Oi gente! ^^/

FINALMENTE!!!!!! ALELUIA!!! \o/ Ufa. Que parto foi esse, minha gente. Mais uma vez, peço desculpas pela imensa demora e deixo aqui esse capítulo maravilhoso!

Vão ler!

Beijos~         
Lena.
__________________________________________________







[Vol. 2] Capítulo 65 – O Bai Luo Yin Tirano
Tradução: Lena


Enquanto continuavam caindo, Bai Luo Yin amaldiçoava Gu Yang incessantemente. Não foi o suficiente tentar me bloquear, por que você rasgou minha calça? Até a minha bunda está ficando dormente por causa do vendo frio assobiante nas minhas calças!
O paraquedas abriu com sucesso e os dois pousaram juntos em uma pilha de mato.
O corpo de Gu Hai atingiu o chão primeiro quando ele agiu abnegadamente como amortecimento para Bai Luo Yin, permitindo que ele caísse diretamente em cima dele. Uma das mãos de Gu Hai tocou acidentalmente a bunda de Bai Luo Yin e a amarga frieza imediatamente provocou arrepios em sua espinha. Quando ele baixou os olhos para dar uma olhada, tinha um buraco surpreendentemente grande na calça de Bai Luo Yin e agora ele estava contando apenas com uma frágil roupa íntima para protege-lo do vento frio.
“Sua calça foi rasgada pelo vento?” Gu Hai perguntou com uma expressão aflita.
Bai Luo Yin queria xingar de raiva. Que tipo de vento demoníaco pode rasgar calças? Não foi tudo por culpa do seu irmão lunático puxando ela?!!
“Deixa eu ver o quão ruim está.”
Gu Hai tentou virá-lo para que ele deitasse em suas pernas, mas Bai Luo Yin o empurrou colericamente. Então ele encontrou um ponto mais longe de Gu Hai e se sentou enquanto seus olhos esquadrinhavam a área ao redor para deduzir a atual localização deles.
Não sendo alguém facilmente desencorajado, Gu Hai se aproximou, mas exatamente quando ele chegou na metade da distância, Bai Luo Yin usou um olhar assassino para alertá-lo.
“Fica longe de mim.”
“Você vai agir desse jeito?!!” Gu Hai retorquiu com um rosto escurecido. “Desde que nos encontramos, você está com essa cara, falando como se você tivesse engolido pólvora [1]. Por acaso, você está se coçando por um briga porque não nos víamos há mais de dez dias?”
[N/T1: 吃枪药 (chīqiāng yào), literalmente ‘engolido pólvora, significa ficar em chamas de tanta raiva.]
Bai Luo Yin rangeu os dentes e assentiu, “Sim, vou agir assim. Quem disse pra você insistir em pular comigo? Se você tivesse pulado com ele primeiro, você não teria que olhar pra mim agora, certo?”
“Bai Luo Yin, você está tentando me deixar com raiva de propósito? Porra! E pensar que eu senti sua falta todos aqueles dias!!”
“Quem te disse pra sentir minha falta?” Os olhos frios de Bai Luo Yin foram em direção a Gu Hai para dar uma olhada. “Além disso, não deu pra perceber que você tivesse sequer sentido minha falta. Olhe só esse seu rosto brilhoso, você deve ter vivido confortavelmente em Hong Kong, hein?”
Gu Hai estava furioso a ponto de isso parecer insuportável, “Ele não tá brilhando só porque eu vi você?”
Desviando o olhar, Bai Luo Yin fingiu não ter ouvido aquilo e, em vez disso, continuou com mais comentários sarcásticos. “Em vez de ficar sofrendo aqui comigo, por que você não vai procurar por aquele compatriota com quem você esteve enfrentando todas essas dificuldades? Se por acaso o paraquedas dele não tiver aberto, ele pode contar com você para encontrar o corpo dele!” [Lena: BLY sendo dramático. Hum-hum. XD]
Ouvindo essas palavras, Gu Hai realmente se levantou. Um lampejo de luz passou pelos olhos de Bai Luo Yin revelando um olhar sério, mas de repente o corpo de Gu Hai obstruiu a visão dele. Gu Hai colocou seus braços seguramente em volta dos ombros de Bai Luo Yin e o empurrou para o chão. Depois, ele levou a mão para a cintura de Bai Luo Yin – que não poupou esforços para impedi-lo enquanto chutava e se debatia.
