Oi de novo!

Aqui está o segundo capítulo de hoje e ele é longo, graças a Deus e a Chai Jidan, claro. XD Nossa novel preferida chegou na primeira grande confusão e eu sei que todos vamos ficar surtando por causa disso, mas pensemos positivo: uma das melhores partes também está chegando com isso! hehe Então vamos aguentar firme a tempestade, ok?

Beijos a todos~

Lena.
Nããããoooo ToT
_________________________________________________________________________________

Cap. 79: Como pode ser ele?



“O que você quer fazer vindo aqui?” Bai Luo Yin disse com indiferença como de costume.

O coração de Jiang Yuan se contorceu, “Filho, eu...”

“Se você vem aqui só para causar problemas, apenas volte. Hoje ninguém lhe daria a chance de fazer uma atrocidade.” Bai Luo Yin interrompeu as palavras de Jiang Yuan.

Ela estava extremamente chocada e ofendida. Ela não espera que Bai Luo Yin pudesse usar essas palavras com ela. Mesmo que ela tenha cometido erros nesses anos, ela ainda era a mãe de Bai Luo Yin afinal de contas. Quando uma mãe era censurada desrespeitosamente de tal maneira, ela precisa de uma forte capacidade de resistência mental para aguentar!

“Por que você foi atrás de pessoas para destruir a barraca de café da manhã da tia Zou?”

A mão de Jiang Yuan apertou com a força sua bolsa de couro, “Luo Yin, por favor, escute o que a mamãe está dizendo, aquela mulher não é sinceramente boa para você. Você ainda é jovem, você não sabe que o coração das pessoas é muito complexo. Ela é boa pra você porque tem seus próprios propósitos. Eu sou uma mulher, eu conheço melhor a mentalidade de mulheres. Se ela não tivesse nenhum propósito, ela não daria seu máximo dessa forma.”

“Então me diga o que ela quer? O dinheiro da nossa família, nós temos isso? O poder e influência da nossa família, nós temos isso? Se ela só quer o papai, apenas isso já é o suficiente para que eu aceite ela.”

Jiang Yuan respirou fundo e perguntou, “Agora que você pode aceitar o segundo casamento do seu pai, por que você não pode aceitar o meu? Você acha que eu não tenho nenhum direito de perseguir minha própria felicidade? Você acha que a felicidade de todas as mulheres precisa ser tão limitada como a dela?”

“Eu não disse que não aceito.” Bai Luo Yin riu friamente, “Quando foi que eu disse que não aceito?”

“Então por que você sempre tem essa atitude com sua mãe?”

“Porque não estamos no mesmo caminho.”

Jiang Yuan sofreu uma dor extrema no coração; sua expressão facial estava cinza como uma camada de solo ao ponto de ela não ter percebido que Gu Hai viera até eles.

“Por que você veio?”

Outra voz veio de trás deles.

Os pensamentos de Bai Luo Yin mudaram imediatamente. Ele não entendia como Gu Hai podia fazer esse tipo de pergunta.

Gu Hai andou diretamente para Jiang Yuan, então a encarou de perto com um olhar arrogante e frio.

“O que você quer vindo aqui?”

Com o entendimento e hipótese de Gu Hai, ele só podia pensar que Jiang Yuan viera intencionalmente para causar problemas, então ela estava começando com Bai Luo Yin.

Os olhos chocados de Bai Luo Yin olharam na direção de Gu Hai, “Você... você conhece ela?”

“Sim.” Gu Hai segurou os ombros de Bai Luo Yin em seus braços, seus lábios estavam perto da orelha de Bai Luo Yin; parecia que ele estava sussurrando, mas, na verdade, todas as pessoas da rua seriam capazes de ouvir. “Ela é a nova esposa do meu pai, uma mulher imoral em roupas bonitas. Ela não conseguiu me convencer, então ela quer a ajuda de outras pessoas. Não fale com ela, vamos.”

Gu Hai usou sua força para puxar Bai Luo Yin, mas ele não se mexeu nem um pouco.

Jiang Yuan não sabia se deveria rir ou chorar.

“Vocês... dois... se conhecem?”

Bai Luo Yin já tinha entendido tudo, mas Gu Hai ainda estava no escuro.

Jiang Yuan usou uma das mãos para agarrar uma mão, agitando-a sem parar, “É muito bom que vocês conheçam um ao outro. Eu estava tão preocupada que vocês dois não fossem capazes de se dar bem. Sempre que eu pensava em fazer um jantar de reunião de família, eu tinha medo que vocês dois fariam algo ruim quando vissem um ao outro, mas isso é bom... Isso é bom...”

Quando Gu Hai ouviu as palavras de Jiang Yuan, ele sentiu como se ela estivesse falando besteiras, mas quando ele ouviu de novo, de certa forma ele captou uma dica.

