Oi gente!!!
Ainda sem atualizações de Adicted, infelizmente... Como respondi para alguém nos comentários, a Estreline não tem um dia fixo para atualizar a novel e eu dependo dela para atualizar vocês. Aparentemente, ela tem estado bem ocupada com o trabalho dela esses dias (ela também depende do tempo da pessoa que faz a leitura da novel para correção), por isso ela está demorando para atualizar, mas, assim que ela postar um capítulo novo, eu vou traduzir para trazer pra vocês, ok? Tenham um pouquinho de paciência, por favor. ^^' Isso só vai acontecer por mais alguns capítulos, pois, chegando no ponto em que ela vai se unir com a outra tradutora, tudo vai correr mais rápido, até porque essa outra pessoa já tem vários capítulos traduzidos. ^^ Chegando nesse ponto vai ser uma festa!!! hahaha
Sendo assim, vamos continuar com AC, ok?

Beijos~          
Lena.
___________________________________________________________________

Cap. 45 – Tem certeza que isso é uma Naja?



Depois de resolver as coisas na fazenda de reprodução de cobras, uma mensagem de texto foi enviada.

Wu Suowei leu a mensagem e descobriu que alguém já havia transferido outros ¥200 mil para sua conta.

Apesar de ele saber muito bem o que havia acontecido, ele ainda fez uma ligação para Chi Cheng.

“Ei, você está queimando todo o seu dinheiro? Por que você transferiu mais ¥200 mil para mim?”

Chi Cheng respondeu, “Essa é minha restituição.”

“Restituição?” Wu Suowei fingiu estar chocado, “Eu não emprestei ¥200 mil pra você, você que me emprestou ¥200 mil!”

Chi Cheng respondeu, “Eu vendi seu estoque de cobras defeituosas por ¥400 mil.”

“O que?” Wu Suowei gritou, “Eu queria esperar mais meio ano antes de coloca-las no mercado. O preço teria triplicado até lá. Eu não acredito que você as vendeu por um preço tão baixo! Para quem você vendeu? Mesmo que você estivesse impaciente com a devolução do dinheiro, eu não esperava que você fosse tão longe a ponto de vende-las por um preço tão baixo...”

Mais uma vez, Chi Cheng desligou na cara dele.

Ao som do tom desconectado do telefone, o rosto de Wu Suowei estava radiando de alegria. Ele jogou o telefone para o lado e estalou os dedos para Jiang Xiaoshuai em sinal de vitória.

“Missão completa! Nós ganhamos os ¥200 mil.”

Jiang Xiaoshuai, que estava mascando chiclete na boca, disse para Wu Suowei alegremente.

“E pensar que você costumava trabalhar dia e noite e ainda assim não podia ganhar ¥50 mil por ano. Agora você acabou de ganhar ¥200 mil por se passar de tolo e agir como a vítima. Isso definitivamente mostra que trabalhar constante e sinceramente não ganha a corrida, você precisa ir pelo jeito torto para ultrapassar todos os outros.”

A isso, Wu Suowei sorriu, mas não disse nada.

Então Jiang Xiaoshuai perguntou, “O que você vai fazer com os ¥200 mil?”

“Eu vou comprar mais cobras,” Wu Suowei disse.

“Comprar mais?” Jiang Xiaoshuai disse em surpresa, “Quantas vezes mais você vai usar esse mesmo truque?”

Wu Suowei balançou os dedos, “Eu vou comprar cobras de verdade dessa vez.”

...........

No dia seguinte, Wu Suowei foi até a fazenda de reprodução de cobras do Sr. Wang.

O Sr. Wang ainda estava se recuperando da perda de ¥200 mil do outro dia para Chi Cheng. Bem diferente do tipo de sorriso astuto que o Sr. Wang sempre mostrava quando ele via Wu Suowei, quando ele viu Wu Suowei chegando dessa vez, o rosto dele de repente formou um sorriso forçado, como se ele pudesse sentir a aura de Chi Cheng espiralando sobre Wu Suowei.

