Boa noite, gente! ^^/

Quase eu não termino esse capítulo pra hoje... Como são longos esses capítulos. @_@

Mas, depois de ter muito motivo para se revoltar ontem (com o Xie Yan), vamos rir um pouquinho com o maluquinho do Liang Ze e conhecer mais um pouco sobre ele e o Hang Hang. ^^

Durmam bem! Beijins~

Lena.
Que índio fofo! hahahaha
__________________________________________________

Ato 6: Bom amigo




>Sou Bonito: Shuai Ge!
>Amor 123: ... Sempre que eu vejo essa palavra, eu...
>Sou Bonito: Há há há, não seja modesto!
>Amor 123: =.=
>Sou Bonito: Ah... aquilo, aquilo de manhã cedo...
>Amor 123: Não se preocupe, eu posso entender.
>Sou Bonito: Eh Eh, ótimo que você possa entender!
>Amor 123: A sua febre baixou?
>Sou Bonito: Sim!
>Amor 123: Você tem que prestar atenção, tenha mais cuidado quando ficar doente
>Sou Bonito: Entendido, eh... isso... bem...
>Amor 123: Fala
>Sou Bonito: Eu notei naquela manhã quando eu acordei que eu pareço sempre lhe dar trabalho.
>Amor 123: Eu sou bem paciente.
>Sou Bonito: Eu não lhe esmaguei até a morte, esmaguei?
>Amor 123: Há há há há! Como assim?
>Sou Bonito: Hum, estou um pouco preocupado.
>Amor 123: Não, você é bem interessante!
>Sou Bonito: Obrigado! Ah certo, você deu uma olhada na minha coleção?
>Amor 123: ...
>Sou Bonito: Tem alguma coisa que você goste? Eu vou dar isso pra você.
>Amor 123: Não precisa. Você pode manter sua coleção; Eu não posso aceitar um presente assim ^_^
>Sou Bonito: Hum... o que você achou da minha casa?
>Amor 123: ... bem legal.
>Sou Bonito: Não tinha nenhuma coisa negativa sobre ela? Qualquer comentário está bem.
 >Amor 123: Mesmo?
>Sou Bonito: É claro! Não temos nada a esconder, nós somos tão íntimos um com o outro.
>Amor 123: Tudo é bom, exceto o pijama de leopardo, eu fiquei seriamente aterrorizado quando entrei na sua casa.
>Sou Bonito: Ah? Você não acha que eu fico bonito nele?
>Amor 123: =.= Ele é ridículo, ele podia ser rasgado em tangas para tribos primitivas
>Sou Bonito: ...

Por volta das 2 horas da tarde, a loja inteira estava bem quieta. A loja estava fechada para o almoço e até Cui Ying Ying havia parado de trabalhar. Hang Hang não se sentia com sono. Ao invés disso, ele ainda estava surpreendentemente animado. Ele abriu Paciência Spider para jogar, mas pela metade do jogo ele ficou distraído. Ele de repente lembrou do evento daquela manhã.

Ontem, ele ficou pacientemente com Liang Ze e até dormiu perto dele. Essa manhã ele foi acordado pelo seu relógio biológico. Estava muito quente na cama; no entanto, atrás dele estava um calor corporal ainda mais insustentável. Havia alguma coisa pressionando contra sua costa. Hang Hang estivera mergulhado em um sono tão profundo que ele ainda estava um pouco atordoado por isso. Porém, a outra pessoa ainda estava dormindo profundamente e o amiguinho daquela pessoa havia acordado e estava roçando nas roupas de Hang Hang por trás. Hang Hang instintivamente moveu sua mão para segurá-lo.

Hang Hang tinha um pouco de experiência nesse campo, isso é, de acordar em uma cama estranha, então não era totalmente irracional para ele, como um homem adulto totalmente crescido, assumir que ele estava acordando depois de um 419 [1].
[N/T1: 419 slang para ‘for one night’ – ‘por uma noite’]

Enquanto ele segurava aquela própria coisa queimando de quente, o dono daquela coisa grande sociavelmente acompanhou seus movimentos e, ainda meio dormindo, soltou um gemido. Era muito incitante.

