Oi pessoal!!!

Estou postando tão cedo hoje. hehehe Eu consegui ficar super concentrada em traduzir esse capítulo. Yay! \o/ E aí eu tava pensando, "Nossa! Como traduzi rápido", mas depois reparei que esse capítulo tem metade do tamanho do anterior. huahuahauhauhau

Adivinhem só: Hoje é meu aniversário! *faz dancinha*


#sqn Nada de comemorar a velhice. XD hehehe Mas aceito presentes!!! \*0*/ kkkkkkkkkk

Okay, chega de enrolação. Vamos ler!
Lena.
________________________________________________




Cap. 184: A notícia surpreendentemente boa.



Na hora que Gu Wei Ting se deitou, Gu Hai já estava dormindo profundamente e as luzes do quarto já tinham sido apagadas há um longo tempo.
Ele encarou a escuridão por alguns minutos antes de sua mão começar a se mover lentamente para acender as luzes. Sua mão alcançou o interruptor, mas então ele decidiu não apertá-lo. Ele olhou para seu filho que estava dormindo ao lado dele. Eles estavam a meros centímetros de distância. Vendo-o de forma tão calma e relaxada, Gu Wei Ting não pode evitar de sentir o impulso de observá-lo mais de perto.
Desde que Gu Hai era uma criança, Gu Wei Ting só podia contar nos dedos de uma mão o número de vezes que ele foi capaz de olhar atentamente para ele desse jeito. Sua última memória de tal momento era de quando o rosto de Gu Hai era apenas do tamanho de sua mão. Ainda assim, num piscar de olhos, aquele rosto inocente se tornou maduro e surpreendentemente bonito.
Anos de ausência na vida de Gu Hai roubaram de Gu Wei Ting não apenas a chance de experimentar as alegrias que vêm ao se tornar pai, mas também a chance de assistir a seu único filho crescer pouco a pouco no belo rapaz que ele é hoje. Por mais que ele tentasse, existem muitos detalhes sobre a vida e personalidade de Gu Hai que Gu Wei Ting não conseguia lembrar. Como exemplo, ele não tem lembrança da primeira vez que Gu Hai o chamou de “pai”. Ele também não tem memória da primeira vez que Gu Hai aprendeu a andar. Ele também não sabe o que seu filho gostava de comer quando era criança ou os brinquedos com os quais ele gostava de brincar.
Até onde ele podia lembrar, toda vez que ele encarava seu filho, Gu Wei Ting sempre apresentava uma aparência monstruosa e aura bastante formidável.
Quando Gu Hai enrolava durante o treinamento, causava problemas na escola, vagava libertinamente e até quando o caso amoroso anormal dele foi exposto, era sempre essa imagem forte e sinistra que se elevava sobre ele. Sempre.
Gu Wei Ting não tentou ouvir o lado de seu filho e jamais pediu a ele para sentar para uma conversa apropriada. Seus meios de resolver quaisquer problemas que ele encontrava sempre foram ter um acesso de raiva e bater m Gu Hai. A parte triste dessa realidade é que, há um tempo longo demais, essa era a única forma que eles dois interagiam.
Em todos os anos que passaram, Gu Wei Ting nunca mostrou nenhum carinho para Gu Hai. Mesmo durante os primeiros dias depois que a esposa dele faleceu, Gu Wei Ting nunca esteve por perto. Ele fugiu; foi de um lugar para o outro. Ele deixou seu próprio filho sozinho. Um filho que foi forçado a lidar totalmente sozinho com a miséria de perder a única pessoa que lhe mostrara amor e compaixão. Nenhuma vez ele pensou no quão triste, inconsolável ou devastado uma criança de 14 anos de idade poderia estar ao passar por tamanha tragédia. O pior é que nunca lhe ocorreu o quão traumática aquela experiência era para uma criança.
Então, no momento que ele viu seu filho – que tinha mais de 1,80m – segurando as próprias pernas firmemente encolhido dentro de um pequeno guarda-roupa, uma dor perfurante atingiu seu coração inesperadamente.
Ele pensou, “Independentemente dos erros que Gu Hai cometeu, a pessoa que deveria levar a culpa sou eu.”
Gu Wei Ting silenciosamente observou o rosto de Gu Hai na escuridão. Nem mesmo ele estava ciente do quão afetuosos seus próprios olhos estavam enquanto encaravam seu filho. Enquanto ele absorvia todos os detalhes do rosto de seu filho, Gu Wei Ting viu duas bolas de algodão presas no cabelo de Gu Hai. Ele imediatamente estendeu a mão e as removeu. Ele, então, viu um traço de terra no canto da boca dele. Sem ao menos perguntar porque e como aquilo estava ali, ele o limpou.
