Oi pessoal!

Addicted!!!! Um capítulo meio tenso, mas não por parte dos nossos amores. É um momento importante da poeira baixando e alguém vai levar um ralho muito legal no próximo... *risada maligna* Mal posso esperar! Mas antes, vamos ver o que aconteceu nos dias que nosso Yin Zi estava acamado. #CasosDeFamília XD

Traduzi esse capítulo tão rápido que ainda tô no pique e com pressa, então vamos lá! hahaha


Beijos~         
Lena.
Saudade deles!
______________________________________________________


Cap. 130: Não force tanto as pessoas.



Nos cinco dias que Bai Luo Yin esteve fora, a casa dos Bai foi colocada em completa bagunça. Confusão jogou a família em um estado totalmente lamentável.
Inicialmente, Jiang Yuan já havia lidado com todas as formalidades necessárias para enviar Bai Luo Yin para o exterior. Ela permanecia em contato constante com a escola no exterior, tentando manter laços próximos com eles. Isso foi feito com o objetivo de garantir que tudo ocorresse tranquilamente de acordo com o plano metodológico que ela tinha implementado.
Além disso, Jiang Yuan também havia procurado Bai Han Qi e comunicado a ele seus pensamentos sobre o assunto. Bai Han Qi, pelo contrário, não concordou ou discordou com as opiniões dela. Ele apenas comunicou a ela que ele respeitaria as decisões de seu filho.
Porém... quando este momento crítico chegou, Bai Luo Yin não estava em lugar nenhum à vista.
Ele não estava em lugar algum.
Ela havia perguntado a Shi Hui, mas esta disse que não sabia. Ela tinha perguntado a Yang Meng, mas este também disse que não sabia. Então, como último recurso, a ideia de perguntar a Gu Hai passou pela sua cabeça. Mas no fim, ela descobriu que Gu Hai também havia desaparecido.
Finalmente, Jiang Yuan trouxe não apenas sua queixa, mas também a raiva e ressentimento para a casa dos Bai, direcionando e descontando sua irritação onde ela julgou esta tenha surgido.
Ela insistiu, repetidamente, que Bai Han Qi deveria abandonar a ideia de secretamente manter o filho deles escondido e o trouxesse de volta. Não importa quantas vezes Bai Han Qi disse ou explicou a ela que ele realmente não tinha conhecimento do paradeiro de Bai Luo Yin, ela se recusava a ouvir.
Pouco tempo depois disso, um estado de extremo pandemônio arrastou-se, cinicamente, pela residência uma vez calma e permaneceu lá. Aflição atingia qualquer um que cruzasse caminho com ela.
As ações tirânicas dela certamente não terminaram aí. Ela gentilmente tomou para si mesma a iniciativa de chamar a polícia para a residência dos Bai. Eles ameaçaram arrastar Bai Han Qi para a delegacia de polícia, e prendê-lo, se ele não trouxesse Bai Luo Yin de volta.
Com essa extrema confusão e barulho, Bai Han Qi nem foi levado para a delegacia antes que, ao invés disso, vovó Bai fosse levada ao hospital.
A suspeita de Jiang Yuan continuou a banquetear-se de sua mente.
Ela ordenou vários homens para ajudá-la. Um grupo deles foi enviado para seguir cada passo de Bai Han Qi e o outro grupo recebeu a ordem de ficar na residência dos Bai. Eles ficavam nas sombras da entrada e mantinham vigia para qualquer sinal do reaparecimento de Bai Luo Yin.
Todos os dias, do início ao fim, Jiang Yuan continuou causando confusão em cada terreno que pisasse, de forma que até os vizinhos todos ficaram irritados; irritação e cansaço claramente visível nos rostos deles.
