Olá para as corujinhas de plantão! ^^/


Me atrasei. Desculpa. >_< Tentei traduzir o mais rápido possível, mas quando comecei já era bem tarde... =X

Sem mais enrolação! Lá vai. ^^

AVISO: Contém SMUT!!! (eu acho que é considerado... XD Fiquei na dúvida... huahauhauah) Vou chamar de Smut Leve. XD

Beijos,          
Lena.
___________________________________________________



Cap. 115: Interrogatório tarde da noite.




Por um longo tempo, Bai Luo Yin permaneceu sozinho na sacada. Ele ficou lá até o calor que consumia seu corpo e mente tivesse diminuído. Com pés cansados, ele se arrastou de volta para a sala de estar.
Gu Hai ainda estava deitado no chão. Era evidente que ele estava morto de adormecido.
Geralmente, Bai Luo Yin mal se mexia em seu sono, porém ele ainda ficava consciente de seus arredores. Mas, hoje, o telefone tocou por um longo tempo e Bai Luo Yin nem se mexeu. Claramente ele havia bebido até o esquecimento aquela noite.
Bai Luo Yin observou Gu Hai silenciosamente e ponderou sobre como leva-lo para a cama. Ele olhou e olhou até estar perdido em seus próprios pensamentos.
Era raro ver Gu Hai assim. Tão bem-comportado. Era como ver uma pantera selvagem em profundo torpor, calma e imóvel. Vestindo apenas uma camisa fina e calças longas, o corpo dele estava estirado no carpete em satisfação. Apesar dele parecer relaxado, seus braços e pernas robustas ainda transpiravam força. Era como se os membros dele fossem disparar para frente precipitadamente e atacar.
Bai Luo Yin pensou que Gu Hai tinha muitos lados em si. Seria, sem nenhuma dúvida, uma tarefa difícil sentir seu caráter genuíno. Quando ele era frio, só seu olhar faria qualquer um tremer de medo; quando ele era bondoso podia ser facilmente oprimido; quando ele era sério, ele era exatamente como um rifle carregado, uma vez que as emoções dele fossem despertas elas não podiam ser afastadas facilmente; e quando ele era mau, ele era mau; seu comportamento frívolo faria qualquer um ter arrepios.
Esse tipo de caráter parece complicado, mas, pelo contrário, ele é razoavelmente simples e puro.
Bai Luo Yin também era assim, uma pessoa temperamental, apesar de seu comportamento normalmente calmo passar uma impressão diferente, na realidade ele podia rapidamente se tornar violento.
Ele podia detestar Gu Hai em um segundo e, no outro, reconhecer todas as suas qualidades marcantes e fortes. Era assim: noite passada ele queria dar um tapa na cara do Gu Hai e hoje ele queria cuidar dele.
Bai Luo Yin olhou atentamente para Gu Hai por um longo tempo. Ele não tinha coragem de acordá-lo.
Eventualmente, Bai Luo Yin decidiu carregar Gu Hai de volta para o quarto.
Ele levantou Gu Hai pela cintura e, apesar de Gu Hai ser um pouco mais pesado, Bai Luo Yin ainda foi capaz de suportá-lo. Parecia absurdo que Bai Luo Yin tenha até considerado isso, no entanto ele fez. Isso estava, afinal de contas, dentro de sua capacidade. Passo a passo, ele andou com firmeza para o quarto. Ele colocou Gu Hai levemente sobre a cama e começou a tirar os sapatos e roupas dele.
Bai Luo Yin pausou quando Gu Hai soltou um gemido baixo. Entretanto, ele permaneceu adormecido. Bai Luo Yin não podia evitar de encará-lo. Seus cílios curtos, mas grossos, abraçavam a borda externa dos olhos dele perfeitamente, a ponte alta do nariz fazia o rosto dele parecer bem severo. Os lábios dele eram de um tom saudável de vermelho profundo. Com apenas um vislumbre, uma pessoa podia dizer que era o lábio de um homem.
De repente, os dedos de Bai Luo Yin mergulharam nos cabelos grossos de Gu Hai. Sua cabeça abaixou e pairou perigosamente perto da dele. Tão perto que ele podia sentir a respiração de Gu Hai em seus lábios.
