Konnichiwa! ^^/

Antes de mais nada, quero me desculpar por Counterattack. Eu tinha preparado o capítulo 115 e já estava traduzindo o capítulo 116 para postar os dois juntos, mas fiz uma SHIT colossal e perdi justamente o capítulo 115!!! 。゚( ゚இ‸இ゚)゚。  Já procurei formas de tentar recuperar o arquivo, mas não deu jeito, vou ter que traduzir tudo de novo! E foi tão difícil! Waaaa~~~~ 。・゚゚・(>д<)・゚゚・。 (chorando um novo rio Amazonas aqui).

Bem, enquanto eu não re-traduzo, por favor, fiquem com esse capítulo que o Jhuny preparou pra gente. ^^  Eu falei com a Zöish e vamos tentar trazer AB pra vocês nesse fim de semana. Cruzem os dedos pra dar certo! >w<  Também já dei início ao próximo capítulo de AD. =D

Vamos lá! ^^/

Beijos~         
Lena.
ALERTA:
XD
_________________________________________________________





Capítulo IX

Tradução: Jhuny


Talvez por causa da ferida e da perda de sangue, o coração de Chin Ching começou a doer dois dias antes do Litung, então ele não teve outra escolha senão ficar na piscina. Sete dias depois, quando emergiu, ele estava um pouco mais magro do que antes. Quando ele vislumbrou o espelho, ele pensou que suas maçãs do rosto se destacavam ainda mais do que antes e seus olhos pareciam mais profundos, o que, surpreendentemente, o fez parecer um pouco mais bonito.
As montanhas ficavam caladas no inverno. Depois de alguns dias entediantes de recuperação, Chin Ching decidiu sair e tentar sua sorte na casa de jogo de uma cidade próxima. Depois, ele visitou uma loja de medicamentos com a qual ele tinha negócios e bebeu um pouco com o dono, informando-se sobre os assuntos. No momento em que ele voltou para sua cabana, meio bêbado, a Hora do Cão1 estava quase acabada. Ele abriu o portão para o quintal para encontrar luz de velas vindo de seu quarto. A cálida luz dourada atravessou o papel da janela, envolvendo seu coração suavemente em um casulo de calor. [N.T. 1 – Entre 19 e 21 horas]
Chin Ching pensou que era seu shifu em uma de suas visitas sazonais e ele seria repreendido se andasse bêbado por aí, então ele ficou no quintal para lavar a cabeça. Inesperadamente, a porta foi aberta e a pessoa que estava na luz acabou por ser Shen Liangsheng.
“O que você está fazendo aqui?!” Chin Ching exclamou admirado, fazendo pouco para esconder a surpresa em seu rosto. Ele pensou que a próxima vez que visse esse homem seria depois que descobrissem seu segredo e esse homem fosse levá-lo de volta à Seita Hsing para a sua execução. Ele não podia pensar em nenhum outro motivo para o homem vir até ele agora.
“Simplesmente passando.” A resposta de Shen Liangsheng foi suave, mas Chin Ching congelou – se ele tivesse que dizer, ele poderia pensar em um motivo. Por exemplo, que Shen Liangsheng voltou para revelar seus sentimentos naquela noite.
No entanto, o hufa falar de seus sentimentos parecia tão absurdo quanto um porco escalando uma árvore. Chin Ching piscou lentamente e disse: “Oh!” A dúvida ainda continuava em sua mente e ele pensou que talvez o álcool o fizesse ver coisas.
Ele continuou olhando, mas, tristemente, Shen Liangsheng não desapareceu no ar. O homem ainda estava parado no mesmo lugar. Ele estava vestido inteiramente de preto dessa vez, mas seu rosto ainda estava frio e cheio de malícia – o wuchang branco simplesmente foi substituído pelo wuchang preto. [N.T. Wuchang é a vestimenta do personagem]
“O que você está planejando fazer vestido assim? Cometer um roubo?” Se o homem disse que estava apenas passando, que assim seja. Chin Ching tinha a mente aberta e não pensou mais nada, apenas casualmente fez uma piada.
“Não, estou a te visitar depois do roubo”.
“Heh!” Chin Ching não conseguiu conter o riso. Ele balançou a cabeça, culpando-se por esquecer que o hufa também era muito bom com a língua. Depois de rir, ele pediu desculpas em um tom educado: “Então, eu sinto muito ter feito você esperar”.
Enquanto eles conversavam, ele entrou no quarto e fechou a porta. Uma vez que ele o fez, sentiu o cheiro oxidado de sangue e percebeu que Shen Liangsheng não estava brincando. O hufa realmente estivera envolvido em “negócios”.
E o “negócio” da seita Hsing nos dias de hoje não era mais do que encontrar as páginas perdidas. Chin Ching virou-se para estudar o homem e não encontrou nenhum sinal de lesão. Então, deve ter sido...
Na sala à luz de velas, Shen Liangsheng atuou não como convidado, mas sim como anfitrião, saboreando uma xícara meio cheia de chá. O sangue não era muito visível já que a cor da vestimenta era preta, mas o cheiro só fortaleceu no segundo seguinte. O olhar de Chin Ching percorreu o manto do homem e seus olhos endureceram.
