Continuando...

Este é um capítulo especial feito no ponto de vista do Phun. Acho super legal poder saber o que ele pensa. Principalmente quando são coisas que a gente não imaginava... hehehe Vocês vão gostar muito de umas coisas que passam na cabeça dele. >w<  Ah. Esse capítulo é da novel original e ele se encaixa aqui mesmo, entre os capítulos 20 e 21. =D

Mais uma coisa: Para quem quiser fazer o download da novel, no site do Kokoro Lovers eles atualizam os downloads. Agora tem até o capítulo 26 disponível e vocês também já podem baixar pelo 4share. ^^

É isso. Vão ler. Uma boa noite a todos. ^^

Beijos~         
Lena.
______________________________________________


LOVESICK: The Series Novel

Capítulo especial: você consegue ouvir? A voz vinda de phun.


“Phun! Você pode checar o orçamento do meu clube pra mim? Por favor? Por favor? Por favor? Tem 20.000 faltando! Eu estou a ponto de ficar doido aqui!”
Foi assim que Noh entrou em minha vida e virou a maior surpresa em anos. Era fato que nós nos conhecíamos de certa forma, mas nós nunca tivemos a chance de falar só nós dois daquele jeito antes. Toda vez que nos falávamos, nós nunca tivemos uma conversa do tamanho como dessa vez também.
Eu não podia evitar de sorrir sempre que pensava naquele dia. O rosto claro e pálido de Noh é geralmente cheio de tantas expressões diferentes. As vezes ele é desordeiro. As vezes ele tem um olhar presunçoso no rosto. As vezes ele tem esse olhar desonesto como se estivesse planejando fazer alguma coisa ruim quando ele sai com os amigos ou só quando ele está brincando com eles. Mas aquele dia ele tinha uma expressão diferente que eu nunca tinha visto antes. Ele tinha uma expressão de tanto pânico que eu tive que me segurar para não explodir em gargalhadas. Okay, eu vou admitir que frequentemente eu curtia secretamente olhar para o Noh uma vez que ele é tal personagem. Sempre que eu via o rosto dele eu me sentia tão relaxado, e todo o meu estresse desaparecia porque ele conseguia me fazer rir.
Mas eu juro que mesmo me sentindo desse jeito, eu nunca tinha pensado no Noh de um modo romântico porque ele é meu amigo (não exatamente próximo) que está sempre de bom humor. Eu sabia que ele era 100% hétero. Eu até ouvi que ele tinha uma namorada que frequentava a mesma escola que minha namorada, mas eu não sabia quem ela era. Às vezes, eu costumava pensar em como o Noh devia agir quando ele estava com a namorada dele. Ele era do tipo que ficava brincando do jeito que ele era na escola (o que seria estressante para a namorada dele)? Ou talvez ele fosse inacreditavelmente doce e do tipo romântico quando estivesse do lado dela? Quem saberia?
Eu não tinha segundas intenções e estava sendo completamente sincero quando fiz aquela pergunta ao Noh aquele dia. Pouco eu sabia naquele dia que Noh e eu cairíamos em um poço tão fundo do qual nenhum de nós mal poderia escalar para sair.
Aim: ‘Me mande uma mensagem quando estiver on, Yuri’ diz:
Phun, por favor não me deixe.