As luzes ainda estavam apagadas.
Gu Wei Ting deitou de costas. Pouco tempo depois, ele sentiu Gu Hai virando e se movendo para mais perto dele. É claro, Gu Hai já estava em sono profundo e sua guarda já estava baixa. O que permanecia era a imagem de inocência e a inegável promessa de juventude.
Ignorando a pessoa se movendo para mais perto dele, Gu Wei Ting se virou para o lado, voltando-se para Gu Hai. Ele estava prestes a fechar os olhos quando sentiu alguém segurar uma de suas mãos. Aquelas duas mãos eram dez vezes mais quentes que a dele e, enquanto elas envolviam firmemente a dele, a expressão de Gu Wei Ting ficou inquieta por um momento. Os olhos dele pousaram em Gu Hai mais uma vez.
Ele não está acordado. Será que ele só está procurando inconscientemente por um local para aquecer a mão dele?
Enquanto ele olhava para o filho neste estado, Gu Wei Ting ficou profundamente comovido.
__
Durante o café da manhã no dia seguinte, Gu Wei Ting estava contemplando a situação que ele e seus filhos estavam enfrentando. Ele ficou quieto por um tempo, ponderando sozinho, antes de se virar e perguntar para Sun Jingwei.
“O que você acha da situação de Gu Hai?”
Sun Jingwei havia acabado de comer uma colher cheia de porridge. Ele quase engasgou quando ouviu aquelas palavras.
“Você está pedindo minha opinião?” Ele perguntou de uma maneira meio espantada.
“Tem mais alguém aqui?” Gu Wei Ting levantou uma sobrancelha.
Sun Jingwei nunca esperava que Gu Wei Ting fosse pedir sua opinião com relação a esse assunto. Dizer que ele estava chocado por essa repentina demonstração de confiança era um eufemismo.
Ele baixou seus kuàizi e sorriu desajeitadamente antes de respirar fundo.
“Na verdade... como pais, eu não acho que nós precisemos fazer um grande alarde sobre uma questão pequena como essa,” ele disse. “Muito frequentemente, nosso forte desejo de controlar nossos filhos sai pela culatra e faz eles serem ainda mais determinados a fazer exatamente aquelas coisas que não queremos que eles façam. Eu digo, deixe que eles decidam como lidar com as coisas por conta própria.”
“Veja minha filha como exemplo. Ela namorou um cara quando estava no segundo ano do ginásio júnior [1]. Eles já terminaram, mas a mãe dela e eu ainda não sabemos exatamente o que fez eles se separarem. Minha filha aprendeu com o passado e está melhor agora. A única vez que ela se abriu sobre isso, ela riu completamente do assunto todo como se aquilo fosse uma piada. Só pense nisso! Se minha esposa e eu soubéssemos do relacionamento deles quando eles ainda estavam juntos, e tentássemos separá-los, ela teria, inevitavelmente, considerado o assunto apenas como uma paixonite? Aquela piada de relacionamento não se tornaria real e genuíno aos olhos dela? Na mesma forma, se você pessoalmente separasse os garotos, os dois não definiriam inconscientemente os sentimentos deles como amor? Pense nisso, quando éramos jovens, quem não era afetuoso um com o outro, huh? Talvez, daqui a dois ou três anos, quando eles estiverem vivendo em um novo ambiente, eles vão olhar para trás e ver que tudo isso era apenas uma piada e nada mais.”
[N/T1: “Junior Middle School” – Na China, a Middle School é dividida em dois estágios: Junior e Senior. O estágio júnior consiste dos 3 últimos anos dos 9 anos de educação obrigatória para todos os cidadãos, enquanto o estágio sênior é opcional, mas considerado crítico como preparação para a universidade. Nem todas as escolas têm os dois estágios e algumas não têm nenhum deles. No Brasil, até 1971, o ginásio correspondia aos últimos quatro anos do atual ensino fundamental. Ao final do ensino primários, os alunos deviam fazer um exame admissional para entrar no ginásio e no fim deste os alunos deviam fazer outro exame admissional para entrar no colegial (High School).]
