Voltei!!!

Gente, hoje não vou poder postar muitos capítulos porque tenho que começar a preparar o presente de natal de vocês. hehehe ^u^

Um beijão pra todos!!!

Lena.
____________________________________________________



Capítulo 12: Confuso.

Tradução: Equipe Kokoro Lovers
Revisão: Lena.
----------------------------------------



 É sábado de manhã e eu sou o primeiro a abrir os olhos.
Eu disse que ele poderia me abraçar e ele com certeza se aproveitou disso. Aff! Ele continua preso a mim como se fosse uma cola! Eu olho para o braço dele enquanto eu curiosamente penso em como eu fiquei parado o suficiente para ele me abraçar. (Geralmente eu me mexo tanto que as coisas que estavam em cima da cama terminam no chão pela manhã.)
Eu levanto minha cabeça para cima para ver a pessoa que está me segurando como se eu fosse sua esposa. Espera! Essa não foi uma boa analogia! Tomada dois! Eu levanto minha cabeça para ver a pessoa que está me segurando como se eu fosse alguém lhe devendo dinheiro.
Oh... o primeiro foi melhor? Tanto faz. Você entendeu o que eu quis dizer. Basicamente, ele está me abraçando muito forte.
Quer dizer, eu ainda estou tentando levantar minha cabeça para olhar para ele de debaixo do seu queixo, mas não deu muito certo. (Eu estou muito dolorido.) Eu só consigo ouvir a respiração trêmula de seu nariz já que ele ainda está dormindo. Ah, está ficando muito quente agora. O ar-condicionado está ligado, mas bem que poderia não estar. Eu chego mais perto do Phun para que eu possa sentir sua temperatura. (Pare de ter pensamentos sujos.)
Ele está muito mais frio do que ontem. Ele ainda está um pouco quente, mas posso dizer que a febre está indo embora pelas gotas de suor em seu peito.
Bem, eu deveria ir e ser um bom anfitrião. Eu tento me libertar de seus braços, mas eu mal tenho chance de me mover antes do Phun acordar.
"Huh...?"
"Deixe me ir por um segundo, eu já volto." Eu digo a ele enquanto tento passar por baixo de seus braços, no entanto o dono deles não me liberta.
"Onde você vai?" Por que ele está sendo um paciente tão problemático? -_- " Eu dou a ele um olhar irritado. "Apenas me deixe ir."
Ele me solta assim que ele ouve o tom de severo da minha voz. Haha, como se Phun Phumipat pudesse competir contra Noh, O Grande! Sem Chance!
Eu rolo para longe de seu peito e recupero meu folego por um tempo. É simplesmente natural que alguém que tenha sido abraçado com tanta força por uma noite inteira fazer isso. Eu ajusto a temperatura e fico mais confortável antes de ganhar energia suficiente para sair do quarto.
"Descanse! Eu voltarei em breve!" É melhor ele estar descansando quando eu voltar ou ele vai ver só.
***
"Nong Noh, você acordou cedo hoje." P’Ann, que é tecnicamente minha babá, me cumprimenta com uma voz alegre esta manhã. Mas, é tão cedo assim? -_-“
Eu olho para o relógio na parede que diz que já são 10 horas. Acordei bem cedo hoje. Normalmente eu só acordo a tarde, hahaha. Eu acho que fiquei com muito calor e isso me acordou. -_-"
"O que tem para comer hoje, p’Ann?" Eu pergunto sobre comida primeiro. Essa é a forma que ela sabe que este é de fato, o Noh verdadeiro. Eu deveria ter olhado antes de perguntar, já que ela estava carregando um grande cesto de roupas sujas. Nossa família não tem um monte de empregados como na casa do Phun. Nós só temos p’Ann e p’Im que me criaram desde que eu era pequeno. Nós somos tão chegados que nós nos consideramos irmãos. Aliás, onde diabos está a Im hoje?
"Im comprou carne de porco temperada no mercado mais cedo esta manhã. Estamos pensando em fritar e fazer uma sopa para você. Eu não sei onde ela está, no entanto. Ela deve estar fofocando com a tia Daeng no lugar onde vende salada de mamão." Ela me diz enquanto ela coleta uma toalha usada que (um dos) nossos membros da família deixaram no sofá (provavelmente eu, heh heh).
"Espere eu só colocar essas roupas para lavar e eu volto e faço algo para você, nong Noh."
"Tudo bem, tudo bem. Eu faço alguma coisa eu mesmo. Como se faz esta coisa?" Eu pergunto rapidamente já que eu não quero dar mais trabalho a ela e eu também acho que o cara doente do andar de cima deve comer algo mais leve do que carne de porco frita.
Eu pego o pacote de sopa instantânea Knorr, e viro-o pra frente e para traz enquanto olho interessado.
"É só você colocar na panela, colocar um pouco de água e cozinhar por cerca de 4 minutos até o arroz inchar. Então está pronto.” Isso parece bem simples. Eu vou fazer isto.
