não é? Por que eu mentiria pra você?” [Lena: Cínico! kkkkkkk]
Depois de dizer aquilo, Gu Hai tirou a jaqueta acolchoada e entregou-a para Bai Luo Yin, que a vestiu imediatamente. Apesar de ser um pouco curta, ela não afetava a encenação em questão. Não era difícil dizer que a aparência de Bai Luo Yin tinha mudado drasticamente assim que a jaqueta foi colocada apropriadamente. Ela o vestia tão bem que ele parecia ter se transformado em um nativo da época de onde ela viera. Gu Hai até trouxe um par de calças para ele, mas no momento que Bai Luo Yin viu que eram de uma horrenda cor verde, ele recusou imediatamente, não importava o que fosse dito para coagi-lo.
“Como você pode combinar uma jaqueta vermelha com calças verdes?”
Gu Hai puxou as calças teimosamente pelas pernas de Bai Luo Yin enquanto persistentemente dizia palavras para engana-lo. “Só esse tipo de combinação ilustrará completamente uma aldeã que é simples, honesta e bondosa.”
“Eu não vou agir como uma aldeã!” Bai Luo Yin argumentou veementemente.
Ao ouvir a reclamação da outra pessoa, Gu Hai olhou para Bai Luo Yin fingindo uma raiva imaginária enquanto se aproximava dele. “Você já concordou e vestiu as roupas, então você não pode simplesmente voltar atrás em sua palavra desse jeito.”
Depois de ponderar profundamente sobre isso, Bai Luo Yin finalmente prometeu obedecer. Depois disso, Gu Hai simplesmente abriu a porta da frente e saiu.
‘Toc, Toc, Toc!’ Várias batidas na porta ressoaram pela sala.
A Jovem Senhora Bai prontamente abriu a porta. Parado do lado de fora estava o Chefe da Vila Gu que estava cansado depois de suportar as dificuldades de uma longa jornada. [Lena: ai meu Deus! KKKKKKKKKK (́˃˂̀)]
Seguindo o roteiro que fora discutido com antecedência, Jovem Senhora Bai o cumprimentou respeitosamente, “Chefe da Vila, por que você veio aqui tão tarde da noite?”
Quando Gu Hai teve a visão de Bai Luo Yin agindo como uma pessoa ingênua e tolamente fofa, le de repente sentiu que a pessoa que abriu a porta para ele não era a esposa de um covarde fraco, mas sim o próprio homem covarde vestindo as roupas da esposa dele. [Lena: BWAHAHAHAHAHA]
“Você não pode agir assim. Assim não está bom!” Gu Hai saiu do personagem e começou a criticá-lo, “Você tem que dizer essa fala tímida, mas alegremente! Por que você tem que falar timidamente? Porque você está tendo um caso amoroso secreto comigo. Por que você tem que falar alegremente? Porque seu marido é incapaz de satisfazer você. Você sente minha falta e tem esperado que eu viesse até você há muitos dias.”
Bai Luo Yin olhou de relance para ele, entendendo a dica.
Gu Hai acenou as mãos, “Vamos começar de novo.”
E então, ele saiu pela porta de novo.
Pouco depois, houve uma batida na porta de novo.
Quando a porta foi aberta, Bai Luo Yin lembrou de fazer seu papel perfeitamente. Ele sorriu e disse alegremente, “Chefe da vila, por que você veio aqui tão tarde da noite?”
O sorriso inocente dele consumiu e substituiu a aparência estúpida que ele teve antes com uma ingenuidade encantadora. Foi tão fascinante que o Chefe da vila Gu teve que se segurar para não estender as mãos e acariciar as bochechas mornas e ligeiramente rosadas da jovem Senhora Bai. Ele fez isso para manter sua boa posição moral e reputação como honrado chefe da vila. Mesmo que fosse difícil, ele conteve as intenções imorais e perversas que ameaçavam explodir. [Lena: Tem que “zelar pela moral e bons costumes”. (。ノ<)]
Mostrando um ar de inviolável integridade, ele entrou na casa confiantemente. Sem surpreender, assim que a porta foi fechada, ele imediatamente expos um sorriso vulgar e frívolo.
“Seu homem não está em casa?” Ele questionou a jovem Senhora Bai enquanto seu grande polegar beliscava levemente o queixo do outro, levantando-o só um pouco para que seus olhos se conectassem.
A jovem Senhora Bai mordeu o lábio e ficou em silêncio. A verdade é que ele tinha esquecido as próprias falas. Porém, por um golpe de sorte, a expressão ingênua que tingiu o rosto dele retratava a aparência de alguém que está em meio a rejeitar e dar as boas-vindas a seus desejos. A expressão sedutora conseguiu distrair e cativar o Chefe da vila Gu ao ponto da confusão.
Mantendo os olhos nele, Chefe da vila Gu deu um pequeno passo à frente, prendendo a jovem Senhora Bai em um canto e pressionando seu corpo contra o dele. Ofegando fortemente, ele beijou suavemente e mordiscou o pescoço macio da jovem Senhora Bai como se quisesse devora-lo todo de uma só vez. Enquanto essa ação continuava, uma expressão lúbrica que dizia que ele não podia mais conter seus desejos manchou o rosto de Gu Hai com uma leve cor de groselha.
“Chefe Gu, o que está fazendo?” A jovem Senhora Bai fingiu empurrá-lo para longe.
Ouvindo a voz atraente dele, um sorriso perverso e não contido se formou no belo rosto do Chefe Gu. “O que você acha?”
