Oi meu povo lindooo!!! \^0^/

Como estão? Preparados para uma dose do nosso vício? *____* Claro, né! Que pergunta! hehehe

Tenho uma coisa a dizer... Esse capítulo deixa a gente pendurado... Por isso já estou traduzindo o capítulo seguinte. Porém, é um capítulo enorme e provavelmente vou demorar bastante pra terminar, mas pretendo postar assim que eu terminar não importa a hora que seja. hahaha

Ah. Happy Valentine's Day para os nossos amados meninos! ♡ω

É isso. Vão ler. ^^

Beijos~        
Lena.
Parece que tem uma marca de roupa que shippa YuZhou. ¬ω¬ hehe
_______________________________________________________________


Cap. 161: Como eu não sou bom?!



“Está pronto! Gu Hai, venha pegar seu carro.”
Depois de ouvir seu nome sendo chamado, Gu Hai imediatamente entrou em seu carro e saiu dirigindo sem nem mesmo esperar por Bai Luo Yin.
Bai Luo Yin seguiu logo atrás dele em seu próprio carro. Quando ele fez uma curva em U para a estrada, o carro de Gu Hai já havia sumido. Tinha um engarrafamento enorme a frente e, para piorar, o semáforo também decidiu ficar vermelho, tornando quase impossível se mover mesmo o mínimo. Bai Luo Yin apoiou seu cotovelo na janela do carro. Contando do carro mais próximo ao dele e direto a frente, não tinha nenhum que era o mesmo modelo que o dele.
Porra, o trânsito está tão ruim, como ele conseguiu escapar?
Gu Hai já estava a mais de três quilômetros de distância. O número de vezes que ele ignorou e furou um sinal vermelho, aproveitou uma oportunidade, ultrapassou outro carro, nem mesmo ele conseguia lembrar claramente. Tudo o que ele ouvia eram os sons de buzinas de carros soando de várias direções. Seus olhos passaram pelo espelho retrovisor. Olhando para seu próprio rosto, ele estava tão escuro quanto o fundo de uma panela. Pior, nesse ponto, seu coração estava ainda mais escuro do que a panela escurecida. Ele apertou o volante com tanta força que o couro estava quase rasgando.
Eu não entendo, ah. Não importa como eu olhe pra isso, eu não entendo. Eu sei perfeitamente bem que Bai Luo Yin não é aquele tipo de pessoa, mas eu ainda não entendo? [N/T: ele está se referindo ao comportamento de BLY com a Meng Meng XD]
Atrás, Bai Luo Yin continuava acelerando sua velocidade, mas ele ainda não conseguia se mover muito. Acabou que também tinha um forte sentimento de estar incomodado e enfurecido pela forma que as coisas acabaram lhe afetando.
Estar nesse engarrafamento é irritante, mas ser mal entendido é ainda mais irritante. Eu nunca vi ninguém de mente tão limitada. Eu já expliquei para ele, mas ele ainda faz a porra de uma cara triste comigo! Por que você não usa seus pés fedorentos para pensar nisso? Se eu realmente quisesse molestar uma garota, por que eu escolheria esse momento, sob tais circunstâncias ah? Por que eu faria isso na rua, bem na frente dos seus olhos?
Depois de um tempo, o trânsito já não estava mais tão severo e o humor dele, de alguma forma, se acalmou um pouco com a lentidão dos carros em volta dele.
Bai Luo Yin começou a ponderar sobre as coisas de um ângulo diferente.
Na verdade, você não pode culpar Gu Hai inteiramente. Ele estava esperando obedientemente por você do lado de dentro, mas você tinha que sair daquele jeito e até fez algo tão óbvio, você não está deliberadamente fazendo-o entender mal? Não é como se você não o entendesse. Mesmo quando ele não tem uma pessoa de quem ter ciúmes, ele tentaria encontrar um alvo, você mesmo sabe muito bem que, para ele, qualquer um tem potencial de ser um rival. Se ele fosse ser tomado pelo ciúme e realmente encontrasse um rival de amor, ele provavelmente comeria o próprio coração e morreria silenciosamente de angústia! [N/T: “comer o próprio coração”: sentir angústia amarga ou tristeza; ser consumido pelos ciúmes.]
E também, o que diabos há de errado com o Yang Meng? Ele não tinha porra nenhuma melhor para fazer do que vestir roupas de mulher? Tudo bem se ele queria vestir, mas por que ele tinha que aparecer aqui e andar na minha direção? Mesmo que ele realmente tenha aparecido na minha frente, por que ele mudou para roupas de homem tão rápido? Tudo bem se você quer mudar de volta, mas por que você não me deixou dizer que era você?
