Oi minha gente!!!

Espero que estejam preparados para voltar à sofrência comigo. Sejamos fortes!!! Isso vai passar.

Sem mais, vão ler. ^^

Beijos~         
Lena.
Foto perfeita pro capitulo de hoje... >,<
__________________________________________________


Cap. 123: Vamos todos nos acalmar.



Shi Hui ainda não havia acordado e Bai Luo Yin, sozinho, havia aguentado muita coisa a noite inteira. Naquele exato momento, a fome o atingiu. Ele tinha toda intenção de sair primeiro, ter um rápido café da manhã antes de voltar para acordar Shi Hui.
Ao abrir a porta, o ar de Bai Luo Yin foi arrancado, espanto o dominou por inteiro.
O chão estava coberto com pontas de cigarro. E mais, alguém estava acocorado contra o canto da parede, consciência ainda pairando sobre ele.
A pele de Gu Hai possuía uma sombra relativamente azulada. Ele não estava barbeado, a barba por fazer, uma leve sombra, enfatizava o toque doentio de inquietação que ainda estava pintado em seu rosto enquanto ele levantava diante de Bai Luo Yin. Seus olhos obsidianos inertes estavam desprovidos de toda a vitalidade.
“Você está acordado?”
A expressão de Bai Luo Yin estava vazia quando ele assentiu com a cabeça.
Sete dias haviam se passado sem eles verem um ao outro. E, apesar de Gu Hai não ter tomado a iniciativa de contatar Bai Luo Yin, a dolorosa agonia de sentir falta dele já havia penetrado há tempos em cada órgão e fibra de seu corpo. No instante que seus olhos descansaram sobre Bai Luo Yin, todas as razões rapidamente sumiram. Se Bai Luo Yin tinha ou não perdoado ele não importava mais enquanto Gu Hai, imediatamente, o puxou para um abraço apertado.
“Volte pra casa,” Gu Hai disse sinceramente.
Bai Luo Yin não disse nada e permanecei enraizado. Seu corpo inteiro de repente enrijeceu. Tanto que ele estava ainda mais dormente do que Gu Hai que ficara do lado de fora a noite toda.
“Eu vou pegar seus pertences pra você.” [N/T: Oh Fuck!!! Não!!!!]
O braço de Bai Luo Yin se estendeu ferozmente para Gu Hai, bloqueando-o da porta.
Com um sorriso suave e gentil abraçando as linhas de seus lábios, a mão de Gu Hai beliscou a bochecha de Bai Luo Yin por alguns segundos. [N/T: ToT]
“Você ainda está com raiva de mim? Você não pode me oferecer um sorriso depois de me ver agachado aqui fora a noite toda?”
A cabeça de Bai Luo Yin era um espaço vazio, vazio de toda emoção.
Gu Hai podia sentir que as expressões de Bai Luo Yin estavam encantadas com irregularidades. No entanto, ele também havia pensado que Bai Luo Yin, até esse momento, ainda estivesse com raiva dele. Isso até ele ouvir um som indistinto viajar pelo quarto.
“Bai Luo Yin.”
Shi Hui finalmente havia despertado de seu torpor e tinha detectado que Bai Luo Yin não estava mais lá. Notando que a porta estava ligeiramente aberta, ela não podia evitar de chamar por ele.
Num piscar de olhos, a cor no rosto de Gu Hai mudou. Ele ficou parado com olhos brilhantes, lábios partidos e uma palidez mortal em seu rosto fatigado. Seus olhos fizeram o trajeto até Bai Luo Yin por uma fração de segundo antes de seu pé abrir a porta da frente com um chute.
Shi Hui sentou na cama e forçadamente puxou o cobertor para cobrir seu peito. Uma grande parte de sua costa clara e brilhante ainda estava exposta, junto com seus ombros e braços. Ela estava consciente do fato de que outra pessoa, um estranho, estava bem ao lado de fora da porta do quarto. Pânico estava evidente na expressão dela enquanto ela, apressadamente, puxou mais do cobertor antes de rapidamente recuar sobre a cama.
Os olhos obsidianos de Gu Hai gradualmente mudaram do quarto para o rosto de Bai Luo Yin.
A paz nesse momento, em todo seu grande empenho, faria qualquer um tremer de medo.
Depois de um longo tempo, Gu Hai disse fracamente, “Noite passada, por volta da meia-noite, eu finalmente descobri sua localização exata. Quando eu cheguei aqui, as luzes já estavam apagadas. Eu fiquei com medo de perturbar seu sono, então eu simplesmente me agachei lá fora e esperei por você.”
Quando Bai Luo Yin finalmente falou, o som de sua voz estava débil e quebrado.
“Então por que você não tocou a campainha?”
“Eu temia que o barulho fosse perturbar seu sono.”