Gu Wei Ting ficou em silêncio. Seu olhar nunca deixou Sun Jingwei enquanto ele ponderava as coisas que ele acabara de dizer.
“Você quer dizer que eu deveria deixar isso de lado e não me importar?”
“Eu nunca disse que você não deveria se importar,” Sun Jingwei sorriu gentilmente. Ele estava muito mais calmo agora. “O melhor que você pode fazer é guia-los. Se eles escutam ou não é total responsabilidade deles.”
Gu Wei Ting deu uma bifada fria quando ouviu a última frase de Sun Jingwei. “Então ele definitivamente não vai ouvir.”
“Com toda sinceridade, eu acho que você está pensando demais sobre isso. Você lembra de Xiao Zheng da terceira brigada? Aquele cara que, durante uma vistoria de quartos noturna, foi encontrado apertado dentro do mesmo lençol com Er Hu, o soltado que dormia ao lado dele? Depois de mais investigações, foi descoberto que o relacionamento deles não era normal e eles foram expulsos imediatamente. Mas o que aconteceu no fim? Depois de saírem do exército, eles dois se casaram e tiveram filhos dentro de dois anos. Agora, estou considerando que nunca houve nada entre eles desde o início.”
“Eu já pensei em tudo o que você disse. Mas o ponto principal é, meu filho não é Xiao Zheng ou Er Hu. Você nunca vai encontrar uma cria tão incomum como ele, nem em cem anos.”
Sun Jingwei sufocou uma risadinha.
Mesmo que ele seja uma cria incomum, ele ainda é seu filho.
“Eu não acho que ele seja incomum de forma alguma. Mas, por ele ser seu filho, você, inconscientemente, pensa que ele é incomum. Se esse tipo de situação acontecesse com um filho meu, eu ficaria nervoso e impaciente para separá-los de uma vez. No entanto, o ponto é, você não pode apressar esse tipo de situação. É inútil ficar ansioso com isso. Neste momento, aqueles dois estão numa fase onde há anseio e afeto um pelo outro. O que você pode fazer com eles? Mandar uma para o exterior e trancar o outro na base militar? Se eles ficarem pensando e se preocupando um com o outro dessa forma, não importa o que você faça para separá-los, eles continuarão pensando em formas de ficarem juntos de novo.”
Pode não ter sido evidente, mas, mentalmente, Gu Wei Ting reconheceu aquelas últimas palavras. Elas deram a ele a decisão – mas não a força – para considerar outro curso de ação.
Controlar Gu Hai e Bai Luo Yin, ou a situação, era impossível, mas ignorar tudo isso também era impossível. Pelo que parecia, não importaria o que ele fizesse, aqueles dois não permitiriam que a paixão e o amor que têm um pelo outro fosse enfraquecido ou acabasse.
__
Assim que a aula da tarde terminou, Gu Wei Ting convocou seus dois filhos para almoçar com ele.
“Depois dessa refeição, vocês dois podem sair e fazer o que quiserem!” Gu Wei Ting disse em um tom baixo, mas poderoso.
Depois de ouvir aquelas palavras, Bai Luo Yin e Gu Hai – que estavam ocupados enterrando seus rostos em seus pratos – levantaram suas cabeças. Eles não podiam acreditar no que acabaram de ouvir.
“Pai, o que quer dizer com isso, huh?” Gu Hai perguntou com as sobrancelhas franzidas. Ele, então, olhou para Bai Luo Yin pelo canto dos olhos.
Com indiferença escrita por todo o seu rosto, Gu Wei Ting simplesmente deixou seu olhar passar sobre ele. “O que eu quero dizer é, é melhor vocês dois não vagabundearem mais na minha frente. Só olhar pra vocês dois me irrita.”
Silêncio. Essa pequena boa notícia era totalmente inesperada e inacreditável, então nenhum deles foi capaz de responder imediatamente.
Bai Luo Yin olhou para Gu Wei Ting com descrença. Ainda essa manhã, ele ainda estava se preocupando com o túnel secreto que ligava os quartos dele e de Gu Hai. Ele esteve considerando cobrir o túnel rapidamente com medo que Gu Wei Ting descobrisse e batesse em Gu Hai de novo.
Parece que ele não tinha nada com o eu se preocupar afinal, já que as coisas tinham feito uma virada repentina para melhor.
Ao lado de Bai Luo Yin, a mão de Gu Hai começou a se mover. Ele estendeu a mão para tocar a testa de Gu Wei Ting, mas sua mão foi encontrada no ar por um par de kuàizi.