E também tem o you Qi, que caralho você está fazendo? Que tipo de porra de ideia é essa? Se você não gosta dela então por que você não é direto e diz a ela huh? Você simplesmente tinha que encontrar alguém para atuar na porra desse teatro. Tudo bem se você quer atuar nessa peça, mas você tinha que pegar uma cara para isso. Mesmo que você quisesse pegar um cara, por que teve que ser o Yang Meng de todas as pessoas. Mesmo que seja o Yang Meng, por que você tinha que me deixar ver vocês dois.....
Depois de pensar nisso e pensar em círculos de novo e de novo, mas nunca chegando a lugar nenhum, Bai Luo Yin eliminou com sucesso a si mesmo e ao Gu Hai da causa da situação e colocou a culpa na cabeça de outra pessoa.
Pensando desse jeito, sua cabeça e coração ficaram muito mais tranquilos e também ele não teria que perseguir ansiosamente o carro de Gu Hai.
Enquanto ele estava dirigindo, ele viu uma deli shop [1] ao lado da estrada. Ele parou o carro e comprou quatro pés de porco. Dois dias atrás, Gu Hai resmungou sobre querer comer pés de porco, mas todas as vezes que eles passavam na loja depois do fim das aulas, já estava esgotado. Hoje é um fim de semana, então foi uma grande oportunidade de conseguir alguns e levar para casa para aliviar um pouco o clima.
[N/T1: loja de varejo que vende uma seleção de comidas incomuns ou estrangeiras.]
Quando Gu Hai já tinha dirigido seu carro pela metade do caminho, ele viu uma loja de castanhas assadas doces logo à frente. Com um peito apertado e um coração que estava batendo relativamente mais rápido que o normal, ele ponderou por um breve momento, então permitiu que seus pés pisasse fundo no acelerador, garantindo que ele definitivamente passasse da loja.
Porém.
Ele nem tinha dirigido alguns metros ainda antes de, repentinamente, pisar com força no freio de emergência num movimento rápido, fazendo o corpo do carro parar abruptamente e balançar por um tempo.
Gu Hai hesitou por um tempo, mas ainda assim ele saiu do carro e deixou seus pés, junto com seu coração, o levarem para a loja de castanhas assadas.
Isso era, afinal, o preferido de seu baobei.
Ele podia sentir raiva, mas, ainda assim, que tinha que mimar e amá-lo!
“Chefe, me veja três quilos!”
Gu Hai esperou por um momento e viu uma banca de jornal ao lado. Ele carregou a sacola de castanhas e andou até lá e perguntou ao chefe de lá: “A revista mensal Delta5 já saiu?”
O chefe assentiu com a cabeça e passou uma cópia para Gu Hai.
Essa também era a revista que Bai Luo Yin gostava.
Todo mês, como um relógio, Gu Hai compraria para ele, sem nunca perder uma única publicação.
“Você pode lê-la de graça de novo!”
Gu Hai mentalmente soltou uma bufada fria. ‘Humpf!’ antes de carregar as coisas e voltar para o carro.
Quando Bai Luo Yin chegou no apartamento, ele foi direto para a cozinha, tirou os pés de porco e alguma outra comida pronta e colocou no armário. Então ele abriu a geladeira para dar uma olhada; pela visão dela, não tinha nenhum grande pão chato ou um pão cozido a vapor. Parece que hoje ele comeria arroz.
Pegando o arroz, ele despejou uma xícara na panela e tomou a iniciativa de lavar o arroz antes de cozinha-lo. Normalmente, Gu Hai faria todas essas coisas diárias. Hoje, já era aquela hora e o mestre ainda não havia entrado na cozinha. Estava claro que ele estava se preparando para largar suas responsabilidades.
Mau temperamento você tem aí...... Bai Luo Yin apreensivamente murmurou essa sentença em sua mente.
Se você não quer cozinhar, então eu vou cozinhar. Depois que estiver pronto, não se importe em comer se você não gostar!
Bai Luo Yin havia acabado de terminar de lavar o arroz apropriadamente e estava prestes a adicionar água quando Gu Hai entrou.
“Você não tem que fazer isso, dê isso pra mim.”
Com um rosto inexpressivo, ele olhou para Bai Luo Yin e estendeu a mão.
Mas Bai Luo Yin não passou a panela de arroz para ele, em vez disso ele falou francamente, “Me deixe preparar isso.”
“O arroz que você cozinha é mole demais, é simplesmente impossível de comer e é exatamente como congee.” [Lena: lembram de congee? É uma espécie de papa de arroz. XD]
Depois de dizer isso, Gu Hai imediatamente arrebatou a panela de arroz.