Todos os dias, de três a cinco vezes, o som das sirenes de polícia soava na proximidade deles. Uma indicação de que logo aqueles sons iriam parar bem na vizinhança deles, bem na frente das casas deles. Quando o meio-dia se apresentava e passava; quando as horas da noite entravam e permaneciam, o sono era mantido fora dos olhos de todos. Um cochilo no meio do dia ou uma boa noite de sono estava, de fato, fora de questão.
O Ano Novo mal começara e os corações de todos já estavam consumidos pelo medo. O período que geralmente era de comemoração, foi envolto em nervosismo enquanto receio espreitava de perto.
E Bai Han Qi não queria encontrar Bai Luo Yin? Ora vamos, ele estava ainda mais ansioso que Jiang Yuan! Mas o que todo aquele nervosismo traria de bom? Os desaparecimentos de Bai Luo Yin e Gu Hai aconteceram ao mesmo tempo. E mais, ninguém conseguia entrar em contato com nenhum deles. Mesmo que ele quisesse encontra-los, ele não podia!
Em pouco tempo, seria o décimo quinto dia do primeiro mês lunar [1]. Enquanto todos os outros estavam ocupados saindo para comprar yuan xiao [2], Bai Han Qi, por outro lado, não tinha nem um segundo para ficar parado e respirar apropriadamente.
Todo dia, ele designava um espaço de tempo no qual ele iria ao hospital. Felizmente, tia Zou estava lá para olhar e cuidar da vovó Bai, caso contrário, ele nem teria o tempo de sair e resolver outros problemas.
Quando ele voltava para casa, ele tinha que se proteger e defender daquele grupo de ‘bandidos’ que tinham criado uma perturbação e causado problemas na área ao redor. Desse jeito, ele podia se desculpar com os vizinhos também.
Porém a principal coisa que o deixava ainda mais insatisfeito, quase meio irritado, era nada mais que Bai Luo Yin.
Como ele pode simplesmente sair desse jeito e nem mesmo fazer uma ligação?
Na verdade, isso também ocorreu por causa da negligência de Gu Hai. Como tudo aconteceu de repente, uma coisa atrás da outra, ele se esqueceu de entrar em contato com Bai Han Qi.
Bai Luo Yin pensou que, quando ele ainda estava em seu estado de inconsciência, Gu Hai já tivesse contado uma mentira para esconder a verdade de Bai Han Qi. Por isso, ele não pensou que era necessário entrar em contato com Bai Han Qi.
De manhã cedo, Bai Han Qi pegou alguns crullers fritos [3] e enfiou no bolso antes de, imediatamente, voar porta afora. Ele queria começar cedo no hospital para que, depois quando ele voltasse para casa, ainda tivesse tempo suficiente para ele sair e procurar pelo filho.
Finalmente, enquanto ele chegava na entrada da vila, ele foi interceptado por Jiang Yuan.
Nesses últimos dias, Jiang Yuan também esteve extremamente atormentada. A força dela já havia sido esgotada pela raiva que a consumia e pela confusão que ela causou. Além disso, ela estava oprimida de preocupação pelo paradeiro de seu filho.
“Onde está Yin Zi?”
Todo dia, Jian Yuan, sem uma única dúvida, fazia essa pergunta a Bai Han Qi. Se não cara a cara, então ela fazia uma ligação.
Mesmo que o temperamento de Bai Han Qi fosse muito bom, ele certamente ficava com raiva se Jiang Yuan o questionava repetidamente.
