Oi pessoal!!!

Já passou da meia-noite, mas vamos contar esse capítulo como sendo de sábado. huehuehue

AVISO: Cenas de extrema violência acontecem nesse capítulo. Não repitam isso em casa (ou em lugar algum).

É isso. XD 


Beijos.         

Lena.
Are Marido caindo de pau no filhinho de papai. ;P

_________________________________________________________________________________


Cap. 27: O destino do filho do oficial do governo



As pontuações dos exames do primeiro mês estavam sendo distribuídas a todos.

Gu Hai olhou seus resultados de todas as matérias; sua pontuação foi mais alta do que suas expectativas. Seu rosto se iluminou, porque ele pensou que, apesar de não ter passado muito tempo estudando nesse tempo, ele ainda pôde ter esse tipo de resultado.

“Qual foi sua pontuação?”

Gu Hai realmente queria saber a pontuação de Bai Luo Yin, que dormia na aula o tempo todo.

“Você está falando da pontuação total?”

Gu Hai acenou, “Eu tirei 521, e você?”

“Eu não somei.”

“Dê pra mim, eu vou contar pra você.”

Ele não esperou a resposta de Bai Luo Yin e, imediatamente, tomou os papéis das mãos dele. Ele queria usar essa oportunidade para tirar sarro de Bai Luo Yin, mas, no fim, com exceção de Educação Física, que era a especialidade de Gu Hai, não tinha uma matéria na qual Gu Hai tenha pontuado melhor que Bai Luo Yin.

“Matemática, 150...”

Gu Hai ficou tão surpreso que ele olhou para o topo do papel para confirmar o nome; realmente pertencia a Bai Luo Yin, além disso era pontuação perfeita. Apesar da pontuação de matemática ser relativamente alta na turma deles, ver um estudante tirar a nota máxima fez ele se sentir perto de nada.

“Literatura Chinesa, 126...”

Mais uma vez Gu Hai ficou surpreso. Ele olhou seu próprio resultado, que era 96, exatamente 30 pontos de diferença. Gu Hai olhou toda a folha de exame de Bai Luo Yin e descobriu que a diferença só na parte da redação era de 15 pontos. A redação de Bai Luo Yin foi quase pontuação máxima.

“Não é justo...” Gu Hai tentou se manter calmo, “A sua redação, se trocasse pela minha caligrafia, não deve valer mais de 40 pontos.”

Bai Luo Yin estava com muita preguiça para lidar com esse tipo de pessoa.

“Física 287, Inglês 131... Pontuação total é 694?”

Com essa pontuação, ele pode fazer o exame de entrada da faculdade de Beijing e entrar como um dos primeiros. Como isso é possível? Gu Hai não acreditava nisso, Bai Luo Yin está sempre dormindo a aula toda e ainda consegue esse tipo de resultado? Onde está a justiça?

“Você trapaceou, certo?”

“You Qi está na minha frente e você atrás, de quem eu poderia copiar?”

A pontuação de You Qi mal passara de 400, era a pior pontuação.

A garota sentada perto deles viu a cara de descrença de Gu Hai e não pôde evitar de interromper, “Bai Luo Yin entrou nessa escola com uma das maiores pontuações. A pontuação dele sempre está entre os cinco melhores.”

Gu Hai finalmente entendeu porque Luo Xiao Yu era sempre dócil e obediente em relação a Bai Luo Yin, e todos os colegas sempre faziam alarde sobre a inteligência dele. No começo, ele pensou que eles dois estavam no mesmo barco, um sempre dormindo e o outro sempre distraído. Pensando calmamente nisso, não importava quantas vezes ele planejasse e tentasse torturar Bai Luo Yin, no fim quem sempre estava do lado perdedor era ele.

“Você é terrível!”

Gu Hai bateu de leve na nuca de Bai Luo Yin.