“Oooowww!”
Um grito doloroso soou de repente, parando bruscamente os movimentos de Gu Hai.
Uma expressão agonizante tomou conta do rosto de Bai Luo Yin.
Gu Hai olhou para ele com um olhar desconfiado antes de cutucar a testa dele. “Estou te dizendo, nem pense em me chantagear! Eu definitivamente não usei muita força agora há pouco. Para quem você está fazendo esse drama todo?”
“Quem está fazendo drama, seu idiota?!”
Bai Luo Yin empurrou Gu Hai com ressentimento. Ele se virou só para ver que a cueca dele tinha sido perfurada por muitos espinhos quebrados.
Com um olhar, Gu Hai começou a rir na mesma hora. “Não fique com raiva de mim, mas eu vou dizer uma coisa. Já que você não foi obediente, isso deve ter sido castigo, hã?”
Ele disse essas palavras zombeteiras e levou a mão para tirar os espinhos para Bai Luo Yin.
No entanto, Bai Luo Yin o empurrou de novo antes que ele pudesse fazer isso. “Porra, passa pro lado. Não preciso de você.” [Lena: Te arreda daí. XD]
“Você não vai conseguir tirar todos eles.”
“Mesmo que eu não consiga tirar todos, eu ainda não preciso da sua ajuda.”
Gu Hai foi diretamente em frente e abraçou Bai Luo Yin e então, muito maldosamente, deu tapinhas na bunda dele, involuntariamente instigando Bai Luo Yin a arregalar os olhos enquanto o encarava. Gu Hai perguntou de novo, “Você ainda não precisa de mim?” [Lena: Estava escrito “involuntariamente”, mas acredito que foi bem intencional. ^^’]
A situação chegou a uma conclusão com Bai Luo Yin deitado sobre as pernas de Gu Hai – que tirava os pequenos espinhos que causavam dor a Bai Luo Yin com extrema paciência e cuidado. Enquanto os retirava, ele começou a conversar com Bai Luo Yin.
“O que exatamente eu fiz para te deixar com raiva?”
Metade do rosto de Bai Luo Yin estava coberto por palhas de trigo. “Não tem motivo.”
“Você está confuso?” Gu Hai perguntou.
Bai Luo Yin resfolegou friamente, “Isso é você. Eu não me atrevo a infringir isso.”
Gu Hai beliscou a cintura de Bai Luo Yin que, em retorno, aguentou a dor em vez de dizer qualquer coisa.
De segundos a minutos, o tempo passou lentamente. Bai Luo Yin eventualmente não pôde deixar de virar a cabeça para olhar para Gu Hai. Ele avistou os olhos gentis dele, movimentos pacientes e aparência forte que dizia aos outros silenciosamente que não se preocupassem com ele. Conforme a nebulosidade no coração de Bai Luo Yin se dissipou, ele começou a desprezar sua própria mesquinharia. Ele realmente não conseguia ver sentido no porque ele estava com raiva de Gu Hai por causa de uma pessoa que ele não conhecia.
“Você realmente não vai procurar por aquela pessoa, vai?” Bai Luo Yin perguntou.
Gu Hai respondeu distraidamente, “Que pessoa?”
“Aquela pessoa que você trouxe com você.”
Gu Hai pausou por um momento, “Ah, tudo bem. Ele parece resistente o suficiente pra mim, então nada vai acontecer com ele. Assim que nós voltarmos em segurança para Pequim, ainda não seria tarde demais para busca-lo.” [Lena: Jeez, coitado do Tong Zhe. hahaha]
Bai Luo Yin ficou silencioso por um tempo antes de perguntar de novo, “Quando eu disse pra você bagunçar as coisas em Hong Kong, o quanto ficou ruim?”
“É mais que o suficiente para mantê-lo ocupado por um longo tempo.”
Bai Luo Yin ficou tenso, “Por que você não bateu nele com uma vara até que ele morresse?”
“Que absurdo, aquele é meu irmão!”
Bai Luo Yin apertou os lábios, “Deixa eu te dizer, toda a merda que seu irmão fez para a sua empresa é mais cruel do que o que você fez. Se ele tiver os documentos confidenciais da sua empresa em mãos e usar isso para nos ameaçar, será uma perda enorme para nós.”
