Oi minha gente!!! ^^/

Mais um capítulo de AD, que é só o que tô traduzindo no tempinho livre que tenho (porque eu traduzo AD mais rápido). kkkkk (eu não deveria estar rindo, né? XD -_-')

Sem mais enrolação. Vamos ler!!! \o/


Beijos~         
Lena.
_______________________________________________________




[Vol. 2] Cap. 13: A batalha se intensifica!




Exatamente quando Gu Hai saía do prédio do escritório e se dirigia para o estacionamento, ele de repente teve um vislumbre do carro de Bai Luo Yin.
Como esperado, ele foi incapaz de permanecer calmo......
Apesar de crescer um toque de autossatisfação no coração de Gu Hai, a expressão no rosto dele não revelou nada enquanto ele mantinha uma fachada arredia de um Presidente e caminhava inexpressivamente na direção de Bai Luo Yin.
Como resultado, a próxima cena fez o rosto dele ficar completamente paralisado.
Isso estava acontecendo bem na frente de sua empresa e sob um sistema tão rigoroso e estrito de regras e regulamentos; sua própria funcionária não estava tentando, nem um pouco, evitar o surgimento de suspeitas enquanto flertava abertamente com um homem. Mas este não era nem o ponto principal. O ponto principal era que esse homem era Bai Luo Yin, e essa funcionária era a pessoa que estavam falando estar namorando alguns dias atrás. [Lena: O pronto principal é que o homem é SEU Baobei, né? ヾ(〃^^)ノ]
Passo a passo, Gu Hai fez seu caminho na direção deles, o que fez acabar a conversa entre os dois.
Quando Di Shuang se virou para olhar para Gu Hai, ela não apenas não ficou em pânico como ainda se voltou para ele animadamente e disse, “Gu Zong, esse é meu namorado, Bai Luo Yin. Não há necessidade de que eu o apresente, certo? Ele é a pessoa encarregada do projeto com o qual nossa empresa está colaborando atualmente. Isso não deve ser considerado quebra de protocolo se eu namorar com ele, certo?”
O tempo inteiro, o olhar de Gu Hai estava colado em Bai Luo Yin e a energia escondida debaixo deste olhar perfurante era mais que suficiente para nivelar o prédio inteiro ao chão.
“O que ela disse é verdade?”
“O que você acha?” Os olhos sombrios de Bai Luo Yin dispararam de volta em Gu Hai, “Eu, Bai Luo Yin, alguma vez já disse alguma coisa irresponsável?”
Num piscar de olhos, Gu Hai deu um passo à frente e colocou seu corpo inteiro a apenas centímetros de distância de Bai Luo Yin. Aquele olhar implacável era como uma lâmina afiada no rosto de Bai Luo Yin antes de Gu Hai expulsar rigidamente três palavras pelos espaços apertados entre seus dentes.
“Você - Está - Morto!” [Lena: Ohoho Adoro! o(≧∇≦o)]
Imperturbado, as duas mãos de Bai Luo Yin levantaram rapidamente e pressionaram com força os ombros de Gu Hai, controlando a distância entre eles antes de revelar um sorriso malicioso.
“Eu não estou apenas sendo atencioso pelo seu bem? Como meu irmão mais novo, estou lhe poupando do trabalho de se preocupar comigo o dia inteiro. Está tudo bem agora. Não sou mais um solteirão, então você não precisa se preocupar em me ajudar a aprender sobre sua empresa. Eu descobri que sua empresa é um local realmente rico e cheio de recursos. Com exceção do Presidente e Vice-Presidente, o resto do pessoal são todas bem adequadas para mim.” [Lena: Ayaa, senti na minha testa, Da Hai. Tá vendo só o que dá ficar falando besteira? -_-“  Esse final doeu, Yin Zi. T.T]
Isso sendo dito, ele puxou a mão de Di Shuang e arrastou ela na frente de Gu Hai.
“De agora em diante, ela é sua cunhada. Estarei dependendo de você para cuidar dela no trabalho.”
Com um leve rubor encantando as bochechas dela, Di Shuang olhou para Gu Hai, “Gu Zong, estou um pouco envergonhada.”
Gu Hai insistentemente separou à força as mãos entrelaçadas deles. Mas para ser mais preciso, ele severamente as arrancou com tanta força que isso fez Di Shuang fazer uma careta de dor e provocou a expressão de Bai Luo Yin a mudar imediatamente.
“Gu Hai, você precisa assumir responsabilidade por suas palavras e ações!”
