Oi pessoal!!!

Vamos ao capítulo de AD de hoje, que está cheio de ação e tensão!

Beijos~
             Lena.

__________________________________________________________


Cap. 195: Um ataque surpresa nas ruas



Num piscar de olhos, duas semanas haviam passado pacificamente desde que eles chegaram em Qingdao. Durante a segunda semana, os dois tinham acabado suas diárias no hotel e se mudado para um apartamento alugado por enquanto, os motivos sendo, um, para economizar dinheiro e, dois, para evitar terem que sair com tanta frequência. Durante o dia, eles se escondiam juntos no quarto e revisavam suas tarefas, porém assim que a noite caía, eles saíam e faziam uma caminhada pela praia. Era desse jeito simples que os dias deles juntos eram enriquecidos com contentamento.
“Parece que alguém está batendo na porta.” Bai Luo Yin esticou o pescoço para olhar para lá.
Olhando de relance para Bai Luo Yin, Gu Hai se levantou imediatamente para abrir a porta.
“Olá, é da empresa de entrega expressa. Este é seu pacote. Por favor, assine aqui.”
Assim que ele viu o formato e sentiu o peso do item em questão, o rosto de Gu Hai afundou; até a cor parecia ter ficado ligeiramente cinza. Desnecessário dizer que aquilo continha livros de novo. Pelos últimos dias, Bai Luo Yin não tinha nada melhor para fazer além de fazer buscas online por livros escolares. De livros-texto a livros de referência e livros de exercícios de várias disciplinas, ele já comprara quase cem. Todos os dias, quando o entregador chegava habitualmente na mesma hora, Gu Hai era a pessoa que assinava pelo pacote. Para piorar as coisas, em nove de dez vezes, os livros eram todos comprados para o próprio Gu Hai ler enquanto Bai Luo Yin estava encarregado apenas de supervisionar. Consequentemente, toda vez que Gu Hai via o entregador, ele tinha a vontade de chutar o desgraçado pra fora! [Lena: BLY é tão responsável... Se fosse eu, “Ãh, escola? O que é isso?” hueheuhue Brincadeira (seria quase isso XD)]
“Por que você comprou mais livros, heim?” O rosto de Gu Hai escureceu ainda mais que antes. “Você não pode comprar alguma outra coisa também?”
“O que mais tem para se comprar, ãh? Não é como se nos faltasse alguma coisa.”
“O que você quer dizer com não nos faltar nada?” Gu Hai brincou com o isqueiro em sua mão, “Não tem mais camisinhas, por que você não pensou em comprar uma caixa delas?”
Bai Luo Yin rangeu os dentes, “Uma caixa.....”
“E brinquedos sexuais também. Eu vi online ontem e tem tantos tipos diferentes. Tinham alguns que pareciam muito interessantes que nós nunca usamos antes. Por que você não prestou atenção em nada disso, heim? Aqueles definitivamente melhorariam nossa qualidade de vida. Olhe só o que você está comprando...... nada além de livros!! Droga!” Gu Hai amargamente jogou os livros que estavam em suas mãos no chão. [Lena: Tinha que ser o GH. -(。ノ<)]
Ao ver esse comportamento infantil, Bai Luo Yin estreitou seus olhos afiados para ele, “Pegue-os.”
Sentindo-se injustiçado, Gu Hai fez um buco e lançou um olhar irritado para Bai Luo Yin por aproximadamente três segundos. Então, como se sentisse a mudança repentina no clima, ele se curvou lentamente para pegar os livros sem esperar que Bai Luo Yin começasse a fazer uma contagem.
Satisfeito, Bai Luo Yin encarou Gu Hai e perguntou, “Você acabou de ler o livro que lhe dei dois dias atrás?”
“Sim, terminei.”
Em segundos, os olhos aparentemente sabedores-de-tudo de Bai Luo Yin escrutinaram Gu Hai, mas mesmo assim, a consciência limpa de Gu Hai perseverou.
“Traga ele pra mim. Eu vou dar uma olhada.”
Tendo em mente a demanda firme de Bai Luo Yin, Gu Hai prontamente entregou o livro para ele. Apesar de estar meio suspeito inicialmente, Bai Luo Yin folheou o livro de uma maneira bem calma e casual. Verdadeiro a sua palavra, Gu Hai realmente tinha terminado de escrever nele.