Foi graças aos lençóis de estampa de leopardo que a situação foi salva. Assim que Hang Hang se virou querendo beijar aqueles lábios tentadores, ele abriu ligeiramente os olhos. Primeiro, a colcha com estampa de leopardo entrou em sua visão e depois... o pijama de estampa de leopardo que pertencia àquele idiota...

Naquele momento foi como se ele fosse atingido por um raio. Hang Hang não apenas congelou na hora; suas mãos desajeitadas instantaneamente recuaram como se tocassem um material perigoso. Falando honestamente, não foi o rosto que extinguiu a chama nele; foi simplesmente porque ele viu aquele pijama de estampa de leopardo...

Revoltante.

Sua mente ainda era incapaz de entender quem aquele homem era. A única coisa que foi registrada era que o pijama de leopardo era ridículo. Assim que ele se acalmou, ele meio que detestou e meio que sentiu gratidão por aquele pijama de leopardo – e ele realmente queria dar esse idiota de comer para um verdadeiro leopardo.

Talvez porque ele tenha se assustado tanto, a cama tremeu violentamente fazendo os olhos daquele idiota se abrirem.

Dois pares de olhos se encaram por quase um minuto, depois do qual o idiota coçou sua cabeça, levantou a coberta e olhou para baixo. Então ele a soltou com um alto “ugh”.

Hang Hang, chocado e com medo que o idiota soubesse o que quase acontecera mais cedo, não tivera tempo para pensar em uma contramedida. No entanto, o idiota esfregou seus olhos e disse, “Eu acabei de ter um sonho molhado...”

Hang Hang assentiu com a cabeça como uma máquina enquanto olhava fixamente para Liang Ze, e Liang Ze sorriu envergonhado e assentiu com a cabeça. Infelizmente, essa resposta fisiológica não estava mostrando sinais de desaparecer gradualmente, ele percebeu.

“Eu vou ao banheiro,” Liang Ze disse e saiu da cama.

Hang Hang encarou o teto por um minuto, então encarou a poltrona nojenta por outro minuto, e então encarou o bebedouro de Doraemon por mais outro minuto. Finalmente... os olhos dele olharam para fora do quarto.

Como ele pareceria se masturbando?

Enquanto aquele pensamento veio em sua cabeça, Hang Hang imediatamente pulou da cama, escreveu um bilhete e saiu.

Alguma coisa havia desencadeado uma mudança. Ele parecia querer ter seus olhos naquele idiota =.=

Esse assunto... era possível? Parecia que... ele estava exagerando nisso como um dono de loja se importando com seu cliente. Parecia como se tivesse virado um hábito seu esperar por aquele idiota para empurrar a porta de seu pet shop todo dia e, simplesmente assim, sua vida, de alguma forma, se tornara mais colorida, parecia...

Um leve som de pequenos passos correndo acordou Hang Hang de seus pensamentos e ele para as prateleiras. Xiao Yèzi havia acordado e estava brincando alegremente. Observando-a, aquilo parecia um estranho presságio: essas duas (Xiao Yèzi e Chinchila X) já conheciam um ao outro há, grosseiramente, três meses e elas estavam juntas na “câmara nupcial” há quase dois meses e, mesmo assim, elas ainda... não acasalaram!

Aquilo era um sinal?

Será que a providência Divina deliberadamente queria que Liang Ze viesse aqui todos os dias?

Hang Hang nunca tinha acreditado em algo chamado “destino”. Todo ano ele ia ao Templo Lama para queimar incenso, mas realmente era só para acompanhar Qi Ji. Este era uma pessoa muito religiosa – queimando o incenso muito devotamente como se o Buda fosse lhe conferir uma Irmã Lin [2]?
[N/T2: Irmã Lin – Lin Mei Mei – significa receber algo inesperado, uma velha brincadeira chinesa]

Tudo bem, parecia que algo assim não é uma questão de alguém ser ou não devoto. Ao invés disso, era uma oportunidade como uma loteria enquanto as pessoas têm suas chances uma a uma. A Irmã Lin de Qi Ji não apareceu, mas um idiota caiu na vida de Hang Hang =.=

Do tempo que Hang Hang virara um adulto até agora, ele, basicamente, nunca estivera em um relacionamento com ninguém. Depois de muita análise, Qi Ji concluiu que Hang Hang ficava mais confortável com um 419 do que um verdadeiro relacionamento. Qi Ji não sabia porque seu bom amigo não tinha uma atitude séria relacionada ao amor. Qi Ji poderia não saber a razão, mas Hang Hang sabia muito bem. Uma ferida dos dias de juventude de alguém podia virar uma cicatriz para a vida inteira.

