E claro que não poderíamos parar só com o 145, né? O presente tem que ser completo!!! *____*

Pensem numa pessoa que só saiu do computador hoje para comer... O_O Eu juro que fiquei com medo de não conseguir terminar de traduzir esses capítulos a tempo. Huahuahuahuahua Ainda bem que consegui! *suspiro aliviado* AVISO: Contém lemon/smut!!!!

É isso aí. Desejo a todos uma noite maravilhosa com muita paz, amor e alegria!

Feliz Natal!!! ☆~~ヾ(>▽<)ノ。・

Beijos~         
Lena.
Sim! É o mesmo cachecol! >w<
(Para quem não sabe, Zhou Zhou tricotou este cachecol com suas próprias mãozinhas. *u*)
_____________________________________________________


Cap. 146: A gloriosa missão foi concluída.



O silencioso quarto mascarado pelo cheiro doce permeando do pequeno frasco seguro firmemente nas mãos aquecidas de Gu Hai, o lubrificante restante foi derramado em seu próprio membro. Certificando-se de espalhar totalmente o óleo uniformemente pelo seu quente companheiro, parecendo escaldante e abrasador, ele apertou a cintura de Bai Luo Yin.
Respirando fundo, ele lentamente deixou seu membro encarar o alvo de seu desejo e, pouco a pouco, fez seu caminho lentamente para dentro.
Em uma fração de segundo, os olhos castanhos de Bai Luo Yin, que estavam fechados por causa desse esforço sexual, se abriram instantaneamente.
Ranger os dentes com força como se sua preciosa vida dependesse disso, produzia um contorno belo e distinto de sua mandíbula. Por um momento nesse espaço indefinido, sua respiração aliviou brevemente dando caminho para seu rosto enrijecer com uma sensação esmagadora. As largas veias em seu pescoço que pulsavam debaixo de sua pele brilhante eram a única clara evidência de que sua vida ainda seria tomada. Que ele ainda estava vivo.
A respiração de Gu Hai ficou estagnada por um breve momento quando ele se apertou para dentro um segundo atrás. Dessa vez, ele descobriu que Bai Luo Yin não gritou nem rugiu em fúria. Com grande alívio crescendo em seu peito apertado, ele sorriu calorosamente. No entanto, era inevitável que houvesse uma leve diversão no jeito que o canto de seus lábios se curvavam.
“Você confia em mim dessa vez? Eu disse que não deixaria você sentir dor, então você definitivamente não sentirá dor.”
Bai Luo Yin encarou fixamente o espaço por alguns segundos e, sem aviso, ele soltou um gemido de angústia: “Porra, eu confio em você, está bem! Como isso não é doloroso? Isso dói pra caralho!”
Houve uma pausa no movimento de Gu Hai enquanto uma expressão de descrença se formou em seu rosto. “Não pode ser, huh? Só um momento atrás, os três dedos entraram... de acordo com o que eu li, não deveria ter nenhum problema!”
“Três dedos, a porra de três dedos.....” Bai Luo Yin estava fumegando de raiva por entre seus dentes cerrados enquanto se virou para olhar para trás.  “O que tem de bom em três merdas de dedos, huh? Você por acaso está brincando? Já são mais de cinco dedos!” Ele amaldiçoou, ainda cheio de ira.
As sobrancelhas de Gu Hai levantaram simultaneamente enquanto ele perguntava de uma maneira ridicularizante: “Você está me elogiando ou está me zombando?”
Bai Luo Yin ficou impotentemente deitado de barriga, deixando o tecido frio beijar sua pele enquanto ele encarava inexpressivamente o design de arabescos da cabeceira da cama. Ele punia a si mesmo incessantemente:
Bem feito pra você! Você não tem nenhum cérebro para aprender do incidente anterior! Ele disse que não iria doer e você acreditou nele?
Mais uma vez, Gu Hai empurrou mais um pouco, o que fez Bai Luo Yin sentir como se seus ossos estivessem friccionando um no outro. Com toda sinceridade, ele não podia aguentar por mais tempo.
Enquanto ele permanecia deitado, ele gritou para o ar.
Dessa vez, Gu Hai não se atreveu a se mexer; nem um pouco. Ele gentilmente baixou seu tronco, permitindo que seu peito encostasse nas costas macias de Bai Luo Yin enquanto suas partes inferiores permaneciam conectadas. Assim que suas peles se beijaram, faíscas se acenderam, se desdobrando pelos seus corpos suados.
Com grande compaixão em seus olhos, Gu Hai estendeu a mão e permitiu que esta esfregasse ternamente a parte de trás do pescoço de pescoço de Bai Luo Yin. A intensidade quente da mão dele enquanto acariciava o pescoço de seu amado deixou uma sensação ardente que falava do começo de um inferno por vir.