Com o rosto escurecido, Gu Hai falou com uma pausa entre cada palavra, “Eu não sei o que significa responsabilidade, eu só sei o que significa deslealdade [1]!”
[N/T1: 負心 (fù xīn) – Significa falhar em ser leal ao amor de alguém, mas como não tem uma palavra que signifique isso em inglês/português as meninas traduziram como “heartless” ( “sem coração” ou “cruel”), mas achei que deslealdade combinava mais, tanto por ter mais a ver com o significado da palavra em chinês quanto pelo jogo de palavras que Gu Hai quis fazer quis fazer com 負責 (fùzé) – responsabilidade/ser responsável. Sim, foi só por causa do primeiro ideograma. XD]
Bai Luo Yin sorriu amargamente, “Desleal? Pelo menos é apropriado usar esta palavra entre nós dois? Gu Zong, você vagou de volta ao passado? Vire-se e dê uma boa olhada em onde você está de pé quando diz essas palavras. Você já é uma pessoa de status, em breve será marido de alguém e pai de alguma criança. Você perdeu o direito de dizer essas palavras para mim um longo tempo atrás!!”
Cheio de uma raiva furiosa e ressentimento, Gu Hai repentinamente pressionou a cabeça de Bai Luo Yin no teto do carro.
“Bai Luo Yin, você é um bastardo filho da puta, um bastardo cruel e sem consideração!!”
De repente, Bai Luo Yin exerceu sua força e empurrou Gu Hai contra a lataria do carro, “Eu sou um bastardo! Você já vem me chamando de bastardo pelos últimos oito anos, então eu não dou a mínima se você me chamar disso por mais alguns anos!!”
O resultado foi como esperado.
Os dois começaram a travar uma batalha na frente da entrada principal da empresa. O único problema era que, dessa vez, havia uma mulher participando. De um lado estava o namorado dela e do outro lado estava o chefe por quem ela foi uma vez secretamente apaixonada. Sem nenhuma hesitação, Di Shuang escolheu o primeiro, mas o problema era que a força dela era fraca demais. Tão logo ela se aproximou, sem ter se firmado bem o suficiente, ela foi jogada a três metros de distância. [Lena: Kkkkkkkkkkkkkk Em briga de marido e... marido, não se mete a colher. (*≧艸≦)]
Assim que ouviu o som do lamento de Di Shuang, Bai Luo Yin primeiro cessou fogo e foi até lá para ajudar Di Shuang a entrar no carro. Então, sob o olhar vigilante de Gu Hai, ele imediatamente acelerou para longe.
Mágoa e tristeza seguiram atrás do carro e se enrolaram abatidamente nas rodas enquanto ele era arrastado à força ao longo da avenida.
___
No dia seguinte, assim que Di Shuang chegou na empresa, ela fez uma linha reta em direção ao escritório de Gu Hai enquanto todas as mulheres esperavam para vê-la em humilhação. [Lena: Credo, que horror! kkkkkk -(。ノ<)]
“Gu Zong.”
Gu Hai levantou a cabeça e lançou um olhar para Di Shuang. Surpreendentemente, este olhar não era diferente de nenhum outro dia.
“O que é?”
Com lágrimas se formando nos cantos dos olhos, Di Shuang entregou uma carta de demissão para Gu Hai, “Eu já sei que não há mais necessidade para eu ficar. Em vez de esperar que você me demita, é melhor que eu saia primeiro. Gu Zong, obrigada por seu generoso apoio durante os últimos dois anos. Eu aprendi muito nesta empresa. Entretanto, eu sinto muito, mas não posso desistir do meu relacionamento pela empresa. Eu realmente espero que você possa entender.”
“Quem disse que eu demitiria você?” disse Gu Hai enquanto levantava os olhos.
Ouvindo aquilo, Di Shuang ficou aturdida imediatamente, “..... o que aconteceu ontem foi uma completa bagunça. Não me diga que você ainda me permitiria ficar?”
“Você é minha cunhada. Mesmo que eu não permita mais ninguém ficar, eu definitivamente permitirei que você fique!” [Lena: Mana... corra para as montanhas enquanto há tempo. O.O|||||]
Gu Hai estava agindo completamente fora do normal quando falou com um tom excepcionalmente claro e calmo.
“Esses são dois assuntos separados, então não vamos misturar sentimentos com trabalho. Eu dei uma olhada em seu desempenho durante os dois anos que você esteve aqui e ele é muito bom. Aconteceu algo com a família de nossa Vice-Presidente, então ela não voltará por um tempo. Você pode assumir o trabalho dela por enquanto.”