Sem qualquer aviso, as mãos dele serpentearam para dentro das calças da jovem Senhora Bai.
“Tsc, tsc... Você nem está usando sua roupa íntima? Isso é porque você sabia que eu viria aqui hoje?”
O clima foi quebrado de repente quando Bai Luo Yin resolveu falar a verdade. “Você a tirou de mim antes da encenação.” [Lena: kkkkkkkkkkkkkkk]
Essas palavras fizeram as ações de Gu Hai pararem por um momento. O rosto dele escureceu enquanto ele espancou grosseiramente a bunda de Bai Luo Yin antes de instrui-lo, “Seja mais sério. Que encenação? Quem está encenando com você? Neste momento, você é a jovem Senhora Bai e eu sou Chefe da vila Gu!”
Ficando irritado e impaciente, Bai Luo Yin socou o peito de Gu Hai e gritou, “Eu não vou encenar mais!”
“Okay, okay, okay. Foi eu quem a tirou. Foi eu quem a tirou. Foi o chefe da vila que tirou para a Senhora Bai. Eu quero foder você, se você estiver vestindo roupa íntima, então como posso lhe foder? Certo?”
Assim que ele ouviu as palavras de apaziguamento de Gu Hai, Bai Luo Yin imediatamente entrou de volta no papel. “Chefe da vila, meu marido estará em casa a qualquer momento. Você deveria sair rápido,” ele disse.
“E daí se ele voltar? Será ótimo se ele voltar. Eu vou mostrar a ele como é um homem de verdade!” Gu Hai respondeu entusiasmadamente. Logo em seguida, ele arrancou as calças da jovem Senhora Bai com um movimento rápido.
A Senhora Bai lutou para impedi-lo de tirá-la. Ele olhou para o Chefe da vila com olhos inocentes e implorou, “Chefe da vila, não seja assim. Meu marido já começou a suspeitar de mim. Estou com medo...”
“Do que você está com medo? Ele é um fraco covarde e um marido inútil. Que direito ele tem de não deixar outra pessoa amar a esposa dele?”
Que tipo de lógica é essa?!! [Lena: kkkkkk Eu pensei a mesma coisa!]
A jovem Senhora Bai continuou a lutar, mas quando mais ele lutava, mais exaltado Chefe Gu ficava. E quanto mais enérgico ele era, mais empolgado ele era em soltar a língua. “Vadia imunda, você já me deixou lhe foder de todos os jeitos. Para quem você está agindo toda recatada agora? Abra as pernas ou vou forçar você!” [Lena: Epa, pela lá... O_O]
“Chefe Gu, meu marido voltou!” A jovem Senhora Bai de repente gritou de medo.
Ao ouvir aquilo, Chefe Gu imediatamente revelou um sorriso selvagem e bestial, “Bem a tempo de ele ver!”
“Não é isso. Ele realmente voltou. Eu ouvi o som de alguém batendo agora mesmo.”
Como o roteiro originalmente foi criado desse jeito, quando a jovem Senhora Bai entrou em pânico histericamente, o Chefe da vila Gu simplesmente pensou que o que ele estava dizendo ainda era parte da cena. Como resultado, ele se forçou ainda mais sobre ele sem nenhuma explicação. Chefe Gu imediatamente abriu a força a pequena jaqueta de algodão da jovem Senhora Bai e procedeu a esfregar vigorosamente os empinados mamilos rosados.
“Tem mesmo alguém batendo na porta!” [Lena: Todos desconfiamos da mesma pessoa, eu acho, não? XD]
Um pouco de resistência vai definir o clima, enquanto uma violenta definitivamente vai estraga-lo. Especialmente quando a bela esposa chutou a virilha do Chefe da vila Gu. Até mesmo um homem com a mente mais suja do mundo seria forçadamente nocauteado.
Toc, toc toc!’
Gu Hai e Bai Luo Yin imediatamente trocaram olhares questionadores.
Não é possível! O fraco covarde realmente voltou?
Gu Hai se levantou relutantemente e cambaleou seu caminho até a porta para abri-la. Como esperado, Bai Luo Yin tinha bebido demais. Ele não só não usou o tempo para tirar a pequena jaqueta de algodão como até abotoou de volta a porra da parte que tinha sido aberta. Assim que ele terminou de se arrumar, ele parou à porta, pronto para cumprimentar o convidado. [Lena: SOCORRO!!!! KKKKKKKKKKKKKKKK (*≧▽≦)ノシ))]
No momento que a porta abriu, Gu Yang pensou que tivesse sido tele transportado para outra era. Um estava vestido num uniforme militar acompanhado com um par de botas de chuva, enquanto o outro estava vestindo uma jaqueta acolchoada vermelha com impressões florais e um par de calças verdes.
Que tipo de brincadeira é essa?
Bai Luo Yin estava verdadeiramente imerso em seu papel. Tanto que era impossível tirá-lo dele. Então, no momento que ele viu Gu Yang parado diante da porta, ele disse com espanto, “Você voltou, seu covarde fraco!” [Lena: BWAHHAHAHAHAHAHHA]
Aquelas palavras fizeram incontáveis linhas escuras emergirem no rosto grave e sério de Gu Yang, rapidamente se organizando em uma teia indestrutível.
Por outro lado, Gu Hai rapidamente ficou sóbrio no momento que viu o rosto de Gu Yang.
Que caralho. Você não podia ter escolhido uma hora melhor para vir? Você tinha que aparecer precisamente nessa hora para estragar nossa diversão!
Gu Hai ainda estava sentindo-se agravado quando, de repente, sua amada esposa abraçou o braço da outra pessoa. E, como se isso não fosse o suficiente, o tolo bêbado começou a se explicar e dizer com uma voz cheia de mágoa que o Chefe da vila tinha feito uma viagem da casa dele para cumprimentar todo mundo e que “nós dois ainda somos marido e esposa”.
