E aí, minha gente!!! \o/

ADDICTED!!!! Yaaaaaay!!! Eu queria postar esse capítulo ontem (saiu em inglês na segunda de noite), mas faltou luz o dia inteiro e não consegui traduzir. ç_ç Mas agora tá aqui, então vamos logo ler!!! O(≧∇≦)O

Ah, antes que eu me esqueça, estou tão feliz que o blog tenha leitores compreensivos e educados como vocês! Amei ler como vocês se entenderam no último capítulo de AB. Pode parecer estranho eu falar isso, mas é que eu já li muitos comentários em inglês que acabaram virando uma briguinha, então, vocês são maravilhosos! Continuem assim. hehe ♡(ŐωŐ人)

Beijos~          
Lena.
Um fanart lindo do Wen. Créditos: Merue.
______________________________________________________




[Vol. 2] Cap. 28: O almoço foi comido por um cachorro!




Gu Hai foi trabalhar de manhã cedo e quando ele voltou para casa durante o almoço, Bai Luo Yin ainda estava dormindo profundamente. O café da manhã que ele havia preparado para Bai Luo Yin antes de sair para o trabalho não foi sequer tocado. Como resultado, Gu Hai não teve outra escolha a não ser jogar tudo fora e fazer algo fresco para o almoço. Depois disso, ele entrou no quarto querendo acordar Bai Luo Yin, mas ao vê-lo dormindo profundamente, em vez disso, ele deitou de bruços ao lado dele e pacificamente o observou dormindo por dez minutos inteiros. Durante todo esse tempo, Gu Hai não teve coragem de liberar qualquer som.
Sem outra alternativa, Gu Hai apenas deixou um bilhete para Bai Luo Yin antes de trancar a casa e voltar para o trabalho.
Coincidentemente, Gu Yang apareceu exatamente quando Gu Hai saiu. Seu voo de retorno à Hong Kong era naquela noite e ele queria visita-lo antes de partir. No fim, os dois acabaram se desencontrando por apenas uma fração de tempo. O que aconteceu foi que, quando Gu Hai estava em casa, Gu Yang tinha ido procurar por ele no trabalho. Então, quando Gu Yang chegou na casa de Gu Hai, ele já tinha saído.
Gu Yang não tinha intenção alguma de ligar para Gu Hai para inquerir sobre seu paradeiro. Em sua cabeça, ele pensava que se ele pudesse vê-lo, então ele o veria. Se ele não conseguisse vê-lo, tudo bem com isso também.
Ao ver que a porta da frente de Gu Hai estava trancada, Gu Yang não se moveu e ficou parado na frente da porta por um tempo, pensando se ainda havia ou não uma necessidade de entrar. Ele mesmo tinha as chaves da casa, já que Gu Hai as tinha lhe dado um longo tempo atrás. Porém, pelo que parecia, estava óbvio que não tinha ninguém em casa. Com isso em mente, Gu Yang não sabia o que poderia fazer mesmo que ele entrasse.
Exatamente quando ele estava prestes a se virar e ir embora, Gu Yang parou seus movimentos imediatamente.
Ele sentiu instintivamente que o apartamento não estava vazio. Um cheiro flutuava vindo do lado de dentro, indicando uma criatura viva.
Como resultado, Gu Yang abriu a porta e entrou.
A sala estava abarrotava com um aroma denso de comida deliciosa. Gu Yang pegou o bilhete sobre a mesinha de centro e leu o que estava escrito nele, ‘A comida está quente dentro do armário e pode ser comida assim que você retira-la. Eu virei direto para casa depois que terminar o trabalho, mas se você não puder esperar, você pode vir procurar por mim no trabalho’.
Com isso, qualquer idiota poderia dizer que tinha outra pessoa na casa.
Parecia que seu irmão mais novo tinha dado as boas-vindas a um segundo relacionamento na vida dele.
Notando que a porta do quarto estava bem fechada, Gu Yang girou a maçaneta suavemente e entrou lentamente. Havia uma pessoa dormindo na cama, e essa pessoa estava enrolada no lençol como um bicho-da-seda em seu casulo, revelando apenas metade de uma cabeça. Havia um cheiro almiscarado levemente suspenso pelo quarto. Só desse cheiro, qualquer homem saberia exatamente o que havia acontecido ali na noite passada. [Lena: Mas que abuso!!! Se sabe que tem alguém, cai fora! Seu intrometido! >_<]
Quando Gu Yang percebeu que a pessoa na cama era Bai Luo Yin, um sentimento desagradável e peculiar emergiu de repente dentro de seu coração.