Quando os lábios deles se encontraram, Bai Luo Yin não sabia porque ele teria este tipo de impulso. Sua mente estava em completo desarranjo.
Quando Bai Luo Yin abriu a mandíbula de Gu Hai, um forte cheiro de licor atacou suas narinas e, naquele momento, como se enfeitiçada, a língua de Bai Luo Yin disparou para dentro. Ele explorou grosseiramente e tomou controle da cavidade úmida. Bai Luo Yin não ficou ciente da dor que passou pela sua língua quando ela a esfregou dolorosamente contra os dentes de Gu Hai. O cheiro de sangue assaltou seu nariz. Sangue se misturou com saliva e fez cócegas pelo canto da boca dele.
Gu Hai acordou, levantou o braço e agarrou a parte de trás do pescoço de Bai Luo Yin.
Bai Luo Yin não parou. Mesmo quando seus olhos encontraram os de Gu Hai, não havia nenhum sinal de timidez ou apreensão. Ele forçosamente abriu a camisa de Gu Hai e puxou o cinto de couro que antes tinha abraçado elegantemente a cintura do rapaz. Bai Luo Yin estava como uma besta voraz, tão ansioso, sem a mínima paciência. Quando a calça de Gu Hai foi arrancada, o cinto de couro raspou contra o quadril dele, criando uma sensação dolorosa.
Os olhos de Gu Hai estavam submersos em ferozes chamas vermelhas. Só das mãos de Bai Luo Yin estarem meramente descansando sobre seu corpo, faíscas de eletricidade e excitação queimavam todo seu ser. Esse tipo de tortura fez ele alcançar o clima.
Ele jogou Bai Luo Yin debaixo de seu corpo e vigorosamente abriu as pernas dele. A besta inchada de Gu Hai encarou a entrada estreita e fez uma investida. [N/T: GH não está penetrando BLY, ele está só... errr... se forçando contra ele por cima da roupa mesmo (?). XD]
Bai Luo Yin tentou virar seu corpo, mas o peito de Gu Hai o pressionava com força, ao ponto dele nem conseguir se mexer.
“Você vai me deixar te foder ou não?” A indagação vulgar de Gu Hai fluiu para dentro dos ouvidos de Bai Luo Yin.
Os punhos de Bai Luo Yin se apertaram, seu rosto afundou nos lençóis da cama e sua voz escapou em uma voz dolorosamente abafada.
“Não.”
Gu Hai investiu contra ele de novo; dessa vez ainda com mais força. O corpo de Bai Luo Yin tremeu violentamente por um segundo.
“Por que você não me deixa?”
Gu Hai perguntou de uma forma arrogante. Seu coração permaneceu naquele momento em que Bai Luo Yin o excitou. Mas hoje ele sentia que Bai Luo Yin não era seu eu habitual. Apesar de estar sendo segurado firmemente, o coração dele estava bastante agitado. Gu Hai podia claramente sentir que ele estava confuso e preocupado.
Para a surpresa deles, o toque do celular soou alto. O corpo de Bai Luo Yin estremeceu imediatamente.
“Quem ligaria a essa hora?”
Gu Hai resmungou para si mesmo antes de esticar o braço com a intenção de pegar o telefone, mas Bai Luo Yin o arrebatou primeiro e rapidamente o desligou.
“Telemarketing.” Bai Luo Yin disse.
Gu Hai não deu atenção a isso, ele deslocou seu corpo em uma velocidade tão rápida que até Bai Luo Yin foi pego de surpresa. Os dentes afiados de uma certa pessoa atacaram as nádegas dele; ele chutou e tentou levantar suas pernas, mas foi pressionado contra a cama novamente, seus braços foram puxados para trás e imobilizados também. Bai Luo Yin estava preso como um caranguejo, completamente incapaz de se mover. Ele foi obrigado a aceitar essa humilhação de amor.
Por um longo tempo, os dentes de Gu Hai atormentaram por toda a superfície das bochechas da bunda dele.
Então, ele lentamente fez seu caminho para a frente.
O corpo de Bai Luo Yin se debatia freneticamente, sua força competindo contra a de Gu Hai e competindo contra si mesmo.
