Boa noite, meu povo! \^O^/

Tudo bem? Espero que sim. =)

Sem mais enrolação, vamos acompanhar (finalmente hehe) os momentos em que Yin Zi e Da Hai começam a se entender. hahaha

Bjs.


Lena.

_________________________________________________________________________________


Cap. 28: Atitude começa a mudar


Duas aulas já haviam passado, mas Gu Hai ainda não voltara e não tinham nem notícias dele. No intervalo, todos estavam falando sobre o destino de Gu Hai, enquanto isso Bai Luo Yin estava apenas debruçado sobre sua mesa com os olhos bem abertos.

Na saída da escola, Bai Luo Yin imediatamente guardou suas coisas e saiu pela porta de trás, indo direto para o escritório de segurança.

Bai Luo Yin já tinha pensado sobre a pior possibilidade. Se alguma coisa realmente acontecesse, ele colocaria o orgulho de lado e procuraria Jiang Yuan. Mesmo que ainda não gostasse de Gu Hai, dessa vez Gu Hai entrou em problemas por ele; se Gu Hai não tivesse tomado a dianteira, a pessoa sendo disciplinada agora seria ele.

Pensando no assunto enquanto descia as escadas, a mente de Bai Luo Yin continuava repassando a imagem de Gu Hai espancando Wu Fang repetidamente. Ele nem viu que uma pessoa estava de pé na frente dele.

“Por que você está aqui?”

Bai Luo Yin foi pego de surpresa, vendo Gu Hai de pé no fim das escadas.

Os dois não moveram nem um centímetro, apenas ficaram parados olhando um para o outro na distância de um metro. Essa era a primeira vez que Bai Luo Yin olhava para Gu Hai com um olhar normal.

“Você... está indo pegar suas coisas?” Bai Luo Yin perguntou.

Gu Hai subiu dois degraus e disse com uma expressão relaxada. “Você me conhece assim tão bem?”

“Você vai voltar?”

“Voltar para quê?”

A expressão facial de Bai Luo Yin mudou em um segundo; ele segurou o braço de Gu Hai com uma expressão preocupada e disse.

“Foi difícil para você. Eu definitivamente vou encontrar alguém para tirar você de lá.”

Gu Hai caiu num curto silêncio e então riu.

“Do que você está falando? Eu vou para casa comer e dormir, estarei de volta amanhã. Aliás, da onde você vai me tirar?”

Os pensamentos de Bai Luo Yin estavam correndo como um trem, mas quando ele ouviu as palavras de Gu Hai, seu nervosismo e ansiedade pararam de repente.

“Como pode nada acontecer com você?”

Gu Hai riu. “Por que você quer que algo aconteça comigo?”

Bai Luo Yin não falou nada.

Gu Hai deu tapinhas no ombro dele, “Eu estou bem, só vou voltar pra sala para pegar minhas coisas.”

“Espera.”

Gu Hai podia sentir a mão de Bai Luo Yin segurando seu braço com força, “O quê?” Você não acredita em mim? Eu disse que está tudo bem.”

“Não é isso.”

Bai Luo Yin abriu o zip e tirou o uniforme sangrento de Gu Hai, e então tirou seu próprio uniforme e entregou a ele.

“Vista isso para aula.”

Depois de dizer isso, Bai Luo Yin saiu imediatamente para casa.

Gu Hai estava vestindo o uniforme cheio de buracos enquanto estava parado na escada por um longo tempo. Apesar de Bai Luo Yin sempre ter mostrado aquela expressão indiferente todos os dias nas aulas, o uniforme dele tinha uma fragrância única nele.
Bai Luo Yin andou para casa no frio sem uma camisa por cima, o vento ficava mais forte enquanto a noite caía, ele não podia fazer nada além de esfregar as mãos para se aquecer. Virando uma esquina, uma tia, que estava sempre varrendo a rua e conhecia bem os estudantes que passavam indo e voltando da escola, viu que Bai Luo Yin estava sem uma camisa e perguntou rapidamente, “Você pode usar uma roupa minha para voltar.”