Esse tipo de desagrado era distintamente diferente quando comparado a como ele se sentiu oito anos atrás quando viu eles dois juntos. Antes, ele os repeliu do fundo de seu coração, mas agora, era simplesmente estranho. No momento que Gu Yang ficou parado do lado de fora, ele previu que havia algo dentro do apartamento que ele não iria gostar de ver, mas ele simplesmente não pode controlar seu desejo de querer entrar.
Bai Luo Yin dormiu a um ponto onde estava completamente atordoado. Ele pensava que Gu Hai ainda não tinha saído; na verdade, ele estava bem consciente quando Gu Hai deitou ao seu lado e o observou. Era só que ele estava com tanto sono que nem se importou de abrir os olhos.
Gu Yang sentou na cama, suas costas voltadas para Bai Luo Yin. Calma e controladamente, ele acendeu um cigarro antes de tragar lentamente dele enquanto uma ansiedade e inquietação indescritíveis rastejavam em seu coração. [Lena: Quem disse que podia sentar?! Pode dar o fora daí, já. Ò_Ó]
Bai Luo Yin esticou um de seus pés para fora do lençol e o deixou deslizar para cima da mão de Gu Yang que estava sobre a cama. Aproveitando-se de Gu Yang enquanto ele ainda estava atordoado, Bai Luo Yin usou os dedos dos pés para beliscar o dorso da mão dele antes de torcer a pele e virá-la meio círculo. A boca de Gu Yang, na qual o cigarro estava pendurado folgadamente, se apertou com firmeza. Ele tentou apanhar o tornozelo de Bai Luo Yin, mas, inesperadamente, o pé dele recuou rapidamente para dentro do lençol.
O temperamento de Gu Yang geralmente era tal que ninguém se atreveria a montar um ataque furtivo para ele. Qualquer um que se atrevesse a tocar sua mão com o pé deveria esperar perder o dito pé. No entanto, a cena de hoje era sem precedente. Gu Yang não só não ficou com raiva, como até olhou para o hematoma no dorso da mão com os cantos de seus lábios voltados para cima em um sorriso. [Lena: Mau sinal... -_-“]
Aquele olhar intimidador de Bai Luo Yin quando pediu um isqueiro emprestado no avião naquele dia emergiu em sua mente.
Exatamente como Gu Yang havia previsto oito anos atrás, se essa pessoa não acabasse morta, ela definitivamente se elevaria para ser alguém radiante.
Gu Yang andou para a cozinha e, sem hesitação, comeu todo o almoço que Gu Hai havia preparado de todo o coração para seu baobei. Depois de limpar a boca, ele saiu da casa de Gu Hai como se nada tivesse acontecido.
Foi só quando Bai Luo Yin ouviu o som da porta fechado que ele abriu os olhos.
Ele saiu? Ele nem me disse ‘tchau’?
Ele se sentou e olhou para o relógio; já passavam das 14h, já era hora de levantar. Ele tinha que voltar para a base em dois dias, por isso ele precisava arrumar seus pertences e ir para casa para uma visita.
Tenho que passar mais tempo com o velho. Caso contrário, ele definitivamente vai me importunar da próxima vez que for em casa.
Depois que Bai Luo Yin se lavou, não sendo mais capaz de esperar, ele entrou na cozinha. Ele já tinha farejado a comida na hora que Gu Yang estava comento, mas ele havia pensado que era Gu Hai comendo sozinho. Para sua surpresa, depois de abrir o armário de comida, ele descobriu que este estava vazio. Até mesmo as duas tigelas que estavam sobre a mesa de jantar no lado da cozinha estavam vazias. Nem mesmo uma gota de sopa sobrou.
Bai Luo Yin não pode evitar de engolir em seco.
Gu Hai, você é cruel pra caralho! Eu não só belisquei o dorso da sua mão? Era necessário que você não deixasse nem um pouco de comida pra mim?!
No seu caminho para casa naquela tarde, Bai Luo Yin foi forçado a fazer um desvio, já que era hora de pico. Como resultado, ele acabou esbarrando em Yang Meng patrulhando em seu carro da polícia. Sem pensar muito, ele buzinou para ele. Ouvindo aquilo, Yang Meng estava prestes a mostrar sua autoridade, pensando para si mesmo, Que bastardo idiota se atreve a buzinar para meu carro de polícia?