... deve ter sido um massacre unilateral.
Depois de terminar o chá, Shen Liangsheng percebeu o olhar do médico sobre si mesmo e, mais importante, o desgosto dentro dele. Embora o homem tenha conseguido esconder a maior parte do tempo quando olhou para o copo, ele ainda o pegou.
Shen-hufa seguiu o olhar do homem até as bordas de suas roupas. A bainha de sua túnica estava alinhada com o topo de suas botas e estava bordada com padrões de nuvens [Jhuny: OMG! Shen Liangsheng é da Akatsuki], mas ele tinha tomado tantas vidas que o fio de prata tinha sido encharcado pelo sangue que vazou do monte de cadáveres. O liquido carmesim mais tarde se transformou em um marrom purpúreo e fez o manto parecer preto sólido ao primeiro olhar. [Lena: Huahuahuahuahua Tá explicado! Que páginas, que nada! Ainda estão atrás dos jinchurikis! XD]
“O que você está pensando, Chin-taifu?” Depois do longo silêncio, Shen Liangsheng moveu-se para perto de Chin Ching um passo de cada vez. Embora ele estivesse desarmado, sua presença ainda deu calafrios no outro homem.
“Querendo saber quantos você matou!” Chin Ching respondeu muito francamente.
“Eu tenho mais medo do que você pensa”. Shen Liangsheng colocou sua palma no pescoço do médico acariciando o pomo de Adão com a ponta dos dedos. A posição deu a impressão de que eles estavam sussurrando coisas doces um para o outro, sem discutir a morte de várias pessoas.
“Infelizmente, hoje eu não estou com humor para isso.” Chin Ching recuou para fugir da mão enquanto estava usando um sorriso educado. “É tarde demais para visitas, Shen-hufa. Por favor, siga o seu caminho.”
“Oh? E por que você não está com humor hoje?” Nada irritado, Shen Liangsheng estava de pé diante dele com as mãos atrás das costas, os olhos apontados um pouco para baixo.
“Porque eu perdi na casa de jogos. Na próxima vez, você deve escolher um dia quando eu ganhar para vir”. Mantendo a mesma expressão em seu rosto, Chin Ching deu outro passo para trás, mas a próxima coisa que ele percebeu foi que a sala estava girando. Ele não viu Shen Liangsheng fazer grandes movimentos, mas ele estava caindo na cama no momento seguinte. Embora a cama fosse macia, ele ainda se sentia extremamente desorientado.
“Você poderia me fazer um favor, Shen-hufa? Pelo menos tire primeiro essas roupas”. Chin Ching devia estar bêbado, pois, senão, ele não teria coragem de falar de tal maneira com o homem em cima dele. “Não gosto de vê-la”.
“Você sabe há muito tempo quem eu sou, Chin Ching”. A voz de Shen Liangsheng não carregava descontentamento, mas suas ações diziam o contrário. Liberando uma pequena explosão do seu chi, as seis camadas de vestuário de inverno no corpo do médico viraram fios esfarrapados em um instante. “Você não acha que é um pouco tarde demais para se arrepender agora?”
O neikung de Chin Ching estava tão abaixo do que poderia ser Shen Liangsheng, e seu chi tinha sido enfraquecido pelo recente sofrimento. Portanto, ele não conseguiu suportar nem a pequena quantidade de energia que o hufa havia desencadeado. Sentiu-se como se seu cérebro tivesse escurecido por um momento, mas veio de volta à vida pela dor que sentiu em seu traseiro. Shen Liangsheng abriu caminho sem lubrificação, abrindo passagem pelo buraco e deixando-o sangrando. As gotas vermelhas escorreram, tornando-se uma pequena mancha nos lençóis.
“Não é isso o que você deseja, Chin Ching?” Shen Liangsheng não se conteve dessa vez, liberando toda a sua masculinidade de suas calças. Ele conduziu seu comprimento grosso em direção ao médico e, propositalmente, deixou a cabeça inchada na abertura, mesmo quando ele puxou para fora.
Chin Ching estava com tanta dor que não conseguiu pegar nenhuma das palavras do homem. Assim como ele estava prestes a desmaiar do trauma, a dor da penetração o arrastava de volta à plena consciência repetidas vezes, submetendo-o a um ciclo interminável de tortura.
“Oh, como eu poderia ter esquecido? Isso não é o que você deseja. O que você deseja é um prazer extático.” As ações de Shen Liangsheng foram tão implacáveis quanto a sua voz era estável. “Então, que tal eu conceder isso.”
Aturdido, Chin Ching de alguma forma sentiu a dor cessar e lutou para abrir os olhos. Ele viu Shen Liangsheng sair da cama e procurar a estante de medicamentos. O homem escolheu alguns recipientes diferentes e cheirou cada um antes de voltar com uma garrafa de Celadon. Não era outro senão o medicamento tópico que ele usou no hufa há alguns meses.
