Oi gente! ^^/

Capítulo 44 de Addicted. Nyaa~ Como eu amo essa novel! *u* Gu Hai e Bai Luo Yin... destino mesmo. aiai

hehehe Beijos! ^3^

Lena.
____________________________________________________________________________________

Cap. 44: Você está sendo possuído?



“Você... Você mora nesse lugar?”

Depois de desmontar da bicicleta e voltar à realidade, a Senhora ficou imediatamente desconcertada.

Jin Lu Lu entrou enquanto juntava as sobrancelhas, examinando a sua volta. Mais de dez pessoas viviam nessa casa com pátio. Na frente deles tinha uma mulher bajulando seu filho chorando. A criança tinha acabado de cair e machucar a testa, ele estava gritando como se tivesse uma navalha em sua garganta, fazendo as outras pessoas se sentirem incomodadas enquanto o ouviam.

“Haa... *cuspe*...”

Jin Lu Lu virou sua cabeça na direção do som e viu um homem velho cuspindo um bocado de catarro perto do pé dela.

Quando Gu Hai abriu sua porta, o passo de Jin Lu Lu congelou à entrada.

O quarto escuro não tinha mais que dez metros quadrados; dentro do quarto tinham uma cama de solteiro, uma televisão com menos de vinte polegadas, uma mesa quadrada com a tinta descascando. E mais, quando ela entrou no quarto, um mau cheiro úmido e bolorento pôde ser sentido no mesmo minuto.

“Pessoas podem morar nesse lugar?” Jin Lu Lu usou a mão para esfregar seu braço.

Gu Hai encheu um copo d’água para si mesmo e bebeu, também encheu um copo para Jin Lu Lu.

“Por que não poderiam viver aqui? Eu fiquei com o exército por tantos anos, as condições lá não eram muito melhores mas eu ainda pude viver lá.”

Jin Lu Lu expressou sua discordância, “Mas esse lugar... não é horrível demais?”

“Não existem casas boas nessa vizinhança.”

Jin Lu Lu puxou Gu Hai para se sentar, ela ainda não podia aceitar isso.

“Você realmente precisa de uma casa nessa área? Têm muitos apartamentos perto da sua escola entre os quais você pode escolher! Por que você insiste em vir aqui e viver em sofrimento?”

“Eu gosto dessa vizinhança.”

“Esse... Esse lugar realmente é bom?”

“É calmo.”

Jin Lu Lu era incapaz de aceitar esse tipo de desculpa.

“O seu pai não lhe dá dinheiro?”

Gu Hai acendeu um cigarro e fumou reticente.

Quando Jin Lu Lu viu a atual aparência de Gu Hai, ela sentiu uma onda de dor latejante em seu coração.

“Se você realmente não tem dinheiro, você pode me pedir! Li Shuo e Hu Zi também são ricos, não são? Talvez eles não sejam capazes de sacar algumas centenas de milhares, mas eles com certeza têm algumas dezenas de milhares yuan, certo? Use isso para alugar uma casa melhor, não? Você realmente precisa se levar a esse extremo? Além disso, um camelo morrendo de fome ainda é maior que um cavalo, mesmo que seu pai não lhe dê nenhuma mesada, você não sempre tem economias próprias?”

“Eu realmente quis viver aqui, isso não tem relação com problemas financeiros.”

Jin Lu Lu engasgou e tossiu por causa da fumaça, ela apressadamente abriu a janela rachada. De repente, ela teve um vislumbre de um celular de modelo antigo perto dela.

“Não me diga que você usou esse telefone para me ligar todos os dias?”

“É, isso mesmo.”

Jin Lu Lu realmente queria chorar, “Não importa o quão alto eu fale, o sinal não é bom o dia todo!”

Gu Hai tirou seus sapatos e subiu na cama, as duas mãos descansando embaixo da cabeça e seus olhos olhando para o teto.

Jin Lu Lu andou de um lado para o outro dentro do quarto. Honestamente, não tinha nada bom aqui, então ela começou a vasculhar a mochila da escola de Gu Hai.

Não tem nada dentro, só livros.

Olhando desse jeito, parece que ele realmente não está em um caminho de sorte.

“Ei, por que você está escrevendo seu nome de um jeito diferente do design que eu lhe dei?” Jin Lu Lu olhou para Gu Hai furiosa.

Gu Hai levantou da cama e andou até estar na frente de Jin Lu Lu, seus olhos brilhavam de um jeito incomum, com uma luz radiante.

“Deixa eu lhe mostrar uma coisa.”

Jin Lu Lu ficou ao lado dele na expectativa, ela queria saber que tipo de tesouro Gu Hai tinha que o deixava tão empolgado.

“Olhe para as caligrafias nesses dois papéis, são parecidas?”

