Oi gente, tudo bem? ^^

Esse capítulo é tão extremamente fofo que eu não conseguia tirar o sorriso do rosto enquanto traduzia e ainda tive que me segurar para não postar ontem!!! >w< hahaha

Então vão logo ler essa fofura!!!

Beijos~

Lena.
Uhum... Parem de flertar tanto, rapazes. >w< Brincadeira. Continuem!
_________________________________________________________________________________


Cap. 71: Uma noite silenciosa.



A noite, antes de dormir, Gu Hai perguntou para Bai Luo Yin, “Por que o tio não abre uma loja junto com a tia Zou?”

“Por que ele deveria abrir uma loja junto com a tia Zou?” Bai Luo Yin respondeu com outra pergunta.

“Só pense nisso, é uma oportunidade de ouro, sem taxa de aluguel, não precisa pagar imposto, os garçons estão todos prontos, esse é um negócio puramente para fazer dinheiro! Se tia Zou estiver sozinha, ela ficará com as mãos cheias, supondo que o tio vá para ajudá-la, isso significaria que a loja pertenceria a eles dois e o pagamento seria melhor do que o salário fixo suado do trabalho atual dele.”

Bai Luo Yin soltou um suspiro, “Você pensou muito bem, mas meu pai, definitivamente, estará indisposto a fazer isso.”

“Por que?” Gu Hai não entendia.

Bai Luo Yin olhou para Gu Hai, então se moveu para mais perto da orelha dele.

Gu Hai se sentiu tão feliz que ele quase grudou todo seu corpo no de Bai Luo Yin. Bai Luo Yin levantou o cobertor e cobriu as cabeças deles dois juntos. Suas cabeças se aninharam uma na outra, seus pés ficaram mais perto um do outro, eles se esconderam no pequeno espaço dentro do cobertor, sussurrando calmamente.

“O que?” Gu Hai estava aturdido, “Tia Zou não é viúva?”

“Ela tem um marido, ele está trabalho fora do país.”

Gu Hai podia sentir cada expiração morna que Bai Luo Yin emitia em seu rosto, fazendo seu corpo ficar febril.

“Então você quer dizer que eles têm medo que as pessoas fossem fofocar sobre eles?”

Bai Luo Yin hesitou por um momento, seus ombros se afundaram.

“Eu sempre penso que tia Zou está enganando meu pai, eu acho que ela já se divorciou do marido dela há um longo tempo. Só pense nisso, ela já vive aqui há tantos anos, mas o marido dela nunca veio no Dia de Ano Novo ou qualquer outro festival. Isso é normal?”

Quando Gu Hai viu a expressão de Bai Luo Yin durante suas divagações, ele sentiu vontade de puxar suas pequenas orelhas.

“Você está escutando o que estou dizendo?” Bai Luo Yin de repente bateu no estômago de Gu Hai.

Gu Hai segurou a mão de Bai Luo Yin, sorriu e, então, ele estava sorrindo enquanto falou, “Eu já ouvi, você não quer dizer que tia Zou é uma viúva?”

“Isso, mas meu pai sempre nega isso.”

“Eu acho que o tio sabe claramente em seu coração.”

Gu Hai estava falando enquanto usava seus dedos ásperos para acariciar a palma de Bai Luo Yin, e as juntas dos dedos dele... cada uma da veias, cada curva e impressão dos dedos dele, Gu Hai os tocava suavemente com a ponta de seus dedos. Parecia casual, mas tinha um quê de divertimento. Todos os nervos sensíveis nas palmas de Bai Luo Yin vieram à vida, fazendo seu braço ficar dormente. Ele queria abrir a boca e brigar com Gu Hai, mas este de repente parou de se mexer, ele simplesmente agarrou apertado a mão de Bai Luo Yin.

“Seu pai está ficando íntimo com outra mulher, você não fica chateado?”

“Não, eu até o encorajo a casar com tia Zou.” Bai Luo Yin respondeu com um tom indiferente, “Desde que eu consiga me lembrar, meu pai sempre foi solteiro, eu não posso deixa-lo viver a vida dele para sempre desse jeito, certo?”

“Você nunca pensou em deixar seu pai e sua mãe voltarem a ficar juntos?”

“Nunca.” Bai Luo Yin estava muito determinado, “Eu prefiro que seja tia Zou. Não quero que meu pai sofra de novo.”

Quando Gu Hai ouviu isso, seus sentimentos estavam, de certa forma, complicados.

Ao lado dele, Bai Luo Yin continuou, “Na verdade, a razão porque meu pai não quer ajudar a tia Zou não é inteiramente por ele ter medo das pessoas fofocarem sobre eles. Apenas pense nisso, aquela loja já pertence à tia Zou agora, papai nunca deixaria seu orgulho de lado para ir perguntar a ela por colaboração. Nós somos todos homens, nós entendemos esse tipo de sentimento, se fosse para outra mulher ainda seria possível, mas para tia Zou é definitivamente impossível.”

“Isso também é verdade.” Gu Hai parecia perdido em seus próprios pensamentos.

Houve um silêncio debaixo do cobertor, então Bai Luo Yin baixou o cobertor e puxou longas inspirações do ar de fora.