Bai Luo Yin bufou friamente, “O arroz que você prepara também não é tão maravilhoso. É especialmente duro toda vez e sempre fica preso e roça dolorosamente nos dentes. Quando engolido, ele passa dolorosamente pela garganta antes de entrar no estômago. E quando está sendo digerido, ele esfrega dolorosamente pelo estômago, e pior ainda quando ele passa dolorosamente pelo intestino e sai. É desconfortável todo o caminho.” [Lena: HUAHUAHUA Yin Zi sendo tão infantil XD]
Aquela sequência de palavras excitaram a raiva interna de Gu Hai. Seu rosto acinzentou como se estivesse no estágio terminal de geada urêmica [2].
[N/T2: Geada urêmica: uma descrição coloquial para depósitos de ureia cristalizada que podem ser encontrados sobre a pele de pessoas afetadas por doença crônica de rins.]
“Não coma se você não gosta!” Gu Hai empurrou Bai Luo Yin para o lado, “Vá esperar para lá!”
A porta da cozinha foi batida de uma vez.
Tsc... Você nem sabe dizer que eu estava brincando? Chato!
Com nada melhor para fazer, Bai Luo Yin andou para a sala de estar. No momento que ele sentou, ele viu um prato de castanhas assadas sobre a pequena mesa de café. Num mero segundo, felicidades imediatamente beijou seu rosto com um leve tom de vermelho antes dele rapidamente pegar uma castanha e coloca-la na boca. Enquanto fez isso, ele facilmente pegou uma revista que estava largada sobre o braço do sofá e, por acaso, era a que ele queria ler. Como resultado, ele comeu e leu alegremente. Essa vida simples era bem bonita e muito gratificante.
Quando Gu Hai saiu da cozinha e viu Bai Luo Yin no sofá com aquela aparência satisfeita, sua aparência ficou ainda mais feia.
Era óbvio que ele tinha descascado aquelas castanhas assadas para ele, comprado aquela revista para ele. Ele queria absolutamente mima-lo e ama-lo profundamente...... Mas no fim, quando ele viu essa cena despreocupada diante dele, seu coração, pelo contrário, ficou inquieto.
“Eu deixei você comer isso? Eu deixei você ler isso huh?” O rosto de Gu Hai permaneceu frio.
Bai Luo Yin respondeu com quatro palavras, “Estou feliz com isso.”
A chama latente no coração de Gu Hai deliberadamente se espalhou de dentro para fora por vontade própria. Porém, ele a reprimiu certificando-se que ela permanecesse lá dentro, dessa maneira, em retorno, ele queimou sua própria alma de negro. Ele estava, afinal, indisposto a deixa-la incendiar e ficar solta.
O próprio Gu Hai não se sentia irritado, estúpido ou covarde.
Ao lidar com sentimentos de um amante, ele sempre tinha sustentado um princípio promissor, se ele pode deixa-lo fazer o que ele quer, então ele fará. Se ele puder aguentar isso, então ele vai aguentar. Alguém que é corajoso o suficiente para aguentar isso é um verdadeiro homem.
Então seu corpo solene e ativo, como um raio elétrico, disparou para a cozinha mais uma vez.
Quando eles estavam comendo, Gu Hai manteve-se calmo e contido o tempo todo e não disse nada. O clima sufocava Bai Luo Yin, fazendo ser um pouco difícil para ele aguentar. Várias vezes ele quis abrir a boca e dizer alguma coisa, mas toda vez ele era engasgado pelas sobrancelhas franzidas de Gu Hai. Elas estavam tão unidas que a afiação nos olhos dele estava ainda mais distinta.
Bai Luo Yin pegou um dos pés de porco, quebrou e retirou a extremidade afiada do casco e colocou o restante na tigela de Gu Hai. Essa parte era a melhor de comer.
Habitando não muito fundo em seu coração estava o orgulho.
Gu Hai estava, de certa forma, orgulhoso de si mesmo.
Como esperado, governar através da virtude é efetivo. Na verdade, ele já está ciente de seu próprio erro e tomou a iniciativa de ser amigável para expressar a boa vontade dele para você.
Gu Hai continuou a manter sua maneira fria e indiferente. Ele não disse nada, e nem sorriu. Era como se tudo estivesse como deveria estar e fosse natural em todos os aspectos. Mesmo depois que ele terminou de comer, ele não tinha nenhuma outra impressão ou pensamentos a adicionar a nada também.
Depois de comer e descansar por um momento, Bai Luo Yin perguntou a Gu Hai: “Você quer ir se exercitar?”
Gu Hai não prestou nenhuma atenção a ele.
