Zöish: Demorei, mas voltei!! \o/


Lena: An Ziyan loiro! =O
___________________________________________________



Capítulo 25: Por favor, respeite seu marido.

Tradução/Inglês: Adrian Julian
Tradução: Geovanna Zöish
Revisão: Lena


Quando o carro chegou à casa de Mai Ding, Mai Ding já dormia profundamente no colo de An Ziyan. An Ziyan tentou acordá-lo. “Ei! Rápido, acorde!”

Mas não importa o quanto ele tenha empurrado Mai Ding, tudo que o menino fez foi franzir a testa, empurrar a mão de An Ziyan e voltar a dormir. An Ziyan teve que recorrer a alguma violência. Ele até gritou com Mai Ding, mas Mai Ding não foi afetado, dormindo feito pedra.

Mai Ding estava muito cansado porque na noite anterior ele estava apenas rolando e virando na cama porque estava pensando em Bai Xiao Si a noite inteira. Além disso, ele teve que correr aqui e ali hoje. Agora que finalmente conseguia dormir, tinha que ser profundo e tranquilo. Acordá-lo agora era quase impossível.

An Ziyan estava ficando irritado, mas ele ficou sentado em seu carro calmamente. Descansando a cabeça em sua mão, ele continuou a observar Mai Ding.

E assim, a noite passou. Mai Ding começou a acordar e, por um momento, ele não conseguiu dizer onde estava. Ele se levantou de repente e descobriu que An Ziyan tinha usado sua própria jaqueta para cobrí-lo e tinha caído sono. Agora An Ziyan também tinha sido despertado pela ação súbita de Mai Ding.

“Por que você não me acordou?” Perguntou Mai Ding de um jeito confuso.

“Como vou contar aos meus pais? É tudo culpa sua! Se você tivesse me acordado, isso não teria acontecido. Além disso, os vizinhos poderiam ter nos vistos. Como você pôde deixar isso acontecer?” Mai Ding estava colocando toda a culpa em An Ziyan, sem sequer perceber que ele também teve um papel enorme a desempenhar. [Lena: XD Alguém vai apanhar... XD]

An Ziyan apenas ficou quieto. Em sua mente, ele estava se perguntando se ele não estava mimando Mai Ding demais.

An Ziyan saiu do carro e aproximou-se de Mai Ding; sua expressão facial estava agora toda fria e sombria. Mai Ding podia sentir que as coisas não estavam certas. Ele recuou, dizendo: “Não seja imprudente. Podemos discutir isso calmamente.”

“Com você, não há nada para discutir.” An Ziyan disse friamente.

“Isso não foi muito amável da sua parte. Não importa o que diga, eu sou como uma esposa para você. Por que você é tão insensível?” [Lena: Huahuahuahau Acho engraçado quando MD fala assim. XD]

An Ziyan agarrou Mai Ding que estava tentando fugir e depois o puxou para fora do carro. Depois disso, ele colocou Mai Ding contra o carro e o segurou em uma posição bastante duvidosa. Ele sibilou: “Diga algo bom para mim agora.”

“Para quê, porra?”

An Ziyan começou a remover o cinto de Mai Ding, sabendo muito bem que ele estava perto da casa de Mai Ding e em plena luz do dia. Desta vez, Mai Ding estava ficando com medo. Seu coração estava batendo tão rápido que ele pensou que iria saltar de sua garganta. Ele queria retaliar, mas An Ziyan segurou-o firmemente. A única coisa pela qual ele estava agradecido, era o fato de que ainda era muito cedo de manhã e não havia ninguém na rua.

“Meu caro Da ge, por favor, não extrapole com isso. Estamos perto da minha casa, se você entende o que quero dizer.”

An Ziyan não se incomodou. Ele procedeu a desafivelar o cinto. Mai Ding abriu as pernas para evitar que suas calças caíssem. “Seu maldito delinquente, eu vou chamar a polícia, eu estou falando sério. Vou contar para que todos saibam o brutamontes que você é.”

Desta vez, An Ziyan puxou o zíper para baixo e Mai Ding entrou em pânico. “Ok Ok, eu tenho culpa. Por favor, me perdoe por culpá-lo falsamente. Eu não devia ter feito isso.”

“Isto não é suficiente.” An Ziyan disse secamente e puxou as calças de Mai Ding. Mai Ding estava lutando para manter suas calças. Ele nunca esperava que An Ziyan fosse tão maldoso com ele. E não é como se ele tivesse feito algo muito errado.

“Vou escrever um relatório dizendo como estou arrependido.” Mai Ding estava completamente disposto a se comprometer. Sua inocência agora estava em jogo e ele precisava protegê-la.

An Ziyan estava pensando em como ele teve que acompanhar esse cara a noite toda, não sendo sequer capaz de se mover um pouco, em um estado tão miserável porque suas pernas estavam totalmente entorpecidas e ele não só não recebeu uma única palavra de agradecimento, como foi repreendido por este menino. Ele definitivamente não iria deixar isso passar tão facilmente.

Então ele pegou o cinto de Mai Ding e atirou-o para o assento traseiro do carro; propositalmente danificou seu zíper e botão para que ele realmente não pudesse segurar suas calças direito. Só então ele deixou Mai Ding ir. “Eu quero o relatório no meu e-mail até o final do dia.” E depois de dizer isso, ele voltou para o carro e zarpou.

Suas ações foram muito rápidas para que Mai Ding pudesse ao menos reagir. Com suas calças danificadas, ele voltou para casa, mas antes disso ele gritou alto. “An Ziyan! Seu maldito bastardo!”

