Oi minha gente!!!

Primeira postagem de 2017 e tinha que ser Addicted. hahahaha Vício é vício. XD

A SaeHan (tradutora pro inglês) disse que esse é o capítulo preferido dela no Volume 1 porque ele "redefine tudo". Acho que concordo com ela... Esse capítulo é bem marcante e mostra um outro lado dos nossos babies. *u*

Vamos lá? ^^/

Beijos~        
Lena.
Já falei que amo fanarts? hehehe
__________________________________________



Cap. 148: Toda a minha felicidade.



No caminho de volta para casa, Gu Hai perguntou casualmente a Bai Luo Yin: “O que você quer comer?”
Bai Luo Yin pensou nisso por um tempo, mas mesmo assim nada veio em mente. Então ele simplesmente disse, “Qualquer coisa está bom!”
“Você quer comer macarrão?”
Um sinal de aflição coloriu o rosto de Bai Luo Yin. Suas sobrancelhas franziram juntas criando rugas que falavam de sua desaprovação, “Não podemos comer alguma coisa diferente? Desde que eu voltei para seu apartamento, nove em cada dez dias nós estivemos comendo macarrão.”
Gu Hai estava batucando a mão alegremente no volante ritmicamente. Ele olhou de relance para Bai Luo Yin com um sorriso se formando gentilmente no canto de seus lábios: “Dessa vez é diferente. Antes, nós sempre comprávamos macarrão instantâneo e cozinhávamos daquele jeito, mas dessa vez eu vou sovar e enrolar a massa pessoalmente.”
Os olhos de Bai Luo Yin arregalaram ligeiramente antes de dolorosamente baixa-los para o carpete do carro antes de fechá-los, então, depois do que pareceu um longo tempo, ele reabriu os olhos.
“Que tal nós só comprarmos o macarrão instantâneo em vez disso?”
Dando outra olhada na aparência meio suplicante de Bai Luo Yin, Gu Hai permaneceu imperturbável e insistiu em manter com sua afirmação anterior. Bai Luo Yin simplesmente suspirou, cedendo à pressão já que ele não queria atacar ou ferir o entusiasmo de Gu Hai. Se ele soubesse antes que seria assim, ele teria dado uma cortada clara em Gu Hai e uma resposta precisa quando ele lhe perguntou o que ele queria comer um momento atrás.
Eu quero comer isso e aquilo, é o que eu deveria ter dito. Desse jeito, isso teria cortado todas as más intenções dele.
Exatamente quando os dois chegaram em casa, a posição do sol indicava claramente que era hora do almoço. Um aroma doce de comida recém-cozida flutuou pelo corredor na direção do apartamento deles. Só de farejar as refeições caseiras das outras pessoas deixou Bai Luo Yin um pouco relutante de passar pela porta da frente do apartamento deles.
Gu Hai, por outro lado, estava radiando de alegria e expectativas enquanto entrava na cozinha.
Enquanto esperava pela comida ser preparada, Bai Luo Yin se sentou na sala de estar, jogando alguns jogos no computador. Ele olhou para a cozinha quando ouviu barulhos altos de uma imaginação inconcebível viajando da cozinha para suas orelhas que agora formigavam. Ele não podia evitar de se sentir aterrorizado enquanto ouvia aqueles barulhos continuando a invadir o apartamento. De tempo em tempo, ele queria se esgueirar até a cozinha para dar uma olhada rápida, com medo que Gu Hai não estivesse sendo cuidadoso e já tivesse apunhalado a si mesmo no pescoço com a faca de vegetais.
“Yin Zi!”
Ao ouvir Gu Hai chamar por ele, Bai Luo Yin rapidamente baixou seu laptop e andou para a cozinha um pouco ansioso.
A porta diante dele estava fechada, o que apressou Bai Luo Yin a empurrá-la. Com apenas uma olhada, ele ficou assustado imediatamente. Sua pele parecia querer fugir em outra direção.
A pia, a tábua de corte, o fogão, o armário de pratos..... tudo estava coberto de farinha. As roupas de Gu Hai, sapatos, pescoço, rosto..... estavam todos terrivelmente pintados com a farinha branca. Apenas a tigela que “supostamente” continha a farinha não estava coberta com ela e nem mostrava sinal de que uma vez tivera alguma substância dentro dela.
“Você...... por que você me chamou?” Sua voz falhou enquanto ele se virava para olhar para Gu Hai.
Gu Hai balançou suas duas grandes mãos para frente e para trás expondo as duas massas bem sovadas que pareciam como se fossem engolir as mãos dele por inteiro. Radiando de felicidade, ele disse alegremente: “Eu queria que você desse uma olhada. Eu sovei e trouxe a massa à vida.”
Bai Luo Yin, “.........”