Suavemente ele perguntou, “Dói mesmo?”
“Besteira!”
“Então, o que deveríamos fazer?”
Bai Luo Yin franziu o cenho miseravelmente, repreendendo-o, “Tira daí!”
Gu Hai ficou desamparado e, sem nenhuma outra opção, ele recuou lentamente.
Porém, como resultado, Bai Luo Yin gritou para o quarto, incapaz de aguentar mesmo a mínima fricção causada pela retração.
“Para!”
“O que exatamente você quer que eu faça, huh, entrar ou tirar?”
Bai Luo Yin arquejou, a sensação esmagadora fez suas entranhas se aquecerem e mesmo quando ele tentou puxar mais ar para dentro de seus pulmões, não foi o suficiente. Seu corpo parecia fraco como se toda a força que uma vez circulara por ele tivesse sido removida a força.
Com grande esforço, ele disse impotentemente, “Não se mexa, só fique assim,” sua voz estava fraca, com quase um toque de súplica.
“Não consigo segurar,” respondeu Gu Hai sinceramente.
Quem poderia se segurar depois de chegar tão longe?
“Mesmo que não consiga, você tem que segurar!” Bai Luo Yin retorquiu impiedosamente, “Espere até que amoleça, então você tira.”
No fim, Xiao Hai Zi realmente permaneceu dentro enquanto Gu Hai esperava, se esforçando ao máximo para não fazer nenhum movimento repentino.
Vários minutos silenciosos passaram com apenas o som das respirações deles invadindo seus ouvidos. Mas mesmo aí, não apenas era Bai Luo Yin incapaz de relaxar, como isso se tornou ainda mais difícil para ele aguentar a dor excruciante.
Depois desse momento, Gu Hai tocou ligeiramente as costas dele, “Ei! Parece que ficou maior!” [Lena: BWAHAHAHAHAHA XD]
 Bai Luo Yin ficou de um tom verde quando ouviu essas palavras saírem dos lábios maliciosos de Gu Hai.
Hoje, ele realmente pisou em uma zona perigoso de aquisição deum criminoso!
Incontáveis emoções invadiram seu coração aquecido e abarrotaram o espaço antes desocupado. Normalmente, este rosto eminente e bonito não ficaria assustado por nenhuma onda inspiradora de emoção, mas dessa vez ele se apertou com tal rapidez que o próprio Bai Luo Yin era incapaz de ter total controle.
Endurecendo seu coração contra seu desejo natural, seus olhos vagaram para a noite. Ele observou o alto céu noturno lotado pelos prédios que se erguiam apresentando suas luzes brilhantes enquanto competiam contra a copa de tinta da escuridão respingada apenas com mínimas estrelas.
Onde eu posso me esconder desse sentimento inevitável?
Esmagado pelas várias aventuras emocionais de Bai Luo Yin, um sorriso esboçou sua hediondez nos lábios de Gu Hai. Se apenas este sorriso estivesse nos doces lábios de Bai Luo Yin, ele teria lustrado a alma de Gu Hai em uma beleza que ela nunca poderia alcançar sozinha. Antes de se conhecerem, eles eram inteiros, mas agora eles eram metades, embora de alguma forma, mesmo assim eles haviam se tornado muito mais do que eram antes.
Quanto mais ele deixava seus olhos correrem pelo rosto ligeiramente úmido de Bai Luo Yin, mais ele sentia seu próprio espírito afundar um pouco mais. Incapaz de conter essa emoção incontrolável, ele estendeu a mão para o rosto dele e o tocou levemente antes da urgência de beijar lhe dominar. Apesar da pele dele ser bela e doce como mel sob seus lábios, foi o sentimento que colocou a mente de Gu Hai em um estado sensual de intoxicação.
Bai Luo Yin se conteve, ignorando aqueles beijos quentes e a sensação de formigamento em sua pele. Isso apenas provocava Gu Hai, que o beijou de novo; isso era tão delicioso que ele não queria parar.
Gu Hai beijou suas bochechas coradas uma última vez e disse suavemente, “Já chega, nós já chegamos a esse ponto. Terá acabado assim que nós aguentarmos por mais alguns minutos. Mesmo se doer, a dor só durará um momento. Da última vez que você acabou comigo, no começo foi doloroso, mas depois também foi bom. Não estou mentindo pra você.”
Os olhos de Bai Luo Yin se acenderam imediatamente, um flash de luz dançou belamente neles, “Que tal nós trocarmos de novo?”
“Não. Isso não significaria que você sentiu dor por nada?”
Aaaaahhhhh............ Bai Luo Yin bateu dolorosamente seu punho na cama.
Gu Hai sorriu; na verdade, era quase um risinho enquanto ele derramou mais lubrificando na base de seu membro dolorido que ainda não tivera a chance de sentir o aconchego do lado de dentro. Com muito cuidado e amor em cada uma de suas ações, ele se moveu lentamente.
