Olá, meus lindos!!! *u*/

Hoje vamos de LoveSick porque estou tentando não ficar muito tempo sem postar uma novel (a não ser que não tenha nenhum capítulo traduzido para o inglês XD) hehe.

Vamos lá ver esses fofinhos! >w<

Lena.
_________________________________________________



Capítulo 11: Mente aberta.

Tradução: Equipe Kokoro Lovers
Revisão: Lena.
--------------------------------------------------------------------


Esse cara fica acordando e apagando durante a viagem de táxi.
Eu periodicamente olho para o rosto dele - que não está mais tão bonito agora - sempre que sinto que ele está quieto demais. Eu seguro o seu braço para sentir a sua temperatura. Estou fazendo isto também para que ele saiba que estou aqui e não vou deixá-lo.
Ele está queimando tanto que eu não posso evitar de dizer a ele. “Vamos logo ver um médico.” Mas é claro que, não importa o quanto eu o quase-force, o peça, implore, ou o ameace, ele em insiste em dizer o mesmo que me disse há 15 minutos. “Está tudo bem, eu vou ficar bem depois de descansar um pouco.” Eu por acaso pareço um enfermeiro pra você? T____T
Eu fico balançando a perna impacientemente dentro do táxi, enquanto digo ao motorista por onde ir. Logo, o táxi azul para na frente da minha casa.
“Não é tão chique quanto a sua casa, mas espero que possa dormir aqui.” Eu digo a ele sarcasticamente. Mas o que recebo em troca é uma risada fraca. Ele não tem força o suficiente para me insultar de volta, isso eu sei. Haha.
Eu me deparo com meu pai e minha mãe na sala de estar enquanto estou apoiando Phun para dentro. O que devo dizer a eles?! O filho deles trouxe um cara para casa. Ma e Pa provavelmente não vão pensar como as pessoas da residência dos Phumipat pensam, ou será que vão? Hahaha...
“Oi Pai! Oi Mãe!” Eu estou sendo um bom garoto mesmo morrendo de vontade de ir para o meu quarto. (Estou com medo que Phun morra). Mas eu tinha que mostrar respeito com meus pais para a segurança dos meus bens (ou seja, minha mesada).
“Você já jantou, Noh? Eh? O que há de errado com o seu amigo?” Ma é a primeira a perceber que algo está errado. Mas ela fala tão alto que o Pa também se vira para olhar. “Quem é esse que você está carregando?”
“O-Olá!” Phun lamentavelmente cumprimenta eles. Ele está tão doente, mas ainda se incomoda em ser educado, francamente. Eu penso nisso assim que vejo ele levantando as mãos para dar os cumprimentos.
“Esse é meu amigo. Ele está muito doente para voltar para casa. Ele pode passar a noite?”
“Rápido, leve ele para cima, assim ele pode descansar, eu vou levar alguns remédios.” Minha Ma não é adorável? Na verdade, todo mundo nessa casa é muito amável, caso contrário, Om, Keng e o resto dos meus amigos não visitariam tanto.
Assim que eu recebi a aprovação, eu rapidamente levei o Phun para o meu quarto.
***
“Durma aqui. Sinto muito que a cama não é seja grande como a sua.” Eu ajudo Phun a deitar na cama com muita dificuldade. Ele parece muito mais confortável agora que tem um colchão apoiando suas costas.
Ele me agradece bem baixinho, mas eu não estou prestando muita atenção. Estou muito ocupado ajustando o ar condicionado para ajudar com a temperatura do corpo do Phun. Eu constantemente dou uma olhada nele para que o quarto não fique tão frio.
Por causa da febre alta, ele está agarrando meu edredom como se fosse um tesouro precioso. *Suspiro*. Ele realmente deveria cuidado melhor de si mesmo.
Toc toc.
“Pode entrar.”
“Aqui está o remédio para o seu amigo. Ele está com febre, estou certa?” Eu dou um largo sorriso quando eu vejo a garrafa de água e o frasco do remédio. “Certo, quando ele acordar eu vou levar ele para lhe agradecer.”