“Eu já lhe disse, ele não está em casa. Eu também estou procurando por ele. Você já não fez o suficiente? Você ainda não terminou?”
“Não, não fiz!” Jiang Yuan usou sua bolsa para atacar Bai Han Qi, “Você só está procurando por ele agora? O que você esteve fazendo pelos últimos dias? O que você fez no exato primeiro dia que meu filho saiu? Você definitivamente é o motivo disso! Você e aquela mulher devem ter feito as coisas difíceis para ele e o botaram pra fora!” [N/T: Tá falando com um espelho, Jiang Yuan? ¬¬]
“E Da Hai, como ele pode não estar por perto? Você dificultou para ele e o colocou para fora? Huh?!” Os olhos de Bai Han Qi arregalaram, calor vindo de dentro dele enquanto ele encarava Jiang Yuan com raiva. [N/T: Na testa!]
O rosto de Jiang Yuan estava lívido com desagrado enquanto ele mudava de uma cor para outra. Ela jogou sua bolsa, de milhares de dólares ou mais, no chão. A respiração pesada dela estava abafada com ódio não permitindo que nenhuma palavra escapasse de seus lábios.
Bai Han Qi, cujo rosto estava cinza de fúria, permitiu que seus olhos permanecessem focados em Jiang Yuan, “Ele já tem 17 anos, praticamente 18. Se ele realmente queria sair de casa, ele tem a habilidade para providenciar e tomar conta de sua própria vida. É mesmo necessário você causar tanto problema?”
“Bai Han Qi, você sequer está ouvindo a si mesmo? É sensato dizer essas palavras?” O belo rosto de Jiang Yuan ficou distorcido por causa da raiva que a enfeitiçava. "O que você pensa que meu filho é? Um porco confinado no chiqueiro da sua família? Você o alimenta sempre que quer e o tranca sempre que quer!! O que você o ensinou depois de todos esses anos? Você viu o que ele se tornou agora? Ele é frio, desligado, insensível e não conhece suas próprias maldades... ele nem reconhece sua própria mãe biológica.” [N/T: Ah, querida. Isso foi você quem ensinou ele =P]
Bai Han Qi puxou os crullers fritos do bolso e atirou no chão. Em um acesso de raiva, ele a amaldiçoou, “Esses são seus próprios mau atos!”
Depois que essas palavras voaram de sua boca, Bai Han Qi se virou, tendo toda a intenção de sair, mas então Jiang Yuan avançou para ele e tentou impedi-lo. Sem pensar, Bai Han Qi empurrou-a para o lado. Ela tropeçou e caiu no chão.
Dois jovens homens saíram imediatamente do carro e empurraram Bai Han Qi para dentro dele.
O cabelo de Jiang Yuan estava em completo desarranjo. Com olhos cheios de lágrimas, ela gritou, “Não o machuquem, ou meu filho vai tirar minha vida.” [N/T: Minha senhora, você casou com um general ou com um yakuza?!]
.......
Bai Luo Yin chegou em casa por volta do meio-dia. No momento que ele entrou, ele encontrou as coisas bem estranhas, fora de lugar. Nem uma alma estava em casa. Neste exato momento, até Vovô e Vovó Bai, que estavam sempre em casa, não podiam ser encontrados; suas sombras haviam desaparecido de seu lugar de costume. Ah Lang estava em seu canil latindo furiosamente. Bai Luo Yin foi até ele e acariciou sua cabeça. Depois que Ah Lang se acalmou um pouco, ele olhou para a porta da frente e começou a latir loucamente de novo. Ela continuava latindo e pulando no canil ao mesmo tempo.
Bai Luo Yin se levantou, seus olhos fixaram a porta da frente. Exatamente quando ele saiu, ele viu três sombras voltarem-se para oeste e fugirem.
