Oi pessoal! ^^/

Pois é... Ainda ando meio ocupada, mas olha só! Trouxe um capítulo de Love Sick pra não ficarem sem leitura. hehehe Só tenho uma coisa a dizer: Phun e Noh têm tantos cupidos em volta deles. Amo isso! hahaha

Beijos~         
Lena.
E a guerra fria desses dois continua XD
__________________________________________



Capítulo 31: Cara a cara

Tradução: Equipe Kokoro Lovers
Revisão: Lena


 A professora Mettha nos deu permissão para sair justo quando meu telefone vibra na minha mesa. Por sorte, todos estão fazendo bastante barulho, de modo que ela não se dá conta dos tremores que o iPhone está causando contra a carteira.
Eu olho para a tela e penso como Golf tem o timing perfeito. “Onde você está?”
“Estou quase chegando, venha me buscar.” Que diabos? Não aja como se nunca tivesse vindo a esta escola.
“Hilário. Nos vemos na sala do Club no edifício F. Tenho que preparar o evento das preliminares, assim que te espero lá, ok?”
“Não está ok! Te cedi meu precioso tempo quando poderia estar dando em cima das meninas. É melhor que você trazer sua bunda até a entrada e vir me buscar. Já estou quase chegando. Nos veremos em breve!” E este idiota é outra pessoa em minha vida que faz suposições sobre as coisas e força as pessoas a estar de acordo. (Qual é a dessas pessoas na vida desse pobre Noh? Algum dia ele vai ter as coisas do seu jeito?!) Golf desliga e eu guardo meu celular antes de começar a andar até a entrada para me encontrar com ele.
“Om, se importa de preparar as coisas por mim? Volto em um minuto.”
Como de costume, esse bastardo não gosta. “Que diabos, cara?! Aonde você vai? Temos que começar logo!”
“Eu sei, só será um segundo. Tenho que ir pegar o Golf, ele está chegando.”
Om se emociona quando menciono o Golf. “É sério?! Ok, vai buscar ele para que eu possa chutar a bunda dele. No outro dia em Lumphini Pearl, ele estava misturando molho de peixe no meu copo para que eu bebesse. Estava salgado pra caralho. Não vou deixar ele se safar.” Hahahah, vocês podem resolver isto por conta própria!
Corro para o portão da escola, já que meu relógio me diz que está quase na hora de começar as preliminares. No entanto, não vejo nem rastro de Golf. “Aquele desgraçado! Não me disse que estava quase chegando?” Me queixo para mim mesmo.
Enquanto espero por ele, uma menina de pele clara que usava o uniforme do convento ao lado chama minha atenção. Quem é? Posso assegurar que é muito bonita mesmo desta distância. E se me aproximo mais? Wow, não quero nem imaginar. Eu continuo olhando com empolgação enquanto a figura se aproxima cada vez mais, como qualquer outro adolescente faria.
Mas...
Maldita seja. Por que não me dei conta antes? Observo enquanto Aim passa pela porta da escola e me esforço para fingir que não havia visto, simplesmente porque não tinha nada para dizer-lhe. Posso assegurar que ela também está me olhando.
E é claro, além do guarda de segurança, o senhor Suchart e os outros estudantes que estão saindo, não vejo ninguém que se pareça com o Phun. Isso significa que Aim e eu temos que ficar aqui até que cheguem as pessoas que estamos esperando. Sinceramente não me importa que ela esteja aqui. Já que não me importo em ser educado com ela, já que perdi todo o respeito que tinha por causa de minhas experiências pessoais com ela.