“Então por que você não foi embora e esperou até mais tarde?”
“Eu temia que, se eu voltasse pela manhã, você já teria partido.”
Bai Luo Yin permaneceu quieto.
Gu Hai virou sua cabeça e começou a se afastar.
Bai Luo Yin, sem pensar duas vezes, abruptamente deu vários passos largos à frente e foi atrás de Gu Hai. Sua mão agarrou o braço de Gu Hai, mantendo-o sob seu próprio braço.
Gu Hai mais uma vez virou sua cabeça, um ar triste, porém sinistro, pairava bem perto de sua visão.
“Bai Luo Yin, eu lhe aconselho a me deixar ir dessa vez. Eu não quero xingar você e nem quero bater em você. Se você não quer que eu sofra mais do que isso, então, por favor, solte sua mão.”
Neste exato momento que ele permitiu que sua mão folgasse, o coração de Bai Luo Yin se tornou morto e vazio; desesperança o enredou.
Quando ele voltou para o quarto, Shi Hui já havia terminado de se vestir. Ela estava sentada na beira da cama esperando por Bai Luo Yin. Ela não podia evitar de questionar Bai Luo Yin enquanto o observava entrar no quarto, “A pessoa de agora a pouco era Gu Hai?”
Bai Luo Yin acenou com a cabeça e carregou sua bagagem para fora do quarto. Shi Hui seguiu logo atrás dele.
Ela notou que Bai Luo Yin estava com um extremo mau humor. E a razão para esse mau humor, sem nenhuma dúvida, era causada por Gu Hai. Pelo que acabara de acontecer, Shi Hui podia adivinhar levemente.
Depois que eles saíram do hotel, Bai Luo Yin se virou para olhar para Shi Hui e disse, “Chame um táxi e vá para casa.”
“Eu quero lhe acompanhar um pouco mais,” Shi Hui disse, procurando por qualquer objeção que Bai Luo Yin pudesse ter.
Bai Luo Yin não tinha nenhuma objeção a isso. Para ser ainda mais preciso, nesse instante, se Shi Hui estava ao lado dele ou não, não tinha significado algum.
Shi Hui notou que Bai Luo Yin não tinha nada a dizer, então ela tomou isso como se ele tivesse aprovado tacitamente o seu pedido. Ela estava mais do que animada enquanto andava ao lado dele, alegria agraciou-a em totalidade.
Os dois andaram por um longo tempo, nenhum falou nada. Pelo bem de desmanchar essa situação incômoda, Shi Hui olhou inquisitivamente para Bai Luo Yin e perguntou timidamente, “Poderia ser que Gu Hai não gosta de mim?” [N/T: Ah, queridinha! Se faça de tonta não!]
Bai Luo Yin murmurou de volta, “Não, ele só não gosta de mim, é tudo.”
Shi Hui suspirou, “Eu não sei como as coisas são entre vocês dois, no entanto eu realmente penso que vocês deveriam se perdoar um pouco, para que qualquer mal-entendido seja resolvido. E você, você é muito arredio. Você sempre abafou todos os seus sentimentos e problemas em seu coração. Se você puder abrir seu coração um pouco, eu acho que você pode conseguir muito mais do que você tem agora.”
Na verdade, Bai Luo Yin não ouviu uma única palavra que Shi Hui acabara de dizer. Seu coração estava bem calmo, tão calmo que ele só podia ouvir os sons sutis e minúsculos.
Ele virou sua cabeça de repente; duas figuras cobertas de grama desapareceram no fim da rua. [N/T: quer dizer que as roupas eram verde grama hehe]
“O que houve?” Shi Hui perguntou.
Bai Luo Yin respondeu fracamente, “Nada.”
Eles andaram juntos até alcançarem a vila. Os passos estranhos atrás dele ainda se demoravam em volta de suas orelhas.
Shi Hui parou reta, sorriu e disse, “Eu vou voltar para casa agora, você descansa.”
Bai Luo Yin levantou a mão e parou um táxi para Shi Hui.
“Quando você chegar, não esqueça de tomar algum remédio,” Bai Luo Yin instruiu.
Shi Hui sorriu e assentiu, falando de novo, “Eu voltarei e procurarei por você de manhã cedo.”
Do início até agora, Bai Luo Yin não ouviu o que Shi Hui disse. Assim que o carro saiu, seus olhos vagaram para trás e para frente em seus arredores. Ele não conseguia mais ver aquelas duas sombras suspeitas de antes. Bai Luo Yin especulou vagamente, Talvez, por eu não ter dormido a noite toda... isso está me fazendo ficar doido e me fazendo alucinar. Ele ponderou, entrou no beco e andou até a porta de sua casa.
......
Finalmente, no dia seguinte, um acidente aconteceu.
Shi Hui temia que Bai Luo Yin tivesse esquecido o combinado deles, então ela escreveu uma longa mensagem para ele como um lembrete. Bai Luo Yin, por outro lado, simplesmente não viu essa mensagem em particular.