Eu sou terrível? Bai Luo Yin pensou que, se Deus tinha olhos ele deveria acertar um raio na pessoa sentada atrás dele.

“Como assim eu sou terrível?”

“Você arruinou a imagem de gênios na minha cabeça.”

Bai Luo Yin zombou friamente e retaliou.

“Você também arruinou minha habilidade de tolerar pessoas idiotas.”

Gu Hai ainda nem tinha retorquido quando, de repente, quando uma voz trovejou do lado de fora, atraindo a atenção de todos para a entrada de trás da sala de aula. Um estranho usou o pé para chutar a porta de trás, o que fez os restos de papel no chão se espalharem. Essa pessoa tinha uma expressão feroz e má; sua linguagem corporal indicava uma aura parecida com de um lutador de Street Fighter.

“Bai Luo Yin, seu fodido desgraçado!”

A linguagem vulgar inesperada fez a classe inteira cair em silêncio em um estante.

Bai Luo Yin friamente virou seu olhar e seus olhos caíram sobre o rosto que ele mais detestava. Essa pessoa era chamada Wu Fang. Desde o início do colegial, ele e Bai Luo Yin nunca se deram bem. A razão era simples: a garota que ele gosta estava secretamente apaixonada por Bai Luo Yin. Ele é alguém que tem o próprio chauffeur, tem muito dinheiro e é filho de um poderoso oficial do governo. Até a administração da escola tinha que acatar às suas vontades. Por isso, ele não suportava que um pobre estivesse acima dele o tempo todo.

“Bai Luo Yin, estou lhe dizendo, é melhor você ser honesto. Tenha cuidado, caso contrário vou entregar seu passado vergonhoso. Eu vou realmente dizer, vou ver se você ainda vai se atrever a mostrar a cara nessa escola! Não pense que pode fazer o que quiser só por causa de suas notas boas. Mesmo que você tenha a melhor pontuação da escola inteira, o dia que você me irritar será o dia que você vai sair daqui.”

Bai Luo Yin levantou e foi em direção a Wu Fang, suas palavras gélidas e afiadas, mas calmas.

“Que tipo de passado vergonhoso eu tenho? Por que você não diz em voz alta, estou curioso.”

Wu Fang riu alto, arrogantemente, “Você realmente quer que eu diga? Eu temo que, quando eu terminar, você vai estar chorando, se ajoelhando e implorando para eu poupar você.”

Uma voz breve, mas arrepiante soou, “Se você tem coragem, então diga.”

“Ok, você quem disse para eu falar. Todos escutem bem, eu vou dizer uma vez. O Bai Luo Yin da turma de vocês é um bastardo sem mãe, que deu à luz a ele, mas o abandonou. Vocês sabem o que a mãe dele faz? Se eu disser, vocês vão ficar muito chocados. Espera um minuto. Não é mais assim que se chama, o termo mudou, agora dizem ‘jovem mulher que deu um passo errado na vida’... Há Há Há...”

A turma se encheu de vaias e assobios, alguns estavam chocados, alguns estavam se sentindo ofendidos, mas a maioria deles não acreditava que Bai Luo Yin tivesse esse tipo de mãe. Eles pensavam que Wu Fang só estava com inveja, então ele deliberadamente inventou essa história para insulta-lo.

Desde o começo, Bai Luo Yin não dissera uma palavra, sua expressão estava imóvel, apenas as veias de seu braço se destacavam, pulsando continuamente.

“Só deem uma olhada em Bai Luo Yin e vocês podem ver que ele é uma criança sem mãe! Geralmente as crianças sem mãe mantém essa expressão assustadora!”

Bai Luo Yin foi até Wu Fang e levantou uma mão.

Naquele segundo, o rosto de Bai Luo Yin foi respingado com sangue.