Me apoio na porta e assobio, parecendo totalmente satisfeito comigo mesmo. Nem sequer a comprimento, esperando que isso talvez a irrite. Olho para ela e parece que está bastante incomodada. Olho seu belo rosto e sei imediatamente que ela está aqui para manter Phun longe de mim. Aposto que ela tem medo que eu a delate.
Ela não tem nem ideia de que eu nunca faria isso (Não sou esse tipo de pessoa). Se eu quisesse dizer, já o teria feito em Hua Hin. Se eu fosse assim, não teria chamado Golf para que me ajudasse a pensar desse modo. Falando nele, quando diabos ele vai chegar?
Pouco depois, um táxi preto aparece junto ao portão. Posso ver a alta figura de Golf no interior pagando a tarifa ao condutor. Ele saiu do carro com um grande sorriso, ainda com sua roupa casual, já que na sua escola é permitido.
“Desculpa cara. O transito estava um pesadelo em frente ao Mandarim Oriental. Não sei que droga aconteceu.” Ele se desculpa rapidamente, possivelmente porque tem medo que eu dê um tiro nele (coisa que eu estava prestes a fazer). No entanto, antes que Golf e eu possamos entrar na escola, nossos olhos captam a visão de Aim, que parece estar muito surpresa.
Claro, obviamente está surpresa. Acabo de perceber que quando Aim conheceu Golf, ela não tinha ideia de que ele estudava aqui. Hehe, hoje vai ser divertido. No entanto ainda falta uma pessoa.
Falando nele, estou dizendo que esse cara deve ser telepata. Ele aparece com a mera menção do nome dele ou se você estiver pensando nele. Basta dar um pouco de tempo. “Oh, Noh. Aí está você. Om estava reclamando sobre você.” Viu? Phun em domicilio. Pensa nele e ele aparece no mesmo instante. Que comece a diversão. Dou a volta e sorrio enquanto ele se aproxima correndo até onde estamos. Posso ver que ele ficou sem ar. Possivelmente veio correndo por causa da Aim.
Phun pega um pouco de ar antes de sequer dar conta da pessoa que está junto comigo. “Golf! Também veio assistir?” Aqui vamos nós. Aposto que Aim se sente como um personagem de um filme de terror agora mesmo (no qual ela vê o fantasma).
Golf parece estar disfrutando disso também. “Sim, Noh me perguntou se queria vir, então decidi dar uma olhada. Aliás, o que faz aqui? Não deveria estar se preparando?”
“Oh, eu vim buscar a Aim. Aim, este é o Golf. Estudava aqui. É muito próximo do Noh. Eu também costumava andar com ele por aí.” Neste momento, só sei que o Golf deve estar se perguntando que tipo de resposta Aim dará a Phun.
“Entendo. É um prazer conhecê-lo.” Wow, que nervos os dela.
“Você me parece familiar, Aim.” Golf lança o primeiro golpe. Haha! Quero dar um prêmio a ele, isto é muito satisfatório.
Aim é pega de surpresa, mas posso assegurar que olhando nos seus olhos ela não iria se entregar facilmente. “Phun me trouxe aqui algumas vezes, suponho que nós nos cruzamos uma vez ou outra.” Oh, outro ganhador do prêmio de mentiroso. Suponho que terei que dar dois troféis.
Mas antes de irmos mais longe, meu telefone começa a tocar e sinaliza o final da primeira rodada do combate.
A tela se ilumina com a foto do dedo do meio de Om. “O que?” Não tem necessidade de ser tão educado quando atendo a ligação, é um total desperdício de energia.
“QUANDO DIABOS VOCÊ VAI CHEGAR AQUI?! JÁ ESTÁ QUASE NA HORA DE COMEÇAR, IDIOTA!” Om grita tanto que até o Golf escuta. Falo para ele que estou a caminho e Golf me dá um empurrão nas costas.
“Melhor ir logo. Você é o presidente do clube, não deveria chegar tarde, cara.”
Oh, que droga...? “Isto é por sua maldita culpa!”