Jiang Yuan ainda via uma expressão confusa no rosto de Gu Hai, então ela segurou com força as mãos dele, tinha um quê de felicidade na voz dela, “Menino bobo, você ainda não entendeu? Esse é meu filho, que eu sempre mencionei para você. Eu disse que vocês dois têm temperamento parecidos, que vocês dois definitivamente se dariam bem. Viu, o que eu disse era verdade, certo?”

Gu Hai, “.....”

Como um raio caindo do céu limpo! O rugido dele no topo da cabeça! Amargo e odioso! Fígado e entranhas feitas em pedaços!

Era como se doce, azedo, amargo, picante, todas as alegrias e tristezas da vida tivessem se tornado uma mistura de sentimentos...

Por que ele? Não importava o quê, não deveria ser ele, certo?

Bai Luo Yin tirou a mão de Jiang Yuan de cima dele, então deu passos passos  de volta para o restaurante da tia Zou; ele foi para o segundo andar sem dizer nada, pegou suas coisas e se preparou para sair.

“Filho, o que aconteceu?”

Bai Han Qi viu a expressão pesada no rosto de Bai Luo Yin e desceu apressadamente atrás dele em confusão.

Bai Luo Yin parou sua caminhada, ele olhou para a cavidade escura dos olhos de Bai Han Qi.

“Pai, estou bem, só vou sair um pouco.”

O rosto de Bai Han Qi mostrava peocupação, “Aonde você vai? A loja da sua tia já vai abrir formalmente.”

“Pai, eu só quero ir em casa pegar algumas coisas, eu estarei de volta em um momento.”

Depois da conversa, sem dar qualquer chance para Bai Han Qi questionar mais, Bai Luo Yin se apressou para fora da loja com passadas vigorosas.

Gu Hai estava atordoado por um momento. Quando ele teve a visão das costas de Bai Luo Yin seu coração afundou, então ele seguiu Bai Luo Yin com um passo apressado.

“Yin Zi!”

Gu Hai gritou de trás.

Bai Luo Yin não deu uma resposta, raiva não contida e indisposição podiam ser vistas de suas costas. Ele não podia aceitar essa realidade, não importava o quão boa era a condição financeira da família de Gu Hai, mesmo que o pai dele fosse secretário geral ele não teria nenhuma objeção, mas por que ele tinha que ser o filho de Gu Wei Ting? Não era a família que Bai Luo Yin mais desprezava, por que Gu Hai tinha que fazer parte daquela família?

“Bai Luo Yin!” Gu Hai gritou de trás dele.

Bai Luo Yin ainda continuou andando sem virar a cabeça para trás.

Gu Hai deu alguns passos largos para alcançar Bai Luo Yin e agarrou o braço dele.

“Você não me ouviu gritando por você?”

Eles dois pararam em uma rua vazia; era a primeira vez que os olhos deles mostravam aquele tipo de olhar significante um para o outro.

“Eu ouvi você.”

“Então por que me ignorou?”

Bai Luo Yin sentia que não tinha nada a dizer. Ele virou o corpo e queria sair, mas Gu Hai o parou forçadamente.

“Cai fora!” Bai Luo Yin gritou.

Esse ‘cai fora’ e os incontáveis ‘cai fora’ que ele recebeu de Bai Luo Yin antes desse não tinham o mesmo sentimento. Gu Hai sentia que seu coração fora retorcido.

“Você quer que eu desapareça? Por que diabos eu deveria desaparecer?” Gu Hai sacudiu o ombro de Bai Luo Yin.

Bai Luo Yin agarrou firmemente o colarinho de Gu Hai, “Você é um mentiroso!”

“Por que eu menti pra você?” Gu Hai era incapaz de conter sua raiva, “Eu só soube disso hoje também. Você não ouviu o tom de voz da Jiang Yuan? Eu absolutamente não fazia ideia de que ela era sua mãe. O que eu menti pra você?”

Você traiu meus sentimentos...

Gu Hai respirou pesadamente e encarou Bai Luo Yin com seu par de olhos vermelhos. Só havia um ponto em seu coração que ainda estava intacto, e esse ponto pertencia exclusivamente a Bai Luo Yin. Mas agora, ele seria rompido em breve.

Bai Luo Yin voltou a andar.

Gu Hai o seguiu implacavelmente e ambos continuaram a correr até que, eventualmente, chegaram à entrada da casa.

Bai Luo Yin abriu a porta e queria fecha-la imediatamente de nov, mas Gu Hai abriu a porta chutando-a com o pé, o barulho alto e o choque balançaram as jujubeiras de perto.

“Bai Luo Yin, o que você quer?”

Gu Hai prendeu Bai Luo Yin contra uma parede no pátio com um empurrão. Gu Hai cerrou os dentes e marcou cada palavra que saiu de sua boca, “Eu não sou bom pra você? Você acha que é o único que se sentiu injustiçado? Estou lhe dizendo, sua mãe e meu pai tiveram um caso por tantos anos e minha mãe morreu misteriosamente! Quem deveria estar com raiva sou eu, quem deveria estar dizendo ‘cai fora’ sou eu!”