Seu espírito cansado e acabado, junto com o evento da noite passada, o exauriu a um grau tão baixo, que ele rapidamente desmaiou de cansaço. Ele dormiu profundamente até a manhã do dia seguinte, quando um telefonema o despertou de seu sono.
“Alô?”
Do outro lado do telefone, ele só podia ouvir barulhos e diversas vozes misturadas. Bai Luo Yin quase podia distinguir a voz de Shi Hui, no entanto, estava muito vago e obscuro. Ele chamou no telefone de novo, mas ainda não houveram respostas. Bai Luo Yin até havia imaginado que Shi Hui devia ter pressionado o botão de ligar involuntariamente, mas então ele ouviu uma voz explosiva de um homem xingando. Depois disso, a pessoa desligou imediatamente.
Bai Luo Yin estremeceu e ficou desperto, a consciência tomou conta.
Ele passou pelas mensagens em seu telefone e descobriu que a última mensagem que Shi Hui enviou para ele foi de manhã cedo, às 7 horas.
Ela dizia, “Eu já estou na vila da sua casa, saia.”
Ele olhou as mensagens anteriores e viu que, na noite passada, Shi Hui também enviara outra mensagem lembrando a ele que ela viria de manhã cedo.
Bai Luo Yin olhou para seu relógio; já era 7:30 da manhã.
Ele discou o número do telefone de Shi Hui mais uma vez, mas, no fim, a ligação não foi completada.
Bai Luo Yin de repente lembrou daquelas duas sombras sorrateiras que seguiam atrás deles ontem.
Ele rapidamente vestiu suas roupas. Ele não havia nem lavado o rosto ainda enquanto disparava pela porta.
A névoa da manhã estava bem espessa, tão espessa que dentro do limite de três metros ele não podia vem nem uma sombra. Ele andou de um beco para o próximo e ainda não conseguia encontrar a figura de Shi Hui. Ele ficou um pouco nervoso e gritou diversas vezes para o espaço aberto e ainda não conseguiu ouvir nenhuma resposta. Um calafrio gélido brotou em seu coração. Seus passos aceleraram enquanto ele procurava em cada canto e brecha e, finalmente, ele ouviu o som distinto de um grito.
Bai Luo Yin seguiu a voz e, não demorou muito, ele descobriu, não muito longe a frente, as sombras de três figuras. A cena diante dele fez todo o sangue de seu corpo inteiro subir.
Shi Hui foi empurrada para o canto de uma parede. Seu cabelo estava desgrenhado e suas roupas estavam rasgadas ao ponto de apenas algumas peças permanecerem intactas. Dois homens mascarados, vestindo roupas pretas, estavam praticamente em cima dela. Eles lançavam insultos e ameaças enquanto realizavam comportamentos obscenos em direção a ela. Shi Hui lutou um pouco, mas não antes de um dos homens mascarados chuta-la no estômago.
Bai Luo Yin disparou e lutou loucamente com os dois. Durante a briga, Bai Luo Yin notou que esses dois homens mal colocavam as mãos nele. O alvo deles era Shi Hui. Mesmo quando Bai Luo Yin chutou eles diversas vezes, os dois apenas aguentaram silenciosamente. As mãos cruéis e ferozes deles se esticaram na direção de Shi Hui.
Bai Luo Yin capturou o pulso de um dos homens. Ele queria chutar o cara no saco, mas, como resultado da resistência, o punho da manga preta do homem se rasgou e expôs uma camisa verde grama.
Ninguém vestiria esse tipo de camisa de cor verde com esse tipo de textura, que não fosse um pessoal militar.
Bai Luo Yin de repente foi sacudido por uma compreensão enquanto ele relembrava do olhar que Gu Hai lhe deu antes de sair.
“Se eu, Gu Hai, fosse ser impiedoso, você seria aterrorizado pelo resto de sua vida.”
Talvez o que os olhos percebiam não fossem necessariamente a verdade.
......
Gu Hai ponderou pela noite inteira. Além dessa pretensão, nenhuma outra razão faria ele aguentar tudo por completas vinte e quatro horas. Ele percebeu que, mais do que estar desconfiado e lutar com o medo de ser traído, seria melhor escolher confiar mesmo que ele tivesse que fingir ser ingênuo.
Shi Hui era a única pessoa deitada na cama enquanto Bai Luo Yin estava completamente vestido. Talvez essa garota estivesse se aproveitando da situação. Ela sabia que ele mesmo iria até lá, então ela intencionalmente fabricou aquela cena. Talvez, desde o começo até o fim, Bai Luo Yin nem tenha deitado naquela cama.