“Pai, espera. Você está sofrendo de alguma coisa?”
“Não se faça de idiota comigo!” A expressão de Gu Wei Ting escureceu, “Se apressem e coma! Depois que terminarem de comer, saiam imediatamente!”
Os olhos escuros de Gu Hai pestanejaram enquanto ele falava, “Pai, você não se importa mais comigo?”
Gu Wei Ting só dispensou a Gu Hai algumas palavras, “Com licença. Isso nunca vai acontecer.”
“Não!” Gu Hai fingiu ser obediente e inocente depois de conseguir ganhar uma vantagem. “Pai, você não pode me ignorar ah! Eu ainda estou contando com você para me guiar para o caminho certo. Se você ficar de lado e não fizer nada, então o que aconteceria comigo se alguma ideia anormal vier em mente e eu começar a causar problemas de novo?”
Gu Wei Ting continuou a comer a comida dentro da tigela. Sua expressão permaneceu calma e composta. “Quando eu me importava com você, você nunca deixou de me causar problemas. Agora que parei de me importar, você pode fazer o que quiser. Pelo menos eu não preciso ver mais nada disso.”
“Então, o que devo fazer se sentir sua falta?”
Essa frase finalmente fez os kuàizi na mão de Gu Wei Ting pararem de se mover.
Olhando a repentina mudança na expressão de seu pai, imediatamente um nó envolveu o coração de Gu Hai e o estrangulou.
Ah meu Deus! Não me diga que ele ficou comovido com o que acabei de falar? O que eu faço se ele realmente mudar de ideia e me fizer ficar aqui? Porra! Eu sou tão idiota. Eu deveria apenas ter ficado com minha boca fechada em vez de dizer aquilo!
Gu Wei Ting lançou um olhar rápido a Gu Hai. Então, do nada, ele explodiu em gargalhadas. Nem mesmo uma palavra foi dita de novo. Os três simplesmente continuaram terminando as comidas dentro de suas tigelas.
No caminho deles para fora, Bai Luo Yin deu uma rápida olhada no pai e filho. Gu Wei Ting estava sorrindo enquanto acenava em despedida para seus filhos. O sorriso dele fez Bai Luo Yin lembrar de Bai Han Qi. Ele sempre lhe dava o mesmo sorriso sincero toda vez que ele saía de casa.
“Pai, estou indo então!” Gu Hai finalmente disse. Ele estava carregando duas grandes bolsas enquanto parava na entrada para acenar um último adeus a seu pai.
Durante o tempo todo, Bai Luo Yin manteve seus olhos em Gu Wei Ting. No entanto, quando Gu Wei Ting moveu seu olhar para Bai Luo Yin, este imediatamente moveu seus olhos para evitar encontrar os de Gu Wei Ting.
Enquanto eles se afastavam lado a lado, Gu Hai e Bai Luo Yin cumprimentaram Sun Jingwei, que não pode evitar de soltar um pesado suspiro enquanto observava as duas figuras desaparecerem a distância. “Bai Luo Yin é um garoto muito bom.”
Gu Wei Ting, que estava parado perto dele, deu a ele um olhar de esguelha, “Que tal eu apresentar sua filha para outra pessoa para que você possa esquecer dele?”
“Não...” Sun Jingwei riu enquanto balançava a cabeça, “Eu não mereço ser associado aos superiores.”
Gu Wei Ting riu junto com ele. Os dois, então, se viraram e entraram juntos.
__
Enquanto eles faziam o caminho de volta para casa, Bai Luo Yin não podia evitar de ser consumido pela ansiedade. Ele estava tão dominado por essa emoção que não conseguia esconder isso da pessoa ao lado dele.
Gu Hai colocou a mão atrás da cabeça de Bai Luo Yin e perguntou alegremente, “Não me diga que você ainda está remoendo o choque da noite passada?”
“Não, não é isso,” Bai Luo Yin respondeu lentamente. “De repente, eu lembrei do meu pai.”
Gu Hai parou seus passos, “Que tal nós irmos direto para a sua casa?”
“Não.” Bai Luo Yin, de repente, agarrou o braço de Gu Hai com firmeza, “Eu estava querendo lhe dizer... Eu planejo confessar para o meu pai.”
Depois de ouvir essas palavras, Gu Hai, cujo humor tinha acabado de começar a relaxar, de repente ficou sério de novo.
“Nós não podemos dar uma respirada primeiro?” ele perguntou cansado.
“Vamos terminar logo com isso o mais rápido possível. Já que a primeira tentativa é sempre mais impressionante, a segunda é fraca e a terceira é cansativa...”
A testa de Gu Hai caiu em suas mãos, “Isso não pode ser tão torturante...”
*****