Gu Hai viu o peito de Bai Luo Yin subindo e descendo regularmente, e o jeito que ele respirava profundamente com os olhos fechados, o coração de Gu Hai inadvertidamente começou a bater mais rápido. Bai Luo Yin abriu ligeiramente os lábios, radiando um charme masculino. Gu Hai, obviamente, sabia que esses eram lábios de um homem e definitivamente não eram tão macios quanto os de uma mulher. Ainda assim, Gu Hai sentia que ele realmente queria dar um beijo neles.

Ele percebeu que seus próprios pensamentos estão ficando mais e mais distorcidos, mas ele não tinha a intenção de corrigi-los. Ele sabia muito claramente que ele não se sentia desse jeito com relação a outros homens, isso era unicamente reservado a Bai Luo Yin apenas. Talvez seja porque ele o admira demais, gosta demais dele e se importa demais de com ele, fazendo essa pequena bola de neve de amizade começar a rolar; quanto mais ela rola, maior ela fica e, eventualmente, isso cruzou o limite que Gu Hai podia controlar. Porém, ele não queria recuperar isso. Ele preferia aproveitar esse tipo auto-indulgente, mas apreensivo, de felicidade.

Naquela noite o vento estava forte, então Gu Hai foi fechar a janela.

Assim que ele se reclinou novamente na cama, Bai Luo Yin de repente virou seu corpo, sua cabeça estava procurando pelo lugar mais macio para se apoiar, antes de, finalmente, descansar no ombro de Gu Hai. Suas bochechas mornas estavam aconchegadas perto do topo do peito esquerdo de Gu Hai, seu cabelo limpo e arrumado espalhado em volta do pescoço de Gu Hai, seus braços abraçaram a barriga de Gu Hai como queriam e ele tinha uma expressão muito satisfeita em seu rosto.

Gu Hai foi pego de surpresa, ele não se atrevia a mexer o braço que estava sob o peso de Bai Luo Yin com medo de que, assim que ele se movesse, Bai Luo Yin iria inconscientemente virar seu corpo para longe dele. Somente quando a respiração de Bai Luo Yin se nivelou que os músculos rígidos de Gu Hai puderam finalmente relaxar. Ele baixou suas pálpebras para olhar para o homem em seu abraço, sua mão acariciando suavemente as bochechas de Bai Luo Yin; ele era extremamente cuidadoso, como se tocasse um bebê raro e precioso.

Então ele fechou os olhos, calmamente esperando pela vinda de um bom sonho...

_________________________________________________________

E eu morrendo aqui com tanta fofura!!!!!



14 Comentários

  1. O gif representa bem k que estou sentindo. Cara, eu amo essa novel, sério. Amo mesmo.
    Quando aparece eles assim é o LuoYin todo receptivo, nossa, meu coração explode, eu vômito arco íris. Foda
    Obrigada por mais esse capítulo.
    Estamos ansiosa pelos próximos. Tomara que as gringas façam a tradução logo 💜💜
    Xoxo

    ResponderExcluir
  2. Ai que pena esse capitulo curto, mas adorei fofo demais gente pq eu não passo por isso com minha friendzone

    ResponderExcluir
  3. waaaaaaaaaaaaaaaaw
    *w*
    morto com tanto amor...
    ai meu core...
    pq o cap é tão pequeno?
    nao posso com isso...
    chego a passsar mal de ansiedade...
    lenaaaa... te amo
    <3 pensa numa pessoa vomitando arco-iris... pois então to assim... <3
    P'Phil

    ResponderExcluir
  4. Omg que fofo. É interessante como gu hai aceitou seus proprios sentimentos, sendo filho de militar deve ser hard. Ah o luo yin não tem como não amar.

    ResponderExcluir
  5. Nossa... Li esse capitulo na hora do almoço... É não consegui parar de sorrir... Nossa, foi difícil explicar para as pessoas do meu trabalho pq estava sorrindo estranho kkkk e porque gritei como louca também kkk Eles estão me matando!!! Gu hai esta despertando para o Lou YIn !! Definitivamente heheh Ja o Lou Yin torna tudo difícil desse jeito kkk Quem aguenta kkk Acho que logo vamos ter outros sonho uhuhuu Muito obrigada Lana sua lindaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa até amanhã!

    ResponderExcluir
  6. Gente, para tudoooooooooooo.
    Tô no submundo, pq o chão já não me aguenta mais.
    Alguém me ajuda a aguentar tanta fofura.

    Estou vomitando um arco-iris com unicórnios e flores.

    Bjs de fogo do Valdez

    ResponderExcluir
  7. Gente, para tudoooooooooooo.
    Tô no submundo, pq o chão já não me aguenta mais.
    Alguém me ajuda a aguentar tanta fofura.

    Estou vomitando um arco-iris com unicórnios e flores.

    Bjs de fogo do Valdez

    ResponderExcluir
  8. Ai... Que excesso de fofura... Como a gente faz?!?!😍😍😍 Lena 💕💕

    ResponderExcluir
  9. Não dou conta com tanta fofura 😍

    ResponderExcluir