O que diabos está acontecendo?
Enquanto ele estava perdido em pensamentos, Tia Zhang, uma das vizinhas, veio caminhando do lado leste.
No momento que os olhos de Tia Zhang pousaram em Bai Luo Yin, eles repentinamente se arregalaram, surpresa escrita por todo seu rosto. Logo em seguida, ele puxou o braço dele, olhou para o ombro dele e bateu duas vezes.
“Seu... seu pequeno miserável! Mesmo que tenha saído para brincar, como você pode não dizer nada, huh? Pelos últimos dois dias seu pai tem procurando por você por toda parte. Ele está quase ficando louco agora. Sua avó ficou tão nervosa que foi hospitalizada.”
Toda a cor no rosto de Bai Luo Yin se esvaiu. Ele rapidamente tirou seu celular e fez uma ligação para Bai Han Qi, mas ninguém atendeu. Então, ele ligou para Tia Zou, que o informou que estava no hospital. Bai Luo Yin logo fez seu caminho para lá.
No momento exato em que vovó Bai teve um vislumbre de Bai Luo Yin, sua doença deu uma volta para melhor. Vovô Bai, tia Zou e Meng Tong Tian estavam todos lá. A única pessoa faltando agora era Bai Han Qi.
“Yin Zi, você conseguiu entrar em contato com seu pai?” Tia Zou perguntou.
Bai Luo Yin balançou a cabeça, “Ainda não, a ligação não é atendida.”
“Tente de novo,” tia Zou ficou um pouco ansiosa, “Como pode não completar? Aquele Lao Bai, ele definitivamente deve ter esquecido de levar o celular com ele antes de sair de novo.”
Bai Luo Yin discou o número do celular de Bai Han Qi mais uma vez.
.......
Bai Han Qi foi ‘convidado’ por Jiang Yuan e trancafiado em um quarto. Bom chá e bons cigarros foram servidos a ele, era só que ele não era permitido sair.
O celular estava seguro firmemente na mão de Jiang Yuan.
Bem quando Bai Luo Yin ligou, Jiang Yuan havia saído.
No exato momento que ela voltava, o celular tocou. Ela correu rapidamente para atender. Assim que ela viu que era o nome de Bai Luo Yin, ela ficou tão empolgada que não conseguia segurar o celular firmemente em sua mão.
Como esperado, esse truque era útil. Tranque Lao Bai e Xiao Bai certamente não conseguiria ficar quieto.
“Yin Zi, você finalmente apareceu. Mamãe esteve tão preocupada e nervosa, eu estava prestes a morrer.”
Como pode ser que Jiang Yuan atendeu?
A mente de Bai Luo Yin ficou perdida de espanto. Com medo que tia Zou fosse ouvir, ele rapidamente saiu do quarto da paciente.
“Onde está meu pai?”
“Seu pai está comigo. Se você quiser vê-lo, só venha até aqui. Eu vou mandar alguém para buscar você.”
Vinte minutos depois, Bai Luo Yin chegou na casa de Jiang Yuan.
Assim que viu Bai Luo Yin, ela imediatamente o puxou para um abraço apertado enquanto ela choramingava e soluçava.
“Yin Zi, por onde você esteve nos últimos dias? Eu estava morta de preocupada.”
Bai Luo Yin simplesmente afastou-a e perguntou, “Cadê meu pai?”
Bai Han Qi estava de pé à porta. Seu rosto cinzento, lívido de raiva, olhou fixamente para Bai Luo Yin. Quando Bai Luo Yin fez seu caminho na direção dele, ele imediatamente de aproximou dele também.
“O que você esteve fazendo nesses últimos dias?”
Bai Luo Yin nem foi capaz de responder ainda antes de Jiang Yuan disparar em um acesso de fúria.
“Por que você está gritando com ele?”
Bai Luo Yin não prestou nenhuma atenção em Jiang Yuan. Ele andou diretamente para e parou ao lado de Bai Han Qi e perguntou, “Pai, o que você está fazendo aqui?”