38 Comentários

  1. Muito bom começar o domingo com uma dose de vício. Kkkkkkk. Fiquei com pena do Gu Hai; pai totalmente ausente, órfão de mãe, ele só tem o Yi Zi msm. Ainda bem q o Bay está tratando melhor o Gu Hai. Ansioso com a reação do papai Bay.

    Parabéns Lena, felicidades, muitos anos de vida, saúde, paz e muito sucesso para vc. Torço para q vc consiga ser a tradutora oficial das obras de Chai Jidan no Brasil. Abraço.

    ResponderExcluir
  2. PARABENS LENA!!!!! Toda felicidade do mundo e comidas gostosas para voce, aproveite muito o seu dia ♡
    Obrigada por ser maravilhosa e por addcited ♡ ♡ ♡ ♡

    ResponderExcluir
  3. Como é bom começar o dia com mais um capítulo 😍😍😍 te amo Lena

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. E parabéns Lena todo amor felicidade e saúde pra você

      Excluir
  4. Parabéns Lena felicidade sempre sua linda!!
    Amanhã é o meu rsrs e olha quem dos personagens faz niver no mesmo dia que eu rsrsrs

    P.S eu ainda estou no capítulo 109 correndo para chegar onde você está

    ResponderExcluir
  5. Feliz aniversário Lenaaa <33 Te desejo muita paz, amor e felicidade na sua vida <33

    ResponderExcluir
  6. Parabéns, parabéns hoje é seu dia, que dia mais feliz🎂❤👄🌟💗🌹💐🎶🎵🎂🎂. Parabéns Lena...

    ResponderExcluir
  7. Parabéns Lenna . Felicidades muitos anos de vida e saúde e sucesso . #gratidão ❤️💛💚💚

    ResponderExcluir
  8. Parabéns Lena muitas felicidades, tudo bom pra vc hoje e sempre e todos os seus sonhos se realizem�������� Obrigado por esse presente ��

    ResponderExcluir
  9. OMG, Stiles é tão lindo <3 <3

    Prabéns Lena!!!! Obrigada por sempre me aguentar te enchendo o saco para revisar minhas traduções hehehehe.

    ResponderExcluir
  10. Que domingo maravilhoso! Tem Addicted, é o aniversário de Lena e amanhã é feriado! Hehe <3 Eu sabia! Eu disse q Gu Wei Ting iria "aceitar" o relacionamento dos seus filhos kkk. Tô muito ansiosa pra ver a reação do melhor cupido (q n sabe q é cupido haha) de todos os tempos: Papai Bai n me decepcione! :)
    Lenaaaa meus parabéns sua lindaaaaa! Muitíssimos anos de vida pra vc! Muito sucesso em seu trabalho e sonhos, muito amor e alegria pra vc e sua família! Feliz aniversário hehe
    Ahh obrigada por esse capítulo maravilhoso!!

    ResponderExcluir
  11. oiiiiiii lenaaaaaaaaaaaaa
    primeiramente parabens
    vim pro pc so por vc...
    kkkkk <3 <3
    esse capitulo foi otimo,
    to ansioso pra ver a reação do pai do Luo Yin...
    gente eu queria muito ver essas senas
    seria algo lindo
    serio mesmo
    <3 <3 <3
    Obrigado lena... Ah me manda Um Oi no whats eu formatei o meu cel...
    bjs até a proxima.

    ResponderExcluir
  12. Lena porque não consigo entrar no site novo com as traduções em inglês de addicted da Sea???
    E Parabéns pelo Aniver... FELICITAÇÕES, AMO VC E SUAS TRADUÇÕES...MELHOR TRADUTORA PARA O PT DA CHAI JIDAN (E O OUTROS, MAS AMO AS ESTÓRIAS DELA( QUE TENHO ESPERANÇA QUE SEJAM HISTÓRIAS REAIS <3) KKKK)...#EVER <3

    ResponderExcluir
  13. Seu aniversário é hoje? Tipo, hoje? Pq eu tbm faço aniversário hoje 'o'
    Isso não pode ser só coincidência, é o destino nos unindo (tá, parei)
    PARABÉNS PARA NÓS!!!
    (Meu presente de aniversário, obrigada)

    Eu estou ansiosa quanto a reação do Bai Han Qi, mas ele é sempre tão bom, talvez seja um choque no início, mas acho que ele vai aceitar bem... Espero