Mas a realidade nunca é tão simples como costumamos esperar que seja. Eu encaro a mensagem em uma janela do MSN Messenger na tela do meu computador antes de soltar um longo suspiro.
Eu sinto que meu dedo indicador está dando batidinhas no mouse como se eu fosse alguém com pensamentos distraídos. Na verdade, minha cabeça está bem vazia. Não é que eu esteja sendo frio e não sinta nada. É só que eu tenho tentado pensar nisso repetidamente, mas não tenha encontrado uma solução. Nesse ponto, eu me tornei alguém que está tentando fugir da verdade.
Tiveram tantos casos onde eu tinha ficado pensando no que aconteceu, tentando descobrir como tudo ficou desse jeito. Que tipo de sentimentos eu tenho pelo Noh? Eu amo ele? Eu não tenho a coragem de admitir que eu seria capaz de dar algo tão grande assim para um amigo que só entrou totalmente na minha vida só na quarta-feira passada.
Eu não consigo me fazer usar a palavra ‘amor’ de todo coração com aquele cara... mas eu sei que quero ele em minha vida. Ter o Noh ao meu lado essa semana que passou foi algo que eu nunca poderia dar preço. Todas as vezes que eu acordei e vi o rosto adormecido dele perto de mim, eu não podia evitar de desejar que aquilo acontecesse toda manhã... até que nós cruzamos aquela linha de ser apenas ‘amigos’.
Eu percebi a cagada que eu tinha feito, porque eu não tinha o direito de fazer aquilo com mais ninguém.
Eu queria ser um homem honrado que amaria Aim até o fim. Eu queria manter nosso relacionamento forte porque ela tinha colocado sua confiança em mim.
Em última análise, eu superestimei minhas próprias habilidades.
Eu menti... quando disse que não tinha segundas intenções e que estava sendo sincero quando eu pedi ao Noh que fosse meu falso namorado. Eu menti...
Na verdade, eu fiquei extático quando foi o Noh que esteve lá naquele momento. Noh, a pessoa que era um amigo distante meu. Noh, a pessoa que competiu contra mim em um cabo-de-guerra onde nós dois acabamos machucando nossos joelhos oito anos atrás. Noh, a pessoa que atuou como um astrologista junto comigo enquanto eu era o governador da cidade durante a Semana de Língua Tailandesa para a nossa escola cinco anos atrás. Noh, a pessoa que Rodkeng arrastou para a minha festa de aniversário parecendo bem desconfortável dois anos atrás. Ele se esforçou tanto para ser educado, e falou gentilmente todo o tempo que esteve lá, que eu não pude evitar de me perguntar se ele ia acabar fazendo alguma coisa inadequada na festa.
Noh, a pessoa que eu sempre tivera em mente quando eu pensava como seria bem legal se eu conhecesse uma garota com a personalidade dele. Eu frequentemente desejava que a Aim pudesse ser brilhante e alegre como o Noh. Ele pode ser escandaloso, ofensivo e agir como um bandido de rua as vezes, mas sempre tem afabilidade e sinceridade brilhando naqueles grandes olhos redondos dele.
Eu dei a mim mesmo um desafio de pedir a alguém em quem eu sempre estive interessado para fingir ser meu namorado. Eu disse a mim mesmo que não importava o quê, Noh ainda era um cara. Não importava o quão fofo e adorável ele era, nunca haveria um dia em que eu começaria a ter sentimentos estranhos por ele.
Mas enquanto os dias passavam, eu percebi que eu dei muito crédito a mim mesmo. Eu não era tão forte quanto eu pensava originalmente.
O celular preto está largado ali em silêncio, exatamente o mesmo silêncio saindo de mim. Eu ainda não dera uma resposta para Aim.
Eu não sei o que aconteceu comigo. Se fosse duas semanas atrás, eu estaria feliz em digitar uma resposta sobre como eu nunca a deixaria. Mas hoje, parecia que minhas mãos estavam duras como pedra. Eu não consigo pensar em uma resposta que não vá me fazer parecer terrível.
É porque eu sei que pessoa horrível eu realmente sou.
Meu dedo indicador se move do mouse para tocar o último número que eu havia discado. É o mesmo número que eu tentei ligar mais cedo essa noite, mas eu finalizei a ligação antes mesmo de tocar. Eu não tinha certeza sobre o que eu conversaria com ele (se eu perguntar se ele ainda está com dor, ele me xingaria). Ele pelo menos ainda queria falar comigo afinal?
No entanto, meu dedo se move mais rápido do que meus pensamentos e toca o botão de ligar. Eu coloco o celular em viva-voz e escuto o toque. Bem logo ele atende o telefone com seu costumeiro tom de voz de malaco.
“Por que você está me ligando? Estou bem na frente do seu quarto.”
Eu mal podia acreditar nos meus olhos quando abri a porta e vi o Noh ali de pé. Meu mundo para, porque eu não me importo mais como esse espertinho vai me cumprimentar. Eu só consigo ouvir essas vozes ecoando na minha cabeça.
Eu quero o Noh.
Eu quero que o Noh fique ao meu lado.
Ele não precisa ficar do meu lado pelo resto de nossas vidas.
Eu só vou pedir por esses momentos, os momentos que nós ainda temos esses sentimentos maravilhosos um pelo outro.
Eu quero lembrar desses momentos e guarda-los bem dentro de mim.
Em caso de, um dia, eu deva estar com outro alguém, então eu nunca, jamais vou esquecer desses momentos com ele.
Esses momentos quando o Noh ainda estava na minha vida.
Esses momentos que eu vou estimar para sempre, mais do que quaisquer tesouros inestimáveis no mundo.