O ritmo era extremamente lento, tão lento que até Gu Hai sentia a dor de ter seu membro consumido. Sabendo bem que Bai Luo Yin também estava achando isso insuportável, ele tentou o máximo possível excitar e estimular o Xiao Yin Zi para que ele também não sentisse muita dor.
Na primeira rodada, um minuto inteiro havia acabado, Gu Hai olhou para o tempo por perto. Baseado em sua incrível força física, indo naquela velocidade, ele lembrou a si mesmo que nem ele seria capaz de completar nada em apenas uma noite.
Reunindo toda a sua coragem, Bai Luo Yin se preparou e disse, “Vá um pouco mais rápido.”
“Estou com medo que você vá se machucar.”
Tendo desistido de toda esperança, Bai Luo Yin só pode dizer fracamente, “Melhor só deixar a dor vir logo do que prolongar a agonia.”
Sem ouvir uma única palavra que foi cantada pelos doces lábios do outro garoto, Gu Hai continuou a seguir seu próprio ritmo excruciantemente lento, mas encantador. Ele ouviu a respiração de Bai Luo Yin ficar mais profunda, a postura dele mudou um pouco, mas ainda assim ele se manteve próximo, sem se afastar de seus toques.
A segunda vez que ele entrou e tirou, não pareceu tão difícil. Demorou meio minuto para ele gentilmente entrar e sair de novo. Seguir esse ritmo lento permitiu que as terceira penetração e retração fosse ainda mais tranquila.
Em dez segundos...... Gu Hai gradualmente aumentou seu ritmo.
Os dentes de Bai Luo Yin estavam cerrados com muita força e, mesmo que doesse, ele se recusava a dizer uma única palavra. Ele permaneceu desse jeito até que não pudesse mais dizer se seu traseiro estava dolorido ou se outra sensação havia substituído aquela dor, mas ao menos ele não se sentia tão atormentado.
Ele tentou relaxar sua mandíbula, deixar o músculo em volta dela relaxar antes de fazer outra profunda inspiração. Dessa vez foi mais fácil respirar e ele não sentiu nenhuma dor em particular. Ele virou a cabeça para dar uma rápida olhada.
Os olhos de Gu Hai estavam fechados com uma expressão de prazer beijando cada canto de seu rosto. Esse tipo de expressão feliz deixaria com inveja qualquer criatura viva.
Só de ver aquele rosto prazeroso dele, fez  Bai Luo Yin soltar um riso abafado bem friamente.
Humpf! Não fique satisfeito consigo mesmo, mais cedo ou mais tarde, você também terá que aguentar isso.
Gu Hai já havia ocupado cada centímetro da passagem com paredes bem fechadas de Bai Luo Yin. Ele de repente ficou ciente do curto período de tempo em que ele ficou deitado se sentindo acabado. Ele pensou nas lutas que ele teve que enfrentar, das dificuldades e revés, mas saber que ele foi capaz de chegar neste momento fez tudo valer a pena.
Era tão confortável, tão apertado, tão quente que a euforia do prazer aquecia suas veias, correndo através delas. A sensação era tão incrivelmente boa que palavra nenhuma podia ser suficiente para descrever. Com tal prazer rastejando para cada centímetro de seu corpo aquecido, a vontade de gritar para a noite de ébano coçava infinitamente sua língua.
Com impaciência sem fôlego, Gu Hai investiu tudo para dentro, deixando nenhum espaço entre eles. A aparência uma vez relaxada de Bai Luo Yin imediatamente ficou distorcida de novo, suas sobrancelhas se unindo em desacordo.
Sua mão agarrava com força a beira da cama enquanto ele falava lamentavelmente, “Ah... isso dói......”
Aquelas palavras foram tão repentinas que quase retiraram Gu Hai de seu sentimento de satisfação. Ele observou cuidadosamente o rosto de Bai Luo Yin enquanto acariciava levemente a testa dele, “Sinta um pouco a sensação, é mesmo dor?”
Depois de dizer aquilo, ele empurrou tudo para dentro de novo.
Na penumbra do quarto, os dedos de Gu Hai acariciaram a pele dele como se tivesse medo que um toque mais pesado fosse quebrar a magia inebriante. Bai Luo Yin sentiu como se agulhas de acupuntura estivessem sendo colocadas nele. Por uma fração de segundo, uma sensação de formigamento se espalhou quase uniformemente por todo seu corpo, convidando-o a nomeá-la, para cair nela, mas ainda assim ele era incapaz de descrever isso como ‘dor’.
Depois de um tempo, a sensação se foi e seu corpo ficou relaxado novamente. Mas dessa vez, parecia que até seus ossos haviam amolecido, eles também pareciam intoxicados.
Com êxtase excitando cada nervo torcido em seu corpo, Gu Hai deixou seu membro quente e latejante penetrar várias vezes.
Naquele momento, o corpo de Bai Luo Yin se curvou, seu tronco ligeiramente arqueado. Antes, ele estava todo lógico e fingindo um desligamento frio da sensação que não era incapaz de nomear, mas isso foi apenas até um gemido esfarrapado e entrecortado inevitavelmente rasgar seu caminho para fora de seus doces lábios.
Então, alguma coisa não apenas o agitou como também dominou seu pensamento. Como se um fósforo tivesse sido aceso e derrubado sobre seu corpo já encharcado de combustível, chamas ardentes irromperam e ansiosamente circularam até para as menores partes escondidas de seu ser. Sob os toques eletrizantes de Gu Hai, o resto do mundo se tornou um borrão sem importância que há tempos foi banido para os recessos distantes da mente dele.
A parte inferior do corpo dele tremia enquanto ondas de choques elétricos queimavam por ela. Incapaz de aguentar essa sensação, as mãos dele dispararam para agarrar com firmeza o braço de Gu Hai; até seus dedos pareciam fracos enquanto afundavam na pele abaixo deles. Ele pediu, quase implorou que ele parasse.
E foi desse jeito que...... Gu Hai se moveu incessantemente sem nenhuma pausa. Mais uma vez, ele disparou grosseiramente. Com seu membro encarando magnificamente aquela parte, ele investiu firmemente com uma força poderosa.
O pescoço de Bai Luo Yin se voltou para cima, uma expressão dolorosa pintada excepcionalmente bem em seu rosto. Porém, junto com a dor também havia uma intrínseca diferença nele. Naquele momento, Gu Hai pode sentir claramente que Bai Luo Yin absolutamente havia alcançado, ou ao menos tocado, aquele delicioso estado de euforia.
Mais uma vez, Gu Hai investiu grosseiramente, então, com sua voz grave e sedutora, ajustada com um charme sobrenatural, ele perguntou, “Está sentindo isso?”
Bai Luo Yin podia sentir o calor, junto com a vermelhidão, crescer gradualmente em suas bochechas. Agora, elas deviam estar além do rosado atraente, provavelmente beirando um vergonhoso arroxeado. Elas o marcavam, dando ao outro garoto uma visão de seu estado emocional. Ele sentiu como se suas inseguranças estivessem escritas cegamente por todo o seu rosto e não tivesse lugar nenhum onde ele pudesse se esconder essa atrocidade interna.
Enquanto a percepção dessa sensação se tornava conhecida a ele, suas sobrancelhas franziram e seus lábios ficaram selados, se recusando a admitir mesmo que sua vida implorasse o contrário.
Gu Hai esticou ligeiramente seu tronco e, daquele ângulo, ele se concentrou em estimular intensamente aquele espaço apertado. Isso aumentou a fricção, fazendo a cintura de Bai Luo Yin ceder e tremer quase violentamente.
Seus dedos dos pés pinicavam como se cera de vela tivesse sido derramada sobre eles, fazendo-os enrolar enquanto mergulhavam nos lençóis da cama. Seus olhos estavam fechados, protegidos por uma paixão pesada e não dita. Sua respiração estava rápida e curta e seus lábios sedutores estavam ligeiramente partidos enquanto gotas de suor dançavam perto umas das outras sobre a testa dele, dizendo a ele que queria rolar pelo seu rosto quente.
No quarto agora aquecido, as respirações deles há tempos haviam se misturado em uma dança caótica.
“Está sentindo isso?” Ele sussurrou, um suspiro rouco, quente e sem fôlego, em uma voz que os envolveu como um lençol quente em uma noite fria de inverno.
A expressão de Bai Luo Yin estava escrita com vergonha e ressentimento enquanto ele aguentava silenciosamente, ainda indisposto a admitir qualquer coisa.
Um segundo depois, Gu Hai ficou tão selvagem e erótico que era quase como se ele estivesse perdido em um estado de confusão. Sua natureza marota foi desenterrada de seu confinamento profundamente escondido e começou uma rebelião. Ele queria tanto, tão desesperadamente, saber a resposta para a sua pergunta.
Ele virou Bai Luo Yin forçosamente de lado enquanto, ao mesmo tempo, levantava uma das pernas dele e a colocava sobre seu ombro antes de pressionar a outra perna firmemente. Nessa postura, era mais fácil para ele acessar aquele lugar e investir com força.
A cintura de Bai Luo Yin foi forçada para baixo por Gu Hai e suas pernas estavam bem abertas. Sem nem mesmo ter a chance se sentir a vergonha ou a humilhação que deveria ter atacado seu coração e sua mente, todas as suas emoções foram atiradas pelas numerosas e consistentes fricções que excitavam sua região inferior.
Uma sensação prazerosa e tentadora jorrou de baixo. Essa sensação incrível, indescritivelmente abrasadora, irrompeu do fundo de seu ventre e açoitou selvagemente. Ondas e mais ondas de um êxtase extraordinário se desenrolaram pelo corpo dele em torres de calor cada vez maiores. Enquanto séries de arrebatadoras correntes elétricas pulsavam para fora de sua parte mais profunda e escondida daquele centro vital privado enterrado em sua pélvis. Sentindo a necessidade torcida e intensa elevar-se dentro dele, Bai Luo Yin perdeu completamente toda a sua capacidade mental. O encantamento havia varrido seus sentidos e sua lógica para o lado e, no lugar, só o que ele sentia era o desejo quente e ardente.
O arrebatamento das respostas latejantes e selvagens de Bai Luo Yin enviava violentos tremores de prazer para Gu Hai através de seu membro. Ele, então, fazia seu caminho subindo pelo seu corpo, carregando seus cinco sentidos em uma crista infinita espiralando para o cume da paixão, então permanecia ali em um êxtase brilhante e infinito.
A cintura de Gu Hai era como um gerador elétrico, tanto sua força quanto a frequência eram impressionantes. Ele olhou cuidadosamente, com desejo e sedução em seus olhos altivos, para Bai Luo Yin. Sua conduta formidável e imponente parecia como se ele quisesse pegar Bai Luo Yin e engoli-lo por inteiro.
Um gemido quebrado espremeu seu caminho para fora da garganta rígida de Bai Luo Yin. Ele sentia como se estivesse ficando louco e seu corpo inteiro se recusasse a ouvi-lo, como se tomasse controle de si mesmo.
Quando Gu Hai ouviu o gemido sedutor sair da boca de Bai Luo Yin, ele levou sua cabeça mais para frente e olhou para baixo. Ele viu o rosto corado dele quando olhou profundamente em seus olhos adoráveis. Mesmo com a fraca luz das estrelas e da distante lua, ele podia ver o rico contorno do belo rosto dele. Seus olhos estavam brilhantes, ansiosos e abafados com paixão que traía as palavras que escaparam de seus lábios.
Gu Hai beliscou o queixo molhado de Bai Luo Yin e disse fracamente: “Está sentindo isso?”
Bai Luo Yin se agarrou obstinadamente em seu último pedaço de justiça própria. Quando Gu Hai investiu contra ele com grande intensidade mais uma vez, Bai Luo Yin pode sentir instintivamente que ele não podia se segurar por mais tempo. Além disso, Xiao Yin Zi já estava tão inchado, ao ponto de estar doendo.
A cada momento que Gu Hai se conectava com ele, isso o empurrava à beira de explodir, entretanto sempre tinha aquele pequeno obstáculo que o impedia. Ele sentia que se fosse atormentado com essa sensação novamente, ele realmente perderia seu fôlego e morreria.
Ele tentou usar sua própria mão para se aliviar e se libertar dessa sensação esmagadora, porém a mão rápida de Gu Hai disparou adiante e o impediu de fazê-lo.
Então, imediatamente após isso, os dedos de Gu Hai deram voltas lentamente do joelho de Bai Luo Yin e trilharam para dentro ao longo da parte interna da coxa dele. Enquanto seus dedos dançavam o caminho, provocando-o e deixando uma trilha de formigamento quente, eles finalmente encontraram o Xiao Yin Zi e seguraram com firmeza.
Ele não só não o ajudou a ter alívio como foi a tal ponto de prevenir que ele liberasse. Segundo depois, seu traseiro cruelmente recebeu investidas exatamente como antes. Já por um longo tempo, o gosto dessa dor já havia mudado.
Bai Luo Yin sentia como se seu corpo estivesse queimando num mar de chamas. Xiao Yin Zi já estava pulsando em sua capacidade total. Ele estava sendo segurado e preso ao ponto onde até respirar era difícil para ele. As consistentes correntes elétricas em seu traseiro eram como ondas fluindo infinitamente enquanto faziam seu caminho adiante e se conectavam com a corrente chocante em seu membro. Ele podia sentir tão vividamente; ele não poderia aguentar por muito mais tempo.
Gu Hai de repente diminuiu o ritmo. Mas mesmo então, uma a uma, com cada penetração havia força e precisão.
Cada vez que ele fechava o espaço que se atrevia a separá-los, ele perguntava repetidamente, “Está sentindo? Está sentindo? Está sentindo?............”
Finalmente, Bai Luo Yin se desmanchou. Uma quente e sensual consciência sexual tomou o controle de seu corpo. Seu cérebro disse uma coisa, mas o poder esmagador de seu desejo fez seu coração e seu quadril dizer outra coisa. Enquanto ele desabava nesse prazer, houve uma pausa repentina em sua respiração antes dele responder tremulamente em um rugido baixo, “Eu sinto.”
A admissão da sensação de seu quase clímax pareceu aliviante.
Gotas quentes de suor rolaram eminentemente pelas bochechas quentes de Gu Hai e desceram para seu queixo. Ele lambeu o suor salgado do canto de seus lábios curvados e arrogantes.
“Ótimo, vamos gozar juntos.”
Naquela fração inevitável do tempo, como se uma força magnífica formada por dezenas e milhares de homens e cavalos tivessem disparado e chegado ao campo de batalha, ficou difícil prever e procurar onde a alta frequência das excitações deles começava e onde terminava.
O corpo inteiro de Bai Luo Yin e até sua alma fugaz foi colocada no meio de uma onda de calor escaldante que procurava engolir e consumi-lo em suas chamas furiosas. Essa chama se recusava a diminuir enquanto continuava a queimar e a queimá-lo......
Parecia que um carregamento estava escondido secretamente dentro dele e a qualquer momento ela fosse se partir abruptamente e explodir. Cada um dos nervos de seu corpo ficou fluido e fundido enquanto eles convulsionavam em fortes espasmos de paixão.
Em um momento, ele havia libertado sua alma instantaneamente da redenção, então logo depois essa miragem mudou e ele agora estava planando alto em direção ao sétimo céu. Enquanto esse prazer extraordinário o consumia, ele rodopiava nessa aparente falsa realidade.
Assim que Bai Luo Yin voltou de seu estado de euforia, um cara extremamente ávido já havia olhado com atenção e absorvido toda a cena intoxicante. Além disso, ele havia gravado essa imagem em seu cérebro e permitiu que ela viajasse pelas suas veias como drogas para um viciado.
Hoje, Gu Hai se sentira tão bem que ele explodiu em um mar de êxtase.
Especialmente durante o último momento.
Ele abraçou com força o corpo quente de Bai Luo Yin e, como se para se tornar um, ele investiu contra o ápice de seu ponto de ruptura. Era tão forte e cheio de grandeza que nem ele estava ciente disso. Apesar de rapidamente diminuídos para sombras de seus êxtases iniciais, espasmos continuavam a disparar vigorosamente pelo seu corpo como foguetes vagando sem rumo.
Ser capaz de ouvir os gemidos dele, fora de controle e em sua natureza animalesca bem perto dele, junto com a sensação da respiração quente dele pairando perto de seu ouvido, fez Gu Hai querer simplesmente toma-lo novamente e se conectar com ele até sua morte!
Saciado fisicamente, o gosto posterior disso deixou Gu Hai ainda um pouco atordoado enquanto ele se grudava como super cola no corpo suado e ainda quente de Bai Luo Yin.
Empolgado e cheio de alegria e expectativas, ele abraçou com firmeza os ombros de Bai Luo Yin e disse: “Baobei, o que você quer? Você pode dizer ao seu irmão mais velho!”
O punho apertado de Bai Luo Yin passou pelo lado esquerdo do rosto de Gu Hai, “Quem é mais velho e quem é mais novo, humm?”
Gu Hai imediatamente acariciou o lado esquerdo de seu próprio rosto de uma forma amuada antes de dizer zombeteiramente, “Ótimo! Parece que você ainda tem alguma força sobrando. Essa é a prova de que eu não fodi você com força suficiente um momento atrás! Que tal fazermos de novo?”
Depois de dizer isso, ele encarou Bai Luo Yin e pesou com força sobre ele novamente. Porém Bai Luo Yin respondeu rapidamente, suas mãos serpentearam para o pescoço de Gu Hai e o apertaram com firmeza, desejando que ele pudesse mata-lo estrangulado.
Os dois lutaram vigorosamente na cama por um tempo. Mas mesmo nesse momento, seus toques eram suaves, suas vozes estavam enlaçadas com doces palavras não ditas.
No fim, foi Gu Hai quem relaxou sua mão e soltou primeiro antes de dizer suavemente, “Okay, okay, vá tomar um banho. Depois disso, nós podemos dormir um pouco mais cedo.”
*****
    Eu ainda nem acredito que consegui terminar!!!!

