Oi minha gente!!! ^^/

Vamos atualizar LS hoje. =D

Sobre o capítulo de UL, acredito que eu vá demorar um pouco para postar porque estou fazendo um trabalho e esse capítulo que saiu é bem longo, mas a cada tempo livre eu vou traduzir um pouquinho que seja. ^^ É isso. hehe

Lena.
Adorei essa cena na série! hahaha
________________________________________________



Capítulo 23: O grande dia.

Tradução: Equipe Kokoro Lovers
Revisão: Lena.
------------------------------------

Finalmente, o dia do torneio de futebol chegou. Você acha que todas essas práticas foram cansativas? O dia real era ainda pior. Não consegui dormir à noite, já que estava muito ocupado com os uniformes, cuidando dos instrumentos e um monte de outras coisas. Tirei uma soneca às duas horas da madrugada, mas logo Om me chutou e me acordou exatamente às 2:25 da porque havia um problema com uma trompa. Mas que diabos?! Eu concertei esse pedaço de lixo ainda outro dia. Quem sabe é o momento de comprar um novo. Basicamente, só dormi por 25 minutos antes de ter que arrastar o meu corpo exausto e mal funcionando para o estádio Suphachalasai [Estádio Nacional da Tailândia], até mesmo antes dos galos cantarem.
O sol da manhã estava brilhando sem piedade, vários dos membros mais jovens da banda tinham desmaiado. Eu tive que me apressar e pegar o kit de primeiros socorros que, felizmente, trouxemos conosco. Então acabei segurando um walkie-talkie em uma mão e o kit de primeiros socorros na outra. No entanto, constantemente tinha que arrumar alguns dos instrumentos que se quebravam. Ocasionalmente, quando necessitamos de algo urgente, tinha que enviar a Siam algum dos alunos mais jovens que estavam livres para comprar o que necessitávamos. Foi um dia caótico até agora.
“Hey! Não desmaie! Não desmaie!” Aqui vamos nós de novo. Rapidamente me viro e pego nong Ae, que toca clarinete, cujo rosto está completamente desprovido de sangue. Agarro uma toalha molhada e passo em seu rosto pálido. Não só preciso manter os meninos vivos, como também preciso ter os ouvidos no walkie-talkie para responder as mensagens de vez em quando. Eu mesmo estou ficando bastante tonto.
Bank para Noh. A banda está pronta?” Eu estremeci quando ouvi meu nome no fone de ouvido. Apressadamente respondi.
“Noh respondendo a Bank. Estamos prontos.”
“Então, por favor, entre em posição.” Bem, aqui vamos nós. Fighting. Dei uma palmada nas costas dos membros da banda para ter sua atenção e para levantarem antes de tentar localizar Film através do walkie-talkie. Faz um tempo que parece estar desaparecido.
“Noh para Film. Por favor, fique na posição. Estou a ponto de mandar a banda.”
“Film respondendo para Noh. Ok. Estou a caminho.” Aposto que estava olhando para as meninas. Sacudi a cabeça antes de guiar os estudantes mais jovens para onde deveriam estar. Mas logo escuto uma voz me chamando pelo walkie-talkie.
“Earn para Noh. Não se esqueça de que planejamos. Ok?” Eh, este idiota. De onde diabos ele veio?! Olho para o walkie-talkie com olhar confuso antes de responder.
“Noh respondendo para Earn. Ok, só deixa eu terminar com isto primeiro.”
O walkie-talkie fica em silêncio por um momento antes de alguém mais dizer algo. “Por favor, não brinquem com os walkie-talkies.” Não posso evitar que escape a risada. Os estudantes que estavam pertos se viraram para olhar para mim com um olhar confuso em seus rostos.