Durante seu segundo ano de faculdade, Hang Hang conheceu alguém em uma sala de bate-papo. Os dois se entenderam muito bem e as conversas deles eram sempre tranquilas e interessantes. A outra pessoa era um estudante do terceiro ano do Hospital Central, tempo de graduação indeterminado, e os dois sempre falavam um com o outro. Hang Hang gostava do jeito que ele parecia quando tocava o piano, gostava de seus longos dedos esguios e gostava de sua aparência sulista [3] requintada. Pensando nisso agora, o primeiro amor é sempre uma memória preciosa, se... sim, se ele não acaba mal. Depois de se formar, aquele bastardo foi para a Alemanha fazer pós-graduação, assediando Hang Hang com doces promessas antes de partir. Porém, depois de menos de três meses no exterior, nada aconteceu do jeito que ele prometera, de forma que ele não respondia os telefonemas e não respondia às cartas. No fim, Hang Hang finalmente recebeu correspondência – para terminarem. Na verdade, se aquilo tivesse sido apenas uma mensagem para terminar, então Hang Hang não teria se sentido tão ferido. O que tornou isso tão doloroso foi o conteúdo da correspondência: Será que você pode parar de ser tão persistente? Fazer os outros se sentirem tão pressionados, não é tão necessário assim. Nós éramos só amigos. Hang Hang ficou com muita raiva. Ele saiu de seu apartamento logo depois de ler a carta para fazer uma ligação. Como esperado, a outra pessoa atendeu. Hang Hang imediatamente o questionou, mas ele só respondeu, “Por que você está tão sério? Hang Hang respondeu, “Eu sou muito sério”. O outro disse, “Então você é muito ingênuo. Não se envergonhe mais. Eu lhe dei o que você queria, mas foi só um momento de prazer”.
[N/T3: De acordo com os estereótipos chineses, homens sulistas são conhecidos por seus traços bonitos e quase femininos]

Esse evento apenas durou, aproximadamente, um ano e meio, menos de dois anos do começo ao fim, mas isso deixou Hang Hang sob uma sombra duradoura – pode-se dizer que ele se tornou sem emoção para essa coisa de amor. Depois daquela experiência, ele decidiu confiar em si mesmo ao invés de em outras pessoas porque seu mau julgamento no amor só o machucaria. Tudo sobre o amor era apenas pretensioso e, desde aquele caso, ele simplesmente escolhia parceiros casualmente e, ao amanhecer, cada um seguia seu próprio caminho.

Hang Hang amava animais desde que era uma criança e, quando se formou Ciência Veterinária na universidade, esse amor só aumentou. Depois de ter sofrido tal evento, ele passou a ama-los ainda mais. Animais são muito gentis e quando eles gostarão de você significa que eles gostam de você pela vida inteira. Os bichinhos de estimação usarão suas vidas para acompanhar você até o fim.

Talvez... você não precise esperar nada? É mais como, não ter expectativas leva a não ter desapontamento? Isso... uma pessoa pode pensar que é uma coisa feliz, certo?

Por que parece que eu comecei a gostar daquele idiota?

Hang Hang verdadeiramente pensava isso.

Falando honestamente, ele e Liang Ze só conheciam um ao outro por um curto tempo, e eles não eram bons amigos também, mas Liang Ze podia ler o comportamento animal naturalmente – ele era particularmente gentil, especialmente simples, tão simples que não havia aura ruim em volta dele. Ele era sempre direto, não era exigente, não se importava com ganhos e perdas, não era oportunista e não ficava enrolando. Ele sempre ria descuidadamente, era um pouco desleixado e dizia o que queria... não se pode culpar o mundo todo por uma personalidade tão caprichosa. Mesmo a espécie dos roedores, especialmente as chinchilas, amavam muito ele =.=

Isso podia explicar parcialmente porque Hang Hang tinha um ponto fraco para ele, mas não podia explicar completamente tudo – Liang Ze não era seu tipo. Ele era um típico homem hétero e Hang Hang acreditava que, nesse mundo, um nunca deveria tomar liberdades com esse tipo de pessoa.