Então ele viu o número na placa do carro, brilhando vivamente a palavra ‘Exército’, e imediatamente inspirou uma arfada de ar frio. Depois de dar outra olhada no rosto heroico da pessoa por detrás do para-brisas, os músculos faciais de Yang Meng relaxaram em meros segundos.
Bai Luo Yn saiu de seu carro, curvou-se e se apoiou na janela do carro de Yang Meng, “Você está de patrulha tão cedo assim?”
Yang Meng virou o rosto para olhar para Bai Luo Yin, “Estou procurando por um celular agora mesmo!”
“Você não é um policial bem competente, lidando até com celulares perdidos?” Bai Luo Yin riu enquanto falava.
“Como poderia ser?! É meu próprio celular que está perdido!!” Yang Meng disse com uma expressão amarga.
Bai Luo Yin limpou a garganta desajeitadamente, “Como você perdeu seu celular?”
Yang Meng descansou o tronco no volante e disse preguiçosamente, “Nem fale nisso. Eu estava em uma perseguição para pegar um ladrão de celular, mas no fim, eu caí numa armadilha. Eu não só não consegui pegar o ladrão como ainda perdi meu próprio celular no caminho. Agora, estou começando a suspeitar que o ladrão e a vítima estavam nisso juntos, é provável que meu celular perdido esteja agora convenientemente na mão da ‘vítima’.”
Bai Luo Yin, “......”
“É mesmo, o que você está fazendo aqui?” Perguntou Yang Meng.
“Ah, eu estava a caminho de casa, mas tem um engarrafamento pra lá, então eu fiz um desvio e dirigi para cá.”
Yang Meng bateu no volante de repente, como se tivesse percebido alguma coisa, “Eu tenho que sair rápido agora. Yin Zi, eu converso com você quando tiver tempo. Sabe, nem mesmo nós temos permissão para estacionar nossos carros aleatoriamente, já que também seremos multados se formos pegos. Eu tenho que ir até a interseção para dar uma olhada. Como lá está engarrafado, tem uma chance que a ‘vítima’ ainda possa estar presa lá!”
Bai Luo Yin sorriu, “Okay, se apresse e vá.”
“Procure por mim quando você estiver livre para sairmos juntos!”
Bai Luo Yin dirigiu direto para uma loja de celulares no shopping center da cidade, onde ele comprou um modelo novo de celular que tinha acabado de ser lançado, antes de leva-lo diretamente para a estação de Yang Meng. [Lena: Nyaaa~ Um amigo tão bom! #>w<#]
O céu já havia caído em escuridão pela hora que Bai Luo Yin tinha ido e voltado da sua própria casa para a de Gu Hai. Enquanto isso, Gu Hai tinha feito o jantar e o colocado dentro do armário antes de descer para esperar por Bai Luo Yin na frente da entrada do bloco residencial.
Depois de um curto tempo, Bai Luo Yin chegou, saiu do carro e perguntou desesperadamente para Gu Hai, “O jantar está pronto?”
“Estava pronto séculos atrás, está dentro do armário de comida!”
Bai Luo Yin bufou friamente, “Então agora você sabe como deixar um pouco de comida pra mim?”
“O que você quer dizer com ‘deixar comida pra você’? Eu também não comida ainda, estive esperando por você o tempo todo!”
Bai Luo Yin manteve uma expressão verdadeiramente suspeita. Que pena, Gu Hai não tinha ideia do que ele era suspeito.
Assim que Gu Hai colocou os pratos sobre a mesa, Bai Luo Yin imediatamente devorou a comida vorazmente, como um lobo faminto que não comia há dias. Originalmente, Tia Zhou queria que Bai Luo Yin ficasse para o jantar, mas ele disse propositalmente que tinha planos para o jantar. Na verdade, ele havia se tornado bem exigente com sua comida depois de ser alimentado com as refeições preparadas por Gu Hai. Portanto, independentemente de quem preparasse a comida, ela nunca satisfazia seu apetite exigente, muito menos hoje já que ele não tinha comido nada no almoço.
Pelo fato de ele ter reprimido sua raiva sobre isso o dia inteiro, quase ficando sufocado por isso, nesta noite, não tinha nada que ele quisesse fazer mais do que encher seu estômago a ponto de explodir.
Enquanto Gu Hai observava surpreso enquanto Bai Luo Yin demolia a comida, ele não pode evitar de perguntar, “O que você fez de tarde? Como você conseguiu digerir completamente toda a comida da hora do almoço?”