Shen Liangsheng abriu a garrafa antes de levantar os quadris do médico com uma mão e derramando todo o recipiente de mistura cremosa. Depois de jogar fora o frasco vazio, ele espalhou o remédio que, um pouco depois, começou a fazer efeito e parou o sangramento. Ele então puxou as duas pernas para cima e para trás antes de se afundar novamente, desta vez se aproximando para que ele não abrisse as feridas.
Chin Ching gradualmente perdeu a sensação em seu traseiro até que apenas uma dor muda permaneceu. Ele só podia aplaudir com ironia a eficácia de sua mistura pessoal de cura, só agora parecia bastante irônico.
A dor havia diminuído e o hufa também se movia em um ritmo mais lento. Chin Ching sentiu a masculinidade dentro dele sondando cuidadosamente e tocando seu ponto sensível, e ele não pôde evitar a reação de seu próprio membro, endurecendo sob o olhar quase físico do homem.
Com uma mão, Shen Liangsheng começou a acariciar a ereção crescente com muito cuidado e, quando estava totalmente ereto, soltou a fita dos cabelos de Chin Ching. Ao balançar suavemente os quadris, ele amarrou o tecido longo abaixo do membro atento, firmemente ao redor de cada testículo e depois rodeou a outra extremidade em torno da base do pênis, várias vezes antes de amarrar um nó cego.
Chin Ching fez objeção e empurrou o homem, mas ele entendeu imediatamente que seria inútil. Portanto, ele não tentou lutar. Ele só podia suspirar interiormente e temer a longa noite à frente dele.
“Será que é bom ter o que desejava2, Chin Ching?” [N.T.2 - Shen Liangsheng cita “The Analects of Confucius”. Este provérbio significa que uma pessoa está satisfeita por ter cumprido seus sonhos ou ideais. Tradução completa encontrada aqui (7.15)].
Shen Liangsheng estava inclinado a atormentar o médico durante esta sessão de amor. Seu comprimento era um dragão que mergulhava no mar, girando e rolando sem cuidado, mexendo a água até as ondas rugirem e a areia que dormira no fundo do mar durante um milênio começasse a dançar sem descanso e flutuar ao longo das curvas subterrâneas sem rumo3. [N.T. 3 - Os dragões chineses são da água e aumentam a força total quando em contato com grandes corpos d’água. As lendas e as histórias folclóricas muitas vezes contam que os seres humanos resgatavam pequenas enguias ou cobras de poças d’água ou piscinas depois de uma tempestade, cuidando deles para recuperar à saúde, pois essas criaturas serpentinas seriam dragões que abençoavam os humanos que os resgatavam e amaldiçoavam os que não o faziam.]
Na noite de inverno gelada, Chin Ching sentiu como se ele se tornasse aquele mar que estava transbordando de luxuria turva. Sua mão esquerda pendia vagarosamente da borda da cama enquanto a direita se espalmava no abdômen. Através de sua própria carne e pele, ele podia sentir cada impulso do homem ameaçando irromper pelo seu abdômen a qualquer momento. [Jhuny: ‘eita misera’... Shen-hufa tem um monstro no meio das pernas. Deus me defenderay].
Enquanto isso, sua própria masculinidade estava dolorosamente dura, mas os nós apertados em torno de seu escroto e base tornaram impossível crescer ou obter total liberação. Todas as sensações eufóricas que ele tinha acumuladas em seu abdômen, fermentava e expandia constantemente, quase fazendo com que ele desejasse que o homem realmente perfurasse seu abdômen para que o prazer pudesse ser liberado.
“Shen-hufa... eu disse... você não pode dar... o que eu realmente desejo... aquele provérbio... foi usado falsamente...”
Chin Ching forçou essas palavras com o restante de suas forças antes de se contorcer impaciente na cama, permitindo que Shen Liangsheng continuasse seu trabalho. Ele não tinha nem a força para fechar os olhos. Ele olhou para o telhado da cama, os olhos vazios e sem foco, mas também cheios até a borda com desejo. Como se estivesse em seus olhos, o mundo inteiro se extinguia, mas também se tornava uma festa carnal. Humanos e humanos, animais e animais, humanos e animais; tudo o que restava eram corpos nus, ofegantes e fornicando dissolutos.
Inicialmente, Chin Ching não queria deixar sua voz livre, mas agora ele não conseguia fazer nenhum som, mesmo que o desejasse. A boca dele se abriu, e a saliva desceu por um canto de seus lábios até sua garganta, brilhando pecaminosamente sob a luz de velas cintilantes.