Jin Lu Lu pegou os papéis e os estudou por um tempo; um papel era a caligrafia de Bai Luo Yin enquanto o outro era de Gu Hai imitando a caligrafia de Bai Luo Yin.

“Não é a mesma,” Jin Lu Lu disse para Gu Hai objetivamente, “São totalmente diferentes.”

Gu Hai não podia aceitar esse tipo de resposta, suas sobrancelhas impetuosas estavam unidas.

“Não se assemelham, nem mesmo um pouco? Não olhe para a forma do caractere, olhe para o estilo da escrita, o estilo, entende?”

“Não importa o quanto eu olhe para ela, ainda são diferentes.”

Gu Hai pegou os papéis e jogou para a mesa, ele mostrava uma expressão composta sem emitir som algum.

Jin Lu Lu se divertiu com essa expressão em particular de Gu Hai. Apesar de eles estarem juntos por três anos, ela nunca o vira se irritar por uma coisinha tão insignificante antes. O atual Gu Hai realmente parecia com um garoto de 17 anos que não suportava ver seus próprios defeitos, nem mesmo um pouquinho.

Somente o próprio Gu Hai sabia que quase todo seu tempo livre fora dedicado a exercitar sua escrita.

Aquela noite, os dois se apertaram juntos para dormir na única cama.

Jin Lu Lu sentia o cheiro fascinante do corpo de Gu Hai, seus olhos se apertaram levemente e ela beijou delicadamente o queixo de Gu Hai.

Gu Hai colocou sua mão na costa de Jin Lu Lu e a acariciou despreocupadamente.

Jin Lu Lu mordeu de leve a orelha de Gu Hai, o calor da sua respiração se espalhou por metade do rosto dele.

O abdômen inferior reto e atraente de Gu Hai se contraiu ligeiramente, suas pernas poderosas engancharam Jin Lu Lu e ele facilmente a segurou abaixo dele. Jin Lu Lu riu, fascinada, e então ela colocou suas mãos no pescoço de Gu Hai.

“Diz...”

“Hmm?” Jin Lu Lu contemplou Gu Hai amorosamente.

O canto dos lábios de Gu Hai formou um sorriso encantado.

“Supondo que Bai Luo Yin, aquele cara mal-humorado e carrancudo, fosse dormir em uma cama com outra pessoa, como ele pareceria? Ele gemeria com prazer? Ou ele xingaria de tempo em tempo?”

Quando Gu Hai estava falando, sua visão se afastou do mundo romântico deles.

Jin Lu Lu usou suas mãos para afagar a testa de Gu Hai e lhe fez uma pergunta fracamente: “Você está sendo possuído?”

“Hmm?”

“Vá dormir!”

Jin Lu Lu retorquiu amargamente, se virou e ignorou Gu Hai.

_________________________________________________

Gente, eu tenho até pena da Jin Lu Lu! KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK Coitadinha. Mesmo assim, sinto muito Jin Lu Lu, mas eu shippo HaiLuoyin eternamente! XD

Próximo Capítulo →



← Capítulo Anterior

16 Comentários

  1. Respostas
    1. KKKKKKKKKKKKKKKKK Pois é... É bem assim que fico com esses dois. hehehe

      Excluir
  2. Adoro o Gu Hai e seus pensamentos sobre o Bai Lou Yin XD XD XD

    ResponderExcluir
  3. Eh muito divertido ver como o Gu Hai foi aceitando seus sentimentos pelo bai na fic. Gostei muito, e obrigado por atualizar na aba tambem, isso me deu dor de cabeça.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahaha Sem problema! ^^/

      Adoro como ele só deixa rolar e pronto. Se é assim, é pq é certo. hahaha

      Excluir
  4. Kkkk como a mulher não percebe q já está sobrando?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. I num é? O_o Por isso dá pena... hahaha

      Excluir
  5. :3 Gu Hai dormiu pensando no Bai <3
    P'Phil

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Me pergunto se ele ainda tem algum momento do dia em que não pensa nele. hahaha

      Excluir
  6. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  7. mano, eu dei um berro quando ele começou a falar do Bai Luo Yin bem na hora H, mds coitada da Jin Lu Lu, mto trouxa msm hahaha

    ResponderExcluir
  8. Lena, seus gifs e comentários são os melhores!! hahahahaha <3

    ResponderExcluir
  9. Cara, eu no lugar da Lu Lu já tinha entendido o que está acontecendo. Gu Hai fala e pensa no Bai 24h e se pudesse pensava 27h kkk

    ResponderExcluir
  10. Mano mas que @#@#$# é isso?

    Hohoho!!!

    Desisto, o futuro casal com certeza vai ficar junto, fui pego de surpresa
    e pelamor, que surpresa boa(ótima, maravilhosa), Deus q me livre...

    AGORA QUE EU Ñ PARO MSM 23hu3hu3

    ResponderExcluir