“O que eu deveria digerir? Eu não comi o dia todo!!”
Gu Hai zombou com um sorriso, “Então foi um cachorro que comeu toda a comida que eu deixei no armário?”
Ouvindo essas palavras, Bai Luo Yin irritou-se ainda mais, “Sim. Foi comida por um cachorro!”
Depois disso, os kuàizi nas mãos deles pararam seus movimentos uniformemente.
Bai Luo Yin percebeu uma coisa de repente; ele pegou a mão de Gu Hai e deu uma olhada no dorso dela. Não vendo nenhuma marca peculiar, ele pegou a outra mão dele, mas ele ainda não encontrou nenhuma marca.
Teoricamente, a força de seu pé definitivamente não foi fraca!
Gu Hai estava completamente intrigado com dúvidas enquanto olhava para Bai Luo Yin, “Você não viu o bilhete na mesinha de centro?”
Bai Luo Yin levantou e andou até a sala de estar, foi só então que ele notou o bilhete sobre a mesinha. A expressão dele mudou imediatamente depois de pegá-lo e ler o que tinha escrito.
A esse ponto. Gu Hai já tinha saído para a sacada e ligado para Gu Yang.
“Você veio aqui na hora do almoço?”
“Ah hã.” Gu Yang respondeu com indiferença, “Eu comi a comida que você deixou no armário.”
Gu Hai respondeu com um rosto sombrio, “Então, você entrou no quarto?”
“Eu tenho que embarcar no avião, tchau!” [Lena: Safado, projeto de fura-olho... ¬¬]
Gu Hai apertou o telefone ferozmente e voltou para dentro da sala.
Cinco minutos depois, a verdade foi revelada. Em meros segundos, a pequena sala de jantar, que apenas um momento atrás estava cheia de calor, foi envolta por uma camada de nuvens escuras.
“Me diz, quantas vezes você já confundiu nós dois?” Gu Hai repreendeu irritado com um rosto escuro, “Estaria tudo bem se nós fôssemos gêmeos, mas não temos nem a mesma mãe. Em seu coração, a sua habilidade de nos distinguir e reconhecer é tão ruim assim?” [Lena: Eu também tinha uma prima que era minha gêmea. Já somos diferentes agora. hehehe XD]
Bai Luo Yin continuou comendo a comida em sua tigela, calmo e imperturbado, e respondeu friamente, “Quando eu estava dormindo, eu estava em estado de estupor. Como eu deveria saber que mais alguém apareceria na casa? Além disso, ele não fez nenhum som, ele meramente sentou na beira da cama. E como aconteceu de você ter acabado de sair da cama, o tempo inteiro eu não me importei de abrir os olhos para ver quem era.”
“Como isso pode ser uma razão boa o suficiente? Mesmo que você se vestisse de garota e se misturasse a uma multidão, eu ainda seria capaz de reconhece-lo com apenas um olhar!”
Bai Luo Yin engasgou de repente com a comida em sua boca. Ele encarou Gu Hai com firmeza por dois segundos antes de ferozmente jogar os kuàizi.
“Esse é o único lugar onde eu posso dormir em paz, mas você quer que eu fique alerta!” [Lena: E pq diabos GH deu uma chave pro GY, heim? -_-]
Bai Luo Yin levantou para sair, mas Gu Hai o arrastou de volta e o puxou para sentar-se ao lado dele.
“Você pode ir depois que terminar de comer!”
Bai Luo Yin retorquiu teimosamente, “Eu não preciso que você me alimente!”
Gu Hai pegou um pãozinho e enfiou na boca de Bai Luo Yin.
No começo, Bai Luo Yin queria cuspi-lo, mas o pãozinho estava delicioso demais, ele não conseguiu parar de comer uma vez que deu uma mordida nele. Depois que ele tinha acabado de comer o primeiro, ele queria continuar com um segundo. Portanto, ele estendeu a mão como um perdedor e pegou outro pãozinho, sem esquecer de mencionar, “Deixe-me lhe dizer, eu não desconto na comida, eu só desconto na pessoa.” [Lena: kkkkkkk Tá certo!]
Gu Hai limpou com firmeza o molho que permaneceu no canto da boca de Bai Luo Yin antes de falar com um tom muito mais gentil, “Eu não pensei nada daquilo. Eu não só estou com medo que ele pudesse machucar você?”
“Então por que você deu a ele as chaves da casa?”
Encarando sem emoção por um momento, Gu Hai apenas disse, “Eu não sei, eu nem mesmo dei as chaves para o meu pai, mas eu as dei para ele.”
A expressão de Bai Luo Yin mudou ligeiramente antes dele soltar um muito fraco “oh”.
*****