No tempo que Bai Luo Yin voltou para a cozinha de novo, Gu Hai já havia começado a cozinhar o macarrão. Olhando para o macarrão restante sobre o balcão da cozinha, Bai Luo Yin não podia evitar de ficar surpreso com o resultado final. Apesar de estar um pouco grosso, a massa realmente era longa e fibrosa. Seus olhos se iluminaram com centelhas invisíveis, revelando o encanto que se assentava em seu rosto.
Wow! É macarrão mesmo! Não é feculento, não é granuloso, não é massa... é realmente macarrão!
Bai Luo Yin pegou um filamento e o partiu ao meio entre as pontas de seus dedos.
Gu Hai falou friamente, “O que você está fazendo tolamente? Por que está segurando o macarrão assim?”
“Sério, tem mesmo algum jeito especial de segurar macarrão, huh?” Bai Luo Yin retorquiu não convencido, “Todas as vezes que eu vi tia Zou segurando, ela era bastante casual e mesmo assim ele não quebrava!”
Os aguçados olhos de tigre de Gu Hai envolvidos com um violento fogo selvagem enquanto ele o encarava, “Aos olhos de espectadores como você, tia Zou está apenas segurando casualmente, apenas pessoas talentosas e experientes como nós entendem o jeito de segurá-los! Está vendo? Esse é o jeito certo de segurar o macarrão.”
Depois de dizer isso, ele gentilmente colocou um filamento do macarrão na palma de sua mão, então, com grande cuidado, ele o colocou na panela. Inesperadamente, enquanto ele coloca uma ponta do macarrão na panela, a outra ponta ainda estava presa em sua palma. O macarrão era menor que vinte centímetros, mesmo assim ele ainda se partiu no meio.
O rosto de Gu Hai ficou ligeiramente envergonhado.
Vendo o rosto dele daquele jeito, Bai Luo Yin deu um tapa no ombro dele, “Eu vou fingir que não vi nada.”
Tendo dito isso, ele saiu da cozinha.
Atrás dele, Gu Hai gritou, “Ei! Volta aqui, aquela demonstração de ainda agora não foi boa!”
A refeição da família de baixo cheira muito bem......
No segundo que ele fechou a janela, Bai Luo Yin quase pulou por ela.
Dez minutos se passaram mais uma vez. Imaginando que estava mais ou menos pronto, Bai Luo Yin bateu na porta da cozinha de novo, “Já acabou?”
Do lado de dentro, Gu Hai estava tossindo freneticamente, então ele não ouviu nem um pouco as batidas altas na porta.
Sem ouvir resposta alguma, Bai Luo Yin empurrou a porta por conta própria.
Uma espessa nuvem de fumaça estava crescendo do lado de dentro e o próprio Gu Hai estava praticamente escondido no meio dela. Ele estava de pé na frente do fogão com o cabo da frigideira seguro firmemente em uma mão enquanto balançava uma grande colher na outra. O fogo embaixo da frigideira tinha virado uma chama furiosa, deixando uma mancha preta meio queimada na frente das roupas de Gu Hai.
“O que está fazendo?” Bai Luo Yin falou entre tossidas enquanto a fumaça o puxava para o meio dela.
Gu Hai parecia não ter ouvido e continuou a fritar a substância preta na frigideira audaciosamente.
Será possível que ele está fazendo o molho?
Bai Luo Yin ponderou isso enquanto, ao mesmo tempo, olhava em volta procurando o macarrão. Depois de procurar por um tempo, ele ainda não pode encontra-lo.
Finalmente ele encontrou uma tigela pequena de uma massa rugosa empacotada. Haviam grossas e finas; as grossas eram da largura de um polegar enquanto as finas eram, no máximo, da largura de uma unha. Não eram necessárias mais explicações, aquele definitivamente era o macarrão que Gu Hai havia cozinhado.
“Eu mudei de ideia!” Gu Hai exclamou empolgado enquanto dava uma olhada rápida em Bai Luo Yin. Seus olhos estavam explodindo de entusiasmo como se um sopro de vida nova tivesse sido inserido neles.
Foi só então que Bai Luo Yin descobriu que o rosto inteiro de Gu Hai estava enegrecido e uma pequena parte de sua sobrancelha estava faltando.
“Você não disse que estava cansado de comer macarrão? Hoje não vamos comer macarrão. Em vez disso, vamos comer dumpling knots fritos [1]!”
Bai Luo Yin, “.......”
__
O sol finalmente tinha decidido descansar enquanto dava caminho para a lugar tomar seu lugar no alto do céu infinito. O fraco restante de céu lilás finalmente desapareceu nas sombras antes destas serem cercadas por estrelas que pareciam iluminar a noite. Essa escuridão sem fim rastejou para dentro da casa silenciosa deles e os consumiu sob seu espesso manto.
Nessa escuridão surpreendente e fria, Bai Luo Yin acordou com olhos sonolentos para encontrar Gu Hai encostado na cabeceira da cama fumando um cigarro. O perfil de seu rosto sério e grave estava iluminado por um halo brilhante de luz lançado do criado-mudo ao lado da cama. Apesar de um ar formidável tingir o rosto dele, a luz acima revelava uma serenidade indescritível que procurava permanecer não dita. O cinzeiro descansando silenciosamente sobre o pequeno armário de cabeceira estava cheio com uma alta montanha de pontas de cigarros.