Comparado ao nervosismo do Sr. Wang, Wu Suowei parecia muito mais relaxado, como se o que acontecera ontem não tivesse nada a ver com ele.

“Ei Sr. Wang, você sabe as cobras que você me vendeu o outro dia? Um dos meus colegas as vendeu sem minha permissão! Eu fiquei tão irritado... então eu pensei em comprar mais 2000 cobras e eu não poderia confiar em mais ninguém além de você. Então aqui estou.”

O Sr. Wang de repente percebeu que ele estivera mexendo com alguém com quem ele não podia se permitir mexer.

“Vamos dar uma olhada nas cobras de novo.” Wu Suowei disse.

Enquanto andavam na direção da câmara das cobras, o Sr. Wang sentiu como se seu coração estivesse sangrando. No entanto, mesmo que isso significasse que ele precisava engolir todas as vesículas biliares, ele não se atrevia a mexer de novo com Wu Suowei. Dessa vez, eles não foram à mesma câmara de cobras de antes. O Sr. Wang nem se atrevia a olhar uma vez naquela direção. Dessa vez, ele levou Wu Suowei para a câmara de cobras onde todos os seus verdadeiros bebês estavam.

Dessa vez, Wu Suowei também tomou seu tempo para examinar cuidadosamente todas as cobras, excluindo qualquer cobra abaixo do padrão de suas escolhas.

A esposa do Sr. Wang entrou apressada na câmara de cobras e puxou o Sr. Wang para o lado.

“Você está louco? Como nós vamos viver desse jeito?” os olhos da esposa dele avermelharam, “Nós iríamos colocar essas cobras no mercado daqui a poucos meses. Se você vende-las agora, todos os nossos esforços desse ano serão em vão.”

O Sr. Wang gritou de volta em um tom contido, “Se eu não vende-las agora, nós sairemos desse negócio pelo resto de nossas vidas.”

“Eu não dou a mínima, eu vou morrer se você se atrever a vender essas cobras hoje.” A esposa dele gritou alto.

“Morrer?” O Sr. Wang rangeu os dentes, “Nossas vidas estarão em risco se não as vendermos.”

“.....”

Wu Suowei colocou a cabeça para fora, “Está tudo bem aí?”

O rosto contorcido do Sr. Wang voltou ao normal, ele respondeu com uma voz bem mais rouca que a de antes dele ser puxado para o lado para conversar.

“Está tudo bem. Você acabou de escolher as cobras?”

“Terminei minhas escolhas.” Wu Suowei andou para fora com um sorriso no rosto.

“Devemos completar o acordo com a mesma cotação de antes? ¥100 cada por 2000 cobras com um valor total de ¥200 mil?”

A esposa do Sr. Wang de repente ficou com a respiração curta.

Um estoque de cobras de reprodução da maior qualidade que valiam muito bem ¥600 mil, de repente foram descontadas em ¥400 mil, e mais a perda de ¥200 mil de antes, o valor do ganho de um ano do Sr. Wang foi limpado por Wu Suowei em meros dois dias.

..........

“Eu peguei as cobras de volta,” Wu Suowei mostrou as cobras para Chi Cheng.

De noite, Chi Cheng foi visitar a câmara de criação de cobras de Wu Suowei. Com uma olhada nas cobras, ele instantaneamente teve uma ideia clara do que tinha acontecido.

Ele deu um tapa na cabeça de Wu Suowei, levemente, com as costas da mão e disse, “Eu não sei se você é burro ou esperto.”

Wu Suowei fingiu estar confuso.

“Por que eu seria burro? Você vendeu minhas cobras de reprodução, então eu comprei outro estoque delas. De que outra forma eu poderia fazer dinheiro com isso?”

Chi Cheng não disse nada, ele simplesmente encarou Wu Suowei com seu olhar profundo, como se tentando adivinhar cuidadosamente as intenções dele.