20 Comentários

  1. lena maravilhosa Obrigado ja tava ansiosa. mas será possível que esse primo de Gohan vai começar tudo de novo aí quando é que nosso bebê vai ter um pouquinho de paz
    Lena obrigado beijos

    ResponderExcluir
  2. Lena muito obrigado por traduzir para nós é cara eu estava morrendo de saudades dos meus bebês kkkk eles são lindos . Lena quando sairá o próximo capítulo ?? A ansiedade vai me matar qualquer dia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei quando sai o próximo. XD Como já alcancei a Sae, tenho que esperar ela atualizar. hahaha

      Excluir
  3. Querida muito obrigado mesmo eu estava pensando que vc não ia mais postar valeu a pena esperar beijos.

    ResponderExcluir
  4. Quando eu vejo a Lena comentando na novela no Wattpad meu coração grita e eu monto barraca aqui hahahahahahahaha <3 estou tendo o melhor início de uma madrugada bem droga. "larga essa medicina e vem me medicar, só que com doses bem pequenas pra eu não surta" te amo Lena!!!

    ResponderExcluir
  5. Ler esse capítulo só me deixou com mais saudade dos meus baobei. O coração até dói de felicidade.

    ResponderExcluir
  6. lena, eu te amo KKKKLLL seriao. tuas reações e respostas são as melhores saca. obrigada por traduzir mais um capítulo. fighting!!