Quem sabe há quanto tempo ele estava acordado.
Bai Luo Yin lembrou claramente que eles haviam se deitado juntos para dormir. E mesmo antes deles terem adormecido, o rosto de Gu Hai estava tocado por um sorriso travesso e malicioso que falava de insinuações sexuais.
Agora, ele tinha mudado completamente para outra pessoa.
Sentindo a pessoa ao lado dele se mexendo, Gu Hai apertou a ponta do cigarro, apagando-o. ele virou a cabeça ligeiramente para o lado e deixou seus olhos caírem sobre a forma de Bai Luo Yin. “Acordou?”
“Você não dormiu todo esse tempo?”
Gu Hai disse fracamente, “Não, eu acabei de acordar só um momento atrás.”
Bai Luo Yin arrastou seu corpo adormecido para trás, sentou-se e se apoiou na cabeceira. Ele estendeu sua mão, indicando para Gu Hai, “Me dê um.”
“Não fume. Se você fumar, não vai conseguir dormir depois.”
Bai Luo Yin rolou os olhos então disparou uma olhada rápida para Gu Hai, “Então por que você ainda está fumando?”
“Estou viciado.”
Sem ouvir uma única palavra que ele disse, Bai Luo Yin jogou a parte superior de seu corpo por cima do colo de Gu Hai. Com suas nádegas empinadas para o ar, ele esticou o braço na direção do criado-mudo e pegou um cigarro.
Tirando vantagem dessa grande oportunidade, Gu Hai apertou a bunda de Bai Luo Yin, sentindo o músculo firme, mas maleável. Bai Luo Yin, por outro lado, foi indiferente a isso, pareceu como se não se importava com essa tentativa sexual. Depois de pegar um cigarro, ele o acendeu e soltou fumaça pelo canto de sua boca.
“No que você está pensando?” perguntou Bai Luo Yin olhando de esguelha para ele.
Fechando ligeiramente seus olhos, um sorriso indecente se formou nos cantos dos lábios de Gu Hai. “Diz, por que o macarrão quebrou quando foi cozinhado?”
Bai Luo Yin estreitou seus olhos castanhos para Gu Hai, “A razão de você não estar dormindo é porque está pensando sobre isso no meio da noite?”
Gu Hai permaneceu em silêncio, sem dizer nada.
O quarto mergulhou em uma tranquilidade silenciosa. E esse silêncio ameaçador era como veneno para eles, naquela falta de som, a direção desconhecida da conversa deles era deixada descoberta.
A qualquer momento, o cigarro rapidamente iria se apagar e, só então, Bai Luo Yin abriu sua boca e perguntou, “Você está pensando na sua mãe?”
Sob os reflexos brilhantes da luz abaixo da cabeceira, as pupilas de Gu Hai, uma vez vagantes, ficaram dolorosamente estagnadas. Era como se uma nuvem de névoa densa houvesse congelado de repente ao ponto de até a temperatura em volta dele caísse para um grau anormal.
Bai Luo Yin apagou o toco de cigarro e disse fracamente, “Eu descobri que, quando você está com dor, você sempre gosta de aguentá-la sozinho. No entanto, só quando você não está mais sofrendo, você virá se fingir de digno de pena na minha frente.”
O corpo inteiro de Gu Hai enrijeceu, se recusando a mexer.
Naquele momento silencioso e inabalável, os braços de Bai Luo Yin se esticaram para ele. Ele queria, com todo o seu coração, puxar e pegar Gu Hai em seus braços e abraça-lo, mas o corpo de Gu Hai endureceu com muito esforço, se recusando a ser abraçado.
Na verdade, ele estava incapaz de mover seu corpo.
No fim, o próprio Bai Luo Yin se inclinou ligeiramente para Gu Hai antes de tomar a iniciativa se encarar os finos lábios de Gu Hai e beijá-los.
Seus lábios mornos foram encontrados com frieza e, enquanto ele partia seus lábios, um leve tremor passou pelos lábios e dentes deles.
Não havia necessidade de nada ser falado ou revelado entre eles. Bai Luo Yin sabia todo o tempo que Gu Hai já tinha se sentado sozinho por um longo... longo tempo, nesse quarto silencioso.
Ele segurou Gu Hai com força, firmemente, quase desesperadamente em seus braços enquanto usava seus próprios lábios finos para passar para ele todo o calor que estava circulando em sua própria respiração, em seu próprio corpo. Ele deixou seu beijo caloroso continuar até o corpo de Gu Hai relaxar gradualmente, e de bom grado deixou todo o peso do corpo dele pressioná-lo.
As costas de Bai Luo Yin tocaram o lençol frio da cama enquanto seu peito se prendia firmemente com o de Gu Hai.