“Tudo bem. Então, quem é ele? Eu nunca conheci ele antes. Você já avisou a família dele?” Minha ma está acostumada a ver só aquele bastardo do Om, o estupido do Keng, e o resto dos perdedores. Alguém com uma boa reputação como Phun nunca esteve nessa casa. Eu sinto muito por ela.
“Ele é um amigo da escola, Ma. O nome dele é Phun. Ele ficou doente, então eu trouxe ele para cá. Eu já ia ligar para a família dele para avisar.” Eu respondo enquanto olho para a pessoa que está na cama dormindo profundamente. Eu deixo escapar um enorme suspiro de alívio.
“Troque as roupas dele e limpe-o com uma toalha molhada, querido. Ele não pode dormir confortavelmente assim.” Ela me diz antes de sair do meu quarto. Oh certo. Eu já tinha esquecido completamente disso. Eu não deveria deixar ele dormir com sua calça jeans desse jeito.
Dou uma olhada no cara cochilando na cama antes de ir buscar uma bacia, uma pequena toalha e roupas limpas para ele.
“Phun. Phun. Phun! Acorde e tome seu remédio primeiro.” Eu demorei um tempo antes de conseguir acordá-lo. Eu dou a ele uma pílula e um copo de água e deixo ele voltar a dormir. Ele parece horrível. Acho que eu posso esquecer de fazer ele se limpar por conta própria.
“Quer se limpar primeiro? Você não vai ficar confortável dormindo assim. Eu vou te ajudar.” Eu importuno ele enquanto tiro sua camisa. Eu tive muita dificuldade para tira-la. (Então você não vai fazer nem isso por conta própria?) Por fim, tem um cara sem camisa deitado na minha cama. Seu peito está se movendo para cima e para baixo. É difícil dizer se caiu no sono de novo ou se não tem energia suficiente para se mover.
Eu acabei não falando tanto, ao invés disso eu torço a toalha molhada e começo a limpa-lo. Começo partindo do seu rosto pálido e doentio que começou a pegar algumas cores de volta, e, em seguida, para o seu pescoço fino que está tendo um tempo difícil tentando fazer ruídos.
Eu olho para o rosto de Phun enquanto passo para os seus longos braços. Ele não está tão quente como estava antes no táxi, mas ele ainda está bem quente. Eu movo de cima para baixo de seu pescoço para seus braços antes de passar a limpar seu peito suavemente.
Eu mergulho mais uma vez a toalha na água e torço antes de voltar a limpar seu peito, que está todo suado por causa da caminhada que ele fez por Siam. Eu só quero que ele se sinta confortável. Parece que ele ficou tenso quando cheguei em sua barriga.
“Ah...” Por que diabos ele gemeu?!
“Por que diabos você está gemendo?! Você está fazendo isto ficar estranho.” Eu grito com ele e começo a empurrar seu estomago com força suficiente para sentir seus músculos. Ele solta uma risada leve.
“Você me deixou nervoso.” Talvez ele não esteja tão doente se ele consegue conversar comigo.
“Está prestes a piorar. Tire suas calças.” Eu disse para ele enquanto jogo a toalha na bacia de água. Phun sai de seu estupor e arregala seus olhos.
“Huh?!”
“Por que diabos você está tão assustado? Você vai dormir vestindo seu jeans? Se você está se sentindo melhor, você pode tira-lo por conta própria. A menos que você queira que eu tire pra você?” Eu o repreendi com as minhas mãos na cintura. Eu posso ser assustador as vezes, haha. Eu fico olhando o cara que ainda está em estado de choque. Eu balanço minha cabeça antes de começar a desabotoar sua calça e puxar o zíper para baixo.
“Ei!”
“Por que você está tão apreensivo comigo? Eu prometo que não vou dizer a ninguém se o seu for pequeno. Bem, exceto os membros do clube de música, os membros do conselho estudantil, o resto dos alunos do segundo ano e as amigas da sua namorada do convento.” Não parece agradável? Hahaha. Naturalmente, Phun está segurando seu jeans como se esse fosse seu último bem precioso que sobrou.
“N-Nós realmente não precisamos fazer isso.”