Puro mal.

“Olá!”

Seguindo o tocar do sino-dos-ventos na porta, Liang Ze entrou alegremente do pet shop.

Os olhos de Hang Hang quase caíram das órbidas – o que esse idiota está fazendo aqui quando está doente?

“Você...”

“Estou me sentindo melhor! Eu senti tanta falta da Ikkyu e da Xiao Yèzi que eu vim aqui!!” Liang Ze foi direto para suas chinchilas.

As duas mãos de Liang Ze estavam escondidas atrás de suas costas. Quando ele mudou de direção, Hang Hang viu que ele estava segurando uma caixa atrás dele.

Liang Ze havia acordado às 4 horas naquela tarde com seu corpo inteiro encharcado de suor enquanto sua febre havia baixado. Depois de desmaiar e acordar de novo, ele notou um bilhete na cabeceira de sua cama: Lembre-se de tomar seus remédios e descansar bastante. Hang Hang.

Só então ele lembrou que Hang Hang tinha ido vê-lo ontem, e isso o lembrou do evento vergonhoso daquela manhã. Era difícil de acreditar que ele acordou de seu sono e se viu dormindo ao lado de um homem – e não com uma bela garota. Porém o que o assustou ainda mais foi aquela resposta fisiológica, exceto...

O que era ainda mais enlouquecedor era que o seu “irmãozinho” não parecia se acalmar e ele teve que ir al banheiro de novo para lidar com ele.

Isso realmente não fazia sentido algum. Pensando nisso, desde que ele trouxera Ikkyu e Xiao Yèzi para essa loja, seu estilo de vida se tornou saudável – todo dia ele acordava ao meio-dia e brincava com suas chinchilas um pouco, perturbava Hang Hang por um tempo, então ia para a academia. Depois disso ele voltava para o pet shop, saía de lá às 10 horas e, de noite, começaria a escrever sua novela... dia após dia. Todos os tipos de noitadas há tempos já lhe disseram adeus: festas sociais, banquetes, raves, KTV [4]... e assim por diante. Do tempo que ele começou a escrever até agora, ele nunca foi tão saudável! Essa sensação não era nada ruim; na verdade, era muito boa. A mente dele ficou mais clara e organizada, não como antes quando ele ficava tão bêbado à noite que, na manhã seguinte, ele acordava ao lado de uma bagunça e alguma mulher aleatória. Depois de ter seu coração partido três vezes, seu irmão o proibira de ter uma namorada. Sua vida era como uma poça de lama: ninguém se importava com ele e ele sempre estava sozinho. Porém, depois de conhecer Hang Hang, ele parecia ter alguma coisa pelo que esperar ansiosamente todo dia quando ele acordava. Vir visitar a loja tinha se tornado indispensável em sua vida! Eles deviam ser amigos, certo? Apesar do preço para manter as chinchilas lá ser bem caro...
[N/T4: KTV ou Karaokê KTV é um estabelecimento de entretenimento onde você senta em uma sala e canta músicas no karakê, podendo consumir bebidas enquanto se diverte.]

A melhor coisa sobre isso era que, pela primeira vez, alguém havia cuidado dele quando ele ficara doente! Liang Ze era muito ciente de sua situação. Seus pais, inesperadamente, deixaram esse mundo em um acidente de avião e tudo o que restou de sua família foi seu eu de 8 anos de idade e seu irmão mais velho. Naquele ano, seu irmão, que acabara de fazer vinte anos, tomou a responsabilidade de pai. Ele largou a faculdade e começou a trabalhar nos negócios da família, se tornando um trabalhador de escritório e assumindo uma responsabilidade que era demais para alguém de vinte anos lidar. Seu irmão sempre foi ocupado e Liang Ze raramente adoecia. Mesmo que ele ficasse doente, ele nunca faria seu irmão se preocupar. Ele aguentava e logo aquilo passava.

Ontem foi a primeira vez que ele foi cuidado enquanto estava doente, e a sensação era boa. Ele podia beber bastante água a qualquer momento e alguém sempre enxugaria seu suor. Tudo o que ele tinha que fazer era dizer o que ele precisava. Foi um momento de muita felicidade!