Com seus braços ainda envolvendo fortemente o corpo gelado de Gu Hai, os dedos das mãos de Bai Luo Yin quase se encontraram em volta das costas firmes dele, quase afundando desesperadamente nele como se para absorvê-lo em seu próprio corpo.
O emaranhado de emoções que se enrolava no peito apertado de Bai Luo Yin também voltava gradualmente a sua normalidade.
O último lampejo de luz restante da cabeceira foi levado pela total escuridão enquanto os dois se abraçavam nuamente. Depois do que pareceu uma eternidade muito necessária, a mão de Bai Luo Yin se moveu para o topo da cabeça de Gu Hai. Sua mão trêmula acariciou e esfregou gentilmente o cabelo de Gu Hai.
Algo assim não era o que Bai Luo Yin estava acostumado a fazer, isso é, essa rara ternura.
“Eu não sei o que devo dizer a você. Você já sabe que não sou muito bom com palavras.”
Gu Hai sorriu preguiçosamente e olhou calorosamente para Bai Luo Yin com olhos mergulhados nas cores que representavam amor e carinho.
“Então, você não pode simplesmente quebrar essa regra só uma vez e dizer algo legal para mim?”
Bai Luo Yin perguntou seriamente, “O que você quer ouvir?”
Com isso, Gu Hai fingiu pensar sobre isso por um tempo antes de abrir a boca para dizer: “Eu quero ouvir você dizer, ‘marido, você é incrível!’”
Só ouvir isso fez Bai Luo Yin dar uma joelhada na virilha de Gu Hai.
Gu Hai não pode evitar de gemer com a leve dor que estava se espalhando em sua região inferior. Seu gemido foi tão pretencioso que qualquer um que ouvisse poderia facilmente sacar seu atual estado emocional.
“Você tem a mim.”
As mãos de Gu Hai que estavam acariciando gentilmente as costas quentes de Bai Luo Yin pararam de repente.
Um momento depois, Bai Luo Yin repetiu suavemente aquelas palavras mais uma vez, “Está tudo bem, você tem a mim.”
Foi nesse momento indescritível que o coração frio e cristalizado de Gu Hai totalmente...... completamente, amoleceu de uma só vez. Parecia que o fundo de seu coração estava sendo inundado com uma onda esmagadora e inabalável de emoções que ele próprio era incapaz de controlar.
Era como se o tempo tivesse parado, como se sua respiração fosse arrancada de si, como se nada mais existisse nesse mundo. Não havia nada nesse mundo que pudesse dar a ele mais conforto do que essas quatro palavras.
No estágio de sua vida quando ele estava em seu pior, sentindo-se impotente, perdido, com dor e sofrendo..... ele sempre tinha pensado que se esconderia para sempre naquele solitário quarto vazio e  desolado, lambendo suas próprias feridas. No entanto, contra todas as expectativas, aquelas quatro palavras invadiram pelos portões onde todas as duas memórias triste e dor residiam profundamente.
Toda a mágoa e indisposição foi derramada para fora naquele momento. Mesmo que ele não pudesse suportar tocar aquele canto fraco de sua alma, ele já podia sentir duas mãos segurando-o com firmeza.
Gu Hai mordeu levemente os lábios quentes de Bai Luo Yin que foram docemente selados nos seus.
Naquela fração de segundo, sentindo a leve dor, Bai Luo Yin colocou sua língua para fora e passou sobre seus lábios; havia uma dica de excitação na ponta da língua dele.
Um segundo depois, ondas de respirações pesadas foram transmitidas de dentro do cobertor.
“Está doendo?”
Gu Hai se inclinou para o lado da orelha de Bai Luo Yin e perguntou enquanto seu queixo praticamente descansava sobre o ombro do dito garoto. Bai Luo Yin virou levemente sua cabeça para o lado e beijou docemente o pescoço quente de Gu Hai. Seus lábios podiam sentir o sangue correndo na grossa veia abaixo.
Toda a dor e sofrimento, uma vez dentro de seu abraço, se tornaram desprezíveis. Toda a tristeza, uma vez em seu conforto, silenciosamente desaparece na distância.
Finalmente, usando um pouco de força, Gu Hai mordeu o ombro de Bai Luo Yin.
“Yin Zi, eu só tenho você. Você é toda a minha felicidade.”
Bai Luo Yin rangeu os dentes e aguentou a dor. Ele podia sentir vividamente o grande peso daquele amor sendo gravado em seu coração, tomando o controle e consumindo sua mente.
“Não me deixe.” Gu Hai conseguiu rugir em uma voz baixa de dentro de sua garganta apertada.
O som suplicante na voz dele caiu sobre Bai Luo Yin e entrou em seu peito, fazendo-o estremecer quase violentamente. Ele agarrou com firmeza o cabelo de Gu Hai como se tivesse medo de perde-lo na noite antes de deixar sair desesperadamente um ‘okay’.
_______________________
Um fanart de brinde pra vocês. *u* hehehe