“Vai ficar tudo bem, eu ainda tenho um trunfo comigo!” Gu Hai disse confiantemente, “Ter Tong Zhe é o mesmo que ter todos os segredos da empresa dele. Se ele tiver a coragem de me ameaçar, eu posso ameaça-lo também. Além disso, aos olhos do meu irmão, Tong Zhe é mais valioso que qualquer coisa. A partida dele definitivamente vai destruí-lo completamente.”
“De acordo com o que você disse, faz mais sentido que a relação dele com o seu irmão seja inabalável. Como você conseguiu fazê-lo mudar de lado?” Bai Luo Yin esteve intrigado com isso o tempo todo.
Gu Hai sorriu divertido, “Isso é segredo.”
Dito isso, ele puxou Bai Luo Yin e tirou a terra de cima dele com batidinhas. “Tente sentir, ainda tem algum espinho?”
Bai Luo Yin ficou congelado ali sem se mexer enquanto olhava diretamente para Gu Hai.
“Que segredo?”
Gu Hai pegou a mão de Bai Luo Yin, “Vem, sente nas minhas pernas para evitar de fazer pressão na sua bunda.”
“Eu quero saber qual é o segredo.”
Gu Hai respondeu vagamente, “Nós podemos falar sobre isso de novo quando voltarmos. Vamos pensar em como sair daqui primeiro.”
Assentindo, Bai Luo Yin decidiu deixar o tópico de lado por enquanto e mudou seu foco para o assunto mais urgentes em mão.
“Se nós pudermos voltar em segurança para Pequim, tudo vai ser mais fácil de se lidar. Eu só temo que depois que seu irmão volte para a base, ele faça um requerimento para mais aviões de patrulha virem nos capturar. Se isso acontecer, todos os nossos esforços terão sido em vão.”
“Se ele realmente tivesse essa capacidade, nós não teríamos ficado encalhados no pântano por tantos dias.”
“E se?”
“Não tem e se.” Gu Hai prometeu, “Essa área já é dentro dos limites de Hebei. Eu garanto que antes de chegar em Pequim amanhã, ele definitivamente não vai ser capaz de encontrar nós dois.”
Exatamente quando ele disse isso, de não muito longe de onde eles estavam, veio um estrondo que fez o chão inteiro abaixo dos pés deles tremer.
O que está acontecendo?
A compleição de Bai Luo Yin mudou imediatamente quando ele olhou para cima e viu uma enorme massa de fumaça densa subindo. Pelos anos de experiência na Força Aérea, ele podia dizer que a coisa que caiu podia ser destroços de um avião.
“O que está acontecendo?” Gu Hai levantou e olhou ao longe. “Os restos do avião em que estávamos não teriam chegado no chão só agora, certo?”
O fundo do estômago de Bai Luo Yin se agitou quando ele retorquiu imediatamente, “Como isso é possível?”
Quando a voz dele silenciou, algum tipo de paraquedas militar de cor verde desceu flutuando de não muito longe.
A mente de Bai Luo Yin ficou perdida em confusão por um momento. “Seria possível que Tong Zhe só está pousando agora?”
“E ele é uma pipa? Flutuando por aí por tanto tempo...”
Os dois andaram lentamente naquela direção, mas quando estavam na metade da distância os passos de Bai Luo Yin pararam completamente.
Aquilo do que você tem medo realmente vem até você.
Gu Hai estava meramente espantado. “Por que o meu irmão também pulou?” [Lena: Pra atormentar vocês. É a atividade preferida dele. =P]
Olhando adiante, Bai Luo Yin apontou para os destroços. “Também deve ter sido derrubado por alguém!”
Gu Yang se levantou e sacudiu a terra de suas roupas antes de estreitar os olhos para inspecionar seus arredores. Logo seus olhos travaram em seus alvos não muito longe dali. Uma piscina de sangue se acumulou em seu peito, quase jorrando pela garganta dele.
Porra! Eu finalmente peguei vocês, seus bastardos!
Observando enquanto Gu Yang se aproximava deles com um espírito assassino, a primeira reação de Gu Hai não foi como enfrentar seu inimigo de frente. Mas sim segurar a calça rasgada de Bai Luo Yin para evitar que Gu Yang tivesse um vislumbre da pequena roupa íntima de seu baobei. [Lena: BWAHAHAHAHAHA Prioridades, prioridades. Mas ele já viu. Que pena.  \()/]