Wu Fang não sabia o que estava acontecendo, Bai Luo Yin ainda estava em choque, o punho de Gu Hai levantou mais uma vez e outro soco foi desferido deformando metade do rosto de Wu Fang. Uma grande quantidade de sangue escorreu dos olhos e nariz de Wu Fang, um pouco pegou em sua boca; era tão doloroso que Wu Fang gritou.

“Desgraçado... se atreve a bater em mim?”

Wu Fang foi furiosamente para cima de Gu Hai, mas este chutou o joelho de Wu Fang impiedosamente. Um alto som de osso quebrando pôde ser ouvido, causando extremo terror. Wu Fang deu um grito de gelar o sangue e caiu no chão. Então, Gu Hai agarrou a gola do uniforme dele e o arrastou da porta de trás da sala até a porta da frente.

Bang!

Um soco foi desferido na boca de Wu Fang, o corredor inteiro poderia ouvir isso.

Inicialmente, algumas pessoas correram para a cena com intenção de parar a briga, mas depois de testemunhar a cena no chão, todos eles saíram assustados. O rosto inteiro de Wu Fang estava sendo espancado como se Gu Hai quisesse demoli-lo completamente, o queixo dele já estava torto, os punhos de Gu Hai atingiram o rosto de Wu Fang fazendo quatro de seus dentes saírem; ele estava tendo dificuldade de respirar enquanto os cuspia.

“Peça desculpas!”

Gu Hai apontou para Bai Luo Yin.

Wu Fang engasgou, “Por que diabos eu deveria pedir desculpas? Se você se atrever a bater em mim mais uma vez, eu vou me certificar de que você não possa vir para a escola amanhã! Tente se não acredita em mim!”

As palavras de Wu Fang faziam sentido. Se Gu Hai fosse um estudante colegial comum que espancasse o filho de um oficial, a prisão dele seria inevitável.

Os dois punhos de Gu Hai estavam cobertos de sangue, com a mão esquerda segurando a cabeça de Wu Fang enquanto a direita continuava socando.

Um som de esmagamento podia ser ouvido.

Metade do rosto de Wu Fang estava esmagada.

Várias garotas estavam gritando de medo e até um professor que estava perto não se atrevia a interferir, mas rapidamente chamou o segurança.

“Peça desculpas!”

Lágrimas escorriam pelo rosto de Wu Fang enquanto ele gritava pela mãe pedindo por piedade.

Um colega de classe que estava perto não podia mais aguentar aquilo e andou até Gu Hai, avisando-o com boas intenções, “Gu Hai, não bata mais nele! Você vai se meter em encrenca!”

Gu Hai ignorou completamente o aviso e chutou com força a coxa de Wu Fang.

“Peça desculpas!”

O corpo de Wu Fang se encolheu de dor, tremendo no chão como um camarão.

Bai Luo Yin estava no canto, sem palavras por causa do choque. Ele não podia entender porque Gu Hai ficou furioso a tal ponto só para defende-lo de uma injustiça.

You Qi empurrou Bai Luo Yin de leve, “Diga alguma coisa pra ele. Alguém vai morrer se isso continuar.”

Bai Luo Yin andou para frente, ele ainda nem abrira a boca, mas Gu Hai já levantara três dedos.

“Eu vou contar até três, se você se recusar a pedir desculpas eu vou jogá-lo pela janela, me ouviu.”

“Um, dois, ...”

Wu Fang de repente de agarrou à perna de Gu Hai, o rosto inteiro tão mutilado que não podiam dizer como era sua forma original.

“Me... Me desculpe...”

Assim que Wu Fang abriu a boca, uma grande quantidade de sangue grosso fluiu dela. Quando as pessoas ao redor viram isso ficaram tão assustados que deram um passo atrás.

Gu Hai inesperadamente puxou Wu Fang, forçando-o de joelhos e baixou a cabeça dele em frente aos pés de Bai Luo Yin.

“Diga que você é neto dele [1] e que é um filho da puta.”

Wu Fang parou.