Notas de Tradução:

[1] 面疙瘩 (miàn gēda) – Em inglês “fried dumpling knots”: similar a um nhoque ou a spaetzles alemães, miàn gēda é feito de uma massa de trigo muito macia e colocado em várias sopas deliciosas. É uma especialidade do norte da China.

     O que foi esse capítulo?! *O*  Atingiu bem no kokoro. <3

38 Comentários

  1. NEM LI AINDA, MAS JÁ VOU COMENTAR
    Eu reassisti addicted, desde que vi pela primeira vez eu tô viciada mesmo MESMO. Fico revendo cenas, relendo aqui. Eu nunca fui tão viciada assim♡♡♡ essa série é a melhor coisa que já aconteceu comigo. Obrigada Lena, espero que você entenda o QUÃO GRATOS todos nós somos pela sua tradução, você sabe como essa série pôde mexer com a gente♡

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tbm nunca fui tão viciado e apaixonado hahaha eu tbm releio e revejo sempre e sempre é ainda fico ouvindo a trilha sonora maravilhosa dessa novel <3 afinal tbm sou viciado em música

      Excluir
    2. Obrigada, Milena! ^^ Fico muito, muito feliz de saber que estou ajudando vocês a acompanharem essa novel maravilhosa! Somos todos viciadinhos. heheheh

      EternoViciado, a trilha sonora é maravilhosa, não é? Amo demais!!