***

Corro para voltar para sala do clube e Om me cumprimenta com uma expressão ameaçante em seu rosto. Não pense que alguém como esse Noh sentiria medo disso.
“Que? Só foi um segundo. Realmente precisava me ligar?” Obviamente só estou piorando as coisas por faze-me de esperto, mas mesmo assim faço. O resultado é um soco na minha cabeça.
“Bastardo, não se faça de esperto. Traga seu traseiro até aqui. Tem um problema com o amplificador.” Hmph! Desta vez deixarei passar dessa vez. Rapidamente levo o Golf a se sentar e esperar atrás da mesa dos juízes antes de ir dar uma olhada no amplificador que Om estava falando.
Não nos levou muito tempo para deixar tudo pronto antes de começar. Esta rodada preliminar é um evento fechado, já que vamos eleger qual são as bandas que competirão ao vivo no palco depois. Falei para as 35 bandas vir a esta sala. Falamos para eles que não poderia trazer seus próprios instrumentos, o que os obrigou a usar os do nosso clube (Não teria espaço suficiente e acabaríamos perdendo o tempo se cada uma das bandas tivesse que testar o som). Temo que acabe passando a noite aqui quando a última banda começar a tocar.
“Deus... realmente vamos deixá-los tocar duas músicas? Não podem tocar só uma?” Começo a reclamar na mesa dos juízes quando calculo quanto tempo até terminar isso. Om me repreende imediatamente. “Você que disse para que tocassem duas músicas! Te disse que bastaria uma! Vamos passar a noite aqui, Caramba!” Claro, me chuta enquanto estou no chão. Bom, naquele momento pensei que não seria muito justo se julgássemos uma banda só por música. Mas agora, começo a sentir que quero mudar de opinião. Y_Y
O tempo passa bem lentamente, ao menos é assim que me parece. Apesar que todas estas bandas são geniais, ter que ficar aqui e pontua-las por cada uma das músicas é desgastante. Começo a entender o que P’Oak (o presidente anterior do clube) teve que aguentar. Por sorte, encerrei logo as inscrições. Caso contrário estaríamos com 50 bandas como aconteceu com P’Oak ano passado e seríamos obrigados a julgá-los até a morte, literalmente (Sério, levou dois dias o ano passado, estávamos vivendo a base de Red Bull).
Estico-me para afastar o cansaço enquanto olho para onde Phun e os membros da sua banda estão. Além de um monte de estudantes de cabelo curto, também tem uma bela estudante do convento chamada Aim sentada entre eles. Ela está sentada junto à porta e me dou conta de que ela pede a Phun que saia com ela com frequência. Quando voltam, trazem muitas bebidas e alguns aperitivos. Não posso evitar de sentir curiosidade. Aim está saindo da dieta ou simplesmente tentando manter Phun longe para que não possa estar ali sentando me olhando?
Porque cada vez que olho nessa direção, meus olhos se cruzam com os olhos de filhote de cachorro de Phun, como se tentasse se desculpar por algo. Quantas vezes tenho que dizer que não estou irritado, que não estou chateado ou com ciúmes ou algo assim? Simplesmente me irrita ver essa mulher que está mentindo pra você sentada aí. Você entende agora?
Uh... não sei o que mais dizer. Então digamos que estou tentando ser o mais normal possível.
“Acredito que Phun pensa que você está bravo com ele porque trouxe alguém a um evento privado. Não deixa de te olhar e fazer caras tristes.” Olha isso. Até Golf, que está sentado atrás de mim, se deu conta. Por sorte, não é tão repugnante quanto o Om. Golf me olha quando nego com a cabeça, antes de ranger os dentes. “Estou morrendo de vontade de ir até lá e contar a Phun tudo aqui mesmo e agora. O que deveria fazer?”
“Ei! Relaxa.” Ele já que está agindo como se quisesse ir até onde Phun está. Este cara! Eu rapidamente o seguro porque sei como esse cara é cabeça quente.
Pouco depois disso, uma banda do 9° ano termina de tocar (na verdade eles eram muito bons) assim que solto a camisa de Golf e apresento a próxima banda que vai tocar. “A seguinte é a banda número 15... A banda P’Queer [1]. Que nome, Earn.” A banda de Earn será a próxima a tocar. Um monte de gente (especialmente os meninos do fundamental) ri do nome de sua banda, já que eles parecem gostar. A banda inteira é formada pela equipe de animadores do time de futebol. Os mais novos normalmente os chamam de P’Cheer, mas P’Queer está escrito nas costas deles (porque a equipe pode chegar a ser bastante rígida). Earn, na realidade, escutou esse termo ser usado com seus próprios ouvidos, mas não está bravo porque ele costumava se referir aos membros da equipe de animadores como P’Queer também. Hahaha (de onde eu venho isso é chamado de karma).
[N/T1: O nome verdadeiro da banda é P’Cheer’s Band. “Cheer” significa “animar” (lembram dar “cheerleaders”?) Kudalakorn escolheu o termo “Queer” porque rima. XD O uso mais comum para Queer é “gay”, no entanto Queer também pode significar “estragar a diversão”.]
Eles fizeram uma pequena prova de som (não havia muito o que fazer já que nosso clube já havia preparado tudo) antes de começar sua primeira música, “Change” de Deftone. Eu ouvi Om escutar essa música muitas vezes. Suponho que conseguirá uma pontuação bastante alta por sua parte. Falando nele, não inferiorize a Om (mesmo que eu faça uma vez ou outra) porque seu pai toca em uma orquestra sinfônica. Também é professor na Universidade de Mahidol. Basicamente, Om não é sem talento, seu único problema é que tende a agir como um retardado, fazendo que as pessoas mal interpretem o que ele faz (ou quem sabe é tonto de verdade, eu não tenho certeza). Eu olho para sua ficha de pontuação e dou um sorriso irônico.
“Isto é trapaça.”
“São muito bons!” Exclama Om enquanto tenta esconder a sua pontuação. Eu só posso rir dele. No entanto é verdade, estão tocando muito bem. Earn é genial como vocalista principal. Pena que esta música seja um pouco lenta e emotiva estou a ponto de dormir.
Justo quando estou decidindo entre dormir ou não, escuto meu nome pelos auto-falantes. “Noh, por favor, não dorme ainda. Nós ainda temos outra música.” Por Deus, Earn. Você realmente está fazendo isso comigo? Que vergonha! Me encolho e coço a cabeça enquanto olho para ele. Todos começam a rir (vai me pagar por isto). Bebo um gole de água para ocultar minha vergonha (e para afastar a letargia).
Earn sorri amplamente, mostrando suas covinhas antes de continuar com a música seguinte. “Escuta com atenção, Noh.” Suponho que ele tem medo que eu volte a cochilar.
Hack, o baterista, bate suas baquetas ritmicamente antes que a guitarra comece a tocar as primeiras notas daquela segunda música.