Depois de cinco minutos de silêncio, Wu Suowei não podia aguentar isso, ele riu alto.

“Okay, okay, eu sei que eu devo agradecê-lo, certo?”

Pelo olhar no rosto de Chi Cheng, aparentemente dizer “Obrigado” não seria suficiente.

“Eu também vou lhe dar um presente, tudo bem?”

Wu Suowei disse. Ele chamou Chi Cheng para dentro da casa e apontou para a fila de figuras de açúcar e disse:

“Eu fiz essas. Escolha uma e eu vou fazer para você.”

Chi Cheng ficou surpreso. “Você sabe soprar figuras de açúcar?”

Soprar figuras de açúcar era um ofício antigo de Pequim que não é mais visto com frequência. Parece ser fácil de fazer, mas na verdade é muito difícil de aprender. Antigamente, quando Wu Suowei era vendedor de rua, ele via um senhor fazendo-as na rua e a curiosidade dele levou a melhor sobre si. Depois de alguns dias de dura prática, ele conseguiu aprender o básico do ofício.

“Eu só consigo soprar figuras de animais simples,” Wu Suowei disse.

Chi Cheng olhou para a fila de figuras de animais de açúcar. Todas elas tinham uma imagem semelhante, com corpo redondo e gorducho, pernas curtas e orelhas viradas para fora.

“Me faça uma nova,” Chi Cheng disse.

Wu Suowei estava de bom humor, então ele aceitou sem brigar. Ele foi até a cozinha para derreter um pouco de açúcar e usou uma colher para bater um pouco de creme tártaro no açúcar derretido para atrasar a cristalização.

“O que você quer?”

“Faça uma cobra.” Chi Cheng disse.

“Que tipo de cobra?”

“Uma Naja.”

Wu Suowei prontamente concordou gritando com um tom alegre de vendedor de rua de Pequim.

“Tudo bem então!”

Baseado no que Chi Cheng havia experimentado antes, o processo de formar um relacionamento consistia em masturbação, performance S&M ou show de strip da outra parte. Tudo o que ele havia ouvido antes, na maior parte, era a outra pessoa gemendo de desejo, implorando que ele as fodesse. Raramente uma pessoa que estava completamente vestida segurava a atenção dele com sopro de figuras de açúcar. É claro, raramente uma pessoa poderia gritar de um jeito tão sem sensualidade e, ainda assim, ainda fazer a atmosfera tão profundamente ardente e íntima.

Wu Suowei pescou uma pequena porção do açúcar solidificado e amassou ela na forma de uma bola. Usando o dedão, ele cutucou um pequeno buraco e, então, fechou os cantos. Usando um pouco de força, ele puxou o açúcar em uma forma mais longa e quebrou um pequeno pedaço da ponta e a colocou na boca.

As delicadas cordas de açúcar gradualmente formaram um canudo. Então Wu Suowei soprou no canudo, fazendo o fim da bola de açúcar inflar lentamente. Usando seus dedos, Wu Suowei puxou o açúcar no formato de uma cobra.

Durante esse tempo, Chi Cheng assistiu Wu Suowei silenciosamente. Seus olhares eram fixados nos olhos escuros de Wu Suowei, as bochechas levemente coradas de todo o sopro; o pomo-de-adão dele estremecia sem ritmo por causa da atenção não dividida de Wu Suowei durante o processo. Chi Cheng de repente sentiu um impulso de estender a mão e beliscar o nariz de Wu Suowei para cortar o caminho da respiração dele para que suas bochechas avermelhassem ainda mais da diminuição repentina de ar.

Sr. Audacioso e Poderoso sempre faz o que ele quer.

Exatamente quando Wu Suowei estava soprando a parte mais crítica de sua figura de açúcar, o nariz dele foi beliscado de repente. Ele imediatamente disparou um olhar penetrante na direção de Chi Cheng e Chi Cheng sentiu seu coração anestesiar. Como resultado, a figura desinflou.