      Excluir
  2. Eu tô quase chorando com essa demonstração de amor do Lou Yin, é tudo que eu mais queria♡

    ResponderExcluir
  3. Que lindo,me senti nesse momento o ser mais romantico do universo,(suspiros, longos suspiros)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu li esse capítulo lentamente na esperança dele se tornar eterno. E ele se tornou em meu coração a esperança que muitos capítulos viram por aí e que todos os boss serão derrotados com a força do Amor dos viciados

      Excluir
  4. A cada cap. Eu fico mais e mais apaixonado por esses dois,que cap. Maravilhoso quanto amor , sem palavras um dos melhores e mais fortes até agora . Obg lena bjs ....

    ResponderExcluir
  5. Ai gente eu estou chorando de felicidade, esse capitulo realmente define muita coisa podemos ver os sentimentos de ambos e esse amor e realmente ai nao tenho palavras amo tudo isso. Vlw Lena, nada melhor do que começar 2017 com nosso vicio eterno kkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito amor mesmo, Bai Luo Yin não consegue expressar muito bem seus sentimentos nem mesmo em ações, mas em poucas palavras ele foi capaz de demonstrar quanto ama Gu Hai, muito lindo...

      Excluir
    2. Eu sempre entendi o fato do yin zi não conseguir expressar seus sentimentos afinal nada pode ser forçado a ser dito né mesmo?!... eu acho eles muitos lindos quando assumem que precisam um do outro <3

      Excluir
    3. Tbm acho assim, eles estão tão completamente apaixonados, maravilhosamente apaixonados e Gu Hai realmente precisava desse amor para se sentir querido

      Excluir
  6. OMG... é tão fofinho que eu qiero morrer...

    ResponderExcluir
  7. OIE GENTE ^_^
    Muito obrigado lena. Feliz 2017 pra vc e sua família!! Esse realmente até agora eh o meu capítulo favorito pq será né?!?! M-maa-ss oq dizer de nosso da hai cozinhando?!?! Deu uma dorzinha na minha alma haha comida eh coisa séria (MUITO SÉRIA). EU AMO INFINITO ESSES DOIS, ESSA NOVEL, ESSA LENA MARAVILINDA QUE TRADUZ PRA NÓS, ESSES VICIADOS COMO EU QUE JÁ COMEÇARAM 2017 COM UMA DOSE DESSE VÍCIO <3

    ResponderExcluir
  8. Isso que é começo de ano, tudo de bom Lena para vc e sua familia, vai ser muito lindo quando o Yin Zi dizer para o Gu Hai que o ama ele vai ser o cara mais feliz e nós leitores tbm. Obrigado Bjss.

    ResponderExcluir
  9. QUE CAPÍTULO FOI ESSE?????? Gente vou morrer de fofura. Que lindo o Gu Hai tentar fazer macarrão pra ele *-* esse final, mdsssssssssss to morrida com ele. Começando 2017 com estilo

    Obrigada por traduzir ~~~

    ResponderExcluir
  10. Ate que fim yin si mostro um pouco de amor com Gu Hai amano ler cada capitulo to comedo de acaba só de pensa meu coração doi amo ler também a love sick obrigado

    ResponderExcluir
  11. Oh God! Hello Lena, voltei haha! E que cap foi esse? se tornou o meu favorito tmb. Agora vamos torcer para que o cap onde Yin Zi, dirá as palavras "EU TE AMO", n estejam a km de distancia. E Yin zi, meu caro. Vc que é a "esposa", como pode nem ao menos fritar um ovo? será que vc morreria se cozinhasse algo pro seu marido? vc tem uma chef como madrasta, e nunca pensou em pedir a ela pra te ensinar a pelo menos ferver a água quente pra por um ovo? cruzes. haha
    Continuo adorando o rumo que está indo isso hehe. =D

    ResponderExcluir
  12. Ai que fofo,esse é a Cap mais lindo que li nossa minha minha semana começou maravilhosa eeeeeeee valeu lena

    ResponderExcluir
  13. Yin Zi finalmente mostrando toda a sua ternura e Gu hai mostrando toda a sua fragilidade emocional no mesmo capítulo. Perfeito!!! BLY: "Está tudo bem, você tem a mim." e Da Hai: "Você é toda a minha felicidade." e "Não me deixe"... Chorando horrores aqui!!! Meu kokoro não aguenta essas coisas... fortes emoções!!