Gu Yang chegou e convenientemente agarrou a gola de Gu Hai antes de gritar com raiva: “Você realmente é meu bom irmão!”
Por outro lado, Gu Hai parecia extremamente calmo e composto. “Obrigado pelo elogio.”
“Você quer saber a senha para os meus documentos?” Gu Yang mudou bruscamente seu tom de voz.
Ouvindo ‘senha’, Gu Hai friamente o observou com atenção.
Gu Yang moveu a boca perto da orelha de Gu Hai e, pausando propositalmente entre cada palavra, ele disse: “Eu - Amo - Bai - Luo - Yin.”
O corpo de Gu Hai tremeu pelo choque. [Lena: Até me arrepiei imaginando a cena! ( _ )]
Tendo ouvido tudo claramente enquanto estava ao lado, Bai Luo Yin imediatamente se apressou para segurar Gu Hai e se pressionou com firmeza contra o corpo dele, tentando incessantemente pacificar as emoções dele. “Não acredite nas palavras dele. Ele só está tentando te provocar. Eu vou esclarecer as coisas com ele!”
Um ar de amarga frieza passou pelo rosto de Gu Hai. “Você pode dizer aqui.”
“Essas palavras não podem ser ditas na sua frente.” Bai Luo Yin respondeu resoluto.
Gu Hai se enfureceu imediatamente, “Que palavras não podem ser ditas na minha frente?”
“Se eu digo que não posso dizê-las na sua frente, então não posso! Confie em mim! Mesmo que esteja com ciúmes, você tem que suportar isso pra mim!!” Bai Luo Yin explodiu de repente de um jeito tirano e avassalador, algo que nunca tinha acontecido antes.
Ele puxou Gu Yang com força pelo braço, virou-se e se afastou.
Os dois andaram uns cinquenta metros antes de Bai Luo Yin soltá-lo.
Os olhos sombrios de Gu Yang olharam para ele. “O que você está tentando me enganar para fazer de novo?”
Bai Luo Yin acalmou sua respiração. “Não vou fazer truque nenhum hoje. Em vez disso, vou falar com honestidade.”
Os olhos de Gu Yang mostravam zombaria – eles perfuravam o coração de Bai Luo Yin, tornando um pouco difícil que ele suportasse.
“Gu Yang, tudo o que aconteceu foi provocado por mim. A raiz de todas as travessuras pode ter sido Gu Hai, mas eu falo sério. Nos últimos oito anos, eu nunca parei de pensar em como me vingar de você. Eu te odiei completamente. Toda vez que eu pensava no Gu Hai largado em meus braços, completamente coberto de sangue, eu desejei poder te fazer em pedaços!”
“Você nunca soube pelo que eu te odiei. Você sempre pensou que era por causa dos oito anos de dor e sofrimento nas forças armadas que eu era incapaz de perdoar você. Na verdade, isso não significa nada pra mim. A razão para eu ter te odiado é inteiramente pelo Gu Hai. Você sabia? Gu Hai tem duas cicatrizes no corpo dele, ambas dolorosamente deixadas por você. Toda vez que ele te menciona, ele sempre usa ‘irmão’ para se referir a você. Mas toda vez que você menciona ele, nunca é conectado à palavra ‘irmão’.”
“Talvez você ame tão profundamente, tão profundamente que eu não consiga ver. Talvez, como você disse uma vez, você tenha provocado aquele acidente de carro para proteger o seu irmão. Então eu quero te agradecer. Obrigado, do fundo do meu coração. Sem você, eu não seria o Bai Luo Yin que sou hoje. Todas as minhas maquinações e inteligência foram inteiramente criadas por você, Gu Yang!”
“Mas você também tem que aceitar a verdade. Seu irmão não precisa mais da sua proteção. Eu tenho força e habilidade o suficiente para protege-lo. Por favor, sinta-se aliviado para deixa-lo e cai fora! De agora em diante, toda a felicidade e dor do Gu Hai vai partir apenas de mim. Eu não vou permitir que ninguém machuque o Gu Hai de qualquer jeito e forma! Isso inclui você, Gu Wei Ting, e qualquer um acima dele. Ninguém!!!”
*****
Lena: Bultaoreune.