"Obrigado, p’Ann. Você pode terminar o que você ia fazer, eu posso fazer isso sozinho." Eu digo a ela com largo sorriso no rosto para ele acreditar em mim. Vamos concordar que eu vou tentar não explodir a cozinha.
Eu posso ouvir o som de sopa fervendo enquanto o arroz incha, assim como Ann me disse. Eu uso uma colher para mexer a sopa enquanto penso no que devia acrescentar nela.
Eu vou até a geladeira e pego um ovo. Eu o quebro hesitantemente, eu nunca fiz isso em toda a minha vida!
O ovo pegou escorreu na minha mão, mas ainda inteiro. Eu estou fazendo isso melhor do que Om. Sempre que aquele bastardo tenta quebrar ovos, eles acabam virando ovos mexidos sem nem tentar. Talvez eu tenha um dom oculto de cozinhar? Eu deveria tentar virar um chef. Alguém acabou de me chamar de novo? Que eu estou me gabando de quebrar um ovo sem fazer uma bagunça?
Pelo menos, estou ganhando alguma confiança já que eu não estraguei tudo. Eu peguei alguns pedaços de carne moída e fiz pequenas bolas e coloquei na panela igual eu vi a p’Ann fazendo. Nossa, isso parece muito bom. Talvez eu mesmo devesse comer isso. Espere, não, não. Aquele cara ainda está doente. Ele deve comer isso, eu vou esperar o porco frito e a sopa em vez disso. Haha, isso seria mais satisfatório.
Eu continuo mexendo até (eu acho) que a carne de porco tenha cozido para que eu desligue o fogão e despeje a sopa em uma tigela que eu preparei antes. Eu coloquei um pouco de coentro em cima. Que lindo! Quem fez isso? Até o Chef McDang [1] ficaria impressionado!
[N/T1: Celebridade tailandesa, expert em comida, chef e escritor. O único chef thai que tem sua própria turma de treinamento.]
Eu dou um sorriso enquanto aprecio meu trabalho antes de ir mostrar a p’Ann, que está perto da máquina de lavar roupas. (Mas ela não parece se impressionar. Por que não?! Esse foi o meu melhor trabalho!) Pena que p’Im não esteja por perto, eu queria mostrar a ela. Eu poderia ir até a loja de salada de mamão, mas está tão quente lá fora. Quanto a Ma e Pa, eles estão na fábrica. Talvez eu devesse tirar uma foto?
Eu deveria apenas mostrar isso para o Phun.
***
Bang! Bang! Bang! Boom! Bang! Bang! Boom!
Que diabos?! A primeira coisa que eu vejo quando eu chuto minha porta é o paciente doente jogando vídeo game.
"Bastardo, você não está mais doente?" Eu não posso deixar de xingar ele. Esse idiota ainda está sentado e focado na TV de 29 polegadas e nem sequer se deu ao trabalho de olhar para mim.
"Eu fiquei entediado sem fazer nada. Você me chamou de extravagante por eu possuir um Xbox 360, mas você tem um PS3? É bem melhor que o meu e você nunca me convidou para jogar com você." Ele me diz enquanto atira em monstros. A esta altura, eu só quero derramar essa sopa quente em sua cabeça.
"Você nunca perguntou. Então, você quer comer isso ou não? Eu fiz com muito esforço, talvez eu devesse jogar isso fora." Ele rapidamente se vira sem pausar o jogo. Haha, ele foi acertado por aquele monstro duas vezes. Bem feito.
Mas parece que ele não está mais preocupado com o jogo. Ele solta o controle para verificar a tigela na minha mão. Aha. Parece apetitoso, não é?
"Você fez isso sozinho?!"
"É claro!" Eu orgulhosamente ostento minha realização antes de colocar a bandeja perto da TV. "Coma. Se não estiver com gosto bom, você pode adicionar um pouco de Maggi para temperar."
Ele pareceu um pouco impressionado demais com essa coisa toda já que ele rapidamente pegou a colher e colocou a sopa em sua boca. Oh, esse idiota. "Está quente!"
Será que ele está pensando que isto é gelo raspado? Ele é inteligente em tudo, mas é um idiota quando se trata de comer uma tigela de sopa quente. -_-“ Estou cansado disso.
Ele reclama, mas toma outra colherada (mas ele foi mais inteligente desta vez e soprou primeiro) antes de beber um pouco de água que eu também trouxe para ele. "Caramba, sopa instantânea? Eu realmente achei que você tinha cozinhado o arroz. Eu estava realmente tocado."
"Droga, você é tão ambicioso. Isso deu trabalho, sabia! Tem um ovo e porco cozido. Eu até coloquei um pouco de coentro por cima, você viu?" É obvio que estou orgulhoso disso.
"Sim, eu posso ver isso. Muito obrigado, está muito bom." Ele me disse que está bom, mas eu o vi colocando um pouco de molho Maggi na tigela. Ele não é tão honesto comigo?