Mesmo que tivessem dois travesseiros arranjados na cama... mesmo que, era evidente, a cabeça de Bai Luo Yin tivesse deixado uma impressão nele...
Mas ele não podia pensar desse jeito porque, se fizesse, ele perderia. Ele, absolutamente, nunca permitiria esse tipo de resultado acontecer!
Como resultado, Gu Hai decidiu que ele queria ir encontrar Bai Luo Yin. Ele queria dizer tudo e deixar tudo às claras. Ele não podia dar àquela garota nem uma minúscula oportunidade. Ela não merece Bai Luo Yin. E além disso... ele odiaria deixar isso acabar assim.
A vontade de lutar reacendeu em sua alma.
Gu Hai entrou no banheiro para lavar seu rosto antes de ouvir, fracamente, o som da campainha tocando. Ele usou as mãos para enxugar o rosto várias vezes antes de fazer seu caminho até a porta da frente, abrindo-a.
A pessoa de pé do outro lado da porta era Bai Luo Yin.
Naquele momento, a felicidade inchou no coração de Gu Hai, consumindo-o. se Bai Luo Yin estava disposto a iniciar a explicação, ele não teria que mostrar uma cara tão desafiadora.
“Quem disse que você podia voltar?”
Um tom brincalhão envolvia suas palavras.
Era como se nada tivesse acontecido.
Sua expressão estava completamente diferente de ontem.
Originalmente, enquanto ele estava parado do lado de fora da porta, em seu coração, Bai Luo Yin queria esclarecer as coisas com Gu Hai, absolver os mal-entendidos. Porém, o humor atual de Gu Hai deixou isso muito óbvio. Tão óbvio... que Bai Luo Yin não conseguiu encontrar nenhuma razão, nenhuma, para ficar do lado dele.
“Aquelas era pessoas suas, certo?”
Gu Hai ficou confuso, “Que pessoas?”
De repente, Bai Luo Yin marchou para dentro da sala e violentamente empurrou Gu Hai contra a parede. Um olhar cruel e impiedoso colidiu com as pupilas negras de Gu Hai.
“Eles eram os homens que você encontrou para seguir nós dois? Você encontrou aquelas pessoas para violar a Shi Hui, certo?”
Gu Hai também se incendiou, “Quando eu procurei pessoas para violar ela?”
O rosto de Bai Luo Yin estava inexpressivo quando ele falou, “Gu Hai, você é cruel demais.”
Como se fosse desperto, Gu Hai abruptamente chegou a uma conclusão.
Tudo estava claro agora, tão claro que desabou com força sobre ele.
Foi só agora que Gu Hai finalmente entendeu o que Shi Hui quis dizer quando ela falou aquelas palavras, “Você não pode me vencer.”
“Gu Hai, você realmente não é uma pessoa normal. Você me fez ver você sob uma luz diferente agora.”
A mão enorme de Gu Hai afundou no pescoço de Bai Luo Yin antes de questionar calmamente, “Você acha que eu fiz isso?”
Os olhos de Bai Luo Yin não focavam em nada.
“Eu lhe perguntei. Você acha que eu fiz isso, certo?” Gu Hai gritou com raiva.
Bai Luo Yin ainda não respondeu.
Gu Hai, com irritação, apertou o pescoço de Bai Luo Yin até que o rosto dele ficasse púrpura. A respiração dele estava ainda mais esporádica.
E todo esse tempo, aquele par de olhos teimosos e resolutos ainda permaneceram imperturbáveis.
O coração de Gu Hai ficou completamente frio.
“Você veio me procurar para ter vingança? Então é melhor você atacar rápido antes que seja tarde demais. Tire vantagem do fato de eu ainda estar relutante em me opor. Direcione aquele pedaço de injustiça que ela recebeu de volta para mim.”
A estatura endurecida de Bai Luo Yin permaneceu firmemente no chão, inabalável.
“Você não valoriza essa oportunidade, huh? Então deixa eu lhe dizer agora mesmo. Depois de hoje, você, Bai Luo Yin, é exatamente como qualquer outra pessoa na rua. Você quer bater em mim, me xingar, aquilo tudo será uma fantasia. Antes, eu deixava você fazer o que quisesse, não porque eu fosse um covarde fraco, mas porque eu amo você. Agora, eu percebi que você... não vale a pena.”
“Cai fora daqui,” Gu Hai disse indiferentemente.
As pernas enrijecidas de Bai Luo Yin se moveram em direção à porta. Cada passo martelava nos ouvidos de Gu Hai e apertavam com força seu coração.
“Bai Luo Yin, lembre-se disso. Foi eu, Gu Hai, quem deixou você ir. De agora em diante, não há nada entre nós! Espere até você perceber a verdade... e mesmo que você chore e se ajoelhe no chão me implorando... Eu, Gu Hai, não vou lhe dar nem mesmo um olhar!”
*****
WTF is happening?! 。・゚゚・(>д<)・゚゚・。