Di Shuang estava completamente surpresa com as maneiras e palavras sinceras de Gu Hai. Ele era verdadeiramente um homem divino e justo, digno de ter sido seu amor secreto! [Lena: Palavras sinceras? Hah. Sabe de nada, Jon Snow. XD]
“Okay. Você pode ir organizar suas coisas e se mudar para cá.”
Di Shuang olhou para Gu Hai sentindo-se confusa e extremamente lisonjeada por este favorecimento inesperado, “Mudar...... mudar para onde?”
“Na verdade, não se mude para o escritório da Vice-Presidente. No caso de ela voltar mais cedo, você terá que mudar de novo. Você pode muito bem se mudar para cá em vez disso, já que meu escritório é grande o suficiente. Eu vou chamar alguém para pedir uma mesa para você. Avançando, você pode se sentar e trabalhar diretamente à minha frente.” [Lena: huehuehue]
Di Shuang abriu a boca em espanto, “Não pode ser..... então, eu não seria—......”
Eu não me tornaria o inimigo público número um nesta empresa?
“Qual o problema? Não está satisfeita?” Gu Hai zombou friamente, “Se não está satisfeita, eu posso esvaziar o quarto do outro lado e dar-lhe metade dele.”
“Não, não, não.... Eu já estou muito satisfeita.”
Di Shuang saiu do escritório de Gu Hai sentindo como se estivesse no paraíso e dançando graciosamente nas nuvens. Será que a boa fortuna veio rápido demais? Primeiro ela pegou um oficial bonito e invencível sem nenhum problema e agora, por alguma estranha combinação de circunstâncias, ela foi promovida. Agora, até ela estava um pouco invejosa de si mesma.
Essa notícia se espalhou pela empresa inteiro muito rapidamente e a pessoa que teve a maior reação foi – é claro – Xiao Tao.
Apenas um dia antes, ela tinha rido secretamente embaixo do lençol.
Você foi rebaixada, não foi? Espera só até você ser demitida!
No dia seguinte, na frente dos olhos esperançosos de Xiao Tai, Di Shuang entrou desanimada no escritório de Gu Hai, porém, quando ela saiu, ela estava radiando de felicidade. Ela não só teve sua antecipação de que Di Shuang seria demitida totalmente destruída, como suas chances de se mudar para o escritório de Gu Hai para desfrutar de um tratamento sem precedentes, assim como toda a atenção que ela havia recebido antes, foram completamente roubadas.
Pelos últimos dias, Gu Hai tinha dado uma quantidade considerável de honra à Di Shuang.
Primeiro, ele fez arranjos para ela trabalhar no escritório dele, o que era equivalente a estar no mesmo nível que a gerência mais elevada. Depois, sempre que ele se dirigia para um encontro, ela a levava com ele, como se ela fosse sua secretária pessoal. Finalmente, ele sempre estava junto com ela para jantar e em qualquer tempo livre que ela tivesse. Os dois vinham juntos para o trabalho e terminavam o trabalho juntos. E o motorista de Gu Hai estava responsável por busca-la e deixa-la no trabalho. [Lena: Heh. Claro que ele faria isso. Ele está protegendo o que é dele. kkkkkk]
“Ei, ei..... vocês podem me dizer o que tem de tão bom na Di Shuang? Como foi que ela sequer foi selecionada?”
“Como vou saber? Eu realmente pensei que ela tinha se apaixonado por outra pessoa, então eu acabei perguntando a ela sobre isso no outro dia. Ela disse que ainda está namorando aquele Major.”
“Mentira?” disse a mulher aturdida, “Ela tem as mãos em dois homens?”
“Eu odeio mulheres assim, tão vadia.”
“Shhhhhh..........”
Sob incontáveis olhares invejosos e cheio de ódio, Di Shuang simplesmente entrou no escritório.
Quase duas semanas haviam passado e nos últimos dois dias o egoísmo de Di Shuang tinha sido completamente satisfeito. Depois disso, tudo se transformou em um processo muito longo e torturante. A pressão que resultou nas opiniões de suas colegas, e assim por diante, era assunto trivial, mas a pressão mais insuportável vinha do excesso de carga de trabalho e de um estilo de vida que estava constantemente sob vigilância.