Eh!?
Quero dizer, eu gosto da banda Friday (sonho em ter uma voz suave e maravilhosa como a de P’ Boy Thrai).
Mas...
Por que Earn está olhando para mim enquanto canta? Está me dando tanta vergonha que preciso evitar seu olhar.
Parece que não sou o único que se deu conta.
“Droga, Earn! Está flertando com nosso chefe cantando uma música de amor na frente de todas essas pessoas?!” Lá vai ele outra vez. Om grita uma vez que a música termina. Imbecil. Isto é humilhante! Não poderia ter esperado até que todos fossem embora antes de fazer estardalhaço?! Estou com tanta vergonha!
Coloco a mão em meu rosto enquanto olho de lado para Earn, que ainda está aí parado de pé com um sorriso, aceitando as provocações de Om. Que?! Você também! Negar não faria mal a ninguém! Te agradeceria eternamente! Não fique aí sendo um alvo disposto para Om!
Como Earn não disse nada, a boca de Om decide voltar ao ataque. “É uma pena, Earn. O verdadeiro cara do meu chefe já está indo até você. Phun vai chutar seu traseiro.” Bastardo! Vai envolver mais gente nisto? No entanto, Om está certo. Vejo Phun se aproximar por trás de Earn, mas tem uma razão lógica para isso. Sua banda é a número 16 e supõe-se que devem tocar depois da banda de Earn, então eles só estão preparando tudo. Olho para Phun, que tem um sorriso em seu rosto. Mas não diz nada. Ele vai até Earn para pegar sua guitarra e se põe em sua posição.
Smack!
“Você realmente precisa prestar atenção, não vai falando assim. Não vê que Phun trouxe a namorada para assisti-lo?” Obrigada, P’ Dew! Deixou claro. Me viro para rir quando P’ Dew cala a merda de boca de Om batendo na cabeça dele com a xicara de café. Om agora está lambendo suas próprias feridas, esfregando o lugar onde foi golpeado.
“Desculpa! Esqueci.” Todo mundo ri novamente uma vez que Om se desculpa com Phun através de um gesto. O secretário do conselho estudantil rapidamente aceita suas desculpas antes de fazer outro gesto, fazendo saber que ele não dava mais importância. Embora Phun não esteja mais olhando para mim.
“Merda, agora como eu vou julgar esta banda?! Se não os deixo passar talvez me expulsem da escola ou eles definitivamente vão cortar nosso orçamento no ano que vem.” Gee, você não estava pedindo desculpas a um momento atrás? Agora você fala sobre eles sussurrando para si mesmo? E quando Om sussurra? Você seria capaz de ouvir mesmo que esteja no portão da escola. Outra rodada de riso irrompe na sala.
Nesse momento, Fi (o presidente do conselho estudantil e vocalista principal da banda) se aproxima do microfone. “Não darei a mínima se não deixar minha banda passar. Mas se não passar ficarei com os seus 20,000 bathts.” Oh, que facada. Está usando a fraqueza do nosso clube para nos ameaçar. Me acovardo por um momento, mas Om deixa escapar uma risada.
“Não tenho medo! Phun já nos deu o dinheiro! Hahaha!” Imbecil, por que você disse isso pra ele? -_-“
“Sério?” Parece que Fi não tinha ideia do que o membro de seu conselho estudantil tinha feito. Ele tem uma expressão de surpresa no rosto quando Phun concorda com a cabeça, fazendo ele saber que é verdade.
Fi murmura algo para si mesmo junto ao microfone, ao qual todo mundo chega a ouvir graças aos alto-falantes. “Droga Phun. Você realmente está tentando ficar com o Noh afinal?” E voltou para nós de novo! Vocês idiotas precisam buscar novas piadas! Olha isso. Até os alunos do fundamental e os mais velhos que nem sabem quem eu sou estão rindo também. O que significa isto? Y__Y Lá se vai minha imagem. Tudo o que eu havia construído foi à merda por causa desses bastardos.
Mostro meu dedo do meio para eles, sem nem saber como posso xingá-los a esse ponto. Phun parece bastante relaxado sobre essa coisa toda. Ele testa as cordas do baixo antes de deixar o baterista (quem diabos é esse?) saber qu estão prontos para começar.
Em todo caso, está bastante claro que agora Phun não está olhando para mim de maneira alguma.
*****
Lena: hehe Isso é ciumes, Noh!!! >w<  Situação do Noh:
kkkkkkkkkkkkkk