Sentindo-se ansioso, Gu Hai imediatamente puxou Bai Luo Yin de volta para si e disse irritado, “Olhe com cuidado. Quem é seu marido, heim?”
Bai Luo Yin guinchou alto alto, então virou a cabeça para olhar para Gu Yang antes de mover seus olhos intoxicados de volta para Gu Hai. “Ei, eu acabei de perceber que vocês dois são exatamente iguais. O fraco covarde e o chefe da vila são interpretados pela mesma pessoa. Isso significa que, se ele é um fraco covarde, então você deve ser um também!” [Lena: -(。ノ<)]
Merda, o álcool realmente levou a melhor nele.
Assim que Gu Yang sentiu o cheiro de álcool permeando pela casa, ele soube imediatamente que esses dois idiotas estavam fazendo nada de bom. No começo, ele veio com a intenção de se despedir deles, já que ele planejava voltar para Pequim no dia seguinte. Porém, vendo o comportamento imoral deles, ele percebeu que, mesmo que ele dissesse alguma coisa, teria sido o mesmo que não dizer nada. Como resultado, ele puxou o lado da jaqueta de algodão de Bai Luo Yin por um segundo, então ele lançou um olhar profundo para Gu Hai antes de se retirar diretamente.
Depois que Gu Yang saiu, Bai Luo Yin permaneceu parado à porta – a confusão ainda desenhada no rosto dele. A expressão inocente espalhada no rosto dele tão adoravelmente provocou a mente de Gu Hai a ficar anuviada com muito ciúme. O tipo que fazia um fio de fumaça sair dos ouvidos dele e encobrir os olhos dele com raiva.
Ele rapidamente puxou sua esposa para seus braços e o envolveu com força antes de chover beijos na testa, nariz, bochechas e lábios dele. Cada beijo era suave, então rude – dominante e possessivo.
“Pare de olhar! Mesmo que você continue olhando para ele, ainda assim ele não é seu homem.”
Bai Luo Yin ainda não conseguia compreender o que tinha acabado de acontecer, “A pessoa que acabou de sair, é o covarde fraco ou o chefe da vila?”
Dessa vez, Gu Hai modificou seu próprio personagem e disse, “A pessoa que acabou de sair é o chefe da aldeia. Eu sou o covarde fraco, aquele com quem você foi casado originalmente.” Enquanto aquelas palavras entravam calorosamente nos ouvidos de Bai Luo Yin, Gu Hai gentilmente molestava as bochechas rosadas dele.
“Então, por que você está usando o uniforme do chefe da aldeia, heim? Tire isso, eu vou devolver isso para ele.” Bai Luo Yin continuou lançando suas perguntas e afirmações enquanto tentava arrancar o uniforme dele.
Gu Hai imediatamente segurou as mãos dele, parando seus dedos desregrados. “O que? Você está viciado em ter casos? Por que você não está prestando atenção no seu homem? Vá! Entre no quarto comigo. Nós precisamos resolver esse assunto essa noite.”
Como resultado desse momento estranhamente intoxicado, o personagem de Gu Hai mudou completamente do chefe da aldeia para o covarde fraco.
“Escute-me com cuidado. Agora, eu sou o covarde e você é minha esposa. Eu não tenho a capacidade de cumprir nenhum ato sexual, então eu posso só assistir, incapaz de tocá-lo. Você deve cumprir seu dever como minha esposa e me dar um show todos os dias para satisfazer meus desejos.”
Gu Hai pensou que, depois de dizer essas palavras, ele precisaria inventar uma sequência de frases persuasivas para convencer esse belo homem a iniciar o show espontaneamente. No entanto, hoje, a jovem Senhora Bai estava especialmente obediente e consciente das necessidades dele. De uma maneira bem lenta e provocante, ele tirou a pequena jaqueta acolchoada e subiu na cama. Então, ele procedeu a acender um cigarro.
No silêncio do quarto pouco iluminado, o rosto e peito de Bai Luo Yin estavam manchados com uma ardente cor carmim que ansiava tomar conta da pele dele inteira. Ele colocou o cigarro frouxamente entre os lábios, então inalou lentamente. O sistema dele rapidamente respondeu à fumaça e ele pode sentir claramente seus pulmões serem envolvidos por um lençol morno.
Todo o tempo, os olhos de Gu Hai se banqueteavam no belo homem que estava seduzindo-o. Apesar dos olhos amáveis dele estarem transbordando com sedução, eles ainda estavam, de alguma forma, gentis e envoltos em um pouco de calor. Bochechas coradas e lábios perfeitamente esculpidos, como se esculpidos pelos próprios anjos. Sentado tão perto assim dele, Gu Hai podia claramente ver as linhas que delineavam o rosto de Bai Luo Yin brilhando atraentemente sob a luz fraca. Todos esses detalhes formavam um rosto delicado e quase angelical que fazia Gu Hai querer derrubá-lo imediatamente.
Dando outra tragada pequena e lenta no cigarro, Bai Luo Yin soprou levemente um bocado de fumaça e lançou um olhar indiscernível na direção de Gu Hai. Foi um olhar corajoso, masculino e sedutor, e ele hipnotizava e atraía Gu Hai a engoli-lo por inteiro.