Heh, essa era a voz de Phun.
***
A banda começou a entrar no estádio, o que significa que meu trabalho aqui havia acabado e não precisava ficar mais tempo aqui (porque Film e Om já estão tomando conta de tudo). No entanto, meu novo trabalho é correr até a zona abaixo das arquibancadas e olhar os monitores para ver se tudo está indo bem ou não para reportar ao Film.
Eu fui meio andando, meio correndo em direção a área debaixo das arquibancadas. Eu noto vários membros de diferentes departamentos, como a equipe de animadores, a equipe técnica e a equipe de design. Todos estavam usando macacões e muito ocupados trabalhando. Eu cumprimentei Mark, que faz parte da equipe de design. Ele tem um olhar ansioso no rosto enquanto tenta fazer alterações nos desenhos das arquibancadas. Ainda tem tempo para acenar de volta para mim (é sério?). Perto dali vi Mo, que hoje está trabalhando no departamento técnico, tendo uma discussão aparentemente estressante com os membros da organização de eventos. Tem algum tipo de plano em suas mãos. Todos parecem estar muito ocupados.
Procurei por um monitor que pudesse me ajudar. Não estava procurando a muito tempo quando um aluno do décimo ano acenou para mim. “Aqui, P’!”
Sorrio e corro para me sentar ao lado dele. Vejo como a banda e os grupos marcham para dentro do estádio. Para ser honesto, eu não estou exatamente prestando atenção no monitor, estou muito ocupado falando com Paeng sobre PangYa [1] (Film e Om não podem saber sobre isso).
[N/T1: PangYa é um simulador online multiplayer de golfe casual (imagem).]
Como era de se esperar, vejo as costas de Phun por um curto momento. Ele está usando um macacão e está trabalhando perto (está no departamento técnico, acabo de descobrir ao ver seu uniforme). No entanto, não estou prestando muita atenção nele, já que estou preocupado com a discussão com nong Paeng. Bom, ao menos estava até que ele ficou em silêncio.
“O que houve, P’Phun?” O que? Que diabos? Me virei instantaneamente quando ouvi a voz de nong Paeng. Phun Phumipat está grosseiramente agachado atrás de mim, apesar de ainda estar com seus próprios headphones enormes.
“Posso sentar aqui? Vamos trocar de lugar.” Ele diz a nong Paeng. Eu realmente queria lhe bater na cabeça. Obviamente Paeng cede seu assento para Phun, já que ele está abusando de seu poder de veterano. Hehehe. Ele ainda tem a coragem de mostrar-me um grande sorriso antes de tirar seus headphones e passá-los ao aluno mais jovem, “Toma isto também. Earn está dando ordens no canal 2.” De onde eu venho, chamamos isso de jogar suas responsabilidades para outras pessoas.
“Será que ele vai ser capaz de fazer isso?” Sussurrei uma pergunta a Phun. Todavia, ele me deu um sorriso relaxado antes e pôs os headphones de nong Paeng. Agora, está escutando o canal 11 como eu. “É claro, não o subestime.”
Phun pressiona alguns botões no teclado para mudar o ângulo das câmeras a fim de obter uma visão mais clara da banda de música, “De qualquer forma, eu te conheço melhor.”
“Deixa de dizer bobagens...” Eu digo, mas não posso evitar de sorrir para mim mesmo, já que a visão está mais clara agora. Avisarei a Film pelo walkie-talkie quando notar algum erro ou problema.
