Oi minha gente. Tudo bem?

Atualizando CA hoje! ^^/ Estou sem criatividade pra ficar "matracando" aqui, então até mais! o/ XD

Beijos~         
Lena.
*_____*
___________________________________________________________________________


Cap. 39 – Você tem que fazer isso intencionalmente!



Depois que treinamento de criar cobras de Wu Suowei terminou oficialmente, ele comprou 200 recém-chocados da fazenda de criação e alugou duas casas para criar as cobras. Durante o dia, ele andava em volta ocasionalmente para ver o crescimento das cobras. Na maior parte do tempo ele estava na clínica, triando os materiais e resumindo as experiências. Ele não saiu por uma semana.

Jiang Xiaoshuai olhou para Wu Suowei e honestamente não podia resistir de provocar o moleque tedioso.

“Ei, por que você não foi encontra-lo?”

Wu Suowei sabia que Jiang Xiaoshuai estava falando sobre Chi Cheng e imediatamente mostrou seu desdém.

“Eu chamo isso de ‘tática de empurrar e puxar’. Vou atacar quando for a hora de atacar, pavimentando o caminho para manter o afeto e, então, vou recuar quando for necessário. Como eu disse, meu objetivo é pegá-lo e não correr atrás dele.”

Jiang Xiaoshuai se aproximou mais de Wu Suowei, encarou seu belo rosto enquanto ele falava sobre o plano diabólico e perguntou profundamente, “E se o tempo for inadequado? Nem o pegou, esforços zelosos passam e talvez leve a perder todos os esforços dos últimos dias.”

Wu Suowei estava confiante, “Você pode ficar tranquilo, dentro de três dias ele certamente virá.”

“Tão confiante?” Jiang Xiaoshuai riu.

Wu Suowei bateu no peito de Jiang Xiaoshuai, “Você não sabe quem é meu shifu?!”

Os dois riram perversamente.

Cinco minutos depois, um colega de trabalho mais novo de Wu Suowei da fazenda de cobras estava parado a porta para notifica-lo.

“Wei ge, cinco de nossas cobras morreram.”

Comparado ao ansioso trabalhador mais novo, Wu Suowei parecia bem mais calmo.

“Tudo bem, você continua cuidando na fazenda. A perda está comigo, nós vamos dividir os ganhos igualmente.”

Depois do jovem trabalhador ter ido, Jiang Xiaoshuai olhou para Wu Suowei e perguntou, “O que está acontecendo? Você já não acabou de estudar as habilidades e técnicas?”

Wu Suowei se levantou e encheu um copo d’água, bebeu a água e, então, disse tranquilamente para Jiang Xiaoshuai, “Não, tem alguma coisa errada com aquele lote de filhotes. Eles encheram os filhotes com areia e vão morrer dentro de um mês.”

“Que porra!” De repente o rosto de Jiang Xiaoshuai escureceu, “Criar também é cruel? Você se tornou assistente dele, ficou ocupado por mais de dois meses não importava o quê, e acontece que eles lhe venderam um número de filhotes doentes.”

Wu Suowei parecia calmo, “Como você acha que eles geraram o lucro? Cobras de verdade levam muitos gastos e riscos, demora muito tempo desde chocar até a cobra estar grande. A taxa de sobrevivência de 70% é considerada como uma grande realização. Pelo tempo de vende-las, o preço de venda é indeterminado. Muitas fazendas de cobras sofrem perdas. Por isso essas fazendas usaram a pretensão de ensinar técnicas de criação, ao ponto de segurar o aprendiz. O verdadeiro propósito é usar uma taxa de ensino enganadora e vender os recém-chocados a preços altos.”

“Então esse negócio é realmente escuro...” Jiang Xiaoshuai levantou a sobrancelha, “Por que você comprou se já sabia disso?”

“Para pegar aquela pessoa.” O olhar de Wu Suowei era afiado.

Jiang Xiaoshuai descobriu que esse moleque estava chegando no caminho, “Eu tinha esquecido que ele cria cobras. Você está insinuando que, para ficar próximo dele, você precisa fazer um mau negócio?”

“Eu não serei capaz de compensar se perde-lo.”

Jiang Xiaoshuai tossiu de leve e perguntou timidamente, “Então, você não está com medo dele descobrir sua farsa? Quando isso acontecer, a imagem pura e honesta na qual você trabalhou tanto para criar vai desmoronar.”

“Você está errado!” Os olhos pretos de Wu Suowei estavam brilhando com ideias, “Bondade constante só vai fazer as pessoas pensarem que você está fingindo. É melhor expor algumas maldades. Ficaria ainda mais realista e comovente.”

Jiang Xiaoshuai deu tapinhas no ombro de Wu Suowei e disse seriamente, “Você pode terminar seu aprendizado.”

Teve outra risada perversa.

.........

Saindo do trabalho, Chi Cheng acabara de sentar no banco do motorista e Xiao Cu Bao veio se enrolar nele. Sua cabeça pontuda estava esfregando no rosto de Chi Cheng. Ela constantemente apalpava e se contraia, como se estivesse com fome e precisasse de algo para satisfazer seu apetite.

Chi Cheng abriu o container de comida que estava próximo, tirou um hamster e passou pela boca de Xiao Cu Bao.

Xiao Cu Bao continuou a protelar em volta do corpo de Chi Cheng. Ela não queria comer o hamster de alimentador. Ela queria comer os grandes ratos selvagens.

O rosto de Chi Cheng escureceu. Aonde eu deveria ir para encontrar os ratos selvagens para você agora? Desgraçado, então, agora, aquele cabeção de ferro alimentou você pelos últimos poucos dias, aconteceu que subornar sua boca foi um truque astuto! Ele não veio depois do resultado do suborno! Esses dias, Chi Cheng sentia que Xiao Cu Bao estava muito mimada. Ela começava a ficar implacável depois que ele terminava seu trabalho, fazendo ele morrer de preocupação com ela.

Chi Cheng semicerrou os olhos da janela do carro na direção da quadra de basquete, saboreando cuidadosamente o gosto da amargura.


Você deve fazer isso de propósito... 

4 Comentários

  1. É... coitadinhas das cobras. E da xiao cu bao.(preferia chu) obrigada pelo capítulo 😘😘😘

    ResponderExcluir
  2. E chi cheng não esperava por essa, wu suowei realmente está se dedicando, olha ta de parabens...
    obg lena por esse cap... vcmos ao proximo...
    bjs P'Phil

    ResponderExcluir
  3. Eu gostaria que em algum momento depois o chi Cheng descobrisse que o wu suowei começou a se interessar por ele por vingança

    ResponderExcluir