E assim que ele terminou de retaliar An Ziyan uma última vez, o carro de An Ziyan surgiu do nada e parou bem ao lado de Mai Ding. Abaixando o vidro da janela, An Ziyan perguntou sarcasticamente: “O que você acabou de dizer?”

“Oh, eu estava apenas dizendo como eu te amo tanto.” Mai Ding disse o mais doce possível. [Lena: BWAHAHAHAHAHAHAHHA -(。ノ<)]

Sentindo-se um pouco mais satisfeito, An Ziyan saiu pela segunda vez.

Às vezes, uma pequena punição se faz necessária para mostrar quem é o seme no relacionamento. Quanto à natureza dominante de An Ziyan, Mai Ding não ousava dizer mais nada sobre ela. Ele finalmente entendeu que tipo de pessoa era An Ziyan; apenas puro mal.

Puxando as calças para cima, ele entrou silenciosa e furtivamente em sua casa e correu na ponta dos pés para seu quarto. Para sua infelicidade, ele foi pego por sua mãe. “Onde você esteve ontem à noite?”

“Eu…” Mai Ding não conseguia pensar em uma desculpa.

“Então…” A mãe de Mai Ding podia dizer que seu filho não estava bem e viu-o segurando suas calças. “E o que há de errado com suas calças agora?”

No momento em que Mai Ding soltou suas calças, elas caíram no chão. Apenas de cueca, Mai Ding foi arrastado para seu quarto pela orelha.

“Olhe só para você. Na rua a noite toda com Deus sabe quem. É melhor me dizer agora! E diga-me como suas calças terminaram desta maneira?! O que você andou fazendo?”

“Ai! Mamãe, pare de puxar minha orelha. Não é o que você pensa. Por favor, deixe-me ir.”

Na verdade, enquanto An Ziyan e Mai Ding estavam ocupados discutindo, alguém que estava fazendo caminhada na rua, realmente viu o que tinha acontecido. [Lena: O_O Quem?! DX]

***

Depois de todo o mal entendido, Mai Ding terminou de escrever suas desculpas e reportar-lá a An Ziyan:

Um pedido de desculpas a An Ziyan

Eu, Mai Ding, não respeitei meu marido, An Ziyan, e minha ação resultou em uma discussão desnecessária entre nós. Eu estava errado e sob a orientação do meu marido, An Ziyan, percebei que eu era o único errado e como eu não estava levando a sério esse relacionamento. Todo este incidente me fez perceber que meu marido é o meu mundo inteiro. Se é certo ou errado, ele é meu tudo. Eu não estava culpando ele de forma alguma. E vou continuar a amá-lo com todo o meu coração, cuidar dele e ser o mais obediente possível.

Depois de enviar à An Ziyan, ele recebeu uma resposta do mesmo. “Seu relatório foi absolutamente nojento.”

“Você deveria estar feliz por eu ter escrito isso.” O debate continuou.

“Por favor, olhe sua atitude.”

“Me processe. Esse é quem sou. Por que você não vem me bater? Estou em casa agora. Vamos ver o que você pode fazer.” Mai Ding pensou que An Ziyan não podia fazer nada já que ele estava em casa.

“Não me obrigue a fazer coisas das quais você vai se arrepender.” Esse foi o conselho de An Ziyan.

“Não seja tão arrogante.” Esse foi o conselho de Mai Ding.

An Ziyan desligou e Mai Ding fez uma careta pro telefone. Ele pensou que tinha vencido. Nada a dizer, certo? Ele disse para si mesmo, presunçosamente. Minha casa é minha fortaleza. [Lena: Eu não confiaria muito nisso se fosse você. huahuahua XD]

Cinco minutos depois, a mãe de Mai Ding apareceu de repente em seu quarto, cheia de raiva. “Então você pensou que poderia mentir para mim? E pensar que você disse que estava na casa de algum colega de classe! Se não fosse por An Ziyan dizer toda a verdade sobre você sair para beber e se comportar mal eu teria bem acreditado em você! Então você acha que tem idade suficiente para enganar a sua própria mãe?!”

De longe, podia-se ouvir Mai Ding gritando por ajuda.

Depois de ser punido por sua mãe, Mai Ding não podia aceitar o que tinha acontecido.

Ele ligou para An Ziyan. “Que tipo de cavalheiro faria isso por vingança?”

“Não foi vingança. Foi uma lição.”

“O que você quer dizer com isso?”

“Estou apenas ensinando a você como respeitar seu próprio marido.”

*****

8 Comentários

  1. Kkkkkkkkkkkkkkkkkk esses dois me matam kkkkkkkkkkkkkkkkkk, vlw Lena e Zöish 😘

    ResponderExcluir
  2. Amo esses dois, principalmente An Ziyan <3
    Hilários kskskskskk

    ResponderExcluir
  3. minina do céu !! nem preciso dizer que dei um berro
    aqui kkkkkkkk

    ResponderExcluir
  4. Essa sena foi muito engraçada eu ri muito eu amo esse casal An ziyan e muito lindo

    ResponderExcluir
  5. kkkkkk rindo até agora.Obrigado meninas!!

    ResponderExcluir
  6. Aí Lena e Joish, como este domingo está muito mais feliz com esses dois capítulos de LIKE LOVE e como amo esses dois maluquinhos hilários. Obrigada minhas queridas e tenham piedade da gente, kkkkkk... por favor não esqueçam de nos presentear com mais capítulos dessa novel do meu coração.
    Não vejo a hora de ler o capítulo de onde a série parou. Cheiro para vocês, Lena e Zoish, minhas amadas.

    ResponderExcluir
  7. Apanhar ais 20 anos da mãe?!!! Só com p Mai Ding mesmo. Ele não dá uma dentro kkkkkk

    ResponderExcluir