Antes de sair de casa, Liang Ze pegou uma de suas peças favoritas e mais memoráveis de sua coleção e levou com ele. Ele realmente a amava, a tratava como um tesouro, e ele apostava que Hang Hang também gostaria dela. Ele queria dar ela a ele como expressão de gratidão – alguém como ele nunca pararia para pensar se a outra pessoa pudesse gostar do item ou não. Ao invés disso, ele teimosamente acreditava que, se ele gostava, então a outra pessoa também gostaria =.=

Na verdade, no entanto, não era culpa daquele idiota Liang Ze que ele nunca tivera um verdadeiro amigo sequer. Basicamente, quando ele estava entediado, ele encontrava outros que também estavam entediados e eles saíam juntos sendo entediados juntos porque, pelo menos, aquilo era melhor do que ficar entediado sozinho. Os dias de universidade são o período mais importante da vida de uma pessoa para fazer amigos e namorar, mas durante aquele tempo, Liang Ze ficava a maior parte do seu tempo lendo na biblioteca. Não era que ele fosse um nerd, mas era o seu jeito de se adaptar a uma vida de alojamento. Ele escolheu se formar em Literatura Chinesa porque nada mais lhe interessava. Ele batalhou com isso por algum tempo, já que ele não tinha muito conhecimento nisso – entretanto, é melhor do que lidar com inglês. A biblioteca, ele não só lia, mas também escrevia suas pesquisas. Ele submetia suas contribuições e, gradualmente, o número de vezes que ele era rejeitado ficaram cada vez menores. Depois de se formar, não haviam muitas oportunidades de emprego para essa formação porque, com Literatura Chinesa, um só podia se tornar um pesquisador ou um professor em uma escola. Seu irmão mais velho havia perguntado o que ele queria fazer daquilo e esse idiota respondeu que ele queria ser um escritor. Essa resposta fez seu irmão e cunhada rirem e dizerem que esse idiota tinha coragem.

“Aqui! Isso é pra você!” Liang Ze brincou com suas chinchilas por um tempo e, então, percebeu que ele ainda tinha a coisa em suas mãos.

“Hã?” Hang Hang ficou chocado por um momento.

“Obrigado por cuidar de mim ontem!”

“Ah,” Hang Hang assentiu, “O que é isso?” ele perguntou enquanto abria a caixa.

Dentro tinha... um monte de alguma coisa que ele não podia identificar.

“Essa é minha peça favorita da minha coleção, uma fantasia tribal de índio! Eu também vesti cada peça dela e gostei muito! É para você, já que você ama beleza selvagem também!”

“....” Hang Hang a tirou da caixa, Certo... é muito selvagem e mal cobre a traseira de alguém, mas o pior de tudo é esse colar, eu não posso aguentar isso! Ele até tirou uma foto vestindo isso? Ah meu Deus, por sorte ele não ampliou a foto na sala de estar. =.=

“Você pode tirar fotos usando isso! É muito impressionante!”

“Ah... Não posso, já que eu nunca vou saber onde pendura-las.”

“Então dê elas de presente! Eu ampliei uma para meu irmão e ele a pendurou na sala de estar! As pessoas entram na casa dele e sempre perguntam quem é!”

“Qual é a resposta dele?”

“Ele diz que é o Chefe Legal Demais.”

Hang Hang pensou que ele fosse chorar seus olhos para fora pelo irmão desse idiota...

“Eh?” O idiota se virou de repente.

“O que?”

“Me diga, o que nós somos?” Liang Ze perguntou seriamente.

“Ah...” Aquela pergunta assustou Hang Hang. Por que motivo um homem normalmente perguntaria a outro homem algo assim?

“Por que esse ‘ah’? Estou perguntando, o que eu sou pra você?”

“....” Hang Hang não podia responder.

“Ei, que tipo de expressão é essa? Eu não quero me aproximar de você para pedir a renúncia no depósito pelas chinchilas!”

Hang Hang nem pensara nisso.

“Eu queria pedir que nós dois nos considerássemos amigos, okay? Uma boa relação!”

“Isso...” Hang Hang pensou por um momento, meio rindo, meio chorando, e disse, “Isso conta.”

“Ótimo!” Liang Ze sorriu de orelha a orelha. “Essa é a primeira vez que eu tenho um amigo! Agora minha vida está completa.”