Eu não fiquei olhando ele comer por muito tempo, no entanto, (eu não quero ficar com fome), eu olhei um pouco, então eu fui continuar o jogo de onde o Phun parou. Boa escolha, ele estava jogando Devil May Cry 4. Estou jogando esse jogo faz dois meses e ainda não terminei. Me pergunto se é por preguiça ou porque eu sou muito ruim nele.
Assim que eu pego o controle, eu ouço sua voz.
"Você não vai comer, Noh?"
"Não." Eu começo a apertar os botões.
"Você não está com fome?"
"Um pouco, mas posso esperar até o almoço." Eu não estou em uma dieta nem nada. Eu só estou esperando a p’Im fazer comida para mim, hehehe.
Phun fica em silêncio. Quando eu percebo, ele já está sentado do meu lado com a tigela de sopa.
Eu dou uma rápida olhada na direção dele, mas sem prestar muita atenção nele já que meu foco está no jogo. Era, até uma colher de sopa tocar meus lábios e eu perceber o que estava acontecendo.
"Eh?! O que?!”
"Vamos comer juntos. Eu não dou conta de comer isso tudo sozinho."
"Isso nem é muito."
"Vamos." Ele continua me chateando, então eu não posso evitar de abrir a boca e aceitar uma colherada de sopa. (Na verdade estou com muita fome de qualquer maneira.) Nossa, minha sopa instantânea está muito boa.
Passamos um longo tempo terminando a sopa e jogando vídeo game (embora tenha sido só eu que jogando) em silencio. Phun tomava uma colher, e em seguida colocava uma colherada na minha boca. Eventualmente, a quantidade de sopa na tigela diminuiu.
É normal eu fazer uma bagunça já que estava comendo enquanto prestava atenção no jogo. Eu continuo tentando lamber a sopa ao redor da minha boca, mas eu não consigo alcançar.
Phun provavelmente viu como eram falhas as minhas tentativas de me limpar e começa a rir antes de começar a limpar meus lábios com a ponta de seus dedos.
Eu me viro para agradecer (essa pequena distração não pode acabar com o meu jogo, eu sou muito bom), mas acabo com meu rosto a poucos centímetros do rosto de Phun. Eu deixo escapar um grito curto de surpresa antes de rapidamente mover meu rosto para trás. "Porra de inferno! Você me assustou!"
Mas ele não está gritando comigo de volta. Vejo Phun colocando lentamente a tigela no chão antes de decidir chegar mais perto de mim. Ele está tão perto que eu consigo ver os pequenos detalhes do seu rosto.
Minha boca quer gritar alguns palavrões para ele, mas parece que seus olhos de ônix estão me hipnotizando e me impedindo de me mover. Meu coração bate cada vez mais rápido. Minha cabeça está repleta de uma mistura confusa de curiosidades e desejos intensos de compreender.
Os ruídos altos do meu quarto desaparecem de repente, estou bloqueando tudo o mais que está acontecendo ao meu redor.
O rosto do Phun se aproxima mais. Seu rosto pálido e amarelado está ficando vermelho, apesar dele não estar mais com febre.
Eu consigo sentir seus lábios alaranjados quase tocando os meus. Nossos narizes já estão se tocando.
Minhas pálpebras parecem pesadas e eu lentamente as deixo cair.
Mas então eu saio com tudo dessa neblina.
O que estamos fazendo?!
Durante a minha confusão, eu empurro Phun para longe com tanta força que ele cai para trás. Parece que ele está tão em choque quanto eu estou com o que estava acontecendo.
Nós ficamos sentados ali olhando um para o outro enquanto estamos completamente alarmados por alguns momentos antes de eu virar meu rosto.
“Eu... vou pegar seu remédio. Não iria querer que você ficasse doente de novo.”
Nesse momento, eu não me importo mais em procurar pela resposta do porque meu coração está praticamente batendo fora do meu peito.

*****

12 Comentários

  1. Quando vi essa cena na primeira vez, até prendi a respiração! Eles tem química! E são fofos juntos! Dois lindos! Poxa bem q a autora poderia autorizar a tradução daqueles capítulos.... Huhuhuhuhu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que capítulos Vans? Fiquei curiosa

      Excluir
    2. Até onde sabemos, Kinha, a novel tem uns capítulos 18+, mas a autora não deixou que traduzissem ou algo assim. É o que dizem... ú_ù

      Excluir
  2. PRESENTE DE NATAL *PULANDO DE FELICIDADE* UHHHHHHHHH AGUARDANDO O PRESENTE \o/

    ResponderExcluir
  3. Que sabe quando vai sai o capitulo 13 você vai coloca a segura temporada também se for vai se maravilhoso

    ResponderExcluir
  4. Lena por que não legenda serie para a genti assistir to loca para assistir a segunda temporada se pode mim da uma resposta agradeso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No Siwon fansubs tem as 2 temporadas completas! ♥

      Excluir