Não era surpresa que, quando Gu Hai primeiro recebeu o livro, a folha de respostas já havia sido confiscada por Bai Luo Yin antes. Com isso, era claro que essas questões foram todas respondidas por Gu Hai. Além disso, para prevenir que ele tentasse usar quaisquer truques, Bai Luo Yin examinou intencionalmente cada situação listada no livro atentamente. Isso era para ver depois se ele havia escrito tolamente qualquer coisa sem pensar com cuidado. Como resultado do exame, tudo parecia bom.
“Que tal? Eu não menti pra você, menti?” Gu Hai estendeu a mão para pegar o livro de volta.
No entanto, Bai Luo Yin recuou a mão de repente e segurou com força na costura do livro. Ali, ele sentiu que a espessura do livro estava um pouco estranha. Quando ele folheou o livro de novo e olhou para a numeração das páginas, ele ficou imediatamente enfurecido.
Filho da puta!
Passando uma página de cada vez, ele notou que uma ou outra página estavam faltando. Ele folheou de novo, outra página estava faltando. Desnecessário dizer que esse patife deve tê-las arrancado!
Notando que a expressão de Bai Luo Yin havia piorado e suas próprias ações enganosas tinham sido descobertas, Gu Hai fugiu rapidamente para o outro quarto. Bai Luo Yin seguiu no encalço dele. Não era difícil dizer que ele havia tomado isso como um desafio e se recusava a ignorar. Depois de pouco tempo, ele finalmente conseguiu capturar Gu Hai no banheiro. Sem muita dificuldade, ele pegou o rodo que está de pé atrás da porta e atacou Gu Hai implacavelmente. O garoto culpado escapava para todos os cantos do cômodo enquanto o rodo descia para ataca-lo repetidamente. No fim, ele acabou parando em um canto, lutando para sobreviver entre os golpes. [Lena: Gu Hai pediu por isso. kkkkkkk]
“Pare de me bater. Baobei, você está me machucando. Quem vai servir você mais tarde, heim?”
“Eu não preciso que você me sirva. Eu ainda serei capaz de viver bem mesmo que seja só eu.”
Com muita facilidade, Gu Hai empurrou Bai Luo Yin grosseiramente contra a parede. Esse ataque repentino fez o item enorme que estava pendurado quieto entre as pernas dele ser pressionado contra as joias de família de Bai Luo Yin. Tirando vantagem do momento bruto, ele lascivamente se esfregou ainda mais. Quando ele percebeu Bai Luo Yin resistindo, Gu Hai mordeu com força o lóbulo da orelha dele.
“Em outras palavras, você só tem a mim. Quem mais pode satisfazer você, ãh? Mesmo que suas duas mãos o esfregassem até serem deslocadas, ainda não seriam capazes de manter metade da minha velocidade.”
Antes que mais qualquer palavra excitante espiralasse dos lábios dele, Gu Hai sofreu outro round de porradas!
“Ei, eu posso ouvir o telefone tocando,” disse Gu Hai.
Ainda sem soltá-lo, Bai Luo Yin ouviu com cuidado por um momento. Parecia que o telefone de Gu Hai realmente estava tocando. Franzindo os lábios ligeiramente, Bai Luo Yin finalmente folgou seu aperto e o soltou antes deles dois saírem juntos do banheiro.
Vendo que era o número de Gu Yang com apenas uma olhada, Gu Hai atendeu a chamada e casualmente disse “Ge”. [Lena: Ge = irmão. Lembram, né? XD]
“Eu já cheguei em Qingdao. Onde vocês estão ficando?”
“Por que você.....” Gu Hai estava chocado, “Por que você veio para Qingdao?”
“Seu pai me enviou para cá para capturar você!”
Gu Hai deu um risinho sarcástico, “Olha só a pessoa que ele mandou. Ele procurou por metade de um dia apenas para acabar enviando um cúmplice!”
Ouvindo cuidadosamente a pequena conversa, Bai Luo Yin pegou seu próprio celular e olhou o histórico de ligações dos últimos dois dias. Depois de olhar por um tempo, de repente ele ficou ciente de alguma coisa.
“Já chega, onde você está agora? Eu vou encontrar você.” Gu Hai disse com indiferença.
“Você que decide.”
Depois de encerrar a ligação, Gu Hai encarou Bai Luo Yin e disse, “Meu pai já sabe que estamos em Qingdao. Ele até enviou meu irmão aqui para nos capturar. Me diga, ele não tem cérebro?”
