Oi gente!!!

Vamos de Counterattack?! ^^/ Ah. Esse capítulo contém linguagem imprópria e indecências. huahuahauhauahu Sempre pensem assim quando o Chi Cheng estiver envolvido. hehehe


Beijos~         
Lena.

_________________________________________________________________________________



Cap. 15 – Você acha que devemos leva-lo de volta?



Liwang sinalizou para Guo Chengyu com os olhos. Devemos trazer Xiaolong para cá?

“Apenas olhe para ele. Com certeza ele deve ter sabido das notícias. Você vai procurar outra falsificação para engana-lo?”

Liwang se virou e saiu.

Chi Cheng ainda estava de brincadeiras com Guo Chengyu com sorrisos. “Está tudo bem se você não pode aguentar isso.”

“Não.” Guo Chengyu passou os braços em volta do pescolo de Chi Cheng em um abraço apertado. “Somos amigos!”

Alguém abriu a porta da arena. Dois dos homens de Chi Cheng entraram, carregaram a píton de mais de cinco metros para fora e colocaram-na no chão. A píton estava intoxicada. Se eles não a curassem rapidamente, ela morreria a qualquer momento.

Guo Chengyu andou até ela e se agachou. Ele esfaqueou o coração da píton quando ninguém estava olhando.

A píton levantou a cauda e açoitou alguém na nuca, quase nocauteando a pessoa.

“O que você quer?” A outra pessoa encarou Guo Chengyu com perplexidade.

Guo Chengyu não falou. A lâmina da faca fez um grande corte no abdômen da píton. Ele cortou um pedaço da carne de dentro, pegou um pedaço com a faca e lentamente colocou em sua boca.

Chi Cheng estava de pé ao lado dele. Seus olhos estavam muito abertos.

Todos sabiam que matar uma cobra era proibido na casa de Chi Cheng, imagine comer.

Guo Chengyu bateu os lábios e sorriu friamente. “Meio dura...” Com isso, ele tirou outro pedaço. A ponta da faca dele apontou para Chi Cheng. “Quer uma prova?”

Alguém acocorado perto deles não podia mais aguentar. “Comer cobra é proibido aqui!”

Guo Chengyu lançou um olhar de esguelha a ele. “Eu não comi a sua! Eu comi a minha cabeça-chata. Está dentro do estômago da sua cobra, como eu poderia chegar nela se não cortar o estômago? E se eu me descuidasse e cortasse a de vocês, o seu chefe ficaria chateado comigo, não?”

Chi Cheng não disse uma palavra. Ele encarou Guo Chengyu por dez minutos nesse silêncio.

A pessoa que trouxeram depois era um rapaz. Este era o Xiaolong que Liwang havia mencionado. Ele havia sido uma presa difícil para Guo Chengyu. Ele tinha malmente 20 anos e ainda era estudante. Ele realmente era um garoto bonito. Chi Cheng tinha visto toda beleza excepcional, ainda assim seus olhos permaneceram nele por alguns segundos.

“Você joga para esse time também?” Chi Cheng provocou.

Guo Chengyu retorquiu simplesmente. “Contanto que tenha um buraco lá embaixo, fico bem com todos.”

Chi Cheng deu um riso abafado ligeiramente e marchou de volta para o seu quarto.

Guo Chengyu olhou para Xiaolong. Sua garganta estava extremamente desconfortável, como se tivesse um espinho preso nela.

“Aquele é meu melhor amigo. Vá ter um papo com ele lá dentro.”

Xiaolong deu um olhar confuso para Guo Chengyu antes de andar para o quarto desnorteado.

Guo Chengyu e Liwang ficaram do lado de fora. Em pouco tempo, um gemido familiar veio de dentro do quarto. Não havia compulsão e era completamente natural.

Liwang jogou a ponta de cigarro no chão e pisou com força.

“Então ele era tão lascivo? Só faz um pouco de tempo e escute só esse barulho.”

Guo Chengyu estava com rosto sério. “Inferno, eu tenho ouvidos também.”

Liwang ficou em silêncio.

As pernas de Xiaolong estavam suspensas no espelho da cama enquanto Chi Cheng movia seus quadris lá. Xiaolong foi fodido às lágrimas. A bunda dele saindo do lugar. Depois que Chi Cheng deu nele alguns tapas, ele estava sem fôlego de toda a gritaria.

Guo Chengyu ouviu claramente que Xiaolong estava choramingando por misericórdia, implorando para ser fodido com mais força.

Parecia que ele nunca tinha escutado tal som na sua cama.

Liwang olhou pela janela de vidro e murmurou um “caralho” para dentro. Essa era a primeira vez que ele testemunhava sexo tão drástico, poderoso e delicioso.

Depois de um tempo, a voz de Chi Cheng veio de dentro.

“Guo Zi, por que você não faz isso? Eu acho que ele está indisposto a ser fodido por mim!”

Guo Chengyu não respondeu a ele. Ele sabia qual era sua intenção.

E certamente, a súplica de Xiaolong veio em seguida. “Não...”

Havia apenas uma coisa na mente de Guo Chengyu. Chi Cheng, seu filho da puta!

Depois que Chi Cheng terminara, ele saiu enquanto levantava suas calças. Seu rosto estava cheio de êxtase e relaxamento depois do sexo. Sua mão larga deu tapinhas no ombro de Guo Chengyu e ele disse, “Ele desmaiou.”

Liwang perguntou, “Devemos levar Xiaolong de volta?”

Guo Chengyu riu, o que deu arrepios em Liwang.

“Você acha que pode leva-lo de volta?”


Com isso, Guo Chengyu estalou os dedos e foi embora.

11 Comentários

  1. 😨😨😨😨 kkkkkkkkkkkkkkk esse negócio é bem macabro kkkkkkkkk eu me acostumei a doçura de addictive ai vem esse tapa na cara que é CA. E o pior que é da mesma autora com certeza vai ter algo do tipo em addictive.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um super tapa na cara mesmo!!! Addicted é uma doçura só. hahaha

      Excluir
    2. Ah heroin é mais pra laranja (tem sua acidez mas é doce) e esse mais pra limão kkkkkkkk

      Excluir
  2. Porra! Quase surtei, eu dei risada o cap inteiro, não esperava por isso. Foi muito engraçado, me perguntou de quem devo sentir pena kkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sinceramente, nem sei dizer se eles merecem o sentimento de pena. kkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
  3. Eita! kkkkkkkkkk Nossa, eu realmente quero ver esse relacionamento se desenvolver kk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza. Os dois são como óleo e água!!!

      Excluir
    2. Com certeza. Os dois são como óleo e água!!!

      Excluir
  4. Eita que coisa mais estranha.😨
    Só fico imaginando como o Wu é o Chi Cheng vão se gostar,são tão diferentes.

    ResponderExcluir