O tronco de Bai Luo Yin estava exposto, revelando seus músculos finamente tonificados, enquanto a parte debaixo de seu corpo estava coberto apenas por aquelas revoltantes calças verdes. Armado com pernas impossivelmente longas que pareciam se estender por quilômetros, Bai Luo Yin era a única pessoa que podia manter aquela aparência e ainda continuar extremamente sexy e erótico. Com os olhos em Gu Hai, Bai Luo Yin afastou naturalmente suas pernas longas e macias, revelando as linhas saudáveis que marcavam suas beijáveis coxas internas, que ascendiam amavelmente para sua virilha. O leve volume entre as pernas dele permanecia parado e imperturbado. Estava claro que a pequena besta ainda estava bem adormecida e precisava ser estimulada imediatamente.
Tendo colocado a ponta do cigarro dentro da boca, Bai Luo Yin intencionalmente deixou seus dedos deslizarem pelo corpo dele em um gesto lento e erótico antes de finalmente parar daquele doce local entre as pernas dele. Ele começou a esfrega-lo lentamente. Para cima e para baixo, os dedos dele escorregavam e roçavam o pênis dele. O ato por si só era tão lento que era irritante a uma certa extensão. Os movimentos dele seguiam o ritmo lento e pesado de sua respiração. Inclinando a cabeça ligeiramente para trás, ele deixou um pouco da fumaça que ele tinha inalado antes finalmente escapar da boca dele. Lentamente, ela subiu e preencheu o quarto.
Bai Luo Yin observou Gu Hai com olhos que eram igualmente ligeiramente orgulhosos e indolentes. Ele dava a impressão de uma pessoa cujo corpo sensual era destinado apenas para ser admirado de longe, não para ser tocado ou brincado.  De tempo em tempo, o cigarro no canto da boca dele levantava de uma maneira provocante e desdenhosa enquanto ele olhava para baixo e provocava o admirador cujo olhar não podia ser desviado dele. Esta aparência sedutora era destinada a atrair e excitar a única pessoa que ele queria aprisionar.
Olhando para ele, as pupilas de Gu Hai se contraíram de repente antes do cheiro de sangue atingir suas narinas. Essa versão do Bai Luo Yin estava deixando-o completamente louco!!
No futuro, mesmo que eu perca tudo, eu devo ter pelo menos duas garrafas de licor escondidas em casa o tempo todo. Uma vida de prazer sexual será completamente dependente disso agora!
Lentamente, a pequena besta entre as pernas de Bai Luo Yin começou a despertar. O contorno dela endurecendo sob a calça folgada ficou levemente discernível, como se tentasse explodir. Bai Luo Yin deslizou a mão para dentro da calça e lentamente jogou a cabeça levemente para trás. O tempo todo, ele soltava uma série de gemidos excitantes e arquejos antes de aumentar os movimentos das mãos enquanto ele esfregava gentilmente e então grosseiramente no seu membro latejante.
Agora, apenas metade do cigarro restava na boca de Bai Luo Yin. Ele estava sendo apertado com força pelos dedos provocantes dele que pareciam intencionalmente empurrá-lo e puxá-lo lentamente enquanto inalava e exalava bocados de fumaça. Logo, o cigarro seria esgotado ao ponto da obliteração, exatamente como a paciência minguante de Gu Hai.
Sem estar completamente ciente dos olhos lúbricos seguindo cada um de seus movimentos, Bai Luo Yin empurrou as calças para baixo provocantemente um pouco de cada vez, até que o dorso da mão dele e os densos pêlos fossem tudo o que restava entre a visão de Gu Hai e sua preciosa besta. O olhar quente de Gu Hai visava aquela área incansavelmente, indisposto a se mover até mesmo o mínimo. Ele desejou que as chamas furiosas nos olhos dele pudessem incendiar a superfície das calças desse adorável rapaz para que o território escondido abaixo ficasse completamente exposto a ele.
O cigarro havia atingido o fim de sua curta vida, deixando apenas um cheiro persistente de fumaça. Bai Luo Yin apagou a ponta dele antes de lançar um leve olhar para Gu Hai.
Gu Hai não podia aguentar mais essa deliciosa provocação. Como um tigre feroz correndo uma formidável montanha abaixo, ele pulou sobre o corpo irresistível de Bai Luo Yin e arrancou a força as calças dele em um puxão.
“Você não é um covarde fraco?” Bai Luo Yin perguntou deliberadamente.
Gu Hai empurrou seu corpo quente impiedosamente contra o de Bai Luo Yin, enquanto sua mão serpenteou em direção a seu próprio membro sedento e furtivamente o empurrou contra aquele ponto apertado que ele esteve mirando.
“Você me curou, porra!”
Depois de um round de investidas intensas que consumiram uma boa parte do vigor jovial deles, os dois finalmente atingiram seus clímaces com o membro de nenhum dos dois amolecendo. Intoxicados com o cheiro um do outro e a necessidade urgente de satisfazer suas sedes persistentes pela outra pessoa, o segundo round começou rapidamente sem nenhum deles notar.