Como lhe foi dada uma posição tão importante por Gu Hai, ela nunca se atrevia a relaxar, nem mesmo um pouco. Todos os dias, na presença de Gu Hai, ela executava suas tarefas com o máximo de esforço e nunca tirava vantagem das horas de trabalho para entrar em contato com Bai Luo Yin. [Lena: Objetivo alcançado. kkkk]
Portanto, no despertar de excesso de trabalho e responsabilidades, o tempo livre dela tinha reduzido significativamente para quase nenhum. No tempo que ela voltava para casa todas as noites, ela estava completamente esgotada. Até mesmo o pensamento de querer entrar em contato com Bai Luo Yin apenas por um tempo estava fora de questão, já que ela sempre caía no sono assim que sua cabeça tocava o travesseiro.
Como resultado, um dia, quando ela não conseguia mais suportar o pesado fardo, Di Shuang finalmente quebrou e mandou uma mensagem para Bai Luo Yin durante uma ida ao banheiro, chorando por ajuda.
Na mesma tarde, Gu Hai recebeu uma ligação.
“Dê um dia de folga pra sua cunhada!” Bai Luo Yin disse com um tom bem exigente.
Gu Hai respondeu com indiferença, “É porque ela é minha cunhada que eu não posso favorece-la. O que você disse aquele dia me tocou profundamente. Eu não posso deixar minhas emoções levarem o melhor de mim e agir impulsivamente. Eu tenho que ser justo e tratar os assuntos separadamente e com justiça para que você não me menospreze!” [Lena: Hehe Da Hai, você é tão transparente! XD]
Depois de jogar o telefone, Bai Luo Yin mordeu o lábio com tanta força que quase sangrou.
Gu Hai, por outro lado, foi alegremente ao banheiro para um bom banho frio. [Lena: Bwahahahaha Todo satisfeito com seu plano infalível! -(。ノ<)]
Na manhã seguinte, Di Shuang foi trabalhar com um charme refrescante e glamoroso ao invés de sua usual aparência modesta e impecuniosa. Ela entrou no escritório radiando de orelha a orelha, como se a felicidade estivesse escrita por todo o seu rosto.
No momento que Gu Hai levantou a cabeça, ele viu um colar deslumbrante pendurado no pescoço de Di Shuang.
Com apenas uma olhada no estilo e design, Gu Hai soube imediatamente por quem ele foi dado.
Depois de tantos anos, o gosto de Bai Luo Yin não mudou.
Quando Di Shuang viu Gu Hai encarando seu colar, um leve rubor subiu graciosamente em suas bochechas antes dela falar em uma voz suave.
“Isso é do seu irmão.”
Gu Hai zombou com uma risada, “Quando você viu ele?”
“Eu não o vi. Ele ouviu que eu não estava de bom humor ontem, então naquela noite ele enviou alguém para entregar o colar deixando-o na caixa de correio no andar de baixo. Eu fiquei chocada quando o abri mais cedo essa manhã. Quem iria saber que um soldado sabe como ser romântico......” Di Shuang corou de novo enquanto falava, incapaz de impedir que a felicidade que se mostrava no rosto dela fluísse para suas palavras.....
Como uma flecha afiada, o olhar sombrio de Gu Hai foi mirado no rosto de Di Shuang, “O fim do ano está se aproximando e tem tido muito trabalho nos últimos dias. Eu já passei a noite no escritório por dois dias seguidos e, sinceramente, isso tem sido um pouco insuportável. Que tal isso, de hoje em diante, você também pode ficar no escritório para ajudar tirando algumas responsabilidades dos meus ombros, o que você acha?”
A cor no rosto de Di Shuang mudou instantaneamente enquanto ela olhava nervosamente para Gu Hai. Havia algumas palavras que ela vinha segurando há um longo tempo já, e ela sentiu que finalmente era hora de deixa-las saírem.
“Gu Zong, eu admito, eu tinha sentimentos por você antes, mas isso foi no passado. Agora, eu amo meu namorado com todo meu coração. Não existe um ditado que diz assim? Você não deve cobiçar a mulher de seu irmão. Gu Zong, eu posso ver que você é bom para mim. Entretanto, eu sinto muito mesmo, mas eu já tenho alguém em meu coração. Você deveria parar antes que leve isso longe demais......”
Gu Hai, “......”
*****
Lena: BWAHAHAHAHAHA  Da Hai até ficou sem palavras! Ai ai Ela não faz ideia.... hueheuheu