32 Comentários

  1. Meoo deuso. Morta estou. Mais que merda aconteceu aqui???

    ResponderExcluir
  2. Eita Giovana O.õ
    _____
    *corre feito louca* aaaaaaaa, socorro, onde eu estou, mãe me tira daqui!







    Obg Lena!

    ResponderExcluir
  3. *-* Ai lena, o que foi isso em?
    Esse finalzinho o Gu hai falando que ama o Yin lágrimas descerram e ainda estão decendo pelo meu rosto. Essa vaca da Shi hui ainda teve coragem de contratar pessoas pra insinuar que foi o Gu hai qur mando fazer aqui com ela! Estou indignada com isso. Aaaahhh Yin não faz isso não e você Hai para também neh poxa. E você Shi hui se joga de um penhasco queridinha que é melhor porque sua existência e uma merda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lena faz logo um combo da "tristeza" pra acabar logo com isso pelo amor de deus
      :'(

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Aprovo o combo da tristeza pq ai a gente sofre tudo de uma vez so...
      acho q alguem disse q sao 10 cap... nao vo aguentar isso por 2 semanas...

      Excluir
    4. Tambem apoio o combo tristeza. Ajuda a gente Lena

      Excluir
    5. Vamos sofrer logo de vez não vou aguentar isso tudo vamos lena nos ajude nossos corações são fracos :'(

      Excluir
    6. A e lamento pelo corretor do meu celular.. @-@

      Excluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Obrigado Lena!!!! Nossa que capítulo.
    Espero que isso passe logo. Imagina aguentar isso por mais capítulos!!!!
    É melhor passar logo!!!

    ResponderExcluir
  6. MAS GENTE QUANDO EU PENSO QUE TUDO VAI MELHORAR... QUANTOS CAPS DE AGONIA AINDA FALTAM?