Dessa vez, Bai Luo Yin rapidamente moveu sua língua quente pelo peito de Gu Hai antes de mover sua cabeça levemente para baixo para morder ligeiramente o mamilo dele, provocando um gemido sedutor. Ele então emergiu lentamente de debaixo do corpo quente e suado de Gu Hai; o mesmo que parecia indisposto a se separar do dele. Ele montou em Gu Hai e o empurrou grosseiramente para baixo usando o máximo de força que ele conseguia reunir.
Certificando-se de que os olhos deles permaneciam conectados, ele enfiou o pênis duro como pedra de Gu Hai dentro de sua passagem estreita e começou a mover sua pélvis em satisfação. Gu Hai se encostou feliz na cama e vagarosamente acendeu um cigarro, tragando uma lufada de fumaça enquanto admirava o jeito que Bai Luo Yin o cavalgava lenta e sedutoramente.
Desfrutando do prazer eletrizante que atualmente consumia todo seu ser deixando-o em um estado de êxtase, Bai Luo Yin soltou um leve gemido. Sem tirar, o tronco dele se curvou para frente, quase beijando o nariz de Gu Hai. Ele beijou as bochechas de Gu Hai, então deslizou seus lábios para baixo apenas o suficiente e tragou um bocado da fumaça do cigarro de seu amado. Então com um sorriso afetado, ele exalou a fumaça no rosto de Gu Hai, que a inalou muito disposto. Um segundo depois, Gu Hai tragou outro bocado de fumaça, então fechou os lábios prendendo a fumaça dentro da boca. Assim que Bai Luo Yin se inclinou e o beijou e seus lábios selaram, Gu Hai passou o bocado de fumaça para a boca de Bai Luo Yin.
A fumaça saiu por entre os lábios ligeiramente abertos e se espalhou pelas linhas de seus rostos corados.
Da superfície suada de seus corpos quentes para o meio de seus corações pulsantes, os dois estavam completamente intoxicados um com o outro.
Enquanto os lábios deles permaneciam selados, suas línguas começaram a dançar uma contra a outra.
De repente, Gu Hai segurou com força a cintura de Bai Luo Yin enquanto seu corpo ainda estava embaixo dele. Ele então usou um pouco de sua força e investiu contra ele forte e rápido. Um prazer não antecipado e uma excitação rapidamente dominaram Bai Luo Yin, fazendo os lábios dele se separarem dos de Gu Hai e se moverem para baixo para morder com força o queixo dele.
Com gemidos abafados, ele conseguiu colocar para fora um “ah... não... está rápido demais!”
Gu Hai sorriu levemente quando ouviu isso. Ele rapidamente soltou seu aperto de Bai Luo Yin e disse, “Então você controla a velocidade.”
Bai Luo Yin sentou-se reto e pressionou suas duas mãos suadas sobre o peito de Gu Hai. Ele então começou a embalar lentamente no mesmo lugar.
Pouco depois, sem qualquer mínimo aviso, o pênis de Bai Luo Yin – o mesmo que esteve obedientemente sentado entre as pernas dele – rapidamente levantou em excitação. Gu Hai rapidamente notou o despertar daquele monstro. Ele respondeu a isso levando a mão até ele e acariciando-o. Ele o apertou e, usando a ponta do dedo, brincou com a ponta dele que começou a vazar. Bai Luo Yin aumentou sua velocidade como um reflexo condicionado.
Mesmo quando a excitação do ato deles distorceu o belo rosto de Bai Luo Yin, aos olhos de Gu Hai, ainda era excepcionalmente encantador.
A mão de Gu Hai alcançou o rosto de Bai Luo Yin para acaricia-lo gentilmente.
Deleitando-se nos toques calorosos dele, Bai Luo Yin abaixou o corpo novamente e abraçou Gu Hai. Enquanto eles se beijavam apaixonadamente, tentando transmitir todos os seus sentimentos, seus corpos começaram a se mover simultaneamente, provocando suas respirações quentes e gemidos sensuais a se misturarem e ressoarem pelo quarto.
“É esse o ponto? Huh? É aqui?”
“Sim, é esse... sim... ah... Gu Hai!”
Sentindo a excitação tomando conta de seu próprio corpo, Gu Hai abaixou a cabeça de Bai Luo Yin no travesseiro. Com um urro áspero e profundo, uma camada de líquido branco nublado escapou de Bai Luo Yin e caiu no abdômen de Gu Hai. Enquanto isso, sua própria essência estava preenchendo o interior do corpo de Bai Luo Yin.
“Yin Zi, eu amo você.”
Apesar de estar apenas ligeiramente sob um feitiço de intoxicação, Gu Hai usou essa rara oportunidade para confessar seus sentimentos mais uma vez.
Bai Luo Yin pressionou seu rosto queimando perto do lado do rosto dele antes de responder fracamente, “Ok.” [Lena: BLY sendo BLY... Pobre GH. (=)]
“Ok?” Gu Hai virou a cabeça para o lado e disparou um olhar rápido em Bai Luo Yin, “Só essa única palavra? Mais nada?”
Com os olhos fechados, Bai Luo Yin meramente murmurou ‘é’. Quando Gu Hai cutucou ele de novo, a cabeça de Bai Luo Yin escorregou diretamente para o travesseiro.
Ei! Não durma!
Mesmo quando Gu Hai o sacudiu mais algumas vezes, Bai Luo Yin ainda continuou inconsciente. Como de costume, ele se agarrou firmemente no corpo de Gu Hai e dormiu profundamente. Vendo-o assim, Gu Hai não teve a coragem de acordá-lo, mesmo que ele sentisse uma sensação de aperto no peito. [Lena: Nhooo~ Tadinho. Calma, GH, ele te ama. Muito. Eu sei. *^^*]
Deixa pra lá, porra, eu vou levar isso como você me devendo aquelas palavras. No dia que você lembrar disso, você terá que compensar por isso!
*****