“Estou bem tia, ficarei bem quando começar a correr.”

“Ah~ Tudo bem, tenha cuidado ao atravessar a rua.”

Enquanto ele passava por uma encruzilhada ele deveria virar à direita, mas seus pés continuavam indo na direção oposta. Era durante a hora do rush e todo mundo começava a encher as ruas; Bai Luo Yin andou em meio a uma multidão barulhenta, mas, de repente, ele sentiu um terrível silêncio cair sobre ele.

Bai Luo Yin da turma de vocês é um filho da puta que nem a própria mãe quer ele.” [1]

Mesmo que Wu Fang tivesse recebido uma boa lição, essa sentença dele assombraria Bai Luo Yin pelo resto de sua vida.


Gu Hai chamara um táxi para voltar pra casa. Enquanto o táxi esperava em uma interseção, ele viu as costas de Bai Luo Yin. Antes, essas costas eram bem fáceis de encontrar e hoje era especialmente muito mais fácil, porque Bai Luo Yin não estava usando seu uniforme, uma bela figura com um passo lendo e firme, ele podia realmente se destacar no meio da horrível multidão.

“Mestre, você pode parar na frente daquela esquina ali.”

“Certo.”

Gu Hai desceu do táxi e seguiu Bai Luo Yin. Ele queria saber por que Bai Luo Yin, já tão tarde, ainda não tinha ido para casa e estava perambulando por aqui.

Eles passaram por várias ruas, o céu ficando escuro, e Bai Luo Yin parou em frente a uma barraca de comida.

“Chefe, me dê 5 cervejas, 20 espetos de carne, 5 bifes, 5 cartilagens de frango e 3 espetos de peixe...”

Bai Luo Yin pareceu pedir todas as suas comidas preferidas e encontrou uma mesa para sentar. A cerveja foi rapidamente colocada sobre a mesa, ele tomou um ou dois grandes goles da cerveja e, lentamente, começou a descascar os amendoins.

“Você vai terminar toda essa comida sozinho?”

Ouvindo a voz familiar, Bai Luo Yin levantou os olhos e viu Gu Hai de pé na frente dele. Ele ainda mantinha aquela expressão calma de antes, mesmo que Bai Luo Yin ainda estivesse cético sobre Gu Hai não ser punido pelas suas ações, ele podia ver que não tinha nem sinal de ansiedade no rosto de Gu Hai.

“Chefe, mê dê um conjunto extra de tigela e kuàizi, por favor.” Bai Luo Yin se virou para gritar.

Gu Hai sorriu satisfeito, “Minha vida de escravo finalmente acabou!” [2]

Bai Luo Yin virou dois grandes goles de cerveja, o tom de voz dele parecia estar menos frio e distante, “Se você continuar matracando, vá para outra mesa.”

Gu Hai imediatamente se calou e colocou um espeto na boca; o gosto não era ruim. Ele costumava pensar que esses vendedores de rua eram bem sujos, no entanto, enquanto ele estava sentado ali vendo o cenário bagunçado e animado a volta dele, isso inesperadamente fez ele se sentir muito faminto.

_____________________________________

Notas de Tradução:

[1] Pois é... Estava diferente assim mesmo na versão em inglês. =X

[2] Essa fala foi traduzida de formas bem diferentes pelas pessoas que sigo, mas preferi colocar essa, porque com isso ele quer dizer que finalmente está sendo bem tratado. XD (Pelo menos é como eu interpreto. Hehehe)

4 Comentários

  1. A partir dessa parte as coisas vão melhorar entre eles

    ResponderExcluir
  2. Quero a continuação... Por favor poste mais 😍

    ResponderExcluir
  3. Agora a comunicação entre eles melhora, amém.
    Prevejo meu protetor de coração ( Sofrência ) trabalhando em breve.
    Ótimo EP. >3<

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como é viciante, né? Tem me feito tão bem, ler essa novel... rsrs Tenho assistido a série outra vez, e suspeito que irei reassistir outras vezes. :x
      Repito, tem me feito muito bem. :)

      Excluir