Ele não sabia quanto tempo a tortura durou antes que Shen Liangsheng finalmente arrancasse a fita do seu membro roxo. O escroto se contraiu violentamente e seu pênis se mexeu uma vez, aparentemente à beira da liberação.
No momento seguinte, Shen Liangsheng pressionou o polegar sobre o pequeno orifício na cabeça. Ele viu o homem embaixo dele se endurecer e soltar um gemido patético quando uma lágrima caiu de seus olhos.
Chin Ching não sabia que ele estava chorando. Ele nem sabia o que o homem tinha feito. Tudo o que ele sentia era a sensação escaldante em sua virilha quando o sêmen quente jorrou até a abertura apenas para ser bloqueado e desviado para a próxima onda de ejaculação. Seu membro estava prestes a explodir de dor. Não havia uma palavra neste mundo que pudesse se aproximar de descrever o quanto era doloroso.
Olhando friamente para o homem chorando, Shen Liangsheng continuou a pressionar o polegar sem removê-lo e observou o homem tremer involuntariamente. Seus cabelos estavam esparramados sobre a cama e o rosto não estava corado de um tom rosado como alguém que se entregava á luxuria, mas sim um branco bem pálido.
Shen Liangsheng fez uma pausa antes de finalmente libertar o homem. No mesmo instante, alguns jorros de esperma finalmente saíram do membro do médico.
Possivelmente devido à ereção prolongada, o membro não se amaciou após o clímax e ficou na mesma altura que antes. Shen Liangsheng continuou girando a um ritmo moderado e logo mais viu sementes leitosas saindo do buraco, não como ejaculação, parecia mais como as últimas gotas de urina, gotejando esporadicamente. Ele então olhou para o rosto do homem e viu uma cor voltar para ele, mas as lágrimas ainda estavam caindo silenciosamente.
Shen Liangsheng ergueu curiosamente uma sobrancelha, uma visão rara para o hufa. Ele esticou a mão sobre o peito do médico e começou a comprimir um mamilo com o próprio sêmen do homem como lubrificante. Ele se curvou e perguntou em sua orelha:
“O que você está pensando?”
“...”
“Você se sente bem?”
“...”
“Bom, não chore!”
“Huh?” Chin Ching falou como se ele estivesse voltando agora a si mesmo “Estou chorando?”
Shen Liangsheng respondeu apenas colocando os lábios em seus olhos, beijando as lágrimas antes de compartilhar um beijo superficial com o homem.
“... não é muito salgado”. Chin Ching explodiu com gargalhadas por algum motivo quando ele abraçou o pescoço de Shen Liangsheng e respirou perto de sua orelha: “Eu não choro tem muito tempo”.
Ainda ficando em silêncio, o hufa segurou o rosto do médico numa das mãos enquanto seus corpos ficavam grudados um com o outro. Ele segurou a masculinidade do homem gentilmente e acariciou enquanto retomava seu empurrão constante. Ocasionalmente, ele escovou a cabeça com os dedos limpando os fluidos que escorreram até que nada mais restasse. Ele perguntou com os lábios na orelha de Chin Ching: “Isso é o bastante?”
O médico deu um leve aceno de cabeça e sentiu o homem mergulhar profundamente nele antes de disparar sua carga, ignorando as coisas sobre preservar sua essência de yang para shuang-hsiu.
A vela na mesa chegou ao fim. A chama saltou no ar antes de morrer de repente.
Na escuridão, Chin Ching sentiu seu corpo ser erguido. Quem o torturou por tanto tempo o puxou e depois foi embora. Só então seu corpo relaxou e seus olhos se fecharam.
Ele não podia se preocupar com o fato de Shen Liangsheng estar saindo ou ficando durante a noite. Ele sentiu como se seu corpo tivesse sido atropelado por uma manada de cavalos e nenhum osso permaneceu inteiramente intacto.
No entanto, mesmo exausto, ele não podia adormecer. Tudo o que corria por sua cabeça era o fato de ele ter chorado. Seus lábios se abriram em uma risada seca e silenciosa.
O que ele estava pensando no momento? Chin Ching começou a refletir e descobriu que não era nada triste.
Não era nada além da luxúria do mundo mortal, mas metade dos pares de corpos fornicando antes que seus olhos ficassem aborrecidos.
No entanto, a outra metade não era Shen Liangsheng, mas sim pessoas sem rosto, sem identidade.
Ou talvez não fossem humanos, nem animais, nem seres vivos, nem coisas com estado ou forma – era uma fornicação com o destino, a copulação com a morte.
“Shen-hufa, oh Shen-hufa...” Chin Ching falou em silêncio. “...você sabe que toda vez que vejo você é como ver o fim da minha vida, mas eu não quero abrir mão exatamente por causa disso.”
Ah, o gosto de fazer amor com a morte e o destino...
O desejo é ilusão; se você não pode deixar isso, você deve sofrer.
Como é verdade.
Mas Shen Liangsheng, o que você acha que eu realmente desejo?
*****