Logo, os grupos e membros da banda saem do estádio. Deixo escapar um grande suspiro de alivio porque tudo foi tranquilo. Bem, sem contar com o Ngoi, que tocou mal a flauta em duas notas distintas. Devo chutar a bunda dele mais tarde.
*Suspiiiro.*
“Então você terminou tudo por hoje, né?” Phun me pergunta enquanto coloca o monitor das arquibancadas dos animadores como estavam antes. Não sei como responder, já que tecnicamente terminei, mas não terminei tudo. “Eu ainda tenho que ver Earn.”
“Certo, ao que ele se referia quando disse aquilo pelo walkie-talkie?” Phun aproveita a oportunidade para me perguntar. Me estico antes de responder, “Ele me ajudou com o problema do orçamento do clube, lembra? Em troca ele me perguntou se eu poderia compartilhar algumas bebidas da banda nas arquibancadas, já que ninguém o ajuda a conseguir nada para beber.” Terminei e estava a ponto de me levantar para fazer o que disse a Phun, mas ele me fez sentar de novo. “Então você não precisa ir.”
“Por que diabos não?”
Eu franzo minhas sobrancelhas para Phun, que está sorrindo para o monitor da arquibancada da equipe de animadores que estão soletrando algo desagradável. No entanto, sinto como se Phun estivesse sendo bem mais desagradável no momento. “Bom, eu... já devolvi o dinheiro para ele. E a placa de identificação também,” Ele me deu uma resposta rápida antes de falar pelo walkie-talkie. “Monitor para a equipe de animadores. S-30 está incorreto, por favor resolva isso.”
“Espera! Ainda não terminamos de falar sobre isto!” Puxo sua manga de modo que ele é incapaz de continuar escrevendo no teclado. “Sim, nós terminamos.” Phun afirma enquanto ri antes de voltar a ajustar os ângulos da câmera.
“Que diabos? Já devolveu o dinheiro? A escola já entregou o dinheiro para nosso clube?”
“Ainda não.”
“Então, como devolveu o dinheiro para ele?”
“Não vou lhe dizer. Monitor para equipe de animadores. Olhar E-14, por favor.” Esse imbecil continua fugindo do assunto. Enrugo meu nariz para ele (embora ele não esteja me olhando) antes de levantar minha bunda da cadeira para sair. “Mesmo assim tenho que ir. Eu já prometi a ele.”
Essa é a segunda vez que ele me puxa para que volte sentar. Oh claro, você é rápido quando se trata dessas coisas. “Sabe como lidar com o monitor, certo?” Me pergunta Phun. Concordo, mesmo não sabendo por que pergunta isso.
“Quer usar o macacão?” Mas agora não tenho certeza se deveria concordar, apesar de por dentro estar morrendo de vontade de usar um desses. Olho para ele com minhas sobrancelhas franzidas.
“Não faça essa cara tão confusa. Sei que você quer. Siga-me. Tle, pode lidar com isto durante um momento? Volto já.” Ele diz enquanto me arrasta com ele.
Que diabos ele está tramando?!
***
Nós paramos no vestiário dos animadores. Agora, esta área está vazia porque eles já estão esperando pela entrada deles no estádio. Fico com um olhar confuso em meu rosto quando vejo ele baixando o zíper de sua roupa.
“Ei! Ei! Ei! Ei! Ei! Ei! Ei! Que diabos está fazendo?!” Vai se forçar em mim aqui?! De jeito nenhum! O chão é muito duro! Espera! Quero dizer, não vou deixar! [Lena: kkkkkkkkkkkkkk Noh, melhor pessoa! XD]
Ele ignora meus protestos e continua tirando o macacão. Eu mantenho meus olhos fortemente fechados porque não quero ver nada obsceno. Posso ouvir o som de roupas sendo tiradas sem parar.