Bai Han Qi estreitou os olhos e olhou de relance para Jiang Yuan antes de seu olhar voltar para Bai Luo Yin, “Filho, vamos voltar e conversar em nossa casa.”
Ele adotou uma atitude de querer sair de novo.
Jiang Yuan se apressou a frente e bloqueou eles dois. Com um tom de voz grosseiro e rígido, ela olhou fixamente para Bai Han Qi, “Você pode ir. Mas meu filho fica aqui.” [N/T: *risada do coringa ao fundo*]
“Por que ele deveria ficar aqui com você?”
Dessa vez, Jiang Yuan foi incapaz de controlar seu ressentimento. Ela não podia mais conter suas emoções e permitiu que elas corressem soltas.
“Eu passei por um monte de problemas e até lhe convidei aqui, por que razão? Você realmente pensa que eu lhe chamei aqui para beber chá, huh? Não foi fácil fazer meu filho vir aqui e agora você quer arrastá-lo de volta com você? Então escondê-lo de novo? Você não quer que eu veja o rosto do meu filho por outros cinco dias e cinco noites? Bai Han Qi, você também é muito desumano!”
“Jiang Yuan, não force tanto as pessoas...”
“Pai!” Bai Luo Yin de repente interrompeu Bai Han Qi, “Você vai para casa primeiro, eu quero saber exatamente o que ela está tentando fazer.”
“Yin Zi, como eu posso deixar você aqui sozinho?” Bai Han Qi ficou ansioso.
Bai Luo Yin virou sua cabeça para olhar para Bai Han Qi, “Não se preocupe, eu voltarei para casa em pouco tempo.”
Os olhos de Jiang Yuan passaram por Bai Han Qi, “Adeus, eu não vou acompanha-lo até a saída.”
Depois que Bai Han Qi saiu, Jiang Yuan puxou Bai Luo Yin para um quarto e mostrou a ele o resultado de seu próprio trabalho duro pelos últimos dias.
A cada três sentenças, mais ou menos, ela mencionava o nome de Shi Hui de novo e de novo. Era como se Shi Hui fosse uma arma mágica que ela empunhou para subjugar... conquistar Bai Luo Yin.
Ela temia que Bai Luo Yin não soubesse quanto tempo e energia ela e Shi Hui haviam colocado nesse assunto. Todas as coisas que elas fizeram por ele, em benefício dele.
Porém, por outro lado, ele definitivamente não queria que Bai Luo Yin soubesse como elas se juntaram secretamente e conspiraram juntas; construíram e exauriram vários truques para enganar Bai Luo Yin para ir para o exterior.
Assim que Jiang Yuan declarou tudo sobre o assunto, Bai Luo Yin soube porque Bai Han Qi fora convidado a vir ali. Ele também soube porque vovó Bai estava hospitalizada. E mais, ele também soube porque ninguém estava no pátio da família Bai e porque Ah Lang fora colocado no canil, latindo furiosamente...
E, ele foi tão longe a ponto de adivinhar, porque Gu Hai repentinamente decidiu fazer algo tão completamente sem sentido... tão absurdo... tão desprezível...
___________________________
MUAHAHAHAHA 'Cê tá ferrada, Jiang Yuan! !(•̀ᴗ•́)و ̑̑
Notas de Tradução:
[1] O décimo quinto dia do primeiro mês lunar é o Festival das Lanternas Chinesas, também conhecido como Festival Yuan Xiao. Este marca o último dia do Ano Novo Chinês. Durante este dia, crianças e adultos vão aos templos carregando lanternas de papel que, algumas vezes, têm enigmas nelas que devem ser resolvidos. As lanternas simbolizam as pessoas deixando seus caráteres passados e obtendo um novo, o qual eles vão eventualmente deixar para trás no próximo ano.