Geeeeente, que capítulo enorme!!!!! Acho que está entre os maiores que já traduzi, pensei que nunca fosse terminar. XD  E foi tão engraçado e tão hot e tão amorzinho... Eu sempre fico impressionada com a mudança do Yin Zi. hahaha Talvez vocês tenham visto uns errinhos por aí, foi da pressa. hehehe Eventualmente eu encontro eles e corrijo. huehuehuehue
E chegamos ao capítulo 200!!!!!! ✧(๑✪д✪)۶ㅂ٩(✪д✪๑)✧ Meu God, que emoção! Agora começa a contagem regressiva para o fim do volume 1.(ΟΔΟ;) Segura na mão de Deus e vai. hehehe
Espero que essa surpresa tenha alegrado muito o dia de vocês. ^^/ Agora deixa eu voltar ao trabalho. hahaha
Beijos~                               
Lena.                  

46 Comentários

  1. ♡♡MUITO OBRIGADA LENA♡♡
    Gente nem sei o que dizer desse cap, FOI PERFEITO TOTALMENTE COMPLETO♡♡♡ tudo de bom😍😍 desmaiada em Sorocaba~~~~

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahaha Eu amei esse capítulo também!!! ^0^/

      Excluir
  2. Nossa, eu PRECISO comentar, por que você merece
    foi INCRÍVEL esse cap, e traduzir o 199 e 200 tudo de uma vez...meu deus, MUITO OBRIGADA AAAH VOCÊ É MARAVILHOSA <3

    ResponderExcluir
  3. Aí, Lena obrigada de diamante💎 por esses dois capítulos. Tá chegando a hora de terminar😢 Não queria que essa parte 1 terminasse nunca. Foi tão maravilhoso acompanhar o surgimento e o crescimento desse amor lindo.
    E esse Final agridoce ? É sempre triste quando um diz eu te amo primeiro e não houve nada em troca.
    Essa contagem regressiva já está me matando.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siiiiiim, dá um aperto no coração!!!

      Ahhh~ Pois é. Yin Zi é bem difícil em expressar seus sentimentos, ele é cabeça-dura demais, enquanto o Gu Hai é todo amores e quer confirmar para o Yin Zi que o ama todos os dias. São dois tipos bem diferentes, ai gera esse curto-circuito. >_< Mas uma hora ele fala. XD

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  4. Genteeeee , que cap foi esse?? to no chão kkkkkk
    Obg Lena vc é a melhor . O CORAÇÃO JÁ FICANDO APERTADO CM A CHEGADA DO FINAL
    -Niteroi , Rio de Janeiro-

    ResponderExcluir
  5. Lena muito obrigada...que capitulo MARA...adorei!! quando vc esta traduzindo vc fica rindo do que acontece? meu quando o Gu Yang bateu na porta...eu não sabia se ria ou ficava apreensiva...e que resistência do BLY de dizer que ama o Gu Hai né? tadinho fica todo inseguro..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh É impossível não rir. hahahaha Mesmo quando eu traduzia depois de já ter lido o capítulo eu já ria muito (então agora é mais ainda haha), às vezes eu paro de traduzir pra achar graça. Hahahaha