“Você realmente sabe se Gu Yang está do seu lado?” Bai Luo Yin perguntou sem restrição.
“O que tem isso?” Gu Hai respondeu com uma pergunta, “Se ele estivesse agindo com meu pai para descontar a raiva dele, por que ele nos ajudaria daquela vez?”
A cor no rosto de Bai Luo Yin mudou com aquelas palavras, “Eu só estou incitando você a ser um pouco mais cauteloso.”
“Okay, eu sei. Eu vou sair.”
Exatamente quando Gu Hai saiu, Bai Luo Yin imediatamente fez uma ligação para Bai Han Qi.
“Pai.....”
“Filho!” A risada de Bai Han Qi foi transmitida do outro lado. A voz dele estava firme e animada, soando como se o humor dele estivesse muito bom.
“O pai do Gu Hai foi na nossa casa nos últimos dias?”
“Ele não veio!” Bai Han Qi soltou um leve suspiro, “Eu também estava me perguntando sobre isso. Isso me deixou confuso também, sabe. Desde que vocês dois saíram até agora, ele não apareceu nenhuma vez. Sua mãe também não. Nenhum deles veio perguntar nada.”
Comparado ao estado mental relaxado de Bai Han Qi, a mente de Bai Luo Yin estava sendo assolada por uma sensação inabalável de desconforto que fez seu peito se apertar.
“Pai, se for conveniente, use a identidade de outra pessoa e mude o número do seu telefone. Talvez eu tenha que mudar meu número também.”
Espantado, a respiração de Bai Han Qi ficou mais pesada, “Filho, qual é o problema? Aconteceu alguma coisa por aí?”
“Não, não aconteceu nada.” Bai Luo Yin o tranquilizou rapidamente com mais algumas palavras, “Estou muito bem aqui. Eu não estou fazendo isso com o propósito de me prevenir do inesperado?”
“Não precisa se preocupar. Se alguma coisa acontecer, o pai vai encobrir por você!”
Aquelas poucas palavras apertaram amargamente o coração de Bai Luo Yin.
“Ah, é mesmo, filho!” O pai tem algumas boas notícias pra você. Dois dias atrás, uma professora ligou para cá e disse que a escola já preparou para você uma recomendação para uma admissão direta na universidade. Dessa vez, você não precisa mais se preocupar com isso. Apenas relaxe e divirta-se por aí.”
As sobrancelhas de Bai Luo Yin se elevaram ligeiramente, “Pelo que eu lembro, a recomendação precisava passar por duas avaliações. Eu não voltei para a escola desde então, como ela passou pelas avaliações tão facilmente?”
“Eu também não sei!” Bai Han Qi expirou alto, “Quando você tinha acabado de sair, eu fiz uma viagem até a escola e perguntei sobre isso. Daquela vez, a professora disse que, se o estudante não fosse, não importava se outra pessoa o fizesse. Mas, estranhamente, ontem chegou uma ligação para nos notificar que as suas avaliações tinham sido aprovadas e cumpriam com as condições deles. Depois, isso foi imediatamente classificado como uma admissão direta na universidade. Ontem o arquivo foi submetido.” [Lena: Muito suspeito... ò.O ]
Bai Luo Yin ficou desconfiado com esse evento peculiar.
“Filho, em dois dias eu vou conversar com a professora de novo. Vocês dois devem voltar o mais rápido possível! Já que nossos ancestrais trouxeram um estudante brilhante merecedor da Universidade Qinghua, eu devo preparar algumas mesas e convidar alguns parentes próximos e amigos. Nós devemos pelo menos mostrar nossas caras!”
“Okay, eu sei ai. Apenas não esqueça de mudar seu número de telefone.”
Imediatamente após desligar, Bai Luo Yin começou a batucar os dedos ritmicamente sobre a escrivaninha como se fosse um conjunto de bateria. Com cada volta sucessiva de batucadas, mais forte eles batiam na mesa e, então, elas ficaram mais altas e intensas. De repente, os dedos dele pararam e ondas enormes de luz tremeluziram parecendo vir das profundezas dos olhos dele. Sem hesitação, ele pegou o telefone para ligar para Gu Hai.
“Da Hai, não vá encontrar seu irmão. Rápido, volte para cá agora!”
Ouvindo atentamente Bai Luo Yin do outro lado da linha, Gu Hai foi tomado de confusão. “Por que? Eu já cheguei na entrada do hotel.”