🎶Vejo enfim a luz brilhar...🎶

[2] Durante esse período, pequenos bolinhos redondos feitos de farinha de arroz glutinosa, chamados Yuanxiao ou Tangyuan (o nome derivado do festival), são comidos.
[3] Youtiao, ou cruller frito, é um par de tiras de massa levemente salgados frito em imersão. 

21 Comentários

  1. Ahhhh eu to morrendo
    Finalmente ela se expos pro Bai, quero muito saber onde isso vai dar ψ(`∇´)ψ

    ResponderExcluir
  2. Tbm vejo a luz brilhar...
    Yin Zi, meu fio, força na piruca. Roda umas pessoas loucas por sua aurea... meu bem, vc precisa de um banho de folhas, graças a Deus!
    ____
    Lena obriga pela tradução...












    MUAHAHAHAHA 'Cê tá ferrada, Jiang Yuan! !(•̀ᴗ•́)و ̑̑

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHAHAHAHAHAHAHA

      Um banho pra espantar coisa ruim ia bem pra esse menino. XD

      Excluir
  3. Cara esta mulher merece morrer, tomara que o Lou Yi nunca mais fale com ela bem agora vou dormir Obrigado Lena, Bjss

    ResponderExcluir
  4. Treta, treta, tretaaaa krkdkdkkxksksk.
    Oq dizer de um capítulo que mal chegou e já considero pakas? :v
    Alguém vai levar umas verdades na cara, sinto nas veias. Senta e chora Jiang! OwO

    ResponderExcluir
  5. Luo Yin tem um chama pra gente doida: Jiang, o padrasto, Gu Hai...Esse menino precisa tomar é um banho de sal grosso o.O kkkkkkk

    ResponderExcluir
  6. Bai Lou yin,possui a pior mãe de todas, quero ver como ela vai reagir ao saber que ele gosta do gu Hai

    Tenks,lena

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Tbm estou esperando esse momento, Marcelo... Eu até "entendo" o que ela quer fazer... ela quer compensar a merda toda que ela causou ao sair de casa e abandonar os dois na miséria, MAS ela tá fazendo tudo errado... aff... que pessoinha desagradável...

      De nada! ^^/

      Excluir
  7. Esse festival de Lanternas é lindo, vi algumas imagens em filmes asiáticos e me apaixonei totalmente... E fico me perguntando toda vez q essa maluca desvairada da mãe do Yin Zi aparece, do pq o pai do Gu Hai n toma uma providência pra parar essa mulher. Ele parece tão rígido e cheio de disciplina militar, como n enxerga as armações dela? Que doido isso.. E conhecendo Yin Zi como conhecemos, sabemos q ele vai ser totalmente impiedoso com ela, ainda mais agora depois de ter chegado a conclusão q o Gu Hai fez oq fez por culpa dela...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que é porque ele tenta entender o lado dela que quer se reconciliar com o filho... mas ele não tem o bom senso de colocar juizo na cabeça dela... -_- São dois pais despreparados tentando se entender com seus filhos, mas sempre fazendo do jeito errado...

      Excluir
  8. Resumindo, a porra toda foi culpa dela e da Shi Hui, pq senão Gu Hai não ia ter dado em doido

    ResponderExcluir
  9. Gentee genteee mais alguém pensou em assar biscoitos e preparar um chá para ler o próximo capitulo???? Adoroooo tipo muitooooo! A shipiranha foi pra casa! Vivaaaa e agora... huahuahuahua não vejo a hora! Lenaaaa sua linda! Tenho certeza de q depois daquele capitulo traumático vc so quer saber de coisas assim! Mi bjs e obrigada

    ResponderExcluir
  10. Meeoo Deus😱😱😱 essa mulher esta na bosta literalmente. Lena aguardando ansiosamente o próximo capítulo. Espero que nao demore. 😂😂

    ResponderExcluir
  11. Meeoo Deus😱😱😱 essa mulher esta na bosta literalmente. Lena aguardando ansiosamente o próximo capítulo. Espero que nao demore. 😂😂

    ResponderExcluir
  12. Que vagabunda!!! 😲😲😲 Desculpe pelo insulto, mas ela é.. 👹.
    Quero mais capítulos pf e obrigada 😣😘

    ResponderExcluir
  13. Que vaca😝... ah nem acabou na melhor parte... oh vontade de matar essa mulher😡...Obrigada Lena!!ansiosa pelo próximo!! 😶

    ResponderExcluir
  14. Hora do Bai acabar com ela, como fez com a Shipiranha...
    Ansioso pra ver o que o Gu vai fazer agora... Ele vai correr atrás do Bai? Como vai ser a convivência deles ja que a família Bai tem um carinho muito grande pelo Gu Hai...
    Quero ver como vai ser essa reconciliação entre eles...
    😊 estou realmente muito ansioso, quero ver eles juntos de novo.
    Obg Lena...
    Bjs.😘😘😘

    ResponderExcluir
  15. MEU DEUSSS, JA QUERO O PROXIMO
    Obrigada Lenaa

    ResponderExcluir