“Que diabos?! Nós dois somos caras aqui! Pare de ser tão irritantemente consciente! É só tirar! Tire! Tire! Tire!” Não é como se um cara doente pudesse lutar contra um cara saudável como eu. Eu não preciso usar muita força para tirar as mãos dele da calça e tirar sua última peça de roupa.
Parem de pensar besteiras! Eu não tirei a cueca dele nem nada!
“Só não tenha uma ereção enquanto eu estiver limpando suas pernas, eu não posso lidar com isso.” Eu lembro ele enquanto torço a toalha e volto a limpá-lo. Eu ouvi ele rindo, parece que ele finalmente relaxou. Eu não posso evitar de me sentir feliz por ter ganhado dele em alguma coisa hoje.
Eu fui tomar banho logo depois que terminei de limpar o Phun para me refrescar. Eu já desliguei nossos telefones para que ele possa dormir sem perturbações.
Eu começo a pensar sobre as coisas que tem acontecido até agora enquanto a água escorre por mim.
Phun e eu nós conhecemos já faz muito tempo, já que nossa escola começa do fundamental e vai até ensino médio. Por isso não é estranho que temos nos visto um ao outro desde que éramos crianças. (Phun não era um garoto bonito, no entanto, hahaha.)
Pelo que eu me lembro sobre o Phun, ele é uma pessoa muito legal. Não é um exagero dizer que ele é praticamente perfeito. Ele é alto, bonito, inteligente e vem de uma família rica. (Isso já está começando a parecer um slogan.) Ele é conhecido pelo seu bom comportamento. Ele é talentoso quando se trata de música, esportes e idiomas. Ele tem basicamente tudo. Sua namorada é tão incrivelmente bonita que as pessoas não param de falar sobre ela.
A parte mais estranha? Para alguém que é tão irritantemente perfeito, eu nunca ouvi ninguém falar mal do Phun. Ninguém parece odiá-lo. Não há ninguém lá fora que seja amargamente com inveja dele.
Eu costumava pensar sobre isso muitas vezes, antes de conhecer ele. Eu me perguntava o porquê, já que nós homens tendemos a ter egos enormes. É difícil para nós aceitarmos que os outros estão melhores do que nós. Existem pessoas que simplesmente odeiam as outras e começam a brigar. No entanto, isso nunca aconteceu com Phun. Todo mundo confia nele e ele tem muitos bons amigos.
Eu sempre fui muito curioso sobre isso. Eu finalmente sei a resposta graças aos últimos dias.
É porque Phun é mais do que alguém que é perfeito. Para mim, eu posso ver além dessas tão chamadas habilidades perfeitas que ele tem. Nos três últimos dias, ele provou para mim que a sua perfeição, é na verdade, ele simplesmente sendo uma boa pessoa sem se gabar com ninguém.
Phun trata todo mundo ao seu redor com cuidado e intenções puras. Eu posso ver ele pela forma que ele trata a Aim, o jeito que ele me trata, e da forma como ele trata aqueles que o rodeiam. Ele pode ser um espertalhão as vezes, mas ele é alguém que vale a pena se manter por perto ao invés de chutar para o meio-fio.  
Agora que estou mais próximo do Phun, eu já não me pergunto porque todos parecem gostar tanto dele, apesar do fato que a nossa escola tem um monte de caras que são mais atraentes do que ele.
Aqueles olhos preenchidos com coragem e sinceridade é a resposta.
Phun é verdadeiramente mais do que todas essas coisas.
Quando eu saio do banheiro, vejo que ele está dormindo profundamente. Ele está usando as roupas que eu trouxe para ele.
Eu coloco minha mão em sua testa e percebo que ele esfriou um pouco. Mas parece que ele ainda está morrendo de frio, eu posso ouvir ele murmurando em miséria.
“Eu vou apagar as luzes agora.” Normalmente eu não durmo tão cedo. Mas se eu fosse abandonar essa pessoa doente para dormir sozinha enquanto jogo DotA, isso não faria de mim uma pessoa horrível? ^^”