    ResponderExcluir
  14. Parabéns Lena muitas felicidades🎉🎉🎉🎉🎉🎂🎂🎂🎁🎁🎁🎁😘😘😘😘

    ResponderExcluir
  15. Parabéns Lena♡ espero você tenha em dobro toda a felicidade que você nos passa traduzindo essas novels pra gente ♡♡♡♡♡♡♡♡
    Me preparando psicologicamente pro próximo cap 😭💖

    ResponderExcluir
  16. Parabêns minha Linda muitas felicidades pra você tudo dê bom continue sendo essa Pessoa maravilhosa bjos minha tradutora preferida kkkkk

    ResponderExcluir
  17. FELIZ NIVER LENA!!!
    Eu venho acompanhando todas as novels daqui do site,mas raramente me manifesto(tipo um fantasma, ta lá, mas você não vê),mas eu precisava dar os parabens, por que suas traduções são incriveis e amo suas notas durante os capítulos porque me fazem rir muito. Super obrigada Lena :3

    ResponderExcluir
  18. Parabéns Lena 💜(um pouco atrasado,mas ok) Muita saúde e felicidade na sua vida. Espero que continue fazendo esse trabalho maravilhoso que são as suas traduções e que consiga alcançar seus objetivos.

    ResponderExcluir
  19. Parabéns tudo de bom vc com certeza merece!!! eu sei que seu niver foi ontem mas acabei de chegar do serviço, então antes tarde do que nunca.Amo suas traduções.

    ResponderExcluir
  20. Parabéns lena tudo de bommm e comidas gostosas🎉🎊🎉🎊🎉🎊🎉🎊🎊e obrigada por manter os nossos vícios kkkk

    ResponderExcluir
  21. Parabéns!!!!🎂🍸🎊🎉🎁😘😘

    ResponderExcluir
  22. Parabéns Lena e muitas felicidades, bjus.

    ResponderExcluir
  23. Parabens atrasado hehe. Muitas felicidades e anos de vida, e um longo reinado de traduções da chai jidan para nós. hehe E uma observação. O TÍTULO do capitulo n deveria ser CAPÍTULO 184? porque está duas vezes CAPITULO 183 contando o anterior. hehe

    ResponderExcluir
  24. Parabéns lena atrasado tudo de bom qui Jesus ti abençoe parabéns minha linda

    ResponderExcluir
  25. Parabéns atrasado Lena. Muito ONG pelas traduções. Felicidade!

    ResponderExcluir
  26. Lena, parabéns!!!! Te desejo tudo de bom e que você continue bem e saudável e nos presenteando com addicted hehe ♡
    E que capítulo foi esse? chocada, eu achei que o general não tinha sentimentos kkkkkkkk; e esse final, será que to um pouco ou muito ansiosa pra eles se assumirem pro pai do baobei? acho que demais da conta

    ResponderExcluir
  27. parabéns lena muitas felicidades vc dica mais velinha e nois que ganhamos o presente muito obrigado

    ResponderExcluir
  28. Parabéns Lena🎂🎉👏👏👏 Que Deus lhe abençoe sempre com muita saúde, paz e realizações.
    Vc não ficou mais velhinha só mais experiente😁😁😁
    Obg pelos presentes que sempre nos alegra muitíssimo💖😘

    ResponderExcluir
  29. Parabéns, Lena!!! Gente to tão ansioso pra ver a resposta do Bai Han Qi.. espero q ele compreenda!! Adoro ele!

    ResponderExcluir
  30. Parabéns atrasado Lena... Ansioso pra saber qual vai ser a reação do BHQ, pelo menos sabemos que não vai ser tão ruim quanto a reação do GWT.

    ResponderExcluir
  31. Parabéns atrasado minha linda muitos anos de vida pra,mais o presentão quem está ganhando somos nós rerere!

    ResponderExcluir
  32. Parabéns lena sua gostosa, adorei o capítulo sz

    ResponderExcluir
  33. Parabéns Lena! Ainda que atrasado. Vc tem face ou ...?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada. ^^

      Tenho sim! É só procurar lá por Lena Jaeger ;D

      Excluir
  34. (...) Fiquei pensando se comento ou não. (...)
    Gostei da atitude do general. Infelizmente não gostei muito do capítulo por motivos pessoais. Guhai e eu temos semelhanças em comum e uma delas, é ser órfã de mãe e ter um pai ausente e grosseiro. Talvez o motivo porque eu tenha me 'apaixonado' tanto pelo personagem do Guhai. Ao menos ele tem a Bailu, e eu.. a minha prancha e minha liberdade de ser quem eu sou e fazer o que eu quero.

    ResponderExcluir