Jhuny: Boa noite pessoal! Vocês devem ter percebido que os fansubs acabaram entrando em greve. Tudo isso devido à conduta de algumas pessoas que estavam compartilhando links sem autorização e sem dar os devidos créditos aos envolvidos nas traduções dos doramas. Apesar de estar triste, eu consigo compreender muito bem a situação deles, que não é algo que difere da nossa situação como tradutores amadores que fazem o que faz por carinho e amor, querendo trazer para vocês, fãs, aquilo que nos fazem bem. Caso vocês encontrem qualquer página de internet, blogs, grupos de facebook, whatsapp e outras redes sociais compartilhando links sem creditar os responsáveis pelo trabalho por trás do conteúdo, por favor, procurem entrar em contato com o fansub ou peçam para os responsáveis pelos meios divulgados que deem os devidos créditos para quem realmente se esforçou para trazer para todos nós, aquele trabalho pelo qual eles não recebem remuneração nenhuma. Os tradutores podem não ter direito nenhum sobre a história, personagens ou qualquer outra coisa relacionada à história, mas eles têm direito sobre a tradução feita em cima disso. Todo o empenho e dedicação que eles deram para traduzir aquele capítulo de uma hora da sua série favorita, ou aquelas duas horas do filme que você não se cansa de assistir, levou horas e mais horas para serem realizados. Fora toda a revisão, edição e depois todo aquele trabalho para disponibilizarem para vocês os capítulos como um arquivo upavel. Esse trabalho depende da união e força de vontade de todos nós. Vamos mostrar para todos os envolvidos nos projetos de traduções que somos verdadeiramente gratos pelas centenas de horas que eles gastam para traduzir aquela nossa série preferida de cada dia!!!