Depois de alguns segundos, sinto que algo foi jogado em meus ombros. Abro um dos meus olhos para ver Phun de pé vestindo uma camiseta branca e boxers. Ele sorri e sacode a cabeça como se quisesse rir de mim. “Vamos trocar. Me dá sua roupa.” Puxa... isso é fácil para você dizer. Você estava com o macacão, o que significa que estava vestido com roupa completa por baixo. Mas a única coisa que estou usando é uma camiseta, jeans e nada mais!
“Cai fora. De jeito nenhum, não quero mais usar o macacão.”
“Mas eu já tirei. Vamos! Não posso deixar Tle sozinho com um monte de coisas para fazer por muito tempo.”
Penso um pouco antes de apontar meu dedo para ele. “Então, vire-se!” Por que é tão engraçado o que disse? Por que ele está rindo tanto?
“Por que está sendo tão tímido? Nós dois... somos homens.” Aposto que estava pensando em outra coisa durante essa pausa antes de dizer ‘somos homens’. Esse bastardo! Claro, eu normalmente me dou por vencido facilmente aos outros, mas não dessa vez! Continuo apontando o dedo para ele, dizendo para que se vire.
Ele ri, “Você vai tirar todas as peças de roupa ou algo assim? Será suficiente só me dar seus jeans para vestir. Tenho minha própria camiseta. Você deve usar sua camiseta debaixo do macacão, caso contrário pode ficar com irritação na pele.” Ah, certo. Por que sou tão estupido? Olho para o macacão com certa confusão antes de decidir tirar a calça jeans (eu ainda estou com minhas boxers) e jogo para Phun. Assim agora estamos vestindo roupas que não pertencem a nós.
Olho o macacão da cor de caqui que estou usando, sentindo-me completamente eufórico. Apesar do fato de que diz ‘técnico’ em vez de ‘swasdikarn’ que é com o que sonhei, mas continuo pensando que é incrivelmente legal. “Não vou devolver isso para você.” Eu ameacei.
“Claro, se você é sem vergonha o suficiente para ir para casa vestindo isso, então vá em frente,” ele me diz antes de me guiar para a saída do vestiário.
Eu me dirijo para a área dos monitores enquanto sorrio para Nheng, que está olhando um pouco estupefato, já que foi Phun que saiu, mas eu que apareci no lugar dele. Heh heh. Posso cuidar disso, sabe. Posso supervisionar os monitores, confie em mim.
Balanço meu pescoço para aliviar um pouco antes de pegar o headphone que alguém deixou no chão e os coloco em minha cabeça. Pressiono um botão e observo como Earn sorri enquanto dá instruções aos alunos. E lá está ele. Phun está caminhando com uma bebida em suas mãos.
Não posso deixar de rir em voz alta ao ver o choque no rosto de Earn quando se dá conta que é Phun quem está levando a bebida e não eu. Ele rapidamente grita através do canal 11 do walkie-talkie sobre como o enganei. Posso ouvir a risada de Phun ao fundo. Eu mesmo estou achando isto muito engraçado (haha), mas me abstenho de rir, já que gritariam comigo. Simplesmente me desculpo com ele antes de pôr minha atenção em monitorar as coisas nas arquibancadas para a equipe de design.
O tempo está passando bastante rápido. Tem muito barulho por causa da partida que estão jogando no campo e também por parte das arquibancadas onde soletram diferentes palavras durante toda partida de futebol. Houve várias oportunidades de gol, o que só deixa a atmosfera mais intensa. A equipe de animadores continua a trocar as letras para responder a nossos oponentes. Os ex-alunos estão sendo tão barulhentos quanto os estudantes que ainda estão na escola. Não posso evitar de sentir a euforia deles enquanto olho o monitor (vejo tudo o que está acontecendo).
Estou encarregado do trabalho de Phun de monitorar o campo e tomar conta de outros equipamentos. Houve um monte de problemas e acabei tendo que ir para baixo da arquibancada para falar cara a cara com os membros do staff, já que tinha muitas pessoas usando os walkie-talkies. Algumas vezes era difícil saber quem estava falando. Era mais fácil descer e falar com eles. Cada vez que eu aparecia perto das arquibancadas, Earn me mostrava uma cara azeda. Outros amigos ao seu redor estavam rindo dele. Enquanto isso, Phun continua sendo desagradável com ele alimentando-o e forçando Earn a beber coisas. Parecia que estava tentando cuidar de Earn, mas parecia que estava incomodando mais do que qualquer outra coisa. Eventualmente, isso se tornou uma piada para as pessoas que estavam trabalhando na área das grades (haha). Eu ri com o ambiente relaxado que estava acontecendo. Apesar de ser desgastante, ter um bando de amigos trabalhando juntos para alcançar um objetivo assim, só me inspira a trabalhar ainda mais.