Veias azuis na testa de Bai Luo Yin ficavam pulsando, a parte de seu pescoço que estava sendo apertada por Gu Hai lentamente começou a ficar vermelho escuro, cheia de ódio.

“Certo... Tudo que você disse está certo. Então, por que você não está indo embora? Apenas vá e nós dois ficaremos felizes!”

“Você está perguntando por que não estou saindo?” Gu Hai gritou a ponto de ficar rouco, “Supondo que eu possa suportar deixar você, eu já não teria feito isso? Não importa o quanto meu ódio pela sua mãe é grande, ele nunca vai alcançar nem um centésimo dos meus sentimentos por você! Bai Luo Yin, eu não vou lhe impedir mesmo que odeie meu pai, mas por que você tem que ligar isso a mim? Você não acha que está sendo muito cruel assim?”

Bai Luo Yin agarrou a mão de Gu Hai e gradualmente a afastou de seu corpo.

“Gu Hai, eu não tenho ódio direcionado a você. Eu não tenho ódio para com sua família também. É que simplesmente eu não posso aceitar você, aceitar toda a sua família. Porque eu também tenho minha própria família e a sua família é a dor da minha, nossa família não pode deixar isso passar. Seu pai pode ignorar o passado da minha mãe porque ele não sofreu nada, mas meu pai não pode...”

Pouco a pouco, o coração de Gu Hai caiu em um abismo.

“Então você quer dizer que eu tenho que sair não importa o que?”

Bai Luo Yin virou seu corpo, “Eu vou ajudar você a arrumar suas coisas.”

“Bai Luo Yin, então você realmente vai ser cruel assim?”

Do passado até agora, Bai Luo Yin nunca sentira que o caminho da entrada até seu quarto fosse tão longo.

A voz de Gu Hai se acalmou, mas sua conduta calma podia, de certa forma, arrepiar os pelos das pessoas.

“Não precisa arrumar minhas coisas. Eu não quero elas. Me ajude a passar uma mensagem para a tia Zou, ‘Parabéns pela grande imauguração’!”

O som dos passos de Gu Hai gradualmente ficou distante. Bai Luo Yin sentia como se mais da metade de sua vida tivesse sido partida pela realidade.

Gu Hai andou por essa rua familiar; ele relembrou cada e todas as memórias entalhadas nos rastros deixados pelas rodas. Ele sentia uma dor como se seu coração estivesse sendo torcido por uma faca. Ontem ele terminara com Jin Lu Lu e ele nem teve esse tipo de sentimento. Uma dor crua começou a se espalhar de seu coração para seu corpo inteiro, até mesmo seus poros gritavam em agonia...

..........

Bai Luo Yin saiu de seu quarto, vovó Bai estava se inclinando para pegar água.

“Vamos ter rato [1] para o jantar!” Vovó Bai gritou empolgadamente.

Vovô Bai ao lado dela apenas ria continuamente até tossir.

Bai Luo Yin não tinha a mínima expressão em seu rosto.

Vovó Bai agarrou o balde, então se moveu desajeitadamente para a frente de Bai Luo Yin e disse empolgada, “Eu e seu avô enrolamos dois baldes de ratos (dumplings). Essa noite vamos cozinhas ratos, os que Da Hai mais ama comer!”

Desde que Gu Hai se tornara o intérprete de vovó Bai, ele se tornou a primeira pessoa que vovó Bai chamava corretamente.

__________________________________

Nota de Tradução:


[1] Vovó Bai troca 饺子 (Jiao Zi = dumplings) por 耗子 (Hao Zi = rato).

____________________________________________

E eu aqui... ç_ç

12 Comentários

  1. Ahhh que dó mano.
    O Yin Zi é uma pessoa familiar. Ele pensa primeiro na família e depois nele mesmo. Faz coisas que acha que está certo, mesmo não estando.
    Tenho dó do Da Hai, como ele não tem nada, ele sempre coloca o Luo Yin em primeiro lugar. Sempre.
    Foda isso aí.
    Quero mais.

    Lena, melhoras pro seu vô, que ele fique bem logo.
    Ansiosa para mais capítulos.

    ResponderExcluir
  2. Aaaah que capitulo foi esse, eu estou no chão...

    ResponderExcluir
  3. to chorando aki...
    senti a dor do gu hai...
    gente isso destroi qualquer um...
    obrigado lena por mais esse capitulo...
    mas agora tenho que ir pq a bad me pegou de jeito...
    Paciencia Gu o Bai ainda vai ser seu... e te colocar em primeiro assim como vc faz com ele.

    ResponderExcluir
  4. Ai meus feels 😢😢😢😱😱
    Omg omg. Nooooooooooo

    ResponderExcluir
  5. O gu hai ���������� to sofrendo junto

    ResponderExcluir
  6. Gente partiu meu coração não demora por favor.

    ResponderExcluir
  7. Dói assistir esse episódio e doeu mais ainda lendo esse capítulo. Deu para ver bem como os dois se sentiram de fato... tô bem triste

    ResponderExcluir