“O que isso quer dizer?”

“Eu não tinha nenhum amigo e agora eu posso usar a palavra ‘amigo’ para definir verdadeiramente esse relacionamento entre nós. Ontem, quando você cuidou de mim, eu percebi que realmente tenho um amigo!”

“Bem...”

“Sim.”

“O que isso tem a ver com sua vida estar completa?”

“Ah, meu irmão não me deixa ter nenhuma namorada. Isso quer dizer que eu terei que levar uma vida solitária, então ter um amigo traria algum conforto para a minha vida!”

“Você quer dizer... que você também quer que eu leve uma vida solitária como você até a velhice?” Se não é esse significado, então o que é?

“Droga! Não assim! Eu...” Liang Ze não tinha ideia de como explicar isso – obviamente o relacionamento deles era puro e inocente! Como era possível ele não poder dizer isso bem!

“Não é isso. Como pode seu irmão não deixar você ter uma namorada?” Ele esteve conversando com Liang Ze e sabia sobre a situação da família dele, que os pais dele haviam falecido e que ele tinha um irmão que era casado e se mudara. Se o irmão soubesse que ele estava doente, ele ficaria muito preocupado!

“Ah, meu irmão disse que não sou um perito nesse campo e a maioria das mulheres com quem estive são loucas maníacas.”

“Ah?”

“Hm. A primeira fugiu com meu dinheiro; a segunda tentou me forçar a casar por causa de uma gravides, mas a criança acabou não sendo minha; e a terceira, na verdade ela era legal, mas ela fugiu com outro homem...”

Hang Hang estava aturdido.

“Meu irmão me levou em uma vidente que disse que eu não posso me associar com mulheres ou eu vou encontrar eterno infortúnio!”

“Isso... não pode ser... aquilo...”

“Está tudo bem, eu não estou chateado, há há... que seja.”

“Isso...”

“Shuai Ge!” Liang Ze encarou Hang Hang seriamente, “Não me conforte. Já passou agora e eu estou bem, há há há há...”

Hang Hang disse a si mesmo: Eu não estou tentando confortar você! Isso é uma coisa boa, certo?

“Não me conforte. Nem mesmo tente, já que eu ainda tenho Xiao Yèzi e Ikkyu.”

“....”

“Sério, não há necessidade de me confortar.”

“....”

“Não fique assim. Eu não estou chateado com isso. Eu sou bem forte!”

“Estou aqui.” Hai Hong empurrou a porta e o sino-dos-ventos tocou gentilmente na entrada.

“Shuai Ge! Você não precisa me confortar!”

“Eh, Xiao Liang, qual o problema?” Hai Hong sentiu que algo estava errado e perguntou preocupado.

“Ele teve o coração partidos alguns anos atrás,” Hang Hang respondeu impotentemente.

“Eh?”

“Sim! Eu contei tudo ao Shuai Ge, e está tudo bem agora, mas ele insiste em me confortar.”

“....”

“Você ficou muito triste com isso?” Hai Hong olhou para Liang Ze.

“Na verdade, estava tudo bem, é só que...”

Ele realmente quer conforto, Hang Hang pensou na segunda vez que ele ouvia aquilo. Escritores não são todos fortes...


*****

7 Comentários

  1. Eu me pergunto sempre como é que isso vai desenrolar kkk adoro essa serie

    ResponderExcluir
  2. Nossa! Eu ri tanto, mas, tanto que chorei no trabalho e as pessoas me perguntaram se eu estava bem kkkkk Nossa! Esses dois são muito legais ! Serio! E o amor chegou!! Finalmente ele percebeu que ele esta se apaixonando xp Nao vejo a hora de ver o proximo! Até pq a web serie terminou de um jeito ...aiaia

    ResponderExcluir
  3. <3 que amor meu deus...
    Essa novel <3
    Obg lenaaaa...

    ResponderExcluir
  4. Esse Liang Ze é muito divertido parece um comediante. Me faz rir horrores na madrugada hahaha as ações irritantes são seu charme (fofo)
    Obrigada unnie [parece q os capítulos são tão pequenos né]
    Fighting!!!

    ResponderExcluir
  5. Nossa pijama de leopardo totalmente brochante rsrsrsrsrs. Obrigado!!

    ResponderExcluir