“Não se preocupe com motivos. Será suficiente se você apenas voltar para cá imediatamente.”
Pensando que alguma coisa tivesse acontecido com Bai Luo Yin, a mente de Gu Hai foi imediatamente tomada pela ansiedade. Quando ele se virou para ir embora, de repente, ele sentiu uma rajada de ar frio correr para ele vindo de trás. Ele deu um passo bem largo para o lado, obrigando a pessoa que tentara fazer um ataque furtivo nele se empenhar.
Gu Hai tinha a aba de seu boné puxada bem baixo e também estava usando um par de óculos escuros. No começo, essa pessoa só tinha alguma suspeita, mas depois da troca rápida com Gu Hai agora a pouco, ele estava certo de que seu alvo era realmente ele.
Este era um indivíduo habilidoso. As habilidades de luta dele não eram nem um pouco dissimuladas. Depois que Gu Hai desferiu meticulosamente alguns socos tempestuosos nele, ele percebeu que esse homem era completamente diferente de todos os outros homens habilidosos que ele havia encontrado antes. Quando os punhos deles encontravam um ao outro, Gu Hai notou logo que o atacante não estava com nem um pouco de medo de se machucar. Em vez disso, o assaltante estava evitando machucar Gu Hai, já que o objetivo dele era fazer seu melhor para subjugar sua vítima!
Sentindo que as chances de garantir o sucesso não eram tão altas depois de trocar mais alguns socos, o atacante abaixou a cabeça de repente e disse algumas palavras, “Hotel Huidu. Na esquina da Rua Leste.” [Lena: A minha raiva e nojo pelo GWT só aumenta... Que homem ridículo, pelamordi... (҂̀_́)]
Apesar de estar com completo modo de ataque, Gu Hai estava bem ciente de seus arredores, então quando ele ouviu aquelas palavras, ele logo percebeu que havia um pequeno instrumento pendurado na gola daquele homem. Recompondo-se, mas ainda sem sentir-se encorajado demais pelo rumo dos acontecimentos, ele deu um chute implacável no homem e saiu correndo. Para piorar as coisas, Gu Hai não sabia de onde aqueles homens viriam para emboscá-lo; tudo o que ele podia fazer era deixar isso para a sorte enquanto ele ia rápida e continuamente para oeste.
Logo, os dois passos soando atrás dele se multiplicaram. Gu Hai sabia claramente que a situação não era muito otimista, mas por enquanto, não havia outra alternativa além de correr. Então, contanto que tivesse uma oportunidade de ele sair dessa vivo, ele a seguraria firmemente.
Alguns minutos depois, Gu Hai desviou para uma rua comercial lotada. Ele rapidamente manobrou seu caminho através da aglomeração de pessoas nas áreas ao redor antes de em um shopping. Então, como um homem louco, ele se apressou para o terceiro andar e entrou em disparada na sala dos funcionários. Enquanto ele balançava a cabeça para a esquerda e para a direita procurando por uma saída, ele notou uma janela e imediatamente pulou por ela sem pensar muito. Surpreendentemente, ele pousou em segurança sobre seus pés sem se machucar. Este salto impensado o levou para o beco detrás do shopping center e o distanciou ainda mais das ruas principais.
Gu Hai parou para recuperar o fôlego. Por acaso, apenas esquadrinhando a sua volta, ele observou um jovem parado a um lado.
“Colega, me dê uma ajuda. Por um momento, vista minhas roupas e chapéu e corra para lá. Estou sendo perseguido por um grupo de cobradores de débito. Não se preocupe, eles não faram nada para você assim que descobrirem que você não é quem eles procuram.”
O rosto do jovem ficou imediatamente pálido enquanto ele balançava a mão repetidamente para contestar.” Eu não quero vesti-las. Não quero vesti-las....”
Sem outra palavra, Gu Hai teimosamente deu as roupas dele para o jovem vestir. Então ele pegou a mão do garoto e a enfiou no bolso lateral da calça, onde tinha uma pilha de dinheiro dentro.
“Ajude-me com isso e todo esse dinheiro é sei. Se você não ajudar, não precisa ter isso! Considere e decida-se sozinho!”