      Sim, sim. Quando o GY chegou eu fiquei pensando "Ai meu Deus, o que vai acontecer agora?" Eu pensei que ele ia pegar o BLY com as calças arriadas. huahuahuahuahua Já pensou? Aposto que ele teria uma hemorragia nasal e sairia de fininho pra manter a dignidade. XD

      Sim, BLY é mto resistente em demonstrar os sentimentos dele. Ele já melhorou muito de quando eles se conheceram pra cá, mas imagino que ele ache muito mais difícil assumir que ama o GH porque seria confirmar para si mesmo, talvez por ser um sentimento forte demais. *só pensamentos* XD
      E esse é um dos maiores problemas na relação deles, justamente por deixar o GH inseguro. E nós já sabemos como o GH pode ser super inconsequente quando tá inseguro... =/ Mas ele tá melhorando pelo menos. haha

      Excluir
  6. Obrigada Lena pelo trabalho duro!!
    E sobre esse capitulo estou simplesmente no chão e não sairei tão cedo, eu sei!

    ResponderExcluir
  7. Uhumm capítulo 200👏👏👏🎊🎉 espero que tenha volume dois por amo gu hai e o Bai Luo Yin😍😍

    ResponderExcluir
  8. Oh Deus e eu que pensei que o yibzi ia ficar por cima dessa vez, mas valeu mesmo assim. E essa contagem regressiva, tenho medo que nuvens negras se aproximam cada vez mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O episódio do seme-Yin Zi ficou em segredo dessa vez. hahahaha

      Excluir
  9. Q cap!!! MDS!!! Esses dois se completam, são realmente perfeitos um pro outro!! adoooooro hehe 😍😁
    Valeu Lena por mais esse cap👍
    Já ansio pelo próximo😉😘

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo! Eles são perfeitos juntos! (●♡∀♡)

      Excluir
  10. Obrigada por esse presente aqui uma chuva de beijos para você Lena
    😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚😚

    ResponderExcluir
  11. Lena, você é maravilhoso, obrigado por todo o seu trabalho, te amooooooooo

    ResponderExcluir
  12. Obrigado .Lena me animar meu fim de noite.nossa que capitulo.lindo.kkk amei

    ResponderExcluir
  13. Quase não consegui terminar kkkkkk, não aguentei quase morri de rir , gente Yin zi bêbado vira uma verdadeira P kkkkk não aguento esses dois a sauna aqui kkkk, nem me fale do final do volume 1 eu já sei o que vai acontecer e só digo preparem os corações, Vlw Lena 😘

    ResponderExcluir
  14. Lena Obrigado pela dose dupla mas foi difícil de ler de muita risada Chorei de rir esses dois é uma viagem Adoro o jeito deles dois Vere a vida Obrigado beijos

    ResponderExcluir
  15. obrigada pelo trabalho maravilhoso
    que venham muitos mais S2

    ResponderExcluir
  16. Q capítulo mas Loko amei. Brigada Lena vc é a melhor... Acho q nunca ri tanto em nenhum outro capítulo. Gu Hai safadinho só nas fantasias... Tô com medo desse final de volume não vou aguentar mais separações ou brigas. MEDO...

    ResponderExcluir
  17. Lena muito obrigado ❤ salvou o finzinho do meu fim de semana ansioso por mais cap

    ResponderExcluir
  18. QUIÉ ISSOOO? ridículos e lindos, to amando o Yinza mais fofinho, ele não mudou nada só foi adicionando seu lado apaixonado ♡ Guhai e seus fetiches, so bebado mesmo pro Bl concordar ♡ ♡ ♡

    ResponderExcluir
  19. E como alegrou meu final de domingo,amei o capítulo obrigado LENA!

    ResponderExcluir
  20. A fantasia erótica do Gu Hai é hilariante estou rindo até agora, muito obrigado Lena por alegrar minha madrugada!

    ResponderExcluir
  21. OMG...thanks, my dear... Sem ação neste momento, ainda intoxicada de alegria por esse capítulo MARAVILHOSO. ��❤❤❤ longo sim, mas quando é algo bom, nem sinto isso e já deu vontade de ler todo ele novamente. Foi realmente um presente, Lena!!!������������

    ResponderExcluir
  22. Que cap maravilhosooo, to com muito medo do final do volume 1 haaaaaa, de qualquer forma, obrigado lena pelo capítulo.

    ResponderExcluir
  23. Obrigada por mais esse capítulo. Você é realmente maravilhosa

    ResponderExcluir
  24. Estou falecida aqui!
    Como assim ok yinzi? Kkkkk kkk
    8 Cap apenas aí deus :$

    ResponderExcluir
  25. PASSADA! ESTENDIDA NO CHÃO COM O BLY! Ai meu amado GH, como eu também amo você! Espera mais um pouquinho que você vai conseguir escutar o que tanto você deseja do seu baobei. LENA, querida, obrigada.