    ResponderExcluir
  14. Que perfeito!!! É tão lindo ver o Luoyin se abrir sobre seus sentimentos e vontades, ele se aceitando e aceitando o Guhai ;; Eu amo tanto eles hsuusuaus Ah Lena obrigada pelo meu vicio

    ResponderExcluir
  15. Esse capítulo foi maravilhoso.
    Obrigado lena. ☺😘

    ResponderExcluir
  16. Amei lindo demais o amor desses dois esperando ansiosamente mais Love .perfeito

    ResponderExcluir
  17. QUERO VER QUEM ME TIRA DO CHÃO PORQUE EU E ELE AGORA SOMOS UM SÓ

    ResponderExcluir
  18. Lena, obrigada pelas traduções! Você faz a minha vida mais feliz, tô apaixonada!! VICIADA!

    ResponderExcluir
  19. Lena eu queria saber se vai ter mais capítulos da novela love sick to loca para ler obrigada pelo seu trabalho maravilhoso

    ResponderExcluir
  20. Sabe as lágrimas tô secando elas meu eu amei o CAP de hoje Gu Hai meu fofenho ai meu coração é tanto amor q não cabe no peito

    ResponderExcluir
  21. Relendo esse cap pela 199937375939 vez.
    ♡-♡《

    ResponderExcluir
  22. Meu Deus!!!!!!!!!!!!
    Eu tô chorando. Esses dois são muito lindos.

    ResponderExcluir
  23. Estou relendo todos os capítulos postados pela segunda vez, não sei quantas vezes li os capítulos preferidos do meu coração e acompanho a novel em espanhol também.
    EU SOU UMA TOTAL VICIADA EM HAILUOYN!
    Há muitos anos eu não sentia algo assim tão forte e intenso que alcançasse a minha alma e coração, de maneira que me faz ri, chorar, suspirar, sonhar e até mesmo imaginar todas essas cenas lindas que só conhecemos através da novel à web série com o Johnny e o Zhou Zhou.
    Leio imaginando eles dois conversando, sorrindo, se amando, brigando, se beijando, se pegando, FAZENDO AMOR... não consigo separar o que é novel, web série e vida real desses dois amantes apaixonados.
    Vocês são assim também?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alessandra, compreendo totalmente você, também fico imaginando e vendo as cena dos dois atores da série, inclusive os dois poasuem uma química incrível e, realmente, essa novel nos faz disperta sentimentos sinceros e cheios de intensidade. 👏👏👏😍😍😍

      Excluir
  24. Ai, Lena... Muitíssimo obrigada pelo lindo trabalho de traduzir essa obra incrível, estou envolta em lágrimas de alívio e gratidão por esse capítulo do nosso vício... Foi mágico, estou com o coração doendo e encantada com tanto amor!!!❤❤❤❤❤
    Bjus
    Muita luz!

    ResponderExcluir
  25. Aiii gente, que lindo esse capítulo, a alegria de Gu Hai em cozinhar para sua esposa, em faze-lo feliz, a sensibilidade do Yin Zi em perceber que seu amado estava em um estado de dor e solidão, relembrando em sua mente a falta que sua mãe fizera.

    Cada vez mais o amor entre os dois se fortalesse👏👏👏👏👏😍😍😍😍😍

    ResponderExcluir
  26. Se Guhai nao tivesse feito aquele sexo magnânimo com a sua 'esposinha', este não teria abrido seu coração e sua alma aos poucos... foi só aquele sexo todo cheio de amor que fez com que Bailu começasse a se abrir. Acho que ele morre de vergonha de muita coisa, além do sexo. A vergonha das palavras carinhosas. Olha que até para dar um beijo em Gu hai por iniciativa propria ele deu o primeiro passo. É isso aí Bailu, é assim q eu gosto de ver.

    ResponderExcluir