O rosto do jovem ficou roxo de dor quando a mão de Gu Hai, como um torquês de ferro, apertou com força o ombro dele. Eventualmente, sob o olhar atento de Gu Hai, o azarado indivíduo vestiu as roupas dele e disparou para norte. [Lena: Você pode decidir sozinho, mas ele vai fazer um esforço pra te convencer XD]
“Estou vendo ele! Ele está ali. Sigam ele!!”
Os nervos de Gu Hai ficaram tensos. Olhando para o lado, ele viu um carro e rapidamente entrou voando para o banco detrás dele. Por um acaso, havia uma bela mulher agachada procurando por alguma coisa no chão. Sem mais opções, Gu Hai puxou-a para cima, empurrou-a contra a parede próxima e a beijou!
O grupo de homens passou majestosamente por trás de Gu Hai.
Quando o som dos passos deles desapareceu gradualmente, Gu Hai soltou a mulher. Ele nem mesmo sabia onde a tinha beijado. Era macio e tinha um toque de fragrância. Os olhos luminosos da mulher olharam para o rosto diante dela. Era brilhante e parecia estar aceso com raios de sol, bonito e rebelde. Primeiro ela queria bater nele, mas ela, inesperadamente, não conseguiu levantar a mão.
Certificando-se de que a área estava limpa, Gu Hai olhou de relance para ela e riu estranhamente. “Desculpa. Vendo que você é tão bonita, eu não pude resistir por um momento.”
Para alguém que havia acabado de passar por um evento que foi bem repentino, o estado mental da mulher estava excepcionalmente bom. Ela não só não ficou com raiva, como também até encarou Gu Hai e riu.
Essa foi a primeira vez que o comportamento maroto de Gu Hai teve sucesso desse jeito!
Na cobertura de um prédio alto, um sniper solitário estava parado com o cano da arma mirando na panturrilha de Gu Hai. Essa pessoa não podia evitar de zombar.
Ele obviamente tem habilidades. Apesar de tudo, ele ainda é capaz de furtivamente tirar o melhor de uma situação. Felizmente, aqui também tem uma pessoa habilidosa, caso contrário, esse garoto imprudente teria nos enganado.
Com isso em mente, ele rápida puxou o gatilho. [Lena: MAS QUE FDP @#!$%#! ( ≧Д≦)]
Bem quando Gu Hai estava prestes a ir embora, ele de repente sentiu uma dor aguda atingir sua perna. Ele apertou a mandíbula com força enquanto seu rosto se distorcia em uma compleição pálida e sombria.
O que o atingira não era uma bala comum. Apesar de não ser letal para o corpo, a sensação dolorosa que ela produzia era tão ruim quanto, senão pior que, uma bala comum. Pior ainda, depois que a dor diminui lentamente, um torpor intenso toma conta e o ponto que foi atingido vai perder a sensação instantaneamente. Gu Hai estava ciente do entorpecimento que começou a se espalhar no momento que ele descobriu ser difícil de levantar sua perna machucada. Enquanto isso, o grupo de pessoas que correu na outra direção estava voltando na direção dele.
Tentando afastar o torpor, Gu Hai verdadeiramente acreditava que agora ele estava ferrado. Porém, com apenas algumas frases curtas da bela mulher, ele conseguiu encontrar uma saída dessa situação aparentemente impossível.
“Por que seu aspecto parece tão ruim? Você não está se sentindo bem? Estou prestes a ir para casa, então eu vou leva-lo ao hospital no meu caminho para lá!”
“Este é o seu carro?” Gu Hai perguntou.
A bela mulher sorriu, “E se for?”
Tomando aquilo como a resposta, Gu Hai prontamente abriu a porta de trás e grosseiramente a colocou para dentro antes de sentar-se no banco do motorista. Com pressa, ele deu a partida no carro, manobrou para a rua principal e pisou no acelerador, disparando.
Enquanto o grupo de homens corria adiante, um carro passou ao lado deles. Foi então que eles descobriram que seu alvo havia escapado. [Lena: Yuhuuuu!!!!!! ()三ヾ(●)]
*****
Lena: Sério, gente, não aguento mais esse "pai" do Gu Hai... que homem ridículo, cara! Convido a todos mais uma vez para fazer uma emboscada, dessa vez para o Gu Wei Ting! ٩(•̤̀ᵕ•̤́๑)