Phun continuou sendo voluntariamente o assistente pessoal de Earn durante todo tempo que durou o evento. No entanto, ele ainda teve algum tempo para me ver de vez em quando também. Cada vez que vinha me ver trazia com ele uma bebida e alguns lanches. Não posso evitar de me perguntar se ele havia forçado alguém a sair para comprá-los em Siam, pois duvido muito que alguém estivesse entregando na arquibancada o pão de batata da Beard Papa’s, uma deliciosa padaria em Paragon (se estavam distribuindo, então Earn gastou muito dinheiro com isso). Sacudi minha cabeça ante a sua timidez, já que negava tê-los comprado para mim, não importa quantas vezes eu tenha perguntado. Ele insistiu que havia pegado nas arquibancadas. Ele deve pensar que sou muito ingênuo. De todo modo, não me incomodei em discutir com ele. Os pães estavam deliciosos.
Além de todas as bebidas e todos os pães, Phun constantemente ficava me perguntando como eu estava e se estava cansado. Inclusive me perguntou se queria que trocássemos de novo, mas estava com muita preguiça para fazê-lo. Então, cada vez que ele me perguntava, eu dizia que estava bem. Finalmente, o céu ficou escuro e um rugido alto reverberou no estádio. Nossa equipe marcou um gol. Foram capazes de manter o 1-0 até o resto da partida. Os números estavam brilhantemente iluminados no placar como prova de nossa muito esperada vitória!
Todos os meus amigos e eu tiramos nossos headphones e pulamos por todos os lados comemorando. Corremos e causamos algum caos debaixo da arquibancada antes de correr comemorando com o resto dos estudantes no campo de futebol. Cantamos a plenos pulmões, fossem as canções dos animadores e nosso hino da escola, enquanto nos agrupávamos e passávamos os braços por nossos pescoços e ombros. Foi tão emocionante que não posso descrever com palavras. Toda minha fadiga se foi no momento que presenciei o que a união dos nossos esforços tinha conseguido. Vi um monte dos meus amigos com lágrimas escorrendo pelo rosto. Eu até notei que no rosto de Phun Phumipat tinha vestígios de lágrimas que foram recentemente secadas.
O professor Buncha disse para que nos juntássemos e animássemos. Nós nos abraçamos pelos ombros e soltamos gritos fortes. Prometi a mim mesmo que nunca esqueceria este grandioso dia.
***
Depois que a partida terminou, os estudantes de todas as escolas que estavam dentro do estádio vieram para felicitar a todas as equipes pelo bom trabalho (sem falar de nossa vitória). Para dizer a verdade, eu teria disfrutado da mesma forma esse momento mesmo que tivéssemos ganhado ou perdido, porque tive a oportunidade de conhecer muito novos amigos. Me despedi de um grupo de novos amigos que estavam sentados nas arquibancadas (eles usavam shorts pretos, hehe). Todos vieram parabenizar-nos depois que terminou a partida. Fale sobre ter um espirito esportivo e ser um esporte tão bom. Não importava quem havia ganhado ou perdido, todos fizemos novas amizades nesse torneio. Nem a cor dos shorts nem as grades de uma escola podiam ficar entre nós. ^__^
Enquanto estava falando com um ex-aluno que correu para me parabenizar (Ei, nem sequer sou um dos jogadores de futebol. Por que me parabenizar?), escuto uma voz atrás de mim terrivelmente familiar interrompendo a conversa.
“Noh! Levei uma eternidade para te encontrar” Ah! Nem preciso me virar para saber quem é. Comecei a me perguntar se a Yuri tinha instalado secretamente um GPRS em mim ou algo parecido. Como é que me encontrou no meio desta enorme multidão de pessoas? -_-“
“Nossa, Noh. Quando conseguiu uma namorada tão bonita? Bom, te vejo mais tarde. Eu fiz planos de visitar a escola semana que vem.” P’ Mote, o ex-aluno, me dá um sorriso brincalhão e termina a nossa conversa. Então, o que faço agora? Não tenho outra opção além de devolver o sorriso e dizer-lhe adeus. “Nos vemos por aí, P’. ^^;;;;
Agora que P’ Mote está indo, é hora de lidar com esta mulher que está de pé ao meu lado. “Estava me procurando? Tem algo que quer me dizer?”
“Claro, mas não sabia que era staff na área da arquibancada!” Sabia que ela perceberia porque a Yuri sabe que trabalho com a banda (cujo uniforme é composto de uma calça jeans e uma blusa) e que na realidade não trabalho na equipe das arquibancadas. Eu supostamente não deveria estar vestindo esse macacão excessivamente grande. Apesar de saber a pergunta que surgiria, eu ainda me sinto estranho por ter que responder a pergunta de Yuri.
“É do Phun. Nós trocamos.” Yuri me dá um sorriso muito amplo que me provoca calafrios por toda minha coluna vertebral.
Disse algo errado?!
Seu sorriso adorável dura um curto período antes dela pegar meu braço. “Vamos jantar.” Aqui vamos nós de novo. Olho para seu rosto pálido que está me dando uma expressão de súplica. De repente me sinto muito apreensivo com isto.
E agora? Olho para o rosto de Yuri enquanto escuto meus amigos fazer planos para ir comemorar todos juntos esta noite.

*****

6 Comentários

  1. Lá vem a empata foda dá Yuri... -_-

    Obrigada Lena lindaaa

    ResponderExcluir
  2. A Yuri é tão fofa que se o Noh não fosse eternamente do Phum eu torceria por ela.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A fila é grande, ainda tem Earn.

      Excluir
    2. Ahh~~ Earn é mto fofo também! Ngern me fez escorregar no meu ship PhunNoh algumas vezes. >w<

      Excluir
  3. Estava com saudade so pra constar estou assistindo novamente a serie, amo tudo isso, serio as vezes a yuri me deixa nervoso e as vezes gosto dela so acho que ingenuidade e muito exagerada nao acho que exista pessoas como ela nesse mundo, pelo menos eu nunca encontrei, vlw Lena

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já encontrei Yuris. hahahah Pessoas que são tão boas que as outras chamam de "bestas", sabe? Mas é pq elas tem mto amor no coração. hahaha

      Excluir