A língua de Gu Hai lambeu o ponto que Bai Luo Yin nunca se atreveria a verbalizar. Ele jogou o pescoço para trás duramente, fazendo seu queixo bater contra a cama. Ele gritou de dor.
“Gu Hai, seu bastardo!”
“Bartardo?” Gu Hai sorriu como um lunático, “Eu posso ser ainda mais bastardo.”
“Da Hai... Da Hai...”
Bai Luo Yin gritou inesperadamente, um tom de súplica ressonando na voz dele. Era algo que Gu Hai nunca tinha ouvido antes. Apesar de seu coração estar como um pedaço de ferro em brasa, nesse momento, ele suavizou.
Gu Hai abraçou Bai Luo Yin com força, apoiando o peito nas costas de Bai Luo Yin e escorando seu queixo na base no pescoço do garoto.
“Yin Zi, do que você tem medo?”
Bai Luo Yin fechou seus olhos e tentou, com toda a sua vontade, esconder seu batimento cardíaco palpitante.
O dedo de Gu Hai se moveu e cutucou aquele nervo sensível de novo. Ele não poupou nenhum sentimento, não havia necessidade de pensar em nenhuma consequência quando ele continuou a falar, “Por que você não vai me deixar transar com você?”
Bai Luo Yin disse desamparado, “Eu tenho medo da dor.”
Na verdade, esse motivo ocupava um espaço muito pequeno, quase perto de nada, no coração de Bai Luo Yin. Porém, de acordo com o que Gu Hai pensava, isso era muito significante. Bai Luo Yin podia, sem dúvida, dizer a verdade, mas de repente, sem nenhum aviso ou motivo, seu coração ficou temeroso. Sua mente entrou em pânico fazendo seu sangue congelar. Era como se ele estivesse se segurando em sua última esperança, certo que ele já havia reconhecido que seu futuro apresentava uma perspectiva muito sombria... se apenas a última linha de vida de seu coração não fosse violada.
Gu Hai de repente riu, uma risada calma e aliviada. Então ele bateu gentilmente na bunda de Bai Luo Yin com a palma da mão.
“Então, você também pode ter medo, heim?”
Bai Luo Yin escondeu suas emoções muito bem. Ele encarou Gu Hai irritado, “Que tal eu tentar foder você?”
Gu Hai intencionalmente testou Bai Luo Yin, “Vem, eu não tenho objeção.”
Bai Luo Yin ficou deitado na cama como um peixe morto, imóvel.
Gu Hai riu; a risada dele soou bem complexa.
Então ele foi perto da orelha de Bai Luo Yin e, em uma voz baixa, sussurrou, “Baobei, só será difícil de suportar um pouco, por favor aguente.”
O corpo de Bai Luo Yin enrijeceu. Ele tinha pensado que Gu Hai iria para cima dele com força, mas no fim, Gu Hai apenas empurrou as pernas dele. Ele levou seu demônio de ferro escaldante para a fenda entre as pernas de Bai Luo Yin. A pele sensível e frágil do membro de Gu Hai encontrou uma fricção intensa; o calor do corpo de Gu Hai queimou cada nervo no corpo de Bai Luo Yin. Apesar de não ser uma arma carregada, aquilo era mais do que suficiente para fazer Bai Luo Yin se sentir humilhado.
Bai Luo Yin tentou várias vezes folgar suas pernas, mas a força brutal de Gu Hai impediu que ele o fizesse. Ele rangeu os dentes com força e aguentou.
A respiração quente e pesada de Gu Hai excitou Bai Luo Yin, que usava as mãos para acalmar seu membro latejante. Mas, mesmo assim, ele sentia que isso não era suficiente.
Para a surpresa de Gu Hai, Bai Luo Yin o virou e se empurrou com força nele, usando o mesmo método para se satisfazer. Gu Hai deixou Bai Luo Yin excitar a si mesmo e até o encorajou a fazê-lo, mesmo que, em sua cabeça, ele ressentisse aquilo... Mas Bai Luo Yin estava em cima dele, procurando por uma forma de se estimular, e Gu Hai estava mais do que disposto a tentar aquilo.
Na noite, os dois finalmente alcançaram o clímax enquanto seus corpos convulsionavam, tremendo com um ruído alto.