    ResponderExcluir
  7. Lena, meu comentário hoje vai ser para dizer que te amo, sou sua fã mesmo, que todos nós já temos um elo que nos une através das histórias de amor que você nos presenteia com suas excelentes traduções e que este amor reberverá-se em mais amor, Por isso, tudo fica fácil de ser resolvido, entendido e esquecido. Simples assim!

    Para dizer que odeio o mal amado, sem vergonha, vil e abjeto do GY.

    E que adoro como GH cuida de Yin Zi, deixando-o dormir sem atrapalhar seu soninho por nada, cozinhando apenas o que ele gosta, alimentando-o, limpando a boquinha dele, lavando seu rosto, suas roupas e suas cuecas à mão, secando seu cabelo, higienizando o quarto que seu baobei dorme no quartel... a lista é longa, ou seja, estragando cada vez mais seu bebezinho mimado e birrento como ele já fazia há mais de 8 anos, desde a época em que em ele carregava YZ no bagageiro daquela bicicleta velhinha. OMG! Eu os amo tanto!
    Obrigada sempre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A maior satisfação do GH é mimar o Yin Zi dele, né? Até estraga o menino. huahuahauhau

      Ahh~ Até deu saudade daquela época da bicicleta. Era tudo tão fofo! ;-; (não que não seja mais. hehe)

      Excluir
  8. Sabe aqueles desenhos aminados que aparece um anjinho de um lado e do outro o capeta incentivando a pessoa, só lembrei disso agora, o demônio das águas (Gu Yang) querendo ir embora incentivado pelo anjinho, mas quem ganhou foi o capeta que o fez entrar na casa do Gu Hai... Falando sério, quando eu leu o nome GU YANG já fico nervosa pq não tem como vir coisa boa dessa criatura que parece mais a versão masculina daquelas meninas de dramas asiáticos que atrapalha o OTP até o último capitulo. Eu já tentei entende-lo, não sei se ele gosta do GH ou do BLY, se ele "gostar" mesmo do BLY,eu não sinto que isso seja verdadeiro, pq ninguém em sua sã consciência tenta matar a pessoa que supostamente se tem alguma admiração. vamos ver o desenrolar da estória pra vê de quem esse demônio das águas gosta.

    Mais pq o GH deu a chave para esse demônio em Lena????? hehehe..."Projeto de fura olho" rir que chorei...pq sou lerda!

    Lena, vc sabe como me fazer feliz!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh Concordo com você! A tensão bate na hora que o nome dele aparece. ;-;

      Ainda quero entender ele... porque ele virou essa peste? Fico me perguntando, será que o pai/mãe dele poderia ser pior que o Gu Wei Ting pra ter feito um menino assim? Aish.

      Sim! Por que ele deu a chave pro GY? Ahhh GH, você também pisa na bola confiando naquela peste mesmo depois do que ele fez!

      Excluir
  9. Nossa que saudades euzinha estava desses dois 😍😍😍😍😍😍obrigada lena❣️❣️❣️❣️❣️❣️Já ansiosa pro próximo capítulo desse amor mas lindo do mundo 😊😊😊😊😊😊😊😊😊😊😊😊

    ResponderExcluir
  10. Esse capitulo foi tão leve e gostoso! Estava com saudade deles❤ muito obrigada pela dedicação Lena :))) e toda a equipe!

    ResponderExcluir
  11. capitulo maravilhoso obrigado Lena!

    ResponderExcluir
  12. Gu Yang. Ao ler esse nome meu kokoro disparou. E então eu pensei: 'volta, Gu hai, pelo amor de Deus'.'

    ResponderExcluir
  13. Já tem dois dias que comecei a novel do zero. Muito boa, já ri, chorei e fiquei puta.Obrigada pela tradução!!

    ResponderExcluir
  14. Toda vez que eu leio addicted eu sinto uma raiva um ódio do Gu yang é pior ele não teve o castigo que merecia isso me deixa mais puto ainda que ódio.

    ResponderExcluir