Sem nenhuma opção melhor, Bai Luo Yin foi para a academia sozinho. Ele correu na esteira e esperou. Esperou que Gu Hai entrasse. Porém, mesmo quando ele saiu da esteira e estava pingando de suor, Gu Hai ainda não mostrou sua cara.
Enxugando seu suor, Bai Luo Yin saiu da sala sentindo-se um pouco inquieto.
Sua ação imediata era sondar Gu Hai, mas ele não estava onde estava antes.
Depois que ele andou em volta por todos os cômodos por um tempo, ele finalmente descobriu que Gu Hai estava de pé na sacada.
Dando uma olhada silenciosa na silhueta solene, mas desolada dele, Bai Luo Yin foi diretamente na direção da sacada e ficou parado atrás de Gu Hai por um momento.
Apesar de Gu Hai poder sentir a presença dele, ele, no entanto, não virou sua cabeça.
Muito naturalmente, Bai Luo Yin gentilmente colocou seus braços nos ombros de Gu Hai. Então, levantando a cabeça só um pouco, ele descansou o queixo em um dos ombros de Gu Hai antes de jogar todo o seu peso sobre o corpo dele.
“Estou com um pouco de frio ah.”
Bai Luo Yin começou a falar.
Aquelas eram, sem dúvida, palavras insensatas!
O rosto dele ainda estava mostrando gotas de suor, mesmo assim ele insistiu que estava com frio!
Porém, Gu Hai ama ouvir aquele tipo de mentiras ah, especialmente quando a mão de Bai Luo Yin está brincando tão provocantemente com os botões do colarinho dele. E ainda mais sedutor era o vapor quente que era emitido pela respiração dele, que tocava e beijava a parte interna da orelha de Gu Hai, tingindo-a com um amável tom de rosa. Pouco tempo depois, o coração de Gu Hai já havia começado a lampejar de excitação.
Gu Hai puxou um dos braços de Bai Luo Yin para frente antes de usar a ponta de cigarro para queimar a pele dele. É claro que não era muito quente, mas Bai Luo Yin ainda a evitou de uma vez inconscientemente. Dois fios de cabelo no braço dele estavam ligeiramente encurtados, mas não doía. Pelo contrário, a sensação era meio de cócegas.
Gu Hai finalmente girou seu corpo antes de seus olhos pousarem no rosto belamente esculpido de Bai Luo Yin, os olhos cheios com movimentos languidos; a franja dele estava encharcada de suor e caía solta, com charme e sedução desenhando cada fio à perfeição. Depois de se exercitar, a pele dele tinha um brilho saudável que cintilava quase etérea sob a luz próxima.
No fim, Gu Hai não pode mais aguentar.
Sua mão grande, de repente, pressionou a testa de Bai Luo Yin e o empurrou contra o canto da parede. A costa de Bai Luo Yin encontrou a parede com uma batida silenciosa.
“Sentindo falta de uma mulher agora?”
Bai Luo Yin já sabia que as palavras que Gu Hai falaria não seriam nada boas. Felizmente, ele havia se preparado para isso, então ele não ficaria com tanta raiva.
“Eu já lhe disse, aquele era Yang Meng.”
“Eu não me importo com quem ele é. Eu não me importo se é um homem ou uma mulher. Você não o molestou?”
“Você pode dizer isso.” Bai Luo Yin rangeu os dentes e admitiu com muita dificuldade.
Gu Hai apertou xiao Yin Zi.
Com os olhos transmitindo uma presença demoníaca fria, mas também repletos de um charme extremamente calmante, ele o encarou atentamente.
“Eu não consigo satisfazer você?”
Por que aquelas palavras soavam tão maldosas? Como se estivessem convidando para uma surra de Bai Luo Yin assim que escaparam dos lábios belamente desenhados de Gu Hai.
Bai Luo Yin realmente queria dar um tapa no rosto dele para fazê-lo parar antes que fosse longe demais.
Modéstia realmente era uma palavra que não era apropriada para ser colocada na habilidade de Gu Hai na cama. Isso é, a habilidade dele no sexo. Mesmo assim, Bai Luo Yin não queria admitir isso.
Ele ainda estava pensando quando a parte inferior de seu corpo, de repente, ficou fria.
Bai Luo Yin baixou sua cabeça e olhou, sentindo-se estupefato.
“Porra, isso aqui é a sacada. Nós estamos do lado de fora. Você é doido?”
Sem aviso, Gu Hai virou Bai Luo Yin de o pressionou com força contra a parede de forma que as costas dele agora estavam voltadas para ele. Sem perder mais tempo, ele puxou para fora seu próprio xiao Hai Zi e sorriu um sorriso escuro, mas malicioso.
“Eu quero que os Céus vejam e julguem por mim, como eu não sou bom?”
Bai Luo Yin rugiu de raiva, “Gu Hai, se você se atrever a fazer essa porra aqui, acredite ou não, eu vou chutar você do décimo oitavo andar agora mesmo?!!......”