Os próximos dias foram bem pacíficos. Bai Luo Yin não recebeu mais nenhuma das ligações de Shi Hui. A mente dele se acalmou gradualmente. Talvez ela estivesse comovida pela ocasião naquele dia e seus sentimentos estivessem, de algum modo, fora do controle, o que fez ela ligar para ele. Quem não se sentiria um pouco insano depois de passar por um término? Talvez aquilo fosse passar lentamente.
Em uma fração de segundo, o dia do Ano Novo chegou e Bai Luo Yin e Gu Hai voltaram para casa para celebrar.
Tia Zou e Bai Han Qi estavam ocupados na cozinha. Bai Luo Yin estava em seu quarto remexendo em seus pertences, enquanto Gu Hai estava no pátio implicando com o garotinho.
O nome do filho da tia Zou era Meng Tong Tian. Ele era um diabinho. Ele acabara de fazer sete anos e já tinha um sentimento de melancolia espalhado em seu rosto.
“Você é só desse tamanho e já está se preocupando. Com o que você está preocupado, heim?” Gu Hai perguntou.
Meng Tong Tian suspirou, seus pequenos lábios se contorceram por um tempo. Parecia que ele queria falar, mas impediu a si mesmo.
Gu Hai sorriu perversamente e puxou a mão dele, perguntando: “Você tem uma namorada?”
Meng Tong Tian sorriu imediatamente, “Eu tenho uma, ou talvez não tenha...?”
“Talvez você tenha uma.”
A mão grande de Gu Hai beliscou a perna fina de Meng Tong Tian e riu histericamente.
Essa criança é muito engraçada.
O humor de Meng Tong Tian não ficou nem um pouco abalado. Ele ainda mantinha uma expressão sem emoção. Depois de um longo tempo ele disse fracamente, “Ela está me matando de tortura rapidamente.”
“Quem?”
Meng Tong Tian encolheu seus ombros, seu pé desenhando círculos no chão.
“Você pergunta quem... ela ah.”
Gu Hai sabia intuitivamente o que o garoto havia dito, mas ele continuou provocando-o, “Como ela está torturando você?”
“Ela não disse se estamos bem, também não disse que não estamos... ou ela está fazendo isso comigo de propósito?”
Gu Hai explodiu em gargalhadas. Ele acariciou a cabeça de Meng Tong Tian e disse, “Você definitivamente é meu bom irmãozinho. Vamos tentar nosso melhor juntos!”
Assim que ele acabou de falar, o telefone de Bai Luo Yin tocou.
O celular de Bai Luo Yin estava na mochila dele. A mochila estava jogada no banco de madeira ao lado da porta. Ele estava em seu quarto, então era impossível que ele escutasse o telefone. Então Gu Hai imediatamente tirou o celular da mochila e atendeu.