Yin Zi arrasou!!!! *palmas* Fiquei até emocionada aqui. Tô sem palavras. hehehe Foi demais! \o/

18 Comentários

  1. ARREPIADISSIMA COM ESSE FINAL... ❤❤❤ OBRIGADO PELO CAPÍTULO NENÉM ♡

    ResponderExcluir
  2. Que saudades desses dois juntos ❤

    Estou bem curiosa com o segredo de Gu Hai, o que será que ele usou pra convencer o carinha lá?
    Amei as palavras do BLY, esse homi me deixa boba kkk E essa raiva dele toda pelo Gu Hai era apenas ciúmes, tá na cara u.u
    Enfim, amei e até o próximo

    Obg Lena✨

    ResponderExcluir
  3. Que final *o*. Não vale Lena, nos deixou curiosos, quero mais kkk. Muito obrigado pelo capítulo.

    ResponderExcluir
  4. 😭😭😭😭😭😭😭😭 Que amor é esse Fiquei muito emocionada😍😍😍😍😭😭😭😭 Lena obrigado por mais um capítulo ansiosa pelo próximo capítulo😍😍😍😍😍

    ResponderExcluir
  5. Nossa que profundo,ey amo esse homen tão forte e decidido😘😘😘😘

    ResponderExcluir
  6. Bai Lou Yin mostrando toda a sua força!

    ResponderExcluir
  7. Eita. O que foi isso hein. MEU DEUS EU SENTI DAQUI O GRITO DE BAI LOU IN

    ResponderExcluir
  8. CARALH*
    Que final foi esse ?
    Tapa atrás de tapa
    ADOREI

    ResponderExcluir
  9. Como gostaria de ver essa cena,não tem preço ver a cara desse otario 👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻,foi uma declaração de amor para Gu hai

    ResponderExcluir
  10. Finalmente Bai lou yin assumiu que é louco pelo Gu hai,so falta agora ele falar o eue Gu hai tanto quer ouvir EU TE AMO..Obrigado Lena pelo o capítulo 💙💚💛💜🖤

    ResponderExcluir
  11. Esse Bai Lou Yin foi sensacional 😍😍😍

    ResponderExcluir