*****
  
 Gente, tenho um recado da Sae - nossa amada tradutora de Addicted - pra todos os addicteds brasileiros!
Muito obrigada pelo apoio contínuo de vocês! Acreditem quando eu digo que nós, os tradutores e editores, somos muito gratos com o apoio de todos. Durante os tempos que encontramos adversidades, as palavras gentis de todo mundo têm iluminado nossos dias ^^ e nos mantém seguindo! Traduzir é tão divertido para nós quanto é para todo mundo que lê e se diverte com isso! 
Nós ficamos muito felizes em saber que podemos levar felicidade a todos vocês! E nós sempre ficamos ansiosos para trazer mais capítulos!
Com amor, Sae e time Addicted. *Beijos*
 É isso aí! Vocês nos animam em continuar traduzindo pra vocês. Agradecemos muito todo o apoio! Amamos vocês ^^~





16 Comentários

  1. Do.entrando pela primeira vez aqui hehehe.
    Obrigada por gastar seu tempo traduzindo essas nível maravilhosas e trazer alegria para os nossos dias,vc é incrível pena 😀😙

    ResponderExcluir
  2. Lindo esses dois,ansiosa pelo próximo capítulo obg meninas vcs são maravilhosas

    ResponderExcluir
  3. Não sei qual é pior. Gu Hai segurando a raiva ou ele explodindo de raiva

    ResponderExcluir
  4. nosa senhora o temperatura subiu
    eles vão fazer na sacada ..... todo mundo vai ver
    Da Hai maluco amo demais
    esse casal até as marca de roupas querem eles juntos e quem somos nois pra reclamar quando o casal da nação é Canon

    ResponderExcluir
  5. Waaaaaaaaa...
    Eu tava morrendo de saudades...
    Meus amores...
    Nada melhor do que addicted pra comemorar o.dia dos namorados...
    💜 obrigado lena... 😘😘😘

    ResponderExcluir
  6. a Sea parece ser um amor de pessoa que bom que temos ela traduzindo para o ingles.
    ela faz uma parte da nossa felicidade e lena completa o resto para nosso surto do vicio
    obrigado as duas pelo trabalho de vcs que nos fazem tão felizes .

    ResponderExcluir
  7. O BYL pisou na bola sabe como o Gu Hai é ciumento e apronta uma dessa, mas estou orgulhosa do auto controle de Gu Hai que não fez nenhuma besteira(por enquanto) espero que ele continue no controle e não machuque novamento o BYL. E nós que agradecemos a disponibilidade do tempo de vcs tradutores para trazer esta maravilhosa novél. Obrigado!!!

    ResponderExcluir
  8. Nossa que fetiche numa sacada kkkk isso vai ser bom kkk. Bom lena nao temos como agradecer vcs por fazer esse incrível trabalho pra gente rir, chorar, pular de alegria e tantas emoções com essas novels maravilhosas e torcemos muito pra vcs muito obrigado mesmo esse blog ja virou meu vicio todos os dias eu entro nele pra ver se vcs postaram mais um capítulo das novels leio todas e amo todas.

    ResponderExcluir
  9. arrasouuu !!! eu estava aqui roendo as unhas esperando por mais esse capitulo !! muito obrigado por traduzirem !!

    ResponderExcluir
  10. Muhua tô c medo de alguém ver e... *pensamentos escuros*
    Não estou preparada para coisas ruins! Quero trabalhar c a questão da alegria msm.
    ___
    Q maravilhosa essa msg, tradutoras lindas dos nossos corações <3

    ResponderExcluir
  11. Oh God! Esse negócio de fazer onde todo mundo pode ver, não ta me cheirando muito bem. ARRUMEM UM QUARTO PLMDDS! KKKKKK Obg pelos caps Lena. Tava com muita saudade desses dois. ^^

    ResponderExcluir
  12. Ai que Bai amor, esse está ficando mais manso ♡

    ResponderExcluir
  13. A primeira vez que escrevo aqui, estava lendo pelo celular a cada pequena folga que tinha... e por acaso acabei os 160 capítulos em 4 dias. Achei o blog vendo a serie no youtube. ambos muito bons. Adorei. (alias, estou adorando).

    ResponderExcluir