*****
       E aí gente, o que acharam? Eu, sinceramente, achei tudo muito melhor na novel. Acho que eles não conseguiram (ou não tiveram tempo ou simplesmente não quiseram fazer igual) passar os mesmos sentimentos que podemos ver na novel para a webserie. Na série, apesar de empolgar, se você comparar, ficou mais... Como dizer? Sei nem explicar... Foi tudo muito superficial, acho que é isso. O forma como tudo começa na novel, com Bai Luo Yin se aproximando do Gu Hai quase sem perceber o que ele mesmo estava fazendo, e como o interrogatório acontece na novel, com eles tão próximos e tal, foi tão cheio de sentimentos e dúvidas e... e... *u* Ah. Não sou muito eloquente. hahaha Se quiserem fazer a comparação, aí está a cena cortada. hehehe

23 Comentários

  1. Fechado no mundo dele por tanto tempo, Yin Zi não sabe nem onde está a chave pra deixar o Gu Hai entrar. (Talvez literalmente também, hahaha)
    Esse eps foi tão coisado, sei lá. Cmo realmente diz nesse cap, o Bai é a calmaria superficialmente, mas ele é bem caotico internamente.
    Ta chegando os caps desconhecidos que meda.
    ___
    Obg Lena.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ps: Essa frase... "Vem, eu não tenho objeção."

      Excluir
    2. Sim! Esse capítulo é a confusão mental do Yin Zi. kkkkkkkkkk E também acho que deve ter sido bem difícil traduzi-lo do chinês para o inglês e acabaram ficando muitas partes confusas... ou as duas coisas. kkkkkkkkk

      Excluir
  2. Essa frase.... Isso mostra q o Gu Hai já se jogou de cabeça faz tempo. Nossa, então a única coisa q impede o Lou Yin é sua enorme teimosia. Ele sabe q se der esse último passo ele nunca vai se livrar do Gu. Na verdade ele não percebeu q já não ha volta. Só dele agarrar o Gu assim do nada mostra o que o inconsciente sabe e ele tenta fugir. Meu o Gu dando conselhos para um menino kkkkkkkkk sei o q vc sentiu Lena. Os atores criaram um clima poderoso que só alguém com muita química faz. Não é que na novel foi menos, foram os atores q foram muitooooo mais!!!!! E sim, queria algo um pouco mais sensual kkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gu Hai falou essa frase só pra testar mesmo, porque ele sabia da confusão mental do Bai Luoyin. Ele é tão seme que se o Luoyin agisse do modo que ele não estava esperando e dissesse "okay então" ele ia ficar de cara no chão. HUAHAUHAUHAUHAUHAU

      Er... Na verdade eu achei que a novel foi mais. >w< huahuahauhau Tipo, acho que na novel teve mais sentimento, tanto que a série não conseguiu passar, sabe? A série não conseguiu passar a confusão mental do Luoyin (até entendo pq deve ser muito dificil), nem toda essa onda de sentimentos enquanto eles se beijam... A novel é tão descritiva que acabo sentindo falta de pequeninos detalhes na série. hehehe (Acho que sou exigente demais XD)

      Excluir
    2. Sim. A novel mostrou outro mundo. Acho q esses últimos capítulos tem mostrado os sentimentos do Lou Yin. Ele esta cada vez mais confortável com o Gu e tenho certeza de que ele sentiria muitaaaa saudade se o Gu fosse viajar ou algo assim kkk

      Excluir
  3. Outra coisa xd. Na Novel nos percebemos os pensamentos do Lou Yin e nisso da para ver o quanto ele e intenso. Como ele diz, ele pode ser terrível!xd a diferença é que o Gu, sempre foi transparente xdxdxd O Lou Yin não estava no clima , na verdade ele queria esquecer a ligação e o q isso implica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato. E acredito que nosso Yin Zi tem medo de aceitar TUDO porque assim ele terá, oficialmente, aceitado seus sentimentos pelo Gu Hai. Tipo... ficará claro como o dia para ele mesmo, acho que ele ainda tem receio disso... sei lá... XD