Bai Luo Yin percebeu que o desenrolar da situação fora longe demais. Ele queria interferir e impedir Gu Hai de ir adiante, mas ele estava um passo atrás. Gu Hai desferiu um soco e um dente de Wu Fang voou da boca dele.

“Já chega!” Bai Luo Yin agarrou o gola de Gu Hai, “Rápido, leve ele pro hospital!”

“Você fica parado!”

Gu Hai rugiu para Bai Luo Yin.

Desde o dia que Bai Luo Yin conheceu Gu Hai até agora, ele nunca tinha visto aquela expressão nele. Todas as palavras terrivelmente cruéis sendo usadas para descrever Gu Hai não eram exagero.

“Peça desculpa.”

A voz furiosa de Gu Hai escoava pelo corredor, nem mesmo o sol do lado de fora se atreveria a lançar um raio nesse canto escuro e frio.

O rosto de Wu Fang estava bem perto dos pés de Bai Luo Yin, ele estava respirando com dificuldade enquanto chorava, algo repugnante saindo da boca dele quando ele falou.

“Eu sou... seu... neto... *choro*... Eu sou um filho... filho da puta... *choro*...”

Gu Hai jogou Wu Fang para o lado e se levantou, a frente de seu uniforme manchado com o sangue de Wu Fang.

Bai Luo Yin ficou silenciosamente entre os dois garotos com a mente vazia.

A sirene da ambulância ressoou. A multidão de estudantes que assistiram à cena dispersou com os joelhos fracos, quase todos voltando às suas salas, enquanto os paramédicos entraram apressados na escola e, chocados, rapidamente colocaram Wu Fang na maca para leva-lo para fora.

Dez minutos depois, tudo voltara a seu estado normal e pacífico de antes.

As manchas de sangue tinham sido limpas pelo zelador, porém o cheiro metálico de sangue ainda permanecia no ar e saía da sala pela janela, fazendo os corações de todos gelarem.

“Gu Hai, saia por um momento.”

Bai Luo Yin se virou para olhar para Gu Hai por um longo tempo. Seu assento já estava vazio. Muitos estudantes estavam falando sobre o incidente e especulando que talvez Gu Hai não voltasse mais depois disso.

______________________________________________

Nota de Tradução:

[1] Nas duas traduções em inglês não explicaram isso, mas eu li a explicação em algum lugar (não lembro onde). Se me lembro bem, obrigar Wu Fang a dizer que é neto de Bai Luo Yin é assumir grande respeito por ele, uma vez que na China eles têm um grande respeito pelos mais velhos. 

7 Comentários

  1. Nossa, esse capítulo foi bem tenso, ne (°,°)
    Estou adorando a novel ^^
    Obrigada por mais esse capítulo ^^
    Bjitosss (^3^)V

    ResponderExcluir
  2. Fiquei até com medo kkkkk Foi muito mais chocante que na série, fiquei besta

    ResponderExcluir
  3. MDSSSSSSSSSSS não tô sabendo lidar com esse cap. Ele é assustador, no mínino, não sou fã de violência, mas porque foi pra defender o Luo Yin eu vou dar um desconto. Mesmo assim vacilou ,-,

    Ps. Obrigada pro traduzir *-*

    ResponderExcluir
  4. Pesado... Muito pesado. Gu Hai exagerou legal.
    Muitoooooo obrigada pela tradução maravilhosa! <3

    ResponderExcluir
  5. Na série foi bem mais leve essa pancadaria... Nossa, estou chocada. Tá certo que ele apenas quis defender o Luoyin, mas precisa espancar desse jeito? Deu medo do Gu Hai haushsu

    ResponderExcluir
  6. Uau, eu não esperava que fosse essa violencia toda!!! É mais do que visível o quanto amenizaram na série!!! Chocada, mas acho que foi além da defesa do Luoyin, acho que feriu ele próprio também quando o idiota falou de crianças sem mãe.

    ResponderExcluir