18 Comentários

  1. Aaah q triste, Lena. Mas entendemos.
    (EU TÔ BERRANDO COM ESSE "LEMON" jajajajajajajajajaja) Obrigada pelo capítulo, vocês dois S2

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando eu vi essa foto, eu berrei tbm kkkkkkkkkkk nós que agradecemos por ler ♡

      Excluir
  2. Oi queria saber se vai ser traduzido o novel "till death do us part" que pelo que eu vi é a sequencia deste? Obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim sim, pretendo traduzir assim que acabar Living to Suffer!

      Excluir
    2. Os meus planos são começar a tradução por agora e quando acabar LtS, já postar um super combo da sequência.

      Excluir
  3. Eu já tava pensando que o blog da Lena também estava nessa greve😭😭😭 Lena você estará sustentando minha dose de BLs enquanto eles não voltarem!!! Apesar de tudo, eu entendo e apoio essa greve!
    E sobre perder a tradução de AB... Lena, que azar, mas a gente espera hehe♡♡♡
    Obg pela tradução vocês dois♡♡

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se o blog da Lena entrar de greve, eu tenho um ataque e morro... Gxxod nos dibre kkkkkk
      Sobre a greve, vamos torcer para que eles voltem logo.

      Excluir
  4. Mas Gente KKKKKKKKKK Ri feito uma jumenta por causa desse Lemon kkkkkkkk Obrigada gente pelo cap 💙

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muahahahahah todos rimos!!! Nós que agradecemos ♡

      Excluir
  5. 🙈🙈🙈🙈 gosto deles 😂😂 acho eles engraçados.. obrigado :) infelizmente isso acontece muito os fansub estão certo em fazer essa greve e uma pena mas vida que segue

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahahahah um casal doido na verdade. Sobre os fansubs, eu também concordo com eles. Só espero que tudo se acerte logo.

      Excluir
  6. Nossa, eu comecei a ler essa novel hoje e já estou apaixonada *-* Parabéns pelo trabalho♡

    ResponderExcluir
  7. Gente eu não tava por dentro da greve, mas claramente apoio, eu entendo todo o trabalho de um trabalho como esse que eh feito com amor de fã Pará fã, espero que tudo se resolva. OBRIGADO PELO CAPÍTULO E PELO LEMON MORRI DE RIR E AMEI MUITO ENQUANTO LIA<3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que existem muitas pessoas qe entendem como esse trabalho é algo bem trabalhoso e que respeita o mesmo assim como você! Eu que agradeço por ler e realmente, Lena tem as melhores imagens para ilustrar algo sobre os capítulos...

      Excluir
  8. Olha quem faz esse tipo de coisas sao pessoas sem caracter mais continuem com as traduçoes pois sao o passa tempo de muitos desde de ja obrigado

    ResponderExcluir