22 Comentários

  1. Essa nessa imagina no que o Gu Hai está pensando 😂😂

    ResponderExcluir
  2. Kkkkkkkkkkkkk omg isso vai dar merdaaaaaaa

    ResponderExcluir
  3. Ansioso pra ler mas tô no trabalho. Chegar em casa leio. Obgd lena

    ResponderExcluir
  4. Kkkkkkkkkkk GU HAi o melhor na arte de manipular eu amo esse menino parabêns lena seus comentários são maravilhosos lena ti venero minha diva bjs

    ResponderExcluir
  5. Meu Deus, eles envelheceram oito anos, mas em questão de amadurecimento, esses dois heim... Sei não kkk estão piores que quando tinham 17 anos kkk
    Te adoro Lena, obrigada por mais um capítulo maravilhoso pra alegrar a noite de todo mundo 😘😘😘😘😘

    ResponderExcluir
  6. Lena obrigado por mais um capítulo muito divertido Imagina a cena Gu hai pensando e manipulando yin zi de tudo que é jeito 8 anos se passaram mas a mentalidade deles dois ainda continua de adolescente as emoções à Flor da Pele kkkkkkk ansiosa pelo próximo capítulo adoro ler seus comentários essa de mandar ela correr para montanha foi muito bom

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Gu Hai se ferrou kkkkk amore co trola esse seu ciúme escancarado kkkk vc quem começou 1 nem devia ter mentindo agora aguenta coitada da guria não sabe aonde esta se metendo.kkkkkkkk
    LENA te amoooooooooo

    ResponderExcluir
  9. Numa escala de 0 a 10, meu ódio e ciúmes dessa Di Shuang é 1000 e da outra nojenta é 1000 também!

    Lena, você é o máximo! Esses capítulos de brigas e ciúmes dos baobeis me deixam tão para baixo, não consigo levar numa boa, mas seus COMENTÁRIOS SÃO HILÁRIOS!
    Acredita eles me fizeram bolar de ri? Fizeram-me e muito. Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Lena, musa, diva das traduções bls, te adoooooro! Nunca mude, nunca pare de comentar.
    Obrigada por seu trabalho árduo e perfeito.

    ResponderExcluir
  10. Eu sempre penso de como teria sido bom(maravilhoso) se tivesse uma segunda/terceira... temporada de addicted, pq quando leio os capítulos eu fico imaginando com seria as expressões do Huang Jingyu (Gu Hai) e do Xu Weizhou (Bai Lou Yin) nessas cenas e tantas outras.
    Eu pensei que a Yan Ya Jing era inocente, mas essa Dun Shuang ela não é só inocente ela beira ridicularização, e num é nada convencida a bichinha...se achando o último pipoco do trovão, o último biscoito do pacote, último acaí com peixe frito do ver-o-peso...Eguaaaaa mana, vou só esperar o dia que GH vai ri de ti por ter levado um fora do YinZi...Aguardemos por esse dia!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Égua!!! Mais uma paraense!!! Aeeeew!!! \o/

      Excluir
    2. Isso mesmo Lena, Os PARAENSES estão dominando o mundo(SQN)mais quase....kkkkkk
      sou da cidade das mangueiras(Belém).