9 Comentários

  1. Aarrr tão fofos♡ mesmo odiando essa de triângulo amoroso, eu tô amando hehe♡♡♡♡♡

    ResponderExcluir
  2. awin!!! meu s2 não aguenta tanta fofura!!!

    ResponderExcluir
  3. Phun e Noh para sempre, amo d+++.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  4. é amor demais e o ciúmes corroendo por dentro por que não pode cantar pra ele tambem

    ResponderExcluir
  5. Kkkkkk amo esses meninos, Brasil!
    Vlw Lena

    ResponderExcluir
  6. Eu continuo amando tanto estes meninos.. não consigo esquece-los..
    Lena.. continue postando a novel .. pleasssssssssse

    ResponderExcluir
  7. Amo tanto essa novel que eu acabei ir lendo ela inglês. Mas vc viu que os cinco últimos capítulos nunca foram traduzidos? É de partir o coração. Eu até achei o twitter de quem traduz e mandei uma mensagem, mas a pessoa disse q ta sem tempo, há dois anos. Fazer o que neh, não é como se fosse fácil achar alguém que fala tailandês.

    Eu me ofereceria para ajudar a traduzir do inglês, só que eu não sou fluente fluente, consigo entender tudo de boa, pelo contexto, mas não sei especificamente tudo que se diz. Poderia traduzir todas as frases que entendo por completo e deixar o resto em inglês, se isso ajudar.

    ResponderExcluir