31 Comentários

  1. Eu também não aguento mais 😭😭😭😭

    ResponderExcluir
  2. Ushsahsuas não aguento ler jóias de família. Bora pegar esse velho tosco na porrada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim! Eu sempre me acabo com esses 'nomes' que a CJD usa! kkkkkkkkkkk

      Excluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Gente... que capitulo foi esse, ai meu coração... Muito obrigado pela tradução Lena

    ResponderExcluir
  5. pq eu suspeito que talvez a mira dos caras vire pra Yinzi pra ele servir de refem. Aquele velho diabo do GWT, porque ele apenas n se joga do penhasco pra ver se morre, ou ele tem aquelas balas que mandou atirar no filho, pra atirar em seu #$ pra ver se é bom. É bom que eles viajem logo pra outro país, e mande esse velho ir pra pqp.
    Desculpem toda a censura, mas estou ficando louco com esse velho maldito.
    OBS: Sinto que alguem vai ficar sabendo desse beijo, e tendo uma longa e fria greve de sexo com alguém depois de um tempo. hehe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode xingar a vontade pra diminuir a raiva. hehehe Sim, ele é um velho maldito... ò_ó

      Excluir
  6. Se isso vor mais uma novel q tme um final triste eu choro de vdd

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não se desespere, ainda tem muitos capítulos pela frente. ^^/

      Excluir
  7. GENTE ESTE PAI DO GU HAI É DOIDO DE PEDRA!!! SNIPER??? COMO DIZ A LENA PELAMOR NÉ!! PQ NÃO MANDA UM TANQUE DE GUERRA DE UMA VEZ!! QUE HOMEM RIDÍCULO!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. NÉ? NÉ? Esse homem não tem o direito de ter uma posição de respeito como a dele. Ridículo. `へ´

      Excluir
  8. Gente esse cara é um put.... Q ódio desse homem cara ridículo. Doido, retardado, escória, lixo, covarde, babaca,TDS os adjetivos pejorativos da p esse homem são poucos. Aí sério qr q ele tenha uma morte muito dolorosa.

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Odeio esse pai do Gu Hai:@!! minha nossa eu acho q alguem vai apanhar quando chegar em casa kkk(^v^)

    ResponderExcluir
  11. Tudo o que vcs postaram em dobro é o que eu penso deste "pai".Mas tbm os meninos são muito ingênuos ficou fácil do general achar eles. Devido a toda esta ação eu li o capitulo tão rápido, agora vou ficar roendo as unhas até o próximo. Obrigado!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade. Sabendo o 'poder' que o cara tem, eles deveriam ter imaginado que ele fosse fazer isso... Ahhh Capítulos cheios de ação sempre fazem a gnt ler rápido! hahaha

      Excluir
  12. 😠😠😠 gente cada dia que passa esse pai de Gohan eu fico surpreso parece que esse homem é do tempo da ditadura uma pessoa totalmente possuída pelo próprio interesse não a felicidade do seu filho Lena obrigado por mais um capítulo beijos

    ResponderExcluir
  13. BLY era pra ter falado que não era pra encontrar Gu Yang muito antes. Nem tinha que ter deixado Gu Hai sair. Pqp! Gu Hai tá sendo perseguido por um batalhão de agentes do exército. Se ele conseguir escapar disso, merece um prêmio de guerra! rsrsrs..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Definitivamente, como ele não quer ser militar, ele será uma grande perda para quaisquer forças armadas. XD

      Excluir
  14. Que ódio @#$$&&@$_#&&@$$#&@#@$$@$$$@$#$$@###@$$@_$$@#$$$@$@$$@, vlw Lena

    ResponderExcluir
  15. KKKKKKKKKKKK, é só ficção, KKKKKKKKK!!!

    ResponderExcluir
  16. Gente muito tenso mesmo. Eu já estou bem adiante na história. Mas não poderia deixar de lê aqui com vocês também e morrer de rir com os comentários da Lena!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A gente sempre acaba relendo. hahaha E às vezes parece tocar mais na gente quando lemos na nossa língua. >w<

      Excluir
  17. Meu Deus quando eu penso que estar tudo bem.
    Ai vem o pai ora lascar tudo.ave maria aguentar coração..

    ResponderExcluir
  18. Mano que velho louco pqp tomara que morra logo e deixe os meninos viverem em paz eu em,obrigado lena pelo capítulo já quero o próximo hshhshsh

    ResponderExcluir
  19. O pai do GH passou mais do que dos limites!! Esse #@!/$?&@/*#@!!

    Obrigada por postar!! Anciosa para o próximo!!❤

    ResponderExcluir
  20. Eu li esse capítulo tão rápido, eu fiquei ofegante só de imaginar a cena de Gu Hai correndo pelas ruas. Lena que capítulo maravilhoso, aliás todos capítulos são (menos o do estupro).

    ResponderExcluir
  21. Tamu junto, Lena, estou com meu taco de baisebol pra metar na cabeça e no fiofó do general hehehe

    ResponderExcluir