Eu tento ouvir sua resposta, mas só consigo ouvir ele murmurando alguma coisa que eu não consigo entender. Eu assumo que ele está me dando a permissão pra apagar as luzes, haha. Então eu apago todas as luzes do meu quarto, deixando apenas a luz da lua brilhando pela fresta da grande porta da sacada. Tem luz suficiente para eu ver o rosto do Phun.
Eu não posso evitar de me pergunto o que ele está pensando agora, porque ele está franzindo as sobrancelhas. Um pequeno sorriso se forma em meu rosto quando eu chego mais perto para suavemente esfregar suas costas, espero que isso possa ajudar um pouco.
“Mmm...” Ele dá um choro suave quando toco nele antes de se enrola mais no edredom. Eu começo a ficar cansado já que o ar condicionado está tão fraco que está trabalhando como um aquecedor neste momento. Maldito seja esse cara.
“Frio...” Essa palavra já virou um bordão do Phun. Eu dou uma pequena risada antes de deitar na cama.
Eu observo enquanto meu amigo continua a tremer. Depois de alguns instantes uma ideia me vem à cabeça.
Eu pego seu braço e coloco em volta do meu corpo. Eu esperava sua reação de surpresa. Ele olha para mim com um olhar cheio de perguntas.
Eu sorrio para ele. “Você não está com frio? Estou disposto a ser o seu aquecedor por outra noite.” Nós somos amigos, isso não é uma coisa estranha de se fazer, não é? (Embora eu nunca tenha feito isso com Om. Pessoas loucas nunca ficam doentes. Om nunca sequer pegou um resfriado. Às vezes eu desejo que ele fique doente só para ele ficaria um pouco mais quieto.)
Phun parece ficar surpreso com o que eu disse a ele também. Sua mão está tremendo um pouco, mas eu não sei exatamente o porquê. “Eu... não deveria. Eu não quero ser um fardo para você.” Hum, não é um pouco tarde para você estar dizendo isso, amigão?
Eu dou um suspiro por suas teimosias antes de encostar minha cabeça em seu peito quente. Então eu envolvo seu corpo com meus braços. “É, você está sendo muito atencioso. Sua febre não abaixou quando você me abraçou de tarde? Você pode muito bem fazer o mesmo essa noite. Amanhã é sábado, então você terá bastante tempo para descansar.” Eu digo a ele enquanto chego minha cabeça mais perto de seu peito. Parece que ele não tem certeza se deveria me tratar como seu aquecedor pessoal.
“Eu... Eu não quero que você fique doente também.”
“Eu não sou um fracote, eu não iria pegar uma febre tão fácil assim como você.”
“Não foi tão simples assim, você me deixou encharcado com aquele maldito shampoo.”
“Fique quieto e durma.” Por que ele tem que discutir comigo? Ele tem tanta energia assim? Estou ficando sonolento, então eu o cutuco como um lembrete de que ele precisa descansar.
Depois de um tempo, o corpo do Phun ficou menos tenso. Ele lentamente e com relutância coloca os seus braços em volta do meu corpo.
Fiquei ali abraçado em seu corpo aquecido, completamente imóvel. Mas então eu sinto que alguém decide me abraçar com toda a sua força.
Neste momento, eu não sei ao certo o que é isso que estamos fazendo. Eu só sei que quero abraçá-lo, não importa o motivo.
Nós ouvimos o coração um do outro batendo juntos sobre o suave luar.
“Bons sonhos.”
“Boa noite.”

*****

7 Comentários

  1. hoho doce,doce muiiito doce esse cap. Eu estava esperando mais caps, como eu já ate onde traduziram no face, mas n resisti e li esse haha. Agora vamos pra frente. ^^
    E cadê C.A ou advanced?

    ResponderExcluir
  2. Kkkkk Noh sendo o melhor sempre! Gente! O amor esta chegando vivaaaa! Obrigada Lenaaa

    ResponderExcluir
  3. AAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHHHH ataque dá fangirl fujoshi louca. Que fofura foi essa????? Fiquei diabética

    ResponderExcluir
  4. Que coisa mais fofa!!
    Eu tô surtandooooo!!
    Obrigada pela tradução! Obrigadão!!

    ResponderExcluir