      Excluir
  4. Tô toda me tremendo, esperei muito por esse capítulo, agora é que começa o desespero! Bai Lou Yin libera isso aí meu filho kkkk Esperando ansiosa os próximos cap 😘

    ResponderExcluir
  5. Lena fiquei com uma dúvida eles fizeram ou não sexo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não, eles não fizeram. XD Essa foi a dúvida de muitas pessoas na tradução inglesa também. O Bai Luoyin nem estava sem roupa naquele momento. O Gu Hai ficou "empurrando" nele só pra fazer ele sentir o Xiao Hai. huahauhauhaua >,<

      Excluir
    2. Tive q ler duas vezes para tirar essa duvida kkkk

      Excluir
  6. Gente, que coisa linda. O Yin Zi todo sedento pelo Da Hai. Precisando se reafirmar após a ligação, assim tomando a iniciativa. Gu Hai ali sempre pronto pra receber o Yin Zi de braços abertos. Lindos.
    E vai dar ruim essa ligação.

    ResponderExcluir
  7. O livro é sempre melhor que o filme, aqui a novel é sempre melhor que o web drama, porque a gente esta dentro da cabeça dos personagens, lendo as duvidas os medos e tbm os desejos. E sem falar que os atores tem as restrições impostas por seu pais a respeito de cenas desse tipo Obrigado Bjsss!!!

    ResponderExcluir
  8. Omg *0*
    Como é mais intensa essa cena, gzuuuiiiiz.. Ameeii Lena *3*
    Realmente Hai é loucamente apaixonado por Yin ,ele q é meio frio e tem medo de se machucar, as vzs me sinto como ele quando namoro alguém. Sempre com pé no chão pra não me estrepar dps..shuashua :v
    To amando a novel <3
    Os tailandeses podiam fazer esse drama, acho eles bem mais abertos em dramas Yaoi. ;)
    Bjus

    ResponderExcluir
  9. A primeira metade do capítulo foi tão .... Confusa. Não consegui entender quase nada do que se passava. Foi difícil de visualizar o que aconteceu.... :/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou verificar com o inglês (acho que já tem correção ou outra tradução desse cap) e fazer as correções necessárias. =)

      Excluir
    2. Lena, não acho que seja problema de tradução, voçe faz um ótimo trabalho. Acredito que o problema seja a narração (já li muitos livros, então sei o que estou falando)
      Toda essa novel tem um problema com a movimentação dos personagens (quando leio, visualizo a cena na minha cabeça, até esqueço que estou lendo). Nessa novel, eu imagino a cena diversas vezes ate entender onde os personagens estão.
      É so uma crítica a obra, não a tradução.
      Me diz aee se tu concorda comigo. Kkk

      Excluir
    3. O que você disse é verdade. Hahahah às Vezes, eu e Sae precisamos adicionar detalhes (nada que altere a história) pra tentar deixar a coisa toda mais fluida. XD ahahah

      Excluir
  10. É : "KE ? " , Cacilda , Eu tive que reler a parte mais quente umas duas vezes porque foi tamanha a emoção, cara , JESUS AMADO, só tenho uma coisa pra concluir afinal de contas, Já não era sem tempo, FINALMENTE!!!!!!!

    Sinto que definitivamente agora posso descansar satisfeito, comecei essa Novel há dias e enquanto a cena que acabou de aconteceu n rolou nos capítulos anteriores, eu não conseguia diminuir o ritmo da leitura. Estou totalmente liberto!!!

    Que passo enorme o casal deu heim õ/ , talvez , assim que terminar a Novel eu dê uma passadinha na Série. Ótimo capítulo >3<

    -Viciado, #bolado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. KKKKKKKKKKKKKKKKKK Addicted faz isso, deixa a gente amarrado. huahauhauhau

      Ah, a série só cobre até uma parte do capítulo 118.

      Excluir