“Sopre outra.” Chi Cheng disse.

Se Wu Suowei não estivesse tentando se envolver com Chi Cheng intencionalmente, ele teria jogado a tigela de açúcar derretido na cara de Chi Cheng.

Da segunda vez, com suas costas viradas para Chi Cheng, a cobra de açúcar completa foi colocada em um palito de bambu e entregue a Chi Cheng.

“Naja.” Wu Suowei estava bem satisfeito com seu trabalho.

Chi Cheng deu uma olhada nela e expressou a opinião contrária com um tipo humorado de eufemismo. “Você tem certeza que não foi um pênis que você soprou?” Devido a quantidade limitada de açúcar derretido, a cobra de açúcar estava um pouco curta, a curvatura também era muito limitada e a cabeça estava pontuda.

Wu Suowei defendeu irritado. “O seu pênis tem olhos nele?”

Chi Cheng de repente chegou mais perto de Wu Suowei e esbarrou a parte de baixo de seu corpo na dele e disse profundamente, “O seu não tem? Por onde você goza então? Me deixe dar uma olhada... Que tipo de boca você tem que pode fazer coisas tão incríveis...”

Com isso dito, ele esfregou seus dedos ásperos nos lábios de Wu Suowei.

Wu Suowei empurrou a mão de Chi Cheng amargamente. Ele sentia como se seus lábios estivessem em chamas, assim como seu coração. Por algum motivo, ele se sentia confortável conversando com Jiang Xiaoshuai sobre coisas assim. Porém, quando essas coisas saíam da boca de Chi Cheng, ele se sentia particularmente envergonhado.

“Estou indo para casa.” Dizendo isso, Chi Cheng segurou a figura de açúcar e rapidamente se virou para a porta.

Wu Suowei chamou por ele.

“Você tem tempo amanhã de tarde? Eu quero sair com você.”

A isso, Chi Cheng deu uma resposta direta.

“Eu não namoro. Eu só fodo.”

Wu Suowei de repente deu dois passos grandes para frente e tomou a cobra de açúcar da mão de Chi Cheng. Ele enfiou a figura de açúcar em sua boca e deixou sair sons crepitantes junto com sua lenta mastigação. A ação inteira parecia ser um protesto silencioso para provocar Chi Cheng.

Entretanto, Chi Cheng não viu isso como uma provocação, ele apenas viu Wu Suowei engolindo o pênis para dentro e para fora, como se ele estivesse aproveitando o boquete como se fosse uma comida deliciosa.
[Não resisti! Eu tinha que colocar essa imagem! XD kkkkkkk]

Wu Suowei disse diretamente para Chi Cheng, “Se você quer que eu lhe faça outra, me encontre amanhã.”

Chi Cheng acabou se rendendo simplesmente à coerção infantil dele.

“Me faça outra então.”

Wu Suowei sorriu em triunfo e soprou outra figura de açúcar para Chi Cheng. Dessa vez, Wu Suowei se certificou que o corpo da figura de açúcar ficasse mais longo e parecesse mais com uma cobra.

Entretanto, Chi Cheng sorriu novamente.

“Você tem certeza que não está reparando esse do seu pênis para o meu pênis?”

“...!!”

4 Comentários

  1. gente as provocações ja começaram...
    agora sim começa a disputa por chi cheng...
    obg lena
    bjs
    p'phil

    ResponderExcluir
  2. Kkkkkkkkkkkkkkkkkk nossa sem palavras kkkkkkkkkk obrigada pelo capítulo lena 😘😘 eu to preferindo CA. Tomara q demore mais ainda heroin hehehehehe

    ResponderExcluir
  3. “Eu não namoro. Eu só fodo.”
    :0

    ResponderExcluir
  4. Kkkkkkkkkkkkkkkkk morta com esses dois "Seu pênis tem olhos nele?" Kkkkkkkkkkkkkkkkkkk ótimo!

    ResponderExcluir