    ResponderExcluir
  7. Meu Deus o que aconteceu? Estou sem palavras o que Gu Hai disse para Bai. Estou nervoso e estressado. Odeio essa mina filha da puta. Cada capítulo um sofrencia e agora o que vai acontecer. Leña minha deusa muito obrigado pela tradução

    ResponderExcluir
  8. Meu G-Deus coração doendo junto com o Gu Hai... Ansiosa 😣

    ResponderExcluir
  9. Estou estupefata o que faço agora?

    ResponderExcluir
  10. Combo da Tristeza, super apoio!!! Volta Lena, please!! Posta amore, porque to no chão, e nem vou levantar, n enquanto meus dois lindos meninos n se entenderem... Snif...

    ResponderExcluir
  11. Oi gente sou novo aqui começei a ler semana passada e ja estou aqui confesso, que estou arrependido e com muita dor no coração, nao consigo prosseguir tenho um coração muito fraco vou esperar sair todos os capítulos dessa tempestade para voltar a ler, ainda bem que semana que vem começa as provas da facul com isso vou manter a mente ocupada.
    Obs: Te adoro Lena nao tenho palavras para agradecer por vc disponibilizar seu tempo para fazer esse trabalho incrível pra gente e nos encontramos de novo depois da semana que vem bjus

    ResponderExcluir
  12. Que vaca filha do capiroto, to com ódio dessa égua dos infernos, e dos dois que não tem confiança no outro, e do Gu Hai por ele ter dado ideia de q podia ter mandado fazerem aquilo, e do Ba Luo Yin por não ter expulsado ela do quarto logo, não ia ser falta de compaixão, ia ser juízo, pq ficar perto dessa naja escorrendo veneno é premonição de merda



    Lena, obrigada pelo capítulo, mas faz o combo por favor porque meu coração e estômago não aguentam, vou ter úlcera assim, fiquei até com medo de ler o de hj e olha no q deu...

    ResponderExcluir
  13. gente, antes do pior que ainda está por vir, podem acreditar tem momentos fofos também, relaxem!!! BLY só é capaz de refletir sobre seus sentimentos quando não está perto do Gu Hai. Eu acho que fazer o combo não é uma boa ideia. Antes de chegar no pior, melhor ir com calma.

    ResponderExcluir
  14. super apoio o combo para acabar logo com estes mal entendidos, que fofo o Gu Hai não acreditou que tivesse sido traído, ele tem muito mais confiança no Lou Yi, do que o Lou Yi nele, quando eu estava lendo achei que os soldados estavam fazendo aquilo por conta própria para agradar o Gu Hai, mas se foi a pró pria Shi Hui que contratou os caras ela é uma fdp@$ do car@#$, e gostei muito das N/T Obrigado Lena bjss.

    ResponderExcluir
  15. Ai, fiquei mais preocupada agora, cm o comentário de q ainda piora mais... N aguento, já to nos nervos cmo dizia minha avó... E preciso do Combo, sofrer a prestação n dá, tortura isso gente... Lena, amadinha, pensa com carinho viu..

    ResponderExcluir
  16. eu te peço, te peço mais addicted, muito muito muito eu quero até aparte que gu hai e yin zin fiquem bem juntos so no love

    ResponderExcluir
  17. Obrigada unnie.
    Socorro alma volte pro corpo 😱
    Dessa vez a po**a ficou séria.
    Pra uma briga feia dessa é necessária uma reconciliação maravilhosa né? [Esperando ansiosa os próximos capítulos roendo as unhas e arancando os cabelos
    hahahaha
    Fighting!!!
    (A foto me lembrou do drama dr jim 😂)

    ResponderExcluir
  18. Meu Deus que capítulo foi esse !! Só eu que estou chorando de 1:00 da manhã Gu 😭😭😭

    ResponderExcluir
  19. Eu tô morrendo aqui! Socorro jesus.
    Como dormir depois disso?

    ResponderExcluir
  20. MANO...
    AH, NÃO... COMO ASSIM? QUAL E O PROBLEMA COM ESSA GAROTA? CLARO QUE ELA SE LIGOU QUE SE MANDASSE OS CARAS APARECEREM COM ROUPAS VERDES, NO CASO, MILITARES, YIN IA POR A CULPA NO DA HAI! Puta que pariu! E eu achando que Gu fosse mais esperto... Ela jogou sujo... Muito sujo. ESTOU CHOROSA!

    ResponderExcluir