    ResponderExcluir
  26. AMEI! NÃO TENHO OQUE COMENTAR! OBRIGADA LENA❤😍 MIN TE AMA! :))

    ResponderExcluir
  27. Depois desse capítulo eu sou ninguém.
    Como eles podem ser tão engraçados? Morri de rir em vários momentos e muito calor 😂😂

    ResponderExcluir
  28. Ai eu amei o cap. tirando a mania que o GH tem de querer imagimar o BLY como uma mulher, isso sempre me irrita, fico pensando como se eu tivesse no lugar do BLY ia mandar ele procurar uma mulher e para de me encher o saco ashuashu mas tirando isso amei tudo o GH ta cada dia mais amor e safado ashuashu apesar de eu ainda ter um pé atrás com ele por causa do estupro, aaaah e to sentindo falta do YM e do YQ, sério to precisando do romance deles pra ontem!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Yuri, achei interessante seu comentário. Vou digitar o que penso sobre isso. Ao longo do caminho, Guhai, de fato, se redimiu várias vezes com Bailu depois de tê-lo machucado. Mas para pra pensar no seguinte. Bailu foi usado como um fantoche pela ex para magoar Guhai, e este, sentiu como se brincassem com seus sentimentos. Quando Guhai viu a namorada dele em seu apartamento e a falsa notícia de que ele ia para o exterior, foi o suficiente para vomitar sua ira e mágoa. Eu entendi que ele se sentiu traído por Bailu, e sabemos que Bailu é antissocial, não tem a mesma transparência nas palavras e sentimentos como Guhai tem. Guhai é direto e sem rodeios, ele disse que não seria coração mole se Bailu brincasse com ele. Eu acho que eles merecem se amar e se perdoar porque tudo que aconteceu foi influência externa, e essas pessoas não merecem sair vitoriosas. Quanto a Guhai pensar em Bailu como mulher, eu tb fiz essa reflexão, e não demorei a achar a resposta. Acho que todos os BL's seguem essa regra como padrão, onde o seme tem características masculina e uke características feminina. Eu diria que Addicted foge um pouco da regra no início, mas logo vai se mostrando igual aos outros BL. No início Bailu mantém sua masculinidade intacta e resiste a Guhai. Mas aos poucos, a construção do personagem vai mostrando que ele tem características femininas, mesmo quando ele ainda não se entrega a Guhai. Ele é tímido, recatado, não tem iniciativa, não é agressivo como Guhai, não tem atitude, enfim. Eu não tenho absolutamente nada contra um relacionamento padrão seme-uke, ou relacionamento versátil (total flex). Sou a favor de todo tipo de relação, desde que seja saudável e respeitável. O que eu não gosto é ver uma situação forçada, por exemplo, seme obrigado a ser uke quando ele não gosta; ou vice-versa. O Guhai se mostrou um uke forçado quando Bailu 'comeu' ele. Isso foi bem uó! Já Bailu gostou de ser o uke, embora ele resistia assumir isso. E quanto mais avançava o domínio de Guhai sobre Bailu, mais Bailu crescia no papel do uke. (Lembra da vovó Bai dizendo que ninguém controlava o Bai? Guhai quebrou essa regra kkkk). Agora o mais importante. "Por que então o Guhai gosta e imaginar Bailu como mulher?". Bem, eu entendo assim. Ele gosta das características feminina no seu homem (seu namorado). Delicadeza, inocência, fragilidade, beleza, "submissão", etc... O que eu acho crucial nesse relacionamento é que eles busquem amadurecer com seus erros. Enquanto um é agressivo e deve moderar sua agressividade, outro é orgulhoso e deve se comunicar mais.

      Excluir
    2. Concordo com algumas coisas que disse, e principalmente dessa necessidadde dos autores de bl's de colocar feminilidade nos uke's, mas mesmo sabendo disso ainda me encomoda sabe, a unica coisa que eu não concordo foi com o fato de tu dizer que o BLY não foi forçado a ser uke, pq ele sempre foi, e aconteceu que por acaso ele tenha gostado, e na vez do GH não nada forçado, até ele disse que iria se redimir pelo que ele fez com o BLY, e não uma boa experiência pra do mesmo jeito que não pro BLY,(até pq o dele foi muito pior), principalmente pq a primeira vez dos dois sendo uke foi sem conhecimento e preparação nenhuma, e outra coisa que não concordo foi o fato de justuficar o fato de ele ter estuprado o BLY, pq ele avisou que não ia ser coração mole caso o BLY "brincasse" com o GH, acho que tudo que acontece vai do caráter da pessoa, pq ninguém em sã consciência e com bom caráter pensa em estuprar a pessoa que ama por que ele achava que a menina não era certa pra ele, ou por qualquer outro motivo... eu ainda tenho meu pé atrás com ele, pq mesmo que ele seja a pessoa mais fofa do mundo, ainda pra mim ele seria a pessoa que estuprou uma pessoa que ama, talvez eu esteja sendo radical demais falando isso sobre uma nóvel, mas me senti realmente revoltado, magoafo e verdadeiramente decepcionado, pq ser possessivo com ele era já era muito ruim, pq se tornou um relacionamento abusivi, mas fazer oq ele fez só por estar de coração partido, não me desceu...

      Excluir
  29. A proposito...eu venderia 1 rim meu para o mercado negro só para ver essa cena filmada pelos atores: Chefe da Vila e Sra. Bai kkkkkkkkkkkkkkkkk >///<

    ResponderExcluir