      Excluir
  11. Kkkkkkkkkkkk menina tola, ele não está de olho em vc e sim no baobei dele ;) kkkkkkk Na espera da reconciliação aaaaaaaaa quando será????

    ResponderExcluir
  12. Não dá para saber qual dos dois é mais ciumento e infantil, me divertindo muito com esta guerra entre eles, mas quando eles se reconciliarem a garota é que vai sofrer, caiu de para-quedas na relação deles e vai se ferrar.Tadinha da até um pouquinho de pena(só que não). Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O mais ciumento com certeza é o Gu Hai pq ele não consegue se controlar, claro que hje em dia ele tem se policiado um pouco mais. Agora em termos de infantilidade os dois estão no páreo( empatados), são farinha do mesmo saco.

      Excluir
  13. Eu gostei dela, tadinha, sobrecarregada de trabalho kkkkkkkk só que to c pena quando ela for descartada. Tudo culpa do Gu Hai que foi inventar história de que ta noivo,e ainda chamar o Yin Zi de solteirão -,- affs façam logo as pazes pq quero lemon (aquela carinha)

    ResponderExcluir
  14. Para de sofrer pelo baiacú, Gahaizito... venha ser feliz com a Xiao Bruna aqui... estou livre leve e solta doida pra beijar na boca, que dar bem na sua cara kkkkkkkkkkkkk 😝😝😝.. aliás.. pausa.. tenho namorado mas é nao é nada sério.. dou uma passagem pra ele viajar e nóis se ajeita, q tal??? 😚😚😚😚

    ResponderExcluir
  15. Rsrsrs... Oportuno ela dizer que já tem alguém no seu coração... pq é a MESMA PESSOA que está no coração do Gu Hai também! huahuahua!!! Viu como eles tem várias coisas em comum? huahuahua... Agora sério, tô com pena dessa menina... tadinha, só queria desencalhar e acabou no meio do fogo cruzado desses dois cabeças-duras e só se ferrou, trabalhando feito uma condenada e perdendo sua privacidade e vida pessoal... Não tenho raiva dela, ela sabe do relacionamento anterior deles, mas... sim, ela está sobrando aí... ;)
    Obrigada pela linda tradução, Lena! Você é demais!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oppps! Quis dizer que ela NÃO SABE do relacionamento anterior deles... faltou um "não" ali... heheheh

      Excluir
  16. Já tinha comentado, mas meu comentário não apareceu aqui (se vc o vê, foi mals e eu mudei umas coisas do comentário original)
    Tem uma coisa que me irrita nos BLs, tanto ocidentais quanto asiáticos, é que as mulheres são criadas como se fossem burras. Essa mina é uma mulher, que foi criada em um país em que o casamento é tudo o que importa, não é possível que ela não malícia (ou um gaydar). Tava lendo Call Me By Yor Name e fica parecendo que os homens são todos inteligentes e as mulheres, umas tolas, por isso eles se relacionam entre si e não pq gostam de pir0c@.
    CJD também solta umas frases bem machistas, às vezes, acho que ela é um homem por ficar repetindo o senso comum.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, na maioria das novels BLs, principalmente asiáticas, as mulheres são sempre tão bobas ou tão nojentas que a gente nem quer shippar ninguém com elas. XD

      A Chai Jidan é mulher mesmo. huahuahau Infelizmente, na China a sociedade ainda é machista demais, até as mulheres acabam sendo machistas. Isso explica porque as autoras gostam de se referir ao uke como "esposa", não é? Tipo, aquele no papel de passivo tem que ser comparado a uma mulher... ridículo isso, mas... Por sorte, essas coisas vão mudando aos poucos, mas cada país tem seu próprio ritmo.

      Excluir