“Que tal Bang Saen? É perto o suficiente.”
“Eu vou me certificar de que você esteja lá a tempo pra fazer seu teste amanhã. Vamos!” hehe. Eu acho engraçada a expressão de descrença no rosto dele. Ele começa a fazer um grande rebuliço bem como pensei. Tem um velho ditado, “Os impudentes conseguem o que querem, os tímidos vão sem” [N/T: “quem não chora, não mama” hehe]. Eu não me importo com o tamanho do alvoroço que o Noh quer fazer, porque eu não sei se teremos outra chance de ficarmos juntos assim de novo depois dessa noite.
Eu posso dizer a verdadeira razão de ele estar aqui pelo olhar parado e melancólico nos olhos dele...
Então se as coisas estão prestes a mudar, então eu só vou pedir por essa última oportunidade de estar com ele pelo máximo de tempo que eu puder.
Enquanto nós estávamos na estrada, se ao menos Noh tivesse olhado para mim, então ele teria notado o quanto eu estava me esforçando para me manter forte e suprimir os sentimentos de saber que essa era nossa última noite juntos.
No restaurante, se ao menos Noh tivesse alguma fé em mim, então ele teria percebido que mesmo que eu não possa simplesmente esquecer a Aim, o pensamento de eu abandonando ele nunca nem mesmo passara na minha cabeça.
No quarto naquela noite, se ao menos o Noh tivesse escolhido ser egoísta com alguém como eu...
Se ao menos Noh tivesse confiança em mim e permitisse que eu decidisse tudo...
Eu estaria preparado para jogar essas tão-chamadas verdades fora. Eu estava pronto para jogar fora as coisas que eram supostamente consideradas apropriadas. Eu queria jogar fora quaisquer eram essas coisas que nos haviam ensinado que eram as coisas certas.
Eu estou sempre pronto para abraçar o Noh pelo tempo que ele precisar que eu faça.
Entretanto, o mundo das realidades e o mundo dos sonhos coexistem em linhas paralelas.
Eu tenho apenas essa noite onde Noh e eu não somos amigos.
Eu não posso mais abraçar o Noh pelo tempo que eu quiser. Não mais.                                                                                                            

Phun.
 *****

        Gente!!! Ele sempre gostou do Noh! OMG!!! Que lindoooo!!! ヾ(*Őฺ∀Őฺ*)ノ
        Ah. Vocês estão sabendo da série que eles estão fazendo juntos de novo? Não, não é BL (infelizmente >_<), mas é legal ver eles juntos de novo. ^^ O nome é U-Prince Series e não sei quando sai... =X hehehe Mas aí vai um videozinho deles dois pra vocês. ^^ Bjsss~

19 Comentários

  1. Eu adoro este capitulo com a visão do Phun, ele semprer esteve interessado no Noh que fofo!!!! obrigado Lena

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também adoro!!! Acho super legal saber o que ele pensa. ^^
      De nada. ^^

      Excluir
  2. Lena amei tudo espero por mais e tão fofo os pensamentos deles 😘😘😘😘

    ResponderExcluir
  3. Amei poderia ter mais capítulos com a visão do Phun, Lena vc vai postar essa novel ate um fim? so pra saber pq eu vou acompanhar por aqui vlw por tudo bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo. ^^

      Vou postar até o fim sim. =)

      Excluir
  4. Tô no chão com tamanha fofura...
    Obg Lenaaaaa! <3 <3 <3

    ResponderExcluir
  5. Oi Lena, adoro o seu trabalho e leio quase todas as novels que você traduz! Eu falo inglês e queria saber se você precisa de ajuda nas traduções, e se você quiser e os leitores se interessarem eu posso traduzir A Round Trip to Love (mesmo sendo uma novel pesada, eu gosto hahaha). Aguardo retorno <3 amo seu trabalho!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lia!
      Que legaaaal!!!! Vamos ver se é de interesse do pessoal. *___*
      Tem gosto de todos os tipos, não é? hahaha Eu não sei se aguentaria ler essa. O_O *medo* hehe

      Ah. Manda um e-mail pelo formulário de contato pra eu ter seu email salvo. ^^/
      Bjsss

      Excluir
    2. Onde é esse formulário de contato? Não achei :(( de qualquer jeito, meu email é liakranieri@gmail.com

      Excluir
    3. Logo embaixo do nome do perfil, lá em cima do lado direito. hahaha

      Mandei email. Avisa se não tiver chegado. =)

      Excluir
  6. Morri......🤗🤗😏😏obg mas uma vez Lena bjhs

    ResponderExcluir
  7. Lena tem um menino traduzindo U - Prince, ele colocou um ep no Youtube ontem, mas foi retirado por direitos autorais quando eu souber onde ele vai colocar novamente eu aviso aqui

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, me avisa sim, por favor. ^^/
      Obrigada!!!

      Excluir
  8. SOCORRO
    Eu não to conseguindo ler o cap 21, 22, 23, 24, 25 e 26
    Alguém me ajuda por favor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É pq eu ainda não postei esses. XD Mas ainda essa semana, eles estarão aí. ^^

      Excluir