      Eeeeeeeeeeeeeeee FINALMENTE eles conseguiram!!!!! ⤴︎ ε=ε=(ง ˃̶͈̀ᗨ˂̶͈́)۶ ⤴︎ Êêêêêêê!!! Viva!!! *corre pela casa gritando de felicidade* ヾ(゚∀゚○)ツ三ヾ(●゚∀゚)ノ
     Ai gente, que emoção! Nem sei o que dizer. Estou orgulhosa do nosso Da Hai que soube ter paciência e se controlar em um momento bem complicado (hehehe) e do nosso Yin Zi que, apesar do grande medo e trauma, ainda assim teve a força e coragem de aceitar o Gu Hai (e admitir que não pode ficar sem ele, né?), para saber que não seria mais o pesadelo que foi aquela vez (Graças ao bom God!). *suspira aliviada de novo* 
    É isso ai, meus amores. Espero que tenham gostado - Ora! Quem estamos tentando enganar? É claro que gostaram! huehueheuheu. Eu provavelmente não vou postar nada amanhã porque hoje foi tenso. huahuahauhau
    Um beijão para todos!!!
    Lena.

33 Comentários

  1. OW MY GOD!!!!!!!!!!!!!!!!!! O que eu li agora? Finalmente chegou o dia tão esperado por todos nós aqui. ( soltando fogos pra comemorar hahaha!) Finalmente, traumas são superados, e aceitação caiu do céu. Mas, eu acho que nosso Yin Zi não deixará isso barato, e irá pegar o Da Hai e aplicar o mesmo metodo. Vamos ver se ele vai aceitar a ser o uke de novo. kkkkkk Bom trabalho, e obg por esse presente de natal hehe.

    ResponderExcluir
  2. Respostas
    1. Eu suei aqui tbm...
      Juro... Escorreram grossas gotas de suor, como se fosse eu ali. Minha respiração então nem se fala, tava me contorcendo na cama.
      GOD. Esse capítulo foi perfeito...

      Excluir
    2. Eu li sentada na sala, com minha sobrinha perto, ai que vexame...

      Excluir
  3. Lena obg, td de bom para vc e sua familia e para todos nós, bjssss

    ResponderExcluir
  4. UAU... QUE PRESENTE DE NATAL!
    OBRIGADA PELO LINDO TRABALHO...

    ResponderExcluir
  5. Gente.. Ate quem fim aconteceu a que todos nos estavamos esperando. Que orgulho dos meninos.

    ResponderExcluir
  6. Aeee 🔥🔥foi tudo muito bem Gu Hai conseguiu sendo fofinho com o Yin Zi tão amorzinho eles 🎇🎆 Feliz Natal a todos! obg lena ❤

    ResponderExcluir

  7. Aé kkkkkkkkkkk, agr foi. Feliz natal pessoas. Obg Lena.
    Ps: Tenho que reler pra ver se entendi tudo msm... *suspira*

    ResponderExcluir
  8. Lenaaaaa... Muito obrigado por esse maravilhoso presente de natal, esse que é o nosso primeiro natal juntos né. Te desejo tudo de bom, vc merece.
    Bjs bjs bjs desse magrelo que te ama... 😘😍
    FELIZ NATAL A TODOS

    ResponderExcluir
  9. Uhuuuuuuuuul!!!!!!
    Ri com esses dois kkkk tbm me sinto orgulhosa do Hai, cuidando do Bai direitinho😍. Parabens bravo guerreiro!!

    ObrigadA Lena!!

    ResponderExcluir
  10. Obrigado Lena, e Feliz Natal para tod@s!

    ResponderExcluir
  11. Caído aqui no chao uma explosão de emoções que nao da para descrever vlw lena e feliz natal para todos os viciados como eu!!!!

    ResponderExcluir
  12. Feliz natal pra todos, um especial pra você Lena, muito obrigado.

    ResponderExcluir
  13. Valeu gatinha, melhor tradutora ever!
    Feliz Natal, tenha um bom descanso, ok? Xx xoxo

    ResponderExcluir
  14. Omg estou todo suado com esse cap. Obg lena feliz natal bjss.
    ..

    ResponderExcluir
  15. Suei aqui, tive borboletas no estomago, e tudo mais! Céus! Tipo assim... Gu com voz rouca... Lou Yin admitindo que gostou... A noite quente e maravilhosa... Uau... Gente, isso é tudo! Lena vc é uma rainha! Muitoooo Muitoooo obrigada! Te amo s2

    ResponderExcluir
  16. Feliz Natal pessoal!! A todos os viciados como eu, q devem estar pulando de euforia por esse capítulo incrível, mamis está orgulhosa Gu!! Isso sim, foi fazer amor... Radiante!!! Bjos a todos meus companheiros de comentários de todos os dias!!! E obrigada por Sotus, tão viciante quanto Addicted!! Maratona de um dia.. Apaixonada!!! Se n fosse por vcs n teria visto essa novel linda e fofa, e mais um OTP precioso!! Arthit e Kong já amoooo...

    ResponderExcluir
  17. ✨ ta tudo MUITO bem tudo MUITO ótimo, mas sinto que vai vir muitas desgraças pra frente ✨ nao tenho nem oq falar desses dois kskxjdks os amo demais e espero um "eu te amo" ou algo a chegue perto vindo dos dois

    ResponderExcluir
  18. ai ai Da Hai vc conseguiu estou feliz espero que vc agora tenha noites de amor e paixao sempre. obg Lena feliz natal pra todos

    ResponderExcluir
  19. Oi eu nunca comento tô aqui a muito tempo eu sou super viciada eu tô super feliz pro eles terem a primeira vez foi tão romântico e suave 💗amo o seu blog 😍

    ResponderExcluir
  20. Amei to loca para ler o capitulo 147 to viciada nessa novela

    ResponderExcluir
  21. Lena do céu 😲😱 rolando na cama feito louca (se pudesse gritaria. Mas vai acordar o povo!) Aleluia! Chegou o momento mais esperado desde o 1¤ capítulo. Lendo essa novel acho q virei uma pervertida kkkkkkk morrendo de felicidade quando aparece o alerta de smut hahaha é culpa da chai jidan maravilhosa.
    Thanks unnie linda 😍
    Fighting!!!!

    ResponderExcluir
  22. Não consigo nem teclar direito, (tremendo) uauuuu que capitulo obrigado. Eu ja estou no Feliz ano novo tudo de bom que 2017 seja cheio de muitos romances bjsss.

    ResponderExcluir
  23. Nossa que emoção ate que em fim valeu apena esperar kkkkkkkkkkkfeliz ano novo para todos

    ResponderExcluir
  24. nem sei o que dizer...ainda estou tentando me recuperar...muito obrigado por trazer mais esse capitulo To amando !!!

    ResponderExcluir
  25. Nossa estou realmente diferente depois de ler tdo isso

    ResponderExcluir
  26. Aconteceu 😱
    Finalmente, e foi bonitinho.

    ResponderExcluir
  27. Eu nem sei quem sentiu mais prazer eu lendo esse capítulo ou eles fudendo 💖

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi um capítulo e tanto... Parecia que cada me sentia na cena... Depois do capítulo 119, com certeza esse junto com o 145 são os melhores. (Até então) hehe

      Excluir
  28. Achei de mais tudo saiu perfeito ameei essa cena ����������

    ResponderExcluir
  29. Estou sem